Trulli em Alberobello: Património Mundial da UNESCO

O que fazer e visitar em Alberobello, Itália.
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 24, 2024

Já imaginou entrar num mundo onde as casas parecem cogumelos brancos saídos de um conto de fadas? Em Alberobello, este mundo de encantar parece que saiu dos livros que eu costumava ler durante a infância e materializou-se num lugar único no mundo, que vale muito a pena conhecer.

Neste artigo, mergulhamos no que de mágico Alberobello tem, enquanto exploramos os segredos dos icónicos trulli, estruturas que fizeram desta cidade italiana um destino inesquecível.

Desde a sua origem até os dias atuais, os trulli continuam a ser o coração e a alma de Alberobello, tendo, aliás, merecido um lugar na prestigiada lista de Património Mundial da UNESCO.

Mas como nasceram estas construções mágicas, como eram criados e o que tornam estas casas tão especiais?

Descubra as respostas enquanto lhe conto como é o processo de construção dos trulli e lhe mostro o que ver e fazer em Alberobello, incluindo onde tirar as melhores fotografias.

Este guia também responde às perguntas mais frequentes sobre Alberobello, como por exemplo: Quantos trulli existem em Alberobello e podem ser visitados?

E quanto tempo é recomendado para explorar esta cidade e se vale a pena ficar a dormir num trulli.

Além disso, desvendo as outras atrações de Alberobello, desde museus e igrejas a lojas locais onde pode comprar produtos tradicionais e levar para casa um pedaço da cultura italiana.

Prepare-se, então, para uma viagem única a Alberobello, onde a história ganha vida e os trulli contam as suas próprias histórias.

Como nasceram o trulli em Alberobello?

Conhecer os trulli em Alberobello.
Conhecer os trulli em Alberobello.

Os trulli de Alberobello nasceram por força do engenho e criatividade das gentes locais. A pedra da região, além de ser abundante, era fácil de trabalhar e esta característica permitiu que se construíssem estas estruturas com relativa facilidade, aproveitando os recursos naturais disponíveis.

No entanto, na altura, antes de se fazer qualquer construção, era necessário pedir permissão aos governantes de Nápoles e posteriormente pagar impostos sobre as propriedades.

Para contornar esta situação, os habitantes locais usaram engenhosas estratégias, como por exemplo, não usar qualquer tipo de argamassa que justificasse considerar as construções como habitações permanentes.

Além disso, com o telhado em formato cónico cuja sustentação se baseava numa pedra mestra, bastava retirar essa pedra para o telhado desabar. Ou seja, sem telhado não existe uma casa, logo, não era necessário pagar impostos.

Em caso de inspeção real de Nápoles, era suficiente retirar a pedra mestre para a construção cair.

Como era feita a construção dos trulli?

Vista dos telhados de Alberobello.
Vista dos telhados de Alberobello.

A construção dos trulli começava pela cisterna para guardar água das chuvas, ou seja, cada trullo tem uma cisterna.

Colocavam-se as pedras partidas em blocos retangulares num círculo ao redor da cisterna. Em seguida, construíam-se uma segunda fila de pedras e preenchia-se o espaço entre as duas paredes de pedra com pedras esmagadas.

Por essa razão, a espessura das paredes dos trulli pode ir de 80 cm a 2,7 metros, o que em conjunto com a ausência de janelas, permite manter uma temperatura constante no interior.

Ou seja, quando estão 40º no exterior, a temperatura dentro dos trulli é cerca de 18-20º, e no inverno as temperaturas também se mantêm amenas.

Voltando à construção dos trulli, as pessoas colocavam as pedras em filas para erguer as paredes. Quando atingiam a altura do teto, começavam a posicionar as pedras ligeiramente para dentro, criando assim a característica forma cónica.

Os trulli podiam ter um jardim nas traseiras, mas também terrenos com oliveiras. Era comum famílias de várias gerações viverem no mesmo trullo, e para isso, sempre que um filho se casasse, construíam um trullo adjacente, aumentando a área da família.

Ao percorrer as ruas de Alberobello vai ver que alguns telhados têm símbolos. Estes têm uma dupla função, já que, por um lado, funcionam como amuletos de boa sorte, mas também ajudavam a identificar quem vivia em cada casa.

Os pináculos dos trulli, ou seja, a última peça do trullo, também tinham a função de identificar quem vivia nessa casa.

Os melhores sítios para tirar fotos em Alberobello

O que fazer e visitar em Puglia, Itália.
O que fazer e visitar em Puglia, Itália. Foto do Rione Monti tirada no bairro Aia Piccola.

Antes de mais, saiba que Alberobello tem tem dois grandes Bairros: o Rione Monti e o Rione Aia Piccola.

Falo com mais pormenor acerca destes bairros a seguir, no entanto, posso já adiantar que muitos turistas apenas visitam o Rione Monti, por não saberem que existe outra área também interessante.

Veja, então, quais são as principais atrações turísticas de cada bairro, bem como os melhores lugares para tirar fotografias em Alberobello.

Os trulli de Rione Monti

Zona Monumental  em Rione Monti.
Zona Monumental em Rione Monti.

O Rione Monti é o bairro mais antigo de Alberobello e também o mais visitado e turístico. Os lugares mais famosos para fotografias nesta parte da cidade são o trullo Sovrano, a igreja trullo e ainda os trulli Siamesi.

Assim, o trullo Sovrano (Piazza Sacramento, 10, 70011 Alberobello BA, Itália) é o maior trullo de Alberobello, com 14 metros. Foi construído no século XVIII, funciona como museu histórico e o bilhete custa cerca de 2 €.

Não menos interessante, a igreja trullo, também conhecida como Igreja de Santo António de Pádua ou Parrocchia di Sant’Antonio di Padova – Chiesa a Trullo, fica na parte alta de Alberobello, ou seja, na Piazza Antonio Lippolis Canonico, 16, 70011 Alberobello BA, Itália.

Por último, a história dos trulli Siamesi, um trullo com duas entradas, é peculiar e aparentemente está relacionada com dois irmãos que se zangaram.

O facto de ser um trullo diferente dos restantes faz com que seja bastante procurado no momento de tirar fotografias. A sua localização é na Via Monte Pasubio, 6, 70011 Alberobello BA, Itália, e há uma loja a funcionar no local.

É nesta zona de Alberobello que está o complexo de trulli protegido como Património da Humanidade pela UNESCO. Afinal, são mais de mil trulli que se concentram nestas ruas íngremes e o motivo de tanta gente visitar Alberobello.

Aliás, muitos destes trulli foram convertidos em lojas, cafés e restaurantes.

O afluxo de turistas ao Rione Monti fez com que se transformasse num grande mercado de souvenirs, alguns deles pouco autênticos, por isso acho muito interessante que contrarie esta enchente de turistas e vá espreitar a zona menos explorada de Alberobello.

Os trulli de Rione Aia Piccola

Rua em Rione Aia Piccola.
Rua em Rione Aia Piccola.

O Bairro de Aia Piccola é mais pequeno e menos turístico em comparação com o seu irmão, mas isto também significa que é mais autêntico.

Pessoalmente achei bem mais interessante passear pelas ruas e tirar fotografias de detalhe dos trulli sem ter de disputar terreno com outros turistas.

Apesar de mais compacto, no bairro de Aia Piccola há cerca de 400 trulli, o que é um número muito razoável.

Para tirar as melhores fotografias panorâmicas dos trulli, vá para o Belvedere sui Trulli (Via Duca degli Abruzzi, 2a, 70011 Alberobello BA, Itália).

Ficar a dormir num trullo

O que fazer em Alberobello: dormir num trullo
O que fazer em Alberobello: dormir num trullo

Para uma experiência inesquecível e autêntica na região da Puglia, imagina-se ficar a dormir pelo menos uma noite num trullo?

Se ainda não teve a oportunidade de experimentar passar uma noite num trullo, mas como eu, tem vontade de o fazer, então sugiro que espreite os trulli do Trulli Holiday Albergo Diffuso.

Vi vários destes alojamentos espalhados por diferentes locais em Alberobello, o que me deixou bastante curiosa.

Afinal, deve ser incrível ter a oportunidade de passar uma noite nestas construções históricas.

Ou seja, ao ficar no Trulli Holiday Albergo Diffuso, os hóspedes podem mergulhar completamente na tradição local.

Recomendo vivamente que espreite esta opção para a sua estadia em Alberobello e eu não posso esperar para ter a minha própria experiência num trullo no futuro. Depois conto como foi.

Fique a dormir num trullo em Alberobello.

Tours e passeios guiados para conhecer a história dos trulli e de Alberobello

Tours em Alberobello, Puglia (Itália).
Tours em Alberobello, Puglia (Itália).

Fiz o meu melhor para lhe explicar a história e importância destas construções, no entanto, nada substitui o acompanhamento de um guia no local.

Assim, seguem-se sugestões de tours e passeios guiados para tirar o melhor partido de Alberobello.

Em todo o caso, eu contei com o apoio do Giovanni Guadalupi (Guia Turístico Oficial em Puglia) da AYN – All You Need Puglia, que faz tours privados na região: email: info@ayn-allyouneed.com; telemóvel: +39 360 255 353.

Perguntas frequentes sobre os trulli em Alberobello

Trulli em Rione Aia Piccola.
Trulli em Rione Aia Piccola.

O que são os trulli e por que são tão famosos em Alberobello?

Os trulli, ou trullo no singular, são construções cónicas típicas do Valle D’Itria na Puglia, ou seja, no Sul de Itália.

Para evitar tributação, estas casas eram consideradas provisórias, sendo que os trulli mais antigos não têm qualquer material semelhante ao cimento ou argamassa.

O facto de terem a forma cónica tão peculiar e única no mundo fazem com que sejam uma atração turística por si só.

Quantos trulli existem em Alberobello?

De acordo com a informação no site da UNESCO, estão registados mais de 1600 trulli em Alberobello, numa área de 11 hectares.

Posso entrar nos trulli? São usados como residências?

Trulli em Alberobello, Puglia (Itália).
Trulli em Alberobello, Puglia (Itália).

Alguns trulli são residências privados, mas outros funcionam como alojamentos locais, lojas, cafés e restaurantes.

Para visitar as residências privadas depende da boa vontade dos donos das casas, enquanto que é mais fácil ver por dentro os trulli que funcionam como lojas, cafés e restaurantes.

No entanto, tenha em atenção que há lojistas menos sérios que tentam tudo para convidar os turistas a entrar nas lojas, forçando-os a comprar.

Outros são mais simpáticos e com sorte pode ser que consiga ir a um dos terraços para ver os trulli de cima.

Vale a pena visitar os trulli em Alberobello?

Telhados dos trulli em Alberobello.
Telhados dos trulli em Alberobello.

Mesmo sendo um lugar super turístico, vale muito a pensa visitar Alberobello e os seus trulli.

É que apesar de existirem trulli isolados no Vale de Itria, o certo é que em mais nenhum lugar do mundo irá ver uma concentração tão grande de trulli.

Ou seja, na minha opinião, vale a pena ir a Alberobello ver os trulli e para ter uma experiência mais agradável, recomendo ficar a dormir pelo menos uma noite na cidade, para ter a oportunidade de ver os trulli por dentro, mas também para passear em Alberobello quando os turistas se forem embora ao final do dia.

Outra alternativa é ir para Alberobello bastante cedo, mas lembre-se que por volta das 10 horas da manhã já chegaram as enchentes dos autocarros com turistas.

Quanto tempo é recomendado passar em Alberobello para explorar a cidade?

Turistas em Alberobello.
Turistas em Alberobello, Puglia (Itália).

A maior parte dos turistas passa apenas umas horas em Alberobello, o que é suficiente para explorar os dois bairros com maior número de trulli.

Portanto, se tem pouco tempo disponível, saiba que é possível ver as principais atrações turísticas da cidade em três ou quatro horas.

Apesar desta ser uma prática comum na região, com day-tours e excursões de meio dia a Alberobello, incluindo turistas de cruzeiros que param em Bari, devo dizer que não recomendo que o faça e explico porquê.

Por um lado, porque há uma concentração muito grande de pessoas ao mesmo tempo, o que se traduz numa experiência confusa e pouco tranquila da região.

Além disso, as lojas dentro dos trulli são pequenas e com muitas pessoas não é fácil escolher o que comprar. Os cafés e restaurantes também ficam lotados rapidamente.

Depois, porque desta forma não terá a oportunidade de passar uma noite num trullo autêntico, nem de passear na zona monumental de Alberobello (quase) completamente vazia. Convenci-o a ficar a dormir em Alberobello?

Fique a dormir num trullo em Alberobello.

Além dos trulli, que outras atrações existem em Alberobello?

Loja de souvenirs em Alberobello, Itália.
Loja de souvenirs em Alberobello, Itália.

Alberobello é conhecida pelos trulli, por isso é natural que as principais atrações turísticas estejam centradas nessas icónicas construções.

Assim, se está interessado em visitar museus, como o Museu de Alberobello, ou igrejas, como a Igreja de Santo António de Pádua, não ficará surpreso ao descobrir que estes monumentos são, na verdade, trulli adaptados…

Como é possível perceber, os trulli dominam a paisagem em Alberobello, assim sendo, vale a pena explorá-los com atenção e apreciar toda a riqueza histórica que eles têm para oferecer.

Há lojas ou mercados locais para comprar produtos tradicionais?

O que comprar em Alberobello: Pumo Pugliese.
O que comprar em Alberobello: Pumo Pugliese.

Está à procura de lembranças de Alberobello? Curioso sobre o que fazer em Alberobello? Bem, está com sorte, pois nesta cidade vai encontrar várias opções para levar um pedacinho da cultura local consigo.

Assim, desde imanes para o frigorífico até canecas e t-shirts com designs com trulli, de certeza que vai encontrar algo que lhe agrade.

Por outro lado, os amantes da culinária podem levar para casa massas tradicionais, doces, azeite local e licores com os sabores da região.

No entanto, se quiser elevar o nível das suas recordações, as lojas de tecidos e cerâmica são uma paragem obrigatória! Lá, encontrará souvenirs com qualidade para si e para os seus amigos, incluindo o icónico Pumo Pugliese – um símbolo de boa sorte e prosperidade que carrega consigo a alma da Puglia.

Então, prepare-se para explorar o que fazer em Alberobello e não se esqueça de trazer um pouco da magia desta cidade consigo!

Como posso chegar a Alberobello a partir de outras cidades italianas?

Miradouro em Alberobello, Itália.
Miradouro em Alberobello, Itália.

Se tiver um carro alugado, chegar a Alberobello é bastante simples.

Por exemplo, se partir de Bari, são cerca de 55 km seguindo pela Strada Statale 100 e SS172, e a viagem demora aproximadamente uma hora.

Por outro lado, se sair de Nápoles, a viagem até Alberobello deverá levar cerca de 3 horas através da A16/E842.

Caso prefira viajar de autocarro, tenha em mente que a Flixbus faz a ligação entre Roma e Nápoles até Alberobello em cerca de 7 e 4 horas e 25 minutos, respetivamente.

Subscreva o canal de YouTube para novos vídeos de viagens.

Leia também:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.