Ostuni: O que ver e fazer na cidade branca do Valle D’Itria (Itália)

Cattedrale Santa Maria Assunta, em Ostuni.
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 25, 2024

Tome nota de o que ver e fazer em Ostuni, carinhosamente conhecida como a “Cidade Branca” no Valle D’Itria, ou seja, no coração do Sul de Itália (na Província de Brindisi).

Neste guia de viagem, convido-o a explorar Ostuni, na Puglia, e descobrir como é incrível esta cidade!

Ao longo deste artigo, encontrará sugestões de o que ver e fazer em Ostuni, orientações sobre o melhor bairro para ficar a dormir e informações essenciais para planear sua visita.

Também respondo às perguntas mais frequentes dos visitantes, como por exemplo como chegar, quanto tempo dedicar à cidade e qual a melhor época para a visitar.

Além disso, desvendo o intrigante motivo por trás do apelido de ‘Cidade Branca’ e revelo se há praias paradisíacas nas proximidades.

Prepare-se para uma viagem única e apaixonante enquanto exploramos juntos os encantos de Ostuni.

O que fazer em Ostuni

Visitar o centro histórico de Ostuni

Arco Scoppa.
Arco Scoppa.

O centro histórico de Ostuni é um lugar que vale mesmo a pena visitar!

Logo na entrada, a majestosa Colonna di Sant’Oronzo, erguida em 1771, saúda os visitantes e serve como um ponto de partida perfeito para explorar este lindo lugar.

Ao passear pelas ruas íngremes, encontrará o Arco Scoppa, inicialmente construído em madeira e reconstruído em pedra após ser destruído em 1750.

A lenda conta que o bispo Scoppa patrocinou este restauro, porque queria uma passagem direta entre a catedral e a sua casa, sem ter de passar pela rua.

Aproveite para visitar a Cattedrale Santa Maria Assunta, uma igreja que se destaca pela sua arquitetura grandiosa. Não perca a oportunidade para entrar, pois não é preciso bilhete.

Outra paragem imperdível é o Museu das Civilizações Pré-Clássicas da Murgia Meridional, também conhecido como Museo Civico di Ostuni.

Enquanto caminha pelo centro histórico, desfrute das vistas e da atmosfera típica das ruas estreitas.

As lojas estão cheias de souvenirs e artesanato, bem como produtos gastronómicos locais, como azeite de alta qualidade e vinhos da região.

Dedique tempo para apreciar cada detalhe e, se possível, desfrute de uma refeição num dos restaurantes, onde poderá saborear pratos típicos da culinária da Puglia.

Leia também: Gastronomia da Puglia em +40 pratos.

Conhecer a história/lenda de Sant’Oronzo

Ostuni, a cidade branca em Puglia, Sul de Itália.
Colonna di Sant’Oronzo.

Saint Orontius ou Sant’Oronzo, é o santo padroeiro de Ostuni e Lecce.

Reza a história que um dia Oronzo estava a cavalgar com seu o tio de nome Fortunatus junto ao mar e viram destroços recentes de um barco. A embarcação pertencia a Justus, um discípulo de São Paulo que ia a caminho de Roma e naufragou na costa de Salento.

Oronzo e Fortunatus salvaram Justus, que lhes fala de Jesus e os dois decidem tornar-se cristãos e começam a evangelizar.

Mais tarde são perseguidos pela fé, feitos prisoneiros e decapitados e há quem acredite que a cabeça de Saint’Oronzo está no Duomo de Lecce.

Provar gelato na Gelateria Borgo Antico

Gelateria Borgo Antico.
Gelateria Borgo Antico.

O gelado italiano tem fama por todo o país, mas estando na cidade branca o lugar de eleição é a Gelateria Borgo Antico, mesmo ao lado do Arco Scoppa.

Os sabores dos gelados vão alternando ao longo do ano, o que é uma mais-valia pois há sempre algo novo para descobrir.

Além disso, para além do gelato, pode optar por comer um pasticciotto pugliese ou uma tábua com queijo, enchidos e os tradicionais biscoitos Taralli.

Onde ficar a dormir: sugestões de alojamento

Porta Nova: uma das entradas no centro histórico de Ostuni.
Porta Nova: uma das entradas no centro histórico de Ostuni.

Apesar de ser possível visitar a cidade em apenas um dia, acho muito interessante ficar a dormir no centro e vou explicar porquê.

É que o Ostuni é muito procurado por turistas que ao final do dia vão para outras cidades, deixando o centro só com locais e pouco mais.

Ou seja, é muito mais agradável passear no centro depois do jantar, quando há menos pessoas na rua.

Além disso, as luzes amareladas em contraste com o branco das casas, faz com que Ostuni fique com um brilho ainda mais intenso. Vale mesmo a pena!

Se o convenci, a minha sugestão é que escolha um alojamento no centro, como por exemplo o luxuoso Dama Bianca Boutique Hotel Ostuni, cuja Suite Deluxe tem Banheira de Hidromassagem no terraço, ou então sinta-se como um rei no Palazzo Rodio.

Por outro lado, caso prefira alternativas mais em conta, tanto o White Stone Flats & Studios como o Le Piccole Case Bianche têm localização central e costumam ter preços razoáveis.

No entanto, se não lhe agradou nenhuma destas sugestões, explore o mapa e link a seguir para encontrar um alojamento adequado para si.

Alojamento em Ostuni, Itália.

Perguntas frequentes sobre Ostuni

Vale a pena visitar Ostuni?

Ostuni, a cidade branca na Puglia.
Ostuni, a cidade branca na Puglia.

Sim, definitivamente vale a pena visitar Ostuni, pois é uma cidade deslumbrante!

Como referi antes, Ostuni é chamada de “Cidade Branca” por causa da sua característica arquitetura com edifícios caiados de branco, que se destacam no céu azul do Mediterrâneo.

Assim, considerando a beleza arquitetónica da cidade, com ruas estreitas e sinuosas repletas de casas brancas e igrejas históricas, bem como a magnífica gastronomia com restaurantes que que servem pratos tradicionais da Puglia, não tenho dúvida que Ostuni é um destino imperdível.

Não se esqueça, também, que Ostuni está a uma curta distância de algumas das mais belas praias do sul da Itália, tornando-a uma base ideal para quem gosta de sol e mar.

Além disso, Ostuni tem uma rica herança cultural, com eventos e festivais durante todo o ano, além de locais históricos para explorar.

Visitar Ostuni, Locorotondo ou Martina Franca?

Cattedrale Santa Maria Assunta, em Ostuni.
Cattedrale Santa Maria Assunta, em Ostuni.

Esta resposta é muito difícil, pois cada cidade tem um encanto e beleza únicos.

Assim, para o ajudar, e se apenas tem tempo para visitar um ou dois destes lugares, fique a saber que Ostuni é maior do que Locorotondo e mais pequeno do que Martina Franca.

Ou seja, eu escolheria visitar Ostuni e Martina Franca.

Como chegar a Ostuni?

Alugar carro em Bari, Itália.
Conduzir em Puglia, Sul de Itália.

A forma mais cómoda de viajar em Itália é, sem dúvida, de carro alugado, mas se não quiser conduzir, viajar de autocarro é uma possibilidade a considerar.

Alugar carro em Itália | Veja os horários de autocarro.

Assim, seguem-se as distâncias e tempo aproximado de viagem de diferentes cidades italianas até Ostuni:

  • De Bari: 83 km, 1h;
  • De Lecce: 75 km; 55 minutos;
  • De Alberobello: 45 km; 35 minutos;
  • De Nápoles: 340 km, 3h30.

Quando tempo preciso para visitar Ostuni?

Escadaria no centro de Ostuni.
Escadaria no centro de Ostuni.

Um dia inteiro é suficiente para visitar as principais atrações turísticas de Ostuni. No entanto, se quiser aproveitar as praias próximas, pode perfeitamente ficar dois ou três dias na cidade.

Isto irá permitir que aproveite o final do dia quando os visitantes se vão embora, para ficar com o centro histórico só para si.

Ou seja, a minha recomendação é que fique dois ou três dias em Ostuni, na Puglia.

Qual é a melhor maneira de explorar o centro histórico de Ostuni?

Tuk Tuk em Ostuni.
Tuk-Tuk em Ostuni.

Para mim, a melhor forma de explorar o centro histórico de Ostuni é a pé, ou seja, simplesmente caminhar de um lado para o outro.

A distância a percorrer não é demasiado grande para andar a pé e, além disso, acho que é mais interessante descobrir os lugares aos poucos enquanto caminho.

No entanto, se estiver cansado ou se não quiser caminhar, existem por lá uns tuk-tuk que estão quase sempre cheios.

Ou seja, os visitantes procuram bastante este meio de transporte.

Pessoalmente acho que são demasiado barulhentos, mas se tiver pouco tempo para visitar o centro ou se tiver dificuldades em andar a pé, devo reconhecer que os tuk-tuk são uma boa alternativa.

Qual é a melhor época para visitar Ostuni?

Calvacata de Sant'Oronzo.
Calvacata de Sant’Oronzo.

Sendo Ostuni um destino tão completo em termos de oferta turística, é normal que existam motivos para visitar a cidade em qualquer mês do ano.

Em todo o caso, há alturas em que deve ter alguns cuidados, nomeadamente quando chove, pois as escadarias do centro histórico tendem a tornar-se escorregadias.

Por outro lado, se a sua ideia é aproveitar as praias menos movimentadas da Puglia, então os meses de verão são os mais indicados para explorar a região.

Além disso, tome nota que uma das grandes festas da cidade é a Calvacata de Sant’Oronzo, que costuma acontecer no final de agosto (em 2023 foi nos dias 25, 26 e 27 de agosto).

Eu visitei Ostuni em junho e foi uma experiência excelente, com bom tempo e uma dose aceitável de turistas, o que me permitiu visitar tudo com relativa facilidade.

Porque Ostuni é a cidade branca?

Imagem tradicional de Ostuni: porta pintada na parede.
Aparentemente, esta porta pintada na parede é muito fotografada em Ostuni.

Todos os anos as casas de Ostuni são pintadas de branco, e esta é uma obrigação que quem tem casa na cidade, mas esta tradição já vem de longe.

Assim, no século XVII houve uma grande peste e as pessoas acharam que a única forma de conter a peste era desinfetar as paredes das casas.

Então, começaram lavar as paredes, tornando-as brancas. Assim nasceu o nome de cidade branca.

Existe alguma praia próxima a Ostuni?

Praias perto de Ostuni.
Vista do centro histórico de Ostuni (praias em plano de fundo).

Ostuni tem a vantagem de estar localizada perto do mar, portanto os visitantes têm a oportunidade de ir para a praia e visitar o centro de Ostuni no mesmo dia.

Assim, a praia Spiaggia di Quarto di Monte (praia de areia) fica a 10 km de Ostuni (cerca e 15 minutos de carro), a Praia Spiaggia di Torre Pozzelle (praia de rochas) fica a 11 km (cerca de 10 minutos de carro), e a praia Spiaggia di Lamaforca (praia de rochas) fica a 10 km (cerca de 15 minutos de carro).

Estes são apenas alguns exemplos, pois existem outras praias na região de Ostuni.

Além disso, deve saber que as praias de Pogliano a Mare são rochosas e o espaço para estender a toalha é muito limitado, ao passo que as praias de Ostuni são maiores, algumas têm areia e, de uma forma geral, têm melhores condições para receber os visitantes.

O que visitar perto de Ostuni?

Trulli em Alberobello, Puglia (Itália).
Trulli em Alberobello, Puglia (Itália).

Perto de Ostuni há muito para visitar e fazer.

Pode, por exemplo, conhecer os trulli de Alberobello, que são Património da Humanidade da UNESCO (35 km), ou então explorar as lindas aldeias do Valle d’Itria, como Locorotondo, Cisternino ou Martina Franca.

Por outro lado, se preferir estar perto da natureza, o Parco Naturale Regionale Terra delle Gravine é uma boa alternativa para si.


*viajei a convite do Turismo de Puglia num press tour com jornalistas e bloggers de viagens internacionais.

Subscreva o canal de YouTube para mais vídeos de viagens!

Leia também:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.