Browsing Tag

Malta

5

Viajar para Malta |tudo que precisa saber

viagem a Malta

Vai viajar para Malta? Neste artigo vamos dizer-lhe o que visitar neste maravilhoso arquipélago do Mediterrâneo.

Este é o destino perfeito se procura um país relativamente perto, seguro e com bastante história.

Viajar para Malta – o que visitar

St Peters’ Pool, ou a piscina de São Pedro.

Não pode deixar de visitar St Peters’ Pool em Malta!

É uma piscina natural localizada perto de Marsaxlokk, pelo que pode aproveitar o mesmo dia para visitar os dois lugares.

Nós estivemos em Marsaxlokk num domingo por causa do mercado de peixe que acontece nesse dia de manhã junto à baía dos pescadores.

A piscina fica numa encosta e tanto pode chegar a St. Peter’s Pool a pé ou de barco.

Nós fomos a pé mas dizemos-lhe como fazer se preferir ir de barco.

Como chegar a St Peters’ Pool a pé:

Nós fizemos o percurso entre Marsaxlokk e St Peters’ Pool a pé e demorou-nos cerca de vinte minutos para cada lado.

Para encontrar o caminho precisa atravessar o mercado e contornar a baía pois logo a seguir encontrará as placas que indicam o caminho.

Dicas: tenha em consideração que a maior parte de percurso é feita em estrada de terra batida (também por estrada), solo com pedras soltas, pouca sombra e subidas e descidas.

Tem a vantagem de ser gratuito e de não estar dependente de ninguém em termos de horários.

Como chegar a St Peters’ Pool de barco:

Existem várias empresas que vendem bilhetes para passeios de barco junto à baía em Marsaxlokk.

Geralmente são barcos pequenos que não levam muitas pessoas e que fazem a viagem de ida e volta várias vezes durante o dia.

Dica extra: outra forma de visitar St Peters’ Pool em Malta é de carro ou táxi.

Assim, se tiver alugado carro para visitar Malta não precisa fazer o percurso a pé.

Tenha em consideração que existem parques de estacionamento (pagos) e alguns lugares que não obrigam a pagamento perto de St Peter’s Pool.

Também vimos alguns táxis a fazerem o percurso desde Marsaxlokk, mas não sabemos quanto custou.

Visitar Marsaxlokk

Se gosta de mercados locais, então o melhor dia para visitar Marsaxlokk é ao domingo.

É que ao domingo de manhã vários pescadores reúnem-se junto à baía no mercado de peixe.

No entanto, além das bancas de peixe também vai encontrar uma zona com vendedores de todos os tipos.

Nós gostamos particularmente das barraquinhas de artesanato e de doces, mas também havia de roupa, calçado e artigos para casa.

Como é a vila de Marsaxlokk

Certamente não vai sentir nenhuma dificuldade em visitar Marsaxlokk.

A vila é pequena e o seu passeio em algum momento de certeza que o levará à praça central, onde se localiza a Igreja Nossa Senhora de Pompeia. 

Está mesmo ao lado do mercado, não tem como enganar.

Igreja Nossa Senhora de Pompeia

Já agora, se precisar, existe um multibanco nesta praça.

Talvez precise de dinheiro para algumas compras no mercado local.

Os luzzu são pequenos barcos de pesca tradicionais que têm a particularidade de serem pintados com cores garridas.

É impossível não reparar neles parados na baía de Marsaxlokk, junto ao mercado.

barcos junto ao porto

Mercado de peixe de Marsaxlokk

Todos os dias tem lugar em Marsaxlokk um pequeno mercado mas ao domingo, além desse mercado, também pode visitar o mercado de peixe.

Em Marsaxlokk nota-se que não são só os locais a fazerem as compras, pois muitas das coisas que estão à venda são claramente destinadas a turistas.

Como chegar a Marsaxlokk

De autocarro: na nossa opinião, é a melhor maneira de chegar a Marsaxlokk.

Pode usar as linhas 81 e 85 mas sugerimos que veja o artigo que publicámos sobre como usar o autocarro em Malta.

peixe à venda
polvo
cabeça de peixe
douradas e camarões em Malta
lulas numa banca em Malta
Visitar Marsaxlokk num domingo
doces em Malta
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
Visitar Marsaxlokk num domingo
especiarias

Mdina, a antiga capital de Malta

Visitar Mdina é algo que não pode faltar na sua viagem a Malta.

E não se deixe iludir pelo tamanho de Mdina, a cidade fortificada é compacta e tem muito para ver.

A sua visita a Mdina vai começar, muito provavelmente, no portão de entrada, logo a seguir a uma pequena ponte.

Se olhar para a direita vai ver The Mdina Dungeons Museum e logo a seguir  o Museu de História Natural.

Do lado oposto, pode apreciar a Torre dello Standardo e mais à frente St. Agathas’s Chapel.

Alguns metros mais à frente pode encontrar o St. Peter’s Monastery e se virar numa das ruelas à direita vai ter à Catedral.

Estes são apenas alguns exemplos da arquitetura que pode apreciar em Mdina.

Os edifícios são muito bonitos e além dos já mencionados certifique-se que vê o Palazzo Santa Sofia, St. Roque’s Chapel, Church of the Annunciation of Our Lady, Carmelite Prior, Palazzo Falson, St. Peter in Chains, Visitation Chapel e St. Nicholas’ Chapel.

mapa de Mdina
portão de entrada de Mdina
fachada de edifício histórico
ruas de malta
visitar Mdina
visitar Mdina
visitar Mdina

Popeye Village – Popeye, Olívia e Brutus!

Já ouviu falar na Popeye Village?

Certamente se lembra do Popeye, da Olívia Palito e do Brutus!

Construíram em Malta uma vila que serviu de cenário para o filme Popeye (1980) e agora é um parque de diversões muito simpático para visitas em família.

Pic

*Imagem retirada do site da Popeye Village.

Localização da Popeye Village

Anchor Bay,
Triq Tal-Prajjet,
Il-Mellieħa, Malta

Como chegar a Popey Village

Os seguinte autocarros para Ghadira, Mellieha Bay ou Cirkewwa: X1, X1A, 41, 42, 49, 101, 221, 222 or 250.

A partir de Ghadira Bay o autocarro é o número 101 para Mgarr cuja linha termina na Popeye Village.

Horário da Popey Village

De novembro a março: 9:30 – 16:30

Abril a junho, setembro e outubro: 9:30 – 17:30

Julho e agosto: 9:30- 19:00

Preços para visitar a Popey Village

Nós estivemos em Malta no início de julho e os preços nessa altura eram os seguintes:

Adultos: 17,00EUR

Crianças (3-12): 13,50 EUR

Popeye Village

Preciso Seguro de Viagem para visitar Malta?

Viajar sem seguro de viagem é um risco que nós preferimos não correr, mesmo em destinos europeus.

Se procura seguros de viagem acessíveis tomamos a liberdade de sugerir a IATI Seguros e se utilizar os nossos links tem um desconto de 5%.

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

*este post pode ter links afiliados.

4

Hotel em Malta |db Seabank Resort + SPA ****

Hotel Review DB SeaBank Malta

A nossa escolha em termos de Hotel em Malta recaiu no db Seabank Resort, que fica localizado em Mellieha. Para quem não acompanha o blogue deixe-me explicar que nós somos uma família com dois filhos e nesta viagem procurávamos essencialmente descanso.

Queríamos um destino que não implicasse muitas horas de viagem, um hotel com infraestrutura pensada para famílias e onde pudéssemos relaxar à beira-mar e na piscina.

Porém, não nos interessava uma “gaiola dourada”, queríamos ter oportunidade de explorar um pouco o país mas sem ser muito cansativo.

Portanto, era importante para nós escolhermos um hotel confortável, perto da praia, com atividades para as crianças mas que as mesmo tempo tivesse bons acessos pois queríamos conhecer Malta utilizando transporte públicos.

O Hotel db Seabank Resort + SPA preencheu todos estes requisitos com distinção!

Vamos ao Hotel Review mas antes aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Hotel em Malta | db Seabank Resort + SPA

Localização do hotel Seabank

Marfa Road, MLH 9063 Mellieha, junto à Baía L-Ghadira. Esta Baía é conhecida por ter uma das maiores praias de areia em Malta.

Na nossa opinião é a localização perfeita!

Os quartos do hotel em Malta

Nos ficámos num quarto quádruplo, bastante espaçoso e com varanda.

quarto de hotel

A casa de banho tinha banheira e chuveiro e todas as amenidades expectáveis num hotel 4****.

A tarifa do quarto garante-lhe um lugar de estacionamento gratuito. Boas notícias para quem pretende alugar um carro em Malta.

Os sete restaurantes do hotel em Malta

O db Seabank Resort + SPA tem sete restaurantes. Leu bem, sete restaurantes que pode experimentar gratuitamente: Coral Restaurant, L’Orjent Restaurant, El Rodizio Restaurant, The Jungle Restaurant, La Pellicola Restaurant, Laguna Pool Restaurant e Tramun Taghina Restaurant.

À excepção do Restaurante Coral, os restantes restaurantes do db Seabank Resort + SPA são de reserva obrigatória.

O Coral Restaurant

Restaurante Coral

O Coral Restaurant é o buffet principal do Hotel db Seabank em Malta. Foi o restaurante que mais frequentámos enquanto estivemos alojados neste hotel.

O restaurante é composto pela área de self-service, sala de refeições no interior e esplanada no exterior.

Área de self-service do Coral Restaurant:

Esta área é bastante ampla e não notei nenhum constrangimento mesmo quando a afluência de pessoas era grande.

Haviam várias estações onde os chefs preparavam as refeições, aliás, a maior parte das refeições quentes eram preparadas no local.

Portanto, as pizas saíam do forno e eram servidas imediatamente e as pessoas podiam servir-se de massas, legumes cozidos, carne e peixe mal ficavam prontos.

A área das saladas e entradas ficava separada, assim como o buffet das sobremesas, que eram reabastecidos com rapidez.

O facto de serem áreas distintas facilitava a movimentação de pessoas que não se juntavam num único sítio.

Havia também um dispensário de bebidas (com água, refrigerantes, cerveja e vinho) e máquinas e café e chá que as pessoas podiam utilizar livremente.

A Sala de refeições:

A sala de refeições era ampla e os funcionários eram rápidos a trocar as toalhas e preparar a mesa para os próximos hóspedes.

A Esplanada:

A área da esplanada exterior tinha uma vista para a praia de Mehilla.

Era bastante agradável principalmente ao pequeno-almoço, quando o calor ainda era moderado.

Isto significa que ao almoço e jantar nós preferíamos o conforto de um ambiente com ar condicionado.

Horário de funcionamento do Restaurante Coral:

O pequeno-almoço é servido entre as 7:30 e as 10:00, o almoço entre as 12:00 e as 15:00 e o jantar entre as 18:00 e as 21:30 (de segunda a quinta-feira) e entre as 18:00 e as 22:00 de sexta-feira a domingo).

L’Orjent Restaurant

L’Orjent Restaurant

O L’Orjent Restaurant é um dos sete restaurantes que os hóspedes do Hotel db Seabank Resort + SPA podem frequentar sem custo extra. Neste restaurante são servidos pratos de inspiração asiática em estilo buffet.

O buffet estava dividido em três partes: entradas, pratos principais e sobremesas.

Nas entradas havia hóstias, sopas e saladas bastante variadas, mas confesso que não dei muita importância.

Em seguida, os pratos principais! Havia um tabuleiro só com rolinhos de sushi!

Os cozinheiros estavam a cozinhar no momento e o cheiro da cozinha era ótimo.

Não me recordo dos nomes mas a oferta incluía noodles, pad thai e strir fry variados.

Pratos de frango, de camarão, de peixe e muitos legumes!

As sobremesas eram bolos, pudins e fruta semelhantes aos servidos nos outros restaurantes e não me pareceram de inspiração asiática. Talvez tenha tido azar no dia.

Horário de funcionamento do L’Orjent Restaurant:

Este restaurante só está aberto para o jantar e tem dois turnos por noite, sendo que o primeiro turno começa às 18:30 e prolonga-se até às 20:00 e o segundo turno inicia-se às 20:30 e termina às 22:00.

O El Rodízio

El Rodizio Hotel em Malta

O El Rodízio foi o restaurante que menos gostámos dos cinco que experimentámos no db Seabank Resort + SPA. O jantar divide-se em dois momentos: em primeiro lugar as entradas e acompanhamentos são em estilo buffet e em seguida as carnes assadas são servidas na mesa.

O buffet das saladas era semelhante ao buffet de saladas do restaurante principal, nada havia que o distinguisse.

Por outro lado, os acompanhamentos eram arroz de feijão vermelho (não havia arroz branco nem feijão preto), um arroz  amarelo que não percebi muito bem de que era, nuggets de frango, batata frita, legumes assados, pão de queijo e mais algumas coisas que não experimentámos.

Os acompanhamentos não estavam maus mas também não eram nada de especial. A exceção era o pão de queijo que estava muito bom mas desapareceu depressa demais e não foi reposto.

As carnes assadas incluíram frango com bacon, porco, carne de vaca e borrego que estavam medianas.

Então, o jantar decorreu da seguinte forma: as pessoas serviam-se das entradas e iam para a mesa. Depois iam buscar os acompanhamentos e iam novamente para a mesa mas tinham de esperar muito tempo para que as carnes assadas fossem servidas.

Além disso, serviram apenas um tipo de carne de cada vez e demoraram muito para servir as restantes. O que aconteceu é que algumas pessoas desistiram de esperar e saíram do restaurante antes do final da refeição.

A sobremesa era abacaxi assado com creme.

Horário de funcionamento do El Rodizio:

O El Rodizio está aberto aos jantares todos os dias exceto à quinta-feira. Existem dois serviços por noite, um das 18:00 às 20:00 e outro das 20:20 às 22:00.

The Jungle Restaurant

Entrada Hotel em Malta

A comida servida no The Jungle Restaurant é americana e o ambiente é uma selva! Isto significa que para entrar no restaurante tem de atravessar uma passadeira de madeira, algumas árvores (artificiais) e esgueirar-se pelo meio de uns macacos pendurados!

Além disso, dentro do restaurante existe um parque de diversões para os macaquinhos da família (entenda-se para as crianças).

A ementa do The Jungle:

Comida Jungle Restaurant

Em primeiro lugar, havia um buffet de entradas com saladas várias, queijo e salmão fumado.

Depois, e sendo um restaurante americano, não podiam faltar hambúrgueres, mac & cheese, entrecosto, frango frito e mais umas coisas deliciosas!

The Jungle Restaurant Malta

Por fim, nas sobremesas destacaram-se os brownies e os donuts 🙂

Horário de funcionamento do The Jungle:

De segunda e sábado o The Jungle Restaurant está aberto ao jantar, sendo que o primeiro turno é das 18:30 às 20:00 e  segundo turno é das 20:30 às 22:30.

Ao domingo está aberto ao almoço das 11:30 até às 14:00 e das 14:30 até às 17:00.

La Pellicola Restaurant

La Pellicola Restaurant

Este é o restaurante italiano do Hotel DB Sea Bank.

O nosso jantar neste restaurante italiano foi bastante agradável. Em primeiro lugar, o buffet as entradas tinha saladas e carnes frias, incluindo vários tipos de azeitonas, melão e presunto.

Como prato principal havia disponível piza e vários tipos de massa.

Por último, o buffet das sobremesas tinha bolos e pudins parecidos aos servidos nos outros restaurantes, o único prato que nos despertou interesse foi o tiramisù enformado que estava bom.

Horário de funcionamento do La Pellicola:

O restaurante está aberto todos os dias ao jantar, com dois turnos: o primeiro das 18:30 às 20:00 e o segundo das 20:30 às 22:30.

Em alternativa pode experimentar as especialidades italianas ao almoço de domingo, também com dois turnos: o primeiro das 11:30 às 14:00 e o segundo das 14:30 às 17:00.

Como a nossa estadia em Malta foi de uma semana não tivemos oportunidade de experimentar o Laguna Pool Restaurant e o Tramun Taghina Restaurant, no entanto queria transmitir algumas informações que acho pertinentes.

O Laguna Pool Restaurant fica localizado junto à piscina e serve pequenos-almoços tardios (10:00 – 12:00), almoços e snacks (12:00 – 15:00) e chá da tarde (15:00 – 18:00) sem qualquer necessidade de reserva.

No entanto, à noite o Laguna Pool Restaurant converte-se no Mediterranean BBQ Grill, que serve jantar das 19:30 às 22:00. Para esta refeição é necessária reserva e o menu baseia-se em carnes e peixes grelhados.

O Tramun Taghina Restaurant é o Bistro – Grill – Café do resort e apenas pode ser reservado uma vez.

Como marcar restaurantes no db Seabank Malta

Como marcar restaurantes no db Seabank Malta

A marcação de restaurantes de especialidade no hotel db Seabank Malta é efetuada através de máquinas próprias. Nós vimos duas dessas máquinas, uma junto aos elevadores da recepção e outra junto ao bar.

A máquina é parecida com um terminal multibanco e para a reconhecer só precisa olhar para a fotografia deste artigo.

De preferência marque as suas refeições logo no primeiro dia para não correr o risco de os turnos dos restaurantes esgotarem.

Então, o que precisa de fazer é dirigir-se a uma das máquinas de marcação e em “Book your restaurant now” escolher a opção “Restaurants“.

Depois escolhe o restaurante pretendido e o dia e hora pretendidos. Tem de inserir o número da sua habitação e validar a informação com a data do check in.

Quanto terminar a reserva a máquina irá imprimir um talão que precisa de entregar ao funcionário do restaurante no dia do seu jantar.

Simples, não é?

Os bares do Hotel em Malta

db Seabank Resort

O Bar junto à Laguna Pool Restaurant serve de apoio às pessoas que estão na piscina principal. Tem disponível água e bebidas não alcoólicas.

O Lobby Bar destina-se a maiores de 13 anos e a partir de uma certa hora (se não estou em erro, a partir das 18:00) apenas adultos o podem frequentar. Se gosta de piñas coladas ou margaritas só as vai encontrar aqui!

Margarita no db Seabank Resort

O Bar principal fica junto ao local onde à noite fazem os espectáculos.

A lista de bebidas disponíveis é mais limitada do que, por exemplo, no Lobby Bar. Por exemplo, não servem refrigerantes.

Animação no db Seabank Resort

Existe animação diurna e noturna para adultos e crianças. Nós não tomámos muita atenção porque não nos interessava mas junto à receção e junto à piscina estavam afixados os horários das atividades.

Animação no db Seabank Resort

Infraestrutura & zonas comuns do Hotel em Malta

Hotel Review DB SeaBank Malta

O complexo conta com três piscinas, um paraíso para quem aprecia piscinas.

A piscina mais pequena destina-se a crianças e tem escorregas, bolas e insufláveis. Junto a esta piscina existe um parque infantil.

A piscina coberta é aquecida mas nós nem entrámos porque esteve sempre bom tempo.

Por último, a piscina principal é realmente muito grande. Apesar de ser frequentada por muita gente pode nadar à vontade sem ter receio de chocar com alguém.

O resort tem um pequeno supermercado que vende de tudo: insufláveis, T-shirts, souvenirs, bonés, cremes, bolachas, chocolates e mais umas quantas coisas. Aqui também pode comprar passes para o autocarro.

db Seabank Resort

Se à última hora decidiu alugar um carro fique sabendo que no átrio do hotel existe uma loja de Rent-A Car assim como várias empresas que vendem excursões. O nosso tour de um dia a Gozo foi comprado no hotel.

Além do que já mencionámos o resort também tem SPA e organiza saídas para praticantes de mergulho e desportos aquáticos.

O Fish Spa no Hotel em Malta

Fish Spa em Malta

Quando custa?

Para os adultos, uma sessão de 10 minutos custa 9 EUR; 20 minutos custam 12 EUR e 30 minutos custam 15 EUR.

Se tiver crianças aventureiras com vontade de experimentar (como o nosso filho mais novo!), os preços são um bocadinho mais acessíveis. 10 minutos custam 7 EUR, 20 minutos custam 10 EUR e 30 minutos custam 12 EUR.

Faz cócegas?

No início sim, mas não é nada que não se possa aguentar e o desconforto desaparece poucos minutos após o começo da sessão.

É higiénico?

Não sei responder a esta pergunta com certeza mas os pés são lavados antes de serem mergulhados nos tanques e a pele é cuidadosamente examinada à procura de possíveis cortes.

Os cortes ou feridas na pele são protegidas com adesivos antes da sessão com os peixinhos.

Nota-se diferença na pele?

A pele fica mais macia é verdade mas não notei uma diferença muito grande.

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

0

Aeroporto de Malta

Sabe como ir do Aeroporto de Malta até Valeta? Neste artigo vamos dizer-lhe que opções de transporte tem disponíveis para fazer a viagem desde o aeroporto até Valeta.

Mas como nem todos os viajantes têm como destino final a capital de Malta, também explicamos como chegar de autocarro a quase todos os pontos da ilha.

Como ir do Aeroporto de Malta até Valeta

O Aeroporto Internacional de Malta fica localizado na cidade de Luqa, a cerca de 8 km de Valeta. O trajeto é rápido e para ajudar os condutores malteses gostam de conduzir muito depressa.

Se, como nós, comprou um pacote de viagem numa agência provavelmente não precisa de se preocupar com o transfer porque já está incluído no pacote. Quando sair da área de chegadas do aeroporto estará alguém à sua espera para o levar para o hotel.

No entanto, se optou por fazer a viagem de forma independente quando sair do aeroporto pode fazer o percurso de autocarro, táxi ou, em alternativa, pode alugar um carro.

Autocarro

O autocarro é, sem dúvida, a forma mais económica para se deslocar do aeroporto até qualquer ponto da ilha. Para dicas genéricas como utilizar o autocarro em Malta por favor veja o nosso artigo aqui.

Junto ao aeroporto pode encontrar as seguintes paragens de autocarro:

X1 – Ċirkewwa

X1B – Ċirkewwa

X2 – St. Julians

X3 – Gugibba

Os autocarros em Malta têm uma frequência bastante aceitável, por exemplo, no período noturno, existem autocarros a circular de 30 em 30 minutos.

O bilhete é válido por duas horas e custa 1,50 EUR no inverno, 2,00 EUR no verão e 3,00 EUR no período noturno.

Como o seguro morreu de velho é conveniente confirmar as rotas e os horários disponíveis no site dos Transportes Públicos de Malta.

Táxi

Não precisei de usar táxi quando estive em Malta mas disseram-me que os táxis não têm taxímetro, pelo que é conveniente combinar o valor da corrida antes de iniciar a viagem.

À saída do aeroporto vi muitos táxis parados, imagino que não seja complicado encontrar um disponível.

Aluguer de carro

Se tenciona alugar carro na sua estadia em Malta porque não levantar a viatura no aeroporto? Economiza tempo e dinheiro.

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

4

Guia de Viagens Malta, vale a pena comprar?

Acha que vale a pena comprar um Guia de Viagens Malta? Fico sempre na dúvida se devo gastar o meu dinheiro com guias de viagem porque há muita informação disponível gratuitamente online. Desta vez, com a viagem para Malta, resolvi pensar a sério no assunto e partilho aqui no passaporte no bolso as conclusões a que cheguei.

Portanto, neste artigo vai encontrar argumentos a favor e contra a aquisição de um Guia de Viagens Malta para que possa refletir e tirar as suas próprias conclusões! É claro que esta reflexão se pode aplicar a qualquer guia de viagem.

Guia de Viagens Malta

Comprar um guia de viagem significa gastar algum dinheiro e quando o orçamento já é apertado todos os EUR contam. Mas sabe o que também conta? O tempo que eu gasto em pesquisas online! Prefiro canalizar as minhas pesquisas para assuntos mais produtivos, como por exemplo, encontrar os preços de viagens de avião mais económicos para outros viajantes!

É certo que não me importo de pesquisar as vezes que forem necessárias mas alguém já fez esse trabalho por mim antes. Há alguma razão para começar do zero quando já existe um trabalho feito?

E o facto de comprar um guia de viagem não significa que não possa complementar essa informação. Por exemplo com pesquisas efetuadas por mim para tornarem a experiência mais pessoal e completa.

Além disso, o guia de viagens que escolhi inclui um mapa de bolso desdobrável (e resistente) que nos acompanhou por todo o lado!

Conhece os guias CityPack?

São os que normalmente usamos! Além de mostrarem as principais atrações turísticas, ainda dão sugestões de passeios, restaurantes, lojas, lugares de diversão e hotéis.

O Guia de Viagem CITYPACK Malta & Gozo tem a vantagem de incluir informações das duas ilhas que nós queríamos visitar: Malta e Gozo, portanto pareceu-nos o guia ideal para nos acompanhar nesta viagem.

Veja o nosso roteiro para uma semana em Malta aqui e quer visite Gozo de forma independente ou num tour, pode ver o roteiro que fizemos aqui!

Wook.pt - CITYPACK - Malta e Gozo

Conclusão

As viagens e os viajantes são diferentes, portanto acho compreensível que algumas pessoas não sintam necessidade de comprar um guia de viagem.

Porém, nesta viagem em particular o guia de viagem revelou-se uma escolha certa. O guia é pequeno e leve pelo que coube perfeitamente na minha mochila sem se estragar. As dicas de viagem como, por exemplo, onde fazer compras, foram muito úteis. Além disso, serviu para os miúdos se entreterem nas intermináveis viagens de autocarro.

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

0

Viajar com crianças para Malta

Viajar com crianças para Malta não é complicado mas há algumas dicas que podem facilitar a sua viagem com os mais pequenos.

Para quem não nos acompanha regularmente, nós temos dois filhos, agora com quinze e seis anos, que sempre viajaram connosco. Temos, portanto, quinze anos de experiência acumulada de viagens com crianças!

Viajar com crianças para Malta

Viagem de avião

Existem voos diretos para Malta tanto de Lisboa como do Porto.

Nós viajámos com a Ryanair, saímos do aeroporto Francisco Sá Carneiro no Porto às 19:45 com destino ao Aeroporto Internacional de Malta localizado em Luqa onde chegámos às 23:59.

Apesar de não ser uma viagem longa foi uma viagem ao fim do dia e coincidiu com a hora de jantar, o que para quem viaja com crianças pode ser problemático. Nós jantámos no aeroporto antes de embarcarmos e levámos barrinhas de cereais e bolachas para a viagem.

No regresso saímos às 17:00 e chegámos ao Porto às 19:20. Também levámos para a viagem barrinhas de cereais e bolachas.

Alimentação

A comida em Malta não é muito diferente da nossa. Os nossos filhos não reclamaram da comida, aliás, a nossa família ganhou algum peso e, realmente, não havia nada de muito diferente do que encontramos em Portugal.

Tenha apenas em atenção que o clima é muito quente e é fácil desidratar. Certifique-se que oferece bastante água aos seus filhos.

Atividades para crianças

É normal que as crianças prefiram um dia na piscina do que um dia a percorrer ruas cheias de gente. Para que possa visitar convenientemente Malta, e acredite que Malta tem muito para ver, sugerimos que alterne dias de praia ou piscina com dias mais culturais. Assim agrada a toda a gente.

Além disso, em Malta existe um parque de diversões que provavelmente vai colocar sorrisos nas caras de adultos e crianças. Serviu de cenário ao filme do Popeye e chama-se Popeye Village.

Precauções diversas

Em Malta vai sentir muito calor, aconselhamos a levar vestuário e calçado condizentes com dias bastante quentes. No entanto, à noite fica mais frio, leve também um agasalho.

Além disso, protetor solar é obrigatório por razões óbvias.

A última dica tem que ver com alforrecas. Existem vários tipos de alforrecas em Malta mas nem todas são perigosas. Em algumas praias existem sinais com imagens das alforrecas que indicam quais são perigosas.

Eu preferi não arriscar e quando ouvia a palavra alforreca não me aproximava da água. De vez em quando elas aparecem junto à costa, principalmente em dias com bastante vento. Isto aconteceu-nos na Blue Lagoon em Comino, vimos várias pessoas aos gritos com queimaduras de alforrecas.

Muito importante, já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença? Para todos os membros da família? É conveniente que o leve consigo para uma viagem a Malta.

Viajar com crianças para Malta

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

0

Roteiro para um dia em Valeta, Malta

Existem mil e uma combinações possíveis para um roteiro de um dia em Valeta. O roteiro que sugerimos foi testado por nós e privilegia o que nós achamos importante: observar o movimento em ruas e praças, ver edifícios e visitar  monumentos com entrada gratuita.

Roteiro para um dia em Valeta

Em primeiro lugar, nós chegámos a Valeta de autocarro (já agora, veja o artigo sobre como usar o autocarro em Malta), e a paragem é junto à Triton Fountain.

Em seguida dirigimo-nos aos portões da cidade (Valletta City Gate) e mais à frente encontrámos a St George Square. No Museu Militar observámos o render da guarda e ao lado tirámos fotografias à Casa Rocca Piccola. Seguimos pela Rua da República, uma rua pedonal com muito comércio até ao Forte de Santo Elmo

A paragem seguinte foi em Siege Bell War Memorial, mesmo antes de nos perdermos no interior de Valeta. Sem sabermos muito bem como, chegámos ao Saluting Battery e lá de cima vimos os barcos sairem do porto e achamos que seria agradável fazer a travessia. Descemos os degraus até ao ferry e visitámos as Three Cities. Depois da visita a estas três cidades (Senglea, Vittoriosa e Cospicua) regressámos a Valeta.

O dia estava a correr bem e ainda tivemos tempo para visitar o Auberge de Castille, depois a Igreja de Santa Catarina e finalmente a Praça Royal Opera antes de regressarmos à rua principal, a Rua da República que nos levaria de novo à paragem de autocarros.

Surpresas nas ruas de Valeta? Sim, algumas, e neste artigo vamos dizer-lhe quais são!

Quando percorrer as ruas de Valeta observe com atenção os edifícios. Estão muito bem conservados e nota-se que os habitantes de Valeta têm orgulho nas suas casas. Além dos edifícios, vai encontrar praças e jardins bem arranjados e convidativos a uma pausa no passeio.

Mas edifícios bonitos, praças e jardins podem ser encontrados em qualquer cidade, não é verdade? E vacas empilhadas, já viu em algum lugar?

Surpresas nas ruas de Valeta, Malta

Vacas empilhadas

Esta estátua está localizada junto ao Valletta City Gate, mesmo na entrada da cidade de Valeta. É impossível não reparar nesta estátua de cor branca! É um conjunto de três vacas empilhadas que se prestam a fotografias divertidas!

Surpresas nas ruas de Valeta

Porco gigante

Ou será um javali? O nosso filho mais novo diz que é o Pumba do filme Rei Leão. Depois de olharmos umas quantas vezes decidimos dar-lhe razão!

Surpresas nas ruas de Valeta

Uma cabeça gigante com o dedo na orelha

Está a perguntar-se o que faz uma cabeça gigante com um dedo enfiado na orelha que sai na orelha oposta na capital de Malta? Não sei responder, mas quando o nosso filho mais novo viu a estátua pediu logo para tirarmos uma fotografia.

Surpresas nas ruas de Valeta

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

6

Como visitar a Blue Lagoon de forma independente

É mesmo importante saber como visitar a Blue Lagoon Malta de forma independente! Sabe como chegámos a esta conclusão? É que a Blue Lagoon é um sítio muito pequeno e enche rapidamente. Se chegar num tour cheio de gente não vai conseguir usufruir do lugar. O que é uma pena, veja só as fotos:

Blue Laggon
detalhe na ilha de Comino

Como visitar a Blue Lagoon Malta de forma independente

Viagem de Ferry

Nós utilizamos a companhia Comino Ferries Co-Op por indicação no nosso hotel. Apanhámos o autocarro mesmo à frente do hotel e o condutor do autocarro avisou-nos onde deveríamos sair e indicou-nos o caminho até ao porto, a cerca de 1km do terminal Cirkewwa Gozo Ferry.

ferry para blue lagoon
Bilheteira para o ferry de Comino

Veja como chegar de autocarro aqui.

O barco era pequeno, portanto não transportava muitos passageiros de cada vez.

barco junto ao ferry para comino

Onde comprar os bilhetes de Ferry

Existe uma bilheteira junto ao porto mas também pode comprar online.

Quanto custa o bilhete de Ferry

Os adultos pagam 10 EUR (bilhete de ida e volta) e as crianças até 10 anos pagam metade. No entanto, pode usufruir de um desconto de 10% se comprar o bilhetes online.

Horários

Tente chegar cedo para aproveitar a lagoa com poucos turistas, nós apanhamos o primeiro barco do dia às 9:00 mas pode ver os horários disponíveis aqui.

O que levar

Existem algumas barraquinhas de comida/bebida, casa de banho e aluguer de cadeiras e chapéus de sol a preços exorbitantes. De preferência leve consigo comida, bebidas, toalhas e protetor solar.

enchente de pessoas em comino

Precauções

As alforrecas podem ser um problema, principalmente em dias ventosos, portanto, se for picado, peça ajuda aos salvadores-nadadores.

Além disso as escarpas são escorregadias e com pedras soltas, cuidado para não cair nem atingir ninguém.

como visitar a blue lagoon de forma independente

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

2

Visita de um dia a Gozo a partir de Malta

Visita de um dia a Gozo

A oferta é muita se estiver interessado numa visita de um dia a Gozo a partir de Malta. É claro que se puder pernoitar em Gozo poderá explorar com mais calma a ilha mas tenha em mente que Gozo é realmente pequena.

Nós escolhemos não fazer a visitar de forma independente mas acredito que não seja difícil.

Se preferir visitar Gozo de forma independente veja os preços do Ferry aqui e esteja descansado pois pode comprar bilhetes para autocarros hop-on hop-off que dão a volta à ilha no próprio Ferry. Além disso, no terminal também existem táxis e autocarros.

O tour que nós comprámos incluía o transporte do hotel até ao terminal do Ferry de Gozo, viagem de autocarro em Gozo, bilhetes para o Ferry, para o templo de Ggantija, para o comboio em Marsalform e um almoço buffet em Rabat. Pareceu-nos completo e realmente foi uma boa opção para a nossa família.

O que visitar em Gozo

Ġgantija, Templo megalítico em Gozo

O Templo Ġgantija, também conhecido por Torre dos Gigantes, é um complexo megalítico do tempo neolítico, isto é, relativo ao período da pedra polida, localizado na ilha de Gozo.

Na verdade não é um mas sim dois templos que se pensam ser mais antigos do que as pirâmides do Egito.

A visita ao Templo de Ġgantija é composta por dois momentos: visita ao museu e visita ao templo

Museu de Ġgantija

Em primeiro lugar deve começar a visita no Museu. Aqui pode observar alguns artefactos encontrados nas escavações do Templo e ficar a conhecer a história do lugar.

Ġgantija
Ġgantija
Ġgantija
Ġgantija

Templo

A segunda parte da visita consiste na exploração das ruínas do Templo. O guia contou-nos como era a movimentação das pessoas no interior dos edifícios e deixou-nos à vontade para visitarmos o lugar com calma.

Ġgantija
Ġgantija
Ġgantija
Ġgantija
Ġgantija
Ġgantija

Informações práticas:

Morada:

John Otto Bayer Street, Xagħra, Gozo.

Horário:

De segunda a domingo das 9:00 às 17:00 (horário de inverno, de 1 outubro até 31 de maio)

Última entrada às 16:30

De segunda a domingo das 9:00 às 18:00 (horário de verão, de 1 junho até 30 de setembro)

Última entrada às 17:30

Victoria

Victoria é a capital de Gozo, a segunda maior ilha de Malta. Neste artigo vamos dizer-lhe o que fazer e visitar em Victoria.

Em primeiro lugar deixe-nos referir que nós visitámos Victoria num tour de um dia a partir de Malta. Estávamos hospedados em Mellieha em Malta e decidimos contratar um passeio organizado à ilha de Gozo. Se tiver interesse neste tipo de tour pode ver algumas sugestões aqui.

Veja o nosso roteiro completo em Malta aqui!

O que fazer e visitar em Victoria

Perder-se nas ruas estreitas da Cittadella

A Cittadella é muralhada e as ruas no interior são um autêntico labirinto, mas não se preocupe se se perder, acho que faz parte da experiência.

cittadella
mapa
coisas a fazer em gozo
victoria

Descansar na escadaria da Catedral da Assunção

Se andar às voltas na Cittadella mais tarde ou mais cedo vai encontrar a Catedral da Assunção. Aproveite para a visitar e descansar as pernas na magnífica escadaria.

victoria

Desfrutar de uma vista de 360º sobre a ilha de Gozo

É obrigatório subir até às muralhas da Cittadella para ter uma vista de 360º sobre a ilha de Gozo. Tenha coragem para subir todos os degraus pois a vista que se obtém lá de cima é fantástica. E tente não se lembrar que depois vai ter de descer uma quantidade equivalente dos degraus que subiu.

victoria

Saborear pastizz

É o snack favoritos dos malteses! A massa é amanteigada, parecida com os nossos pastéis de Chaves e o recheio tradicionalmente é de puré de ervilhas ou queijo. Nós provámos os dois tipos e ficámos fãs. Comprávamos sempre que víamos à venda. A boa notícia é que são muito baratos, entre 30 a 40 cêntimos cada, dependendo do lugar.

victoria

Segue-se uma lista de igrejas que pode visitar em Victoria. Os nomes estão em inglês porque como disse no início deste artigo, visitei Gozo num tour de um dia e, por isso, não entrei nestas igrejas nem sei os seus nomes em português. Fica a informação retirada de wikitravel:

  • St Mary’s Cathedral
  • St. George’s Basilica
  • St Francis Church (Franciscan Friars)
  • St James the Greater Church
  • Savina Church
  • St Augustine Church (Augustinian Friars)
  • St John Bosco Oratory Church
  • St Martha’s Church
  • Annunciation Church
  • Cana Movement Church
  • Good Shepherd Church
  • Manresa Church (Jesuits)
  • Our lady of Grace Church (Capuchin Friars)
  • Our Lady Help of Christians Church (Salesian Nuns)
  • Immaculate Heart of Mary Church (Franciscan Nuns)
  • Our Lady of Pompei Church (Dominican Nuns)
  • St Barbara’s Church (Citadel)
  • St Joseph’s Church (Citadel)
  • Immaculate Conception Church (Seminary)
  • Nazareth Chapel (Poor Clares)

Dica extra:

Por último, uma dica extra: espreite as webcams panorâmicas com imagens em direto a partir de Victoria, Cittadella e Dwejra :). Fará uma viagem sem sair do lugar!

Marsalforn Bay, estância balnear e salinas em Gozo

Marsalforn Bay é uma estância balnear bastante popular entre os malteses. Neste artigo vamos contar-lhe o que pode encontrar aqui e vamos dar-lhe sugestões de atividades nesta região de Gozo.

Em primeiro lugar deixe-nos referir que nós visitámos esta localidade num tour de um dia a partir de Malta. Se tiver interesse neste tipo de tour pode ver algumas sugestões aqui.

O que pode encontrar em Marsalforn Bay?

Salt Pans

Salt Pans são as salinas de Marsalforn. A água do mar enche uns reservatórios (os locais chamam-se panelas) e o sal é recolhido quando a água se evapora.

Apesar de ser proibido aceder aos reservatórios, algumas pessoas acham piada tirar selfies junto ao sal, por favor não o faça.

barco de pesca nas salinas de Malta
As salinas em Gozo
Marsalforn
vista das salinas em malta
o sal de malta

Tras-Salvatur Hill

É o Cristo Rei de Gozo, uma estátua de betão que se eleva no cimo de um monte onde, segundo uma lenda, os locais viram fumo negro e acharam que se tratava de um vulcão. Não existe trilho mas a estátua é bem visível a partir da estrada, portanto, aventure-se pelo monte.

Sugestões de atividades em Marsalforn

Comprar sal para levar para casa

O sal extraído de Salt Pans é de boa qualidade, porque não arranjar souvenirs únicos para amigos e familiares? Pode se adquirido junto a pequenos vendedores ambulantes perto das praias de Marsalforn.

Marsalforn
Marsalforn

Fazer mergulho em Marsalforn Bay

É fã de mergulho? Se sim, pode praticar a sua atividade favorita em Marsalforn, o Gozo Aqua Sport tem loja em 46A Triq Il-Port Marsalforn, MFN1328, Iż-Żebbuġ, Malta.

Marsalforn
Marsalforn
Marsalforn

E agora já sabe o que encontrar e fazer em Marsalforn! Tenha em atenção que é um lugar bastante pequeno mas que se enche de turistas em alturas de férias e fins de semana.

Vale a pena visitar Dwejra Bay quando não existe mais a Azure Window?

Esta foi a pergunta que nos fizemos quando planeávamos a viagem a Gozo e decidimos visitar Dwejra Bay. É que a Azure Window era uma imagem de marca de Malta.

A notícia do colapso da Azure Window no dia 8 de março de 2017 correu o mundo. Quando vi fiquei com pena pois Malta estava na minha lista de viagens há bastantante tempo e agora não tenho mais hipótese de ver esta maravilha da natureza.

Mesmo assim escolhemos um tour que incluía uma paragem em Dwejra Bay porque achávamos que valia a pena, pelo menos, ver o  local onde se situava.

grutas em malta
passeio de barco em malta

Quer saber mais acerca deste e outros tours em Malta, veja aqui.

O passeio de barco não estava incluído no tour, pagámos 3,00EUR por cada pessoa o que me pareceu um preço justo.

O pequeno barco saiu do porto em direção a uma estreita passagem. O interior do túnel é escuro e frio mas a passagem faz-se rapidamente.

barcos em malta
Dwejra Bay
Dwejra Bay

O resto do passeio foi atribulado porque naquele dia o mar estava agitado com ondas bastante grandes. Pudemos ver as formações das rochas, incluindo uma que parecia um a cara e outra que parecia um crocodilo gigante empoleirado na ravina.

Dwejra Bay
Dwejra Bay

Vimos, também, o local onde de situava a Azure Window.

Dwejra Bay

Para responder à pergunta no início deste artigo, sim!!! Vale a pena visitar visitar Dwejra Bay mesmo sem ter a possibilidade de ver a Azure Window. Ao ver as imagem da Azure Window percebo o fascínio mas a viagem de barco é bastante agradável e, se quiser, pode dar um mergulho nas águas tranquilas junto ao porto.

Visita de um dia a Gozo a partir de Malta | a nossa experiência

Saímos do hotel às 11:15 e levaram-nos até ao Ferry para fazermos a viagem até Gozo. Já em Gozo o guia explicou-nos como seria o dia enquanto nos dirigíamos até ao Templo Ggantija. Para ficar com uma ideia o templo é mais antigo do que as pirâmides do Egito.

Depois da visita ao museu e às ruínas do templo fomos a Dwejra Bay onde num passeio de barco visitámos o local onde se podia ver a Azure Window. Este passeio não estava incluído no tour e custou-nos 3,00 por pessoa. Foi um valor justo na nossa opinião. A caminho de Dwejra Bay podemos espreitar uma pedreira local, não parámos mas os blocos de rocha eram bem visíveis da janela do autocarro.

A seguir visitámos a capital de Gozo, Victoria e no final parámos em Rabat onde almoçámos.

A última paragem do tour foi em Marsalforn onde num simpático comboio visitámos a vila até às salinas Salt Pans.

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

0

Como usar o autocarro em Malta

A ilha de Malta é relativamente pequena e está bem servida de transportes públicos. Sabia que existem mais de duas mil paragens de autocarro em Malta e Gozo? Neste post contamos-lhe como usar o autocarro em Malta: dizemos-lhe que tipos de bilhetes de autocarro estão disponíveis, onde os comprar e os preços dos bilhetes à data de hoje.

Como usar o autocarro em Malta

Tipos de bilhetes de autocarro

ExplorePlus Card

Em primeiro lugar vamos explicar-lhe em que consiste o cartão ExplorePlus. Este cartão permite viagens ilimitadas durante 7 dias, inclui transporte especial a partir do aeroporto e duas viagens do Ferry de Valeta. Além disso, pode escolher uma das seguintes opções extra: tour de um dia em autocarro hop-on hop-off ou uma viagem de barco até à ilha de Comino. Lembre-se que é em Comino que pode encontrar a Blue Lagoon.

É, sem dúvida, o passe mais completo para quem visita Malta.

Explore

Apesar de não ser tão completo em comparação com o ExplorePlus, este passe permite viagens ilimitadas durante 7 dias, a partir do momento em que é validado.

12 Single Day Journeys

Com este cartão tem acesso a 12 viagens, mas a custo mais baixo em comparação com os bilhetes avulso. O mais importante é que pode ser partilhado por vários viajantes.

Bilhetes avulso

Por outro lado, se não estiver disposto a comprar cartões pré-pagos, pode optar com adquirir o bilhete no próprio autocarro. Estes bilhetes são válidos por duas horas e pode mudar de autocarro as vezes que precisar. As duas horas contam a partir do momento em que compra o bilhete mas se mudar de autocarro as duas horas contam até ao momento que entra no autocarro seguinte. Quando entrar no autocarro seguinte só precisa de mostrar o bilhete.

Para ilustrar esta situação parece-nos importante referir um episódio que nos aconteceu. Num dos dias em que viajámos de autocarro faltavam dois minutos para terminarem as duas horas (no bilhete está bem visível a hora e os minutos do fim de validade do bilhete) quando entrámos num autocarro. Pensei que me iam cobrar um novo bilhete mas entrei no autocarro, mostrei ao condutor os bilhetes e perguntei “Is this ok?”, ele olhou para o relógio, sorriu e disse que sim. É claro que ficámos contentes porque era a última viagem do dia, tínhamos pela frente cerca de uma hora de viagem até à nossa paragem e não tivemos de comprar novo bilhete. Ou seja, por dois minutos poupámos 8 EUR (2 EUR cada).

Onde comprar os bilhetes de autocarro

Em primeiro lugar os cartões ExplorePlus Card, Explore e 12 Single Day Journeys podem ser comprados online, tem a possibilidade de os receber em casa sem custo adicional ou, se preferir, pode levantá-los em Malta.

Se não quiser comprar online pode dirigir-se a um dos seguintes locais:

LocationOpening Hours (Monday to Sunday)
Valletta Bus Terminal (next to Bay A1)06:00 to 17:30
Sliema Ferries next to Bus Stop Ferries 207:00 to 18:30 (closed between 13:00 to 13:35)
Malta International Airport (in the Arrivals Lounge)08:00 to 19:30
Bugibba Bus Terminal08:00 to 19:30 (closed between 14:00 and 14:35)
Victoria (Gozo) Bus TerminalMonday to Friday 08:00 to 12:00; 13:00 to 16:00, Saturday 08:00 to 12:00 and Sunday Closed

Tabela retirada do site oficial.

Dica extra: Nós vimos estes passes à venda em algumas lojas, incluindo no nosso hotel.

Os bilhetes avulso são comprados ao motorista do autocarro.

Preços dos bilhetes de autocarro (à data de hoje)

ExplorePlus Card

Custa 39,00 EUR

Explore

Adultos; 21,00 EUR

Crianças: 15,00 EUR

12 Single Day Journeys

Custa 15,00 EUR

Bilhetes avulso

Verão (Meados junho a meados de outubro): 2,00 EUR

Inverno (meados de outubro a meados de junho): 1,50 EUR

Período Noturno: 3,00 EUR.

Compensa alugar carro em Malta?

Será que compensa alugar carro em Malta? É indiscutível que em Malta existe uma boa rede de transportes públicos, especialmente autocarros, mas compreendo que mesmo assim a pergunta surja com frequência!

Com efeito, algumas pessoas perguntaram-me se compensa alugar carro em Malta e apesar de não o ter feito gostaria de trazer algumas luzes sobre o assunto.

O que precisa saber para decidir se compensa alugar carro em Malta.

Circulação pela esquerda.

Em primeiro lugar saiba que o trânsito circula pela esquerda, como em Inglaterra. Se não tem experiência em conduzir pela esquerda imagine-se a circular pelo lado “errado” da estrada e a entrar nas rotundas em contramão.

Porque é assim que se vai sentir apesar de estar atuar de acordo com as regras de trânsito de lá!

Condução agressiva.

Acredite que não é preconceito, é uma realidade comprovada por nós! Os condutores em Malta conduzem de uma forma muito agressiva. Quer isto dizer que não respeitam os limites de velocidade, conduzem colados ao carro da frente e fazem uso abundante da buzina.

Além disso, estacionam em qualquer lado! Seja em cima de passadeiras de peões, em segunda ou terceira fila, nos passeios, enfim, onde conseguirem deixar o veículo.

Excelente rede de transportes públicos.

Existe uma quantidade inacreditável de autocarros a circular nas ruas e com rotas que contemplam a totalidade da ilha.

Por esta razão é possível visitar todos os lugares em Malta de uma forma muito cómoda de autocarro. E tenha em mente que também é económico utilizar os transportes públicos!

A ilha é pequena.

Não vai acreditar como a ilha é pequena até chegar lá! Se quiser ir de um extremo ao outro de Malta conte com percurso de cerca duas horas de autocarro. Isto a contar com todas as paragens que o autocarro vai fazer.

Vamos lá então ao que interessa, compensa alugar carro em Malta?

Se não o assusta o que escrevemos neste artigo, força, vá em frente e alugue um carro em Malta!

Alías, se considerar que o autocarro demora cerca de duas horas de uma ponta à outra da ilha e que os preços praticados são acessíveis, parece-me que este tipo de transporte é bastante adequado para visitar Malta.

Não acha? Agora já sabe como usar o autocarro em Malta!

Está a pensar viajar para Malta? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Gostaria de conhecer melhor Malta? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no no facebook e no instagram.

8

Roteiro Malta | para 7 dias, 5 dias e 3 dias

Eu já tinha vontade de visitar Malta mas depois de ler os artigos dos blogues Viajar entre Viagens e Alma de Viajante ainda fiquei com mais vontade e apressei-me a marcar a viagem. Acompanho estes dois blogues há anos e não me canso de ler e reler os posts deles. São realmente inspiradores!

Vamos, então, ao roteiro para uma semana em Malta!

A principal dificuldade que sentimos enquanto fazíamos  este roteiro para uma semana em Malta foi decidir o que não ia caber na nossa viagem.

Sabíamos de antemão duas coisas: em primeiro lugar, não queríamos visitar os lugares a correr e depois queríamos aproveitar a praia e a piscina do hotel. E uma semana passa a correr!

Além disso, achamos importante que numa viagem haja lugar a tempo sem nada planeado para podermos efetivamente descansar e para abrirmos espaço para o imprevisto.

Se a viagem estiver planeada ao minuto não temos oportunidade para o imprevisto e, sinceramente, sinto que ficamos a perder.

Acha que é importante numa viagem deixar tempo livre? Deixe a sua opinião nos comentários!

Como nos organizámos?

Fizemos uma lista com os sítios que queríamos visitar e agrupámos esses lugares para rentabilizar as deslocações. Em alguns dias fazíamos visitas da parte da manhã e ficávamos no hotel de tarde, noutro dias estivemos fora do hotel todo o dia, só regressávamos quando era noite e noutros ainda apenas saímos do hotel para visitar a pé os arredores.

 O roteiro final ficou assim:

Primeiro dia –  Viagem para Malta

Segundo dia – Mellieha

Terceiro dia – Gozo

Quarto dia – Mellieha

Quinto dia – Comino e Popey Village

Sexto dia – Valeta e Three Cities

Sétimo dia – Marsaxlokk, St. Peter’s Pool, Mdina e Rabat

Último dia – Mellieha e viagem de regresso.

É claro que não vimos tudo nem era essa a nossa intenção. Mas não temos dúvidas de que foi uma semana espetacular e é nossa opinião que este roteiro para uma semana em Malta foi perfeito para nós!