Browsing Category

Destinos

1

O que visitar em Monsanto | Aldeia Histórica

O que visitar em Monsanto

No artigo de hoje vamos dizer-lhe o que visitar em Monsanto, que é considerada a Aldeia Mais Portuguesa de Portugal e uma das doze Aldeias Históricas de Portugal.

É um local magnífico caracterizado por casas de granito estrategicamente construídas junto a pedregulhos e que se misturam com a paisagem.

O que visitar em Monsanto

A Igreja Matriz ou Igreja de S. Salvador

A Igreja Matriz ou Igreja de S. Salvador

Igreja construída em estilo maneirista e barroco que data dos séculos XV e XVI.

O Castelo de Monsanto

O que visitar em Monsanto

O Castelo de Monsanto localiza-se no cimo de um monte, com acessos bastante difíceis.

Se é aventureiro e tem vontade de fazer o percurso até ao castelo, recomendamos que leve calçado adequado e tenho especial atenção ao terreno irregular e pedras soltas.

O Solar dos Pinheiros e Chafariz do Mono

Este bonito edifício de arquitetura senhorial localiza-se no número 12 da Rua Marquês da Graciosa.

Tem a particularidade de oferecer água a quem passa num chafariz a que chamam “mono” pelo seu aspeto tosco.

Pelourinho de Monsanto

Pelourinho de Monsanto

O Pelourinho de Monsanto é um Imóvel de Interesse Público e está localizado junto à Igreja da Misericórdia.

Torre do Lucano ou Torre do Relógio

Torre do Lucano ou Torre do Relógio

Acredita-se que esta torre foi construída no século XV e é um sítio popular para tirar fotografias.

Gruta de Monsanto

Esta gruta resultou do aproveitamento de espaço livre existente entre vários penedos.

É um sítio pequeno e um pouco claustrofóbico. No entanto, é surpreendentemente fresco nos dias quentes de verão.

Miradouro do Forno

Vai encontrar este miradouro do lado direito se estiver virado em direção ao castelo.

É, na nossa opinião, um dos melhores sítios para observar o casario na encosta de Monsanto.

O Miradouro foi buscar o seu nome ao forno comunitário que se encontra ali perto.

Melhor altura para visitar Monsanto

Qualquer altura é uma boa altura para visitar Monsanto mas tenha em consideração que durante o mês de maio acontece a Festa de Santa Cruz, que chama a esta aldeia inúmeros visitantes.

Como chegar a Monsanto

Monsanto está situada no concelho de Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco.

A partir do Porto poderá utilizar a A1 ou a A25.

O que visitar perto de Monsanto

Nós visitámos Monsanto numa road trip que incluiu Belmonte e Sortelha.

No entanto, para os admiradores de Aldeias Históricas de Portugal, tomamos a liberdade de sugerir Piódão.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

1

Sortelha aldeia histórica no concelho do Sabugal

O que visitar em Sortelha

Sortelha é, na nossa opinião, uma das mais bonitas Aldeias Históricas de Portugal. É também uma das mais antigas e no artigo de hoje gostaríamos de o convidar a visitar estas ruas e vielas que o farão viajar no tempo.

Apenas vamos falar dos pontos que nos chamaram mais a atenção na nossa visita a Sortelha mas saiba que estão referenciados trinta e sete lugares a visitar.

No final do artigo indicamos algumas dicas de viagem, incluindo como saber quais são estes trinta e sete lugares e onde se localizam.

Se visitar Sortelha venha com tempo porque apesar de a aldeia ser pequena e os sítios de interesse estarem pouco distantes, vai certamente ficar enamorado pela quantidade de recantos e detalhes para admirar.

O que visitar em Sortelha

A Porta da Vila

É a porta de entrada e por onde terá de passar para visitar a aldeia.

Existe um pequeno parque de estacionamento do lado de fora da Porta da Vila mas se preferir pode deixar o seu veículo no interior da muralha.

O Castelo de Sortelha

O que visitar em Sortelha

É o ponto turístico mais visitado em Sortelha e foi construído no século XIII.

Pode visitar gratuitamente o castelo medieval e as vistas sobre a Serra da Estrela estão garantidas.

Tome o tempo necessário para explorar o castelo e as muralhas, com todos os seus recantos.

No entanto, recomendamos que preste especial atenção a onde coloca os pés pois as pedras estão desgastadas e corre o risco de cair.

Portas da Traição

Estas são duas portas que estão situadas no castelo e que serviam, em caso de ataque, para reforços entrarem no castelo, ou, para os moradores fugirem dos atacantes.

O Pelourinho

O Pelourinho de Sortelha

O Pelorinho de Sortelha está localizado na Praça do Pelourinho e está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Foi construído em estilo manuelino e acredita-se que data do século XVI.

A Rua do Forno

Rua do Forno

Nesta rua costumava haver um forno comunitário que servia a população da aldeia e que hoje é um café.

É uma rua especialmente bonita com pavimento e paredes das casas em granito.

Cabeça da Velha

Junto à Porta falsa e se olhar em frente poderá observar uma estranha formação rochosa que se assemelha a uma cabeça humana.

Os habitantes de Sortelha colocaram-lhe o nome de “Cabeça da Velha” e é uma popular atração turística da região.

A Porta Nova

A Porta Nova

Por esta porta entravam os habitantes que vinham da Covilhã pelo caminho medieval.

Alojamento em Sortelha

Se quiser pernoitar em Sortelha tem algumas opções de alojamento em casas rurais mas se preferir um hotel sugerirmos o Cró Hotel Rural no Sabugal.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Como chegar a Sortelha

Sortelha está localizada no concelho do Sabugal, distrito da Guarda.

Dicas de viagem para visitar Sortelha

Dicas de viagem para Sortelha

Recomendamos que quando chegue a Sortelha se dirija ao posto de turismo e peça um mapa para que não lhe passe despercebido nenhum local de interesse; são trinta e sete lugares que pode visitar em Sortelha!;

Traga calçado confortável e apropriado para andar em terreno desnivelado e tenha especial atenção se estiver a chover;

Existem bares, cafés e restaurantes dentro das muralhas para refeições ligeiras mas tenha em consideração que são estabelecimentos pequenos.

Gostaria de visitar outras Aldeias Históricas de Portugal? Tomamos a liberdade de sugerir Belmonte, Piódão e Monsanto.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

O que visitar em Belmonte |guia de viagem completo

O que visitar em Belmonte

No artigo de hoje vamos dizer-lhe o que visitar em Belmonte. Historicamente Belmonte está ligado à inquisição e à presença de judeus. Nós quisemos ir conhecer melhor a região e pedimos que nos acompanhe nesta viagem.

O que visitar em Belmonte

O Castelo de Belmonte e Paço dos Cabrais

O que visitar em Belmonte

O Castelo de Belmonte é o cartão postal da região. Pode visitar este monumento medieval de terça a domingo, das 9:00 às 12:30m e das 14:00m às 17:30m (horário de inverno) ou 9:30m às 13:00m e das 14:30m às 18:00m (horário de verão).

O Paço dos Cabrais é o edifício ao lado do castelo e também pode ser visitado.

O preço do bilhete para entrar nos dois monumentos é 2 EUR, sendo que os jovens (dos 6 aos 18 anos ou portadores do cartão jovem) e reformados pagam 1,50 EUR.

Igreja de Santiago

Igreja de Santiago, em Belmonte

Esta igreja está situada ao lado do Castelo de Belmonte.

Sugerimos que suba a torre sineira para conseguir excelente vistas sobre Belmonte.

Museu Judaico de Belmonte

Museu judaico de Belmonte

Para aprender mais a história do judaísmo em Belmonte a melhor forma será visitar o Museu Judaico.

Poderá encontrá-lo no número 4 da Rua da Portela.

Sinagoga de Belmonte

Sinagoga de Belmonte

A Sinagoga de Belmonte está situada no número 41 da Rua Fonte da Rosa, em Belmonte e a sua existência comprova que ainda hoje existe uma comunidade ativa de judeus nesta zona.

Tenha em atenção que se a quiser visitar terá de fazer uma marcação prévia.

O que fazer em Belmonte

  • Percorrer o centro histórico a pé;
  • Subir as muralhas do castelo;
  • Comprar souvenirs nas pequenas lojas;
  • Admirar a estátua de Pedro Álvares Cabral.

O que visitar em Belmonte – dica de restaurante

Adega Fio de Azeite

Inicialmente tínhamos previsto ir almoçar à Casa do Castelo, no entanto naquele dia iam receber um grupo grande e não estavam a aceitar mais reservas.

A segunda opção foi a Adega Fio de Azeite, e podemos dizer-lhe que fomos muito bem servidos.

O menu era constituído por tapas (pedimos morcela e chouriço assados, paté de atum, pão e azeitonas) e e como prato do dia havia costeleta de vitela, que foi a nossa escolha.

O nosso filho mais novo preferiu o menu de criança que era constituído por hambúrguer com batatas fritas.

Como chegar a Belmonte

A partir do Porto nós seguimos pela A29 e depois pela A25.

O que visitar em Belmonte – Dicas de Viagem

Se vai estar em Belmonte e gostaria de visitar outros locais igualmente maravilhosos, sugerimos um passeio até Monsanto ou Sortelha.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

Badoca Park | um safari africano no Alentejo

Badoca Park

No Badoca Park vai sentir o que é fazer um safari africano mas sem sair de Portugal. Neste artigo vamos falar-lhe das principais atividades do Badoca Safari Park e partilhamos algumas dicas e sugestões para que aproveite ao máximo o seu tempo na Herdade do Badoca.

Vista-se apropriadamente pois hoje vamos fazer um safari!

O Safari

Avestruzes no Safari Alentejano

O Safari Africano é, na nossa opinião, o ponto alto da visita à Herdade da Badoca.

Subimos a bordo de um veículo todo terreno, recebemos instruções de segurança do nosso guia e esperámos a altura de certa para tirar muitas fotografias.

Ficámos bastante próximos dos animais enquanto o guia nos ia dando algumas informações, parámos várias vezes mas não foi possível sair do veículo.

Durante o safari vimos avestruzes, gnus (azul e de cauda branca), búfalos, zebras, veados, elandes e gamos.

Apenas as girafas estavam um pouco tímidas e apenas as pudemos ver ao longe.

A Quinta Pedagógica do Badoca Park

O Badoca Safari Park tem uma vertente educativa que assume especial relevância na Quinta Pedagógica.

Foi pensada em particular para as crianças que poderão ter um contacto próximo com várias espécies de animais.

Os nossos filhos gostaram especialmente dos póneis de Shetland e das cabras anãs.

Rafting Africano

Se é adepto de atividades aquáticas, vai ficar satisfeito por saber que pode praticar rafting no Badoca Safari Park.

Cada barco pneumático tem capacidade para nove pessoas e o percurso é de cerca de 500 metros.

É quase garantido que se vai molhar mas não deve ser um problema nos dias quentes de verão.

Floresta Tropical do Badoca Park

Aqui é recriado o ambiente de uma floresta tropical da América do Sul.

Observe a fauna e flora e dedique algum tempo a contemplar as cores vibrantes da arara vermelha de asa verde e da arara amarela e azul.

Floresta Africana do Badoca Park

Inseparável de Angola

Não é agradável passar de continente para o outro em poucos minutos?

Na floresta africana vai poder ver mais aves coloridas, como por exemplo o Inseparável de Angola, o Periquito Rabo de Junco e o Loris Arco-Íris. Nomes sugestivos, não concorda?

Demonstração de Aves de Rapina

Demonstração de Aves de Rapina no Badoca Park

É a sua oportunidade se quer ver de perto algumas aves exóticas.

Terá de cumprir algumas regras de segurança, por exemplo não se levantar do lugar durante a demonstração.

No entanto, vão passar muito perto de si Urubus de Cabeça Vermelha, Águias e Grifos.

A Ilha dos Grandes Primatas

A Ilha dos Grandes Primatas

Na verdade não é uma mas sim três ilhas que são habitadas por chimpanzés, babuínos e mandris.

O perímetro da Ilha dos Grandes Primatas está delimitado por uma cerca de metal que parece invisível ao longe.

É estranho mas à medida que nos aproximamos do recinto ficamos com a impressão de que os primatas estão completamente livres.

Badoca Park localização

O Badoca Safari Park está localizado na Herdade da Badoca, em Vila Nova de Santo André.

Telefone: 269 708 850; email: badoca@badoca.com.

Dicas Extra

Prepare-se para andar muito pois a herdade é bastante grande.

Existe restaurante no Badoca Safari Park e zona de piqueniques, portanto escolha o que for mais conveniente para si.

Se viaja com crianças faça pequenas pausas para não tornar o passeio demasiado cansativo.

Leve água e snacks para ir repondo energia ao longo do dia.

Algumas atividades têm horários específicos e outras têm custo extra, informe-se na bilheteira.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

Iberia Airlines | viajar na Iberia Portugal

Iberia Airlines

A Iberia Airlines viaja para 138 destinos e tem uma frota de 145 aviões (dados de 2019). Faz parte da IAG – International Airlines Group, e é uma escolha recorrente nas viagens cá de casa.

Neste artigo partilhamos algumas informações básicas sobre esta companhia aérea e dados que consideramos importantes.

No entanto, por favor leve em consideração que o que aqui escrevemos reflete a nossa experiência enquanto passageiros da Iberia e que as regras podem alterar a qualquer momento.

Por esta razão, recomendamos que confirme se existe alguma nova informação que deva tomar conhecimento.

Informação sobre o check-in online da Iberia Airlines

As regras do check-in online da Iberia Airlines dependem do tipo de bilhete que comprar.

Nós quase sempre compramos a tarifa mais económica disponível e fazemos o check-in online na véspera em casa.

Não nos preocupamos com a pouca antecedência porque instalámos a APP da Iberia nos dois telemóveis e podemos tratar de tudo confortavelmente até 1 hora antes do embarque.

Tenha em atenção que se tem necessidades especiais, se viaja com animais de estimação ou menores de idade desacompanhados, terá obrigatoriamente de fazer check-in no aeroporto.

Regras de bagagem de mão

Tal como na situação anteriormente descrita, as regras de bagagem dependem do tipo de bilhete que adquirir.

Assim, se viajar na classe turística, poderá levar como bagagem de mão uma mala de cabine (56 cm X 45 cm X 25 cm) e um acessório pessoal, que pode ser, por exemplo, uma carteira, mas não pode exceder as seguintes dimensões: 40 cm X 30 cm X 15 cm.

Contactos da Iberia Airlines Portugal

Poderá dirigir-se aos balcões disponíveis no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, ou no Aeroporto da Portela, em Lisboa.

Em alternativa a Iberia Portugal disponibiliza um contacto telefónico: 707 200 000.

Dica extra: se tem algum assunto que precisa de ser resolvido rapidamente, experimente deixar um comentário nas redes sociais da Iberia!

Considerações finais sobre a Iberia Airlines

Nós sempre tivemos uma boa experiência nos voos da Iberia.

O que mais nos atrai nesta low cost é efetivamente os preço baixo que praticam.

É claro que para encontrar bons preços precisa de dedicar algum tempo a monitorizar as tarifas mas a regra genérica é que quanto mais cedo comprar o seu bilhete, mais hipóteses tem de encontrar um bom negócio!

Gostaria de viajar mais? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos europeus, africanos, asiáticos e norte americanos! O que acha de viajar até Hong Kong? Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

O que visitar em Óbidos | Guia de viagens completo

O que visitar em Óbidos

No artigo de hoje vamos dar-lhe dicas de o que visitar em Óbidos! Além dos principais pontos turísticos a visitar, vamos dizer-lhe o que fazer, qual a melhor altura para visitar Óbidos e mais algumas informações que serão, certamente, do seu agrado.

Acompanha-nos nesta visita guiada a Óbidos?

O que visitar em Óbidos

Porta da Vila

Porta da Vila de Óbidos

A Porta da Vila, também conhecida como Portal de Óbidos, é o primeiro monumento pelo qual tem de passar para entrar em Óbidos.

Aproveite para admirar os azulejos.

Castelo de Óbidos

O que visitar em Óbidos

É o palco de vários eventos durante o ano (pode ver alguns a seguir). Tanto as muralhas como o castelo estão bem conservados, pelo que recomendamos que dedique algum tempo ao Castelo de Óbidos.

Igreja de Santa Maria

Igreja de Santa Maria

A Igreja de Santa Maria é a Igreja Matriz de Óbidos.

Está localizada na Praça de Santa Maria, à qual acede facilmente a partir da Rua Direita.

A construção deste tempo mariano remonta ao século XVI e foi mandado construir pela Rainha D. Leonor.

A padroeira da Igreja de Santa Maria é Nossa Senhora da Assunção e poderá observar uma pequena estátua da padroeira na frente da igreja, por cima da entrada.

Museu Municipal de Óbidos

O Museu Municipal de Óbidos está localizado junto à Igreja de Santa Maria.

Ocupa um bonito edifício do século XVII e a obra mais famosa é uma pintura de Josefa de Óbidos que retrata Faustino das Neves.

O Pelourinho de Óbidos

Este pelourinho também foi mandado construir por D. Leonor que quis homenagear os pescadores.

Por esta razão podemos ver que o Pelourinho de Óbidos de construção em pedra está decorado com redes de pesca.

Igreja da Misericórdia de Óbidos

A Igreja da Misericórdia de Óbidos também foi mandada construir pela Rainha D. Leonor.

É conhecida pelo interior decorado de azulejos.

Aqueduto de Óbidos

Aqueduto de Óbidos

Para melhor contemplar o Aqueduto de Óbidos deve deixar a vila muralhada.

A sua construção data do século XVI e o seu objetivo era garantir o abastecimento de água à vila de Óbidos.

O que fazer em Óbidos

  • Percorrer as muralhas do Castelo de Óbidos;
  • Beber a tradicional Ginja, com ou sem copo de chocolate;
  • Fazer compras na Rua Direita;
  • Visitar o Mercado Biológico.

Qual é a melhor altura para visitar Óbidos?

A vila de Óbidos é encantadora durante todo o ano mas há alturas em que se prepara a rigor para receber ainda melhor os visitantes!

Essas alturas são principalmente no festival Óbidos Vila Natal, no Festival Internacional de Chocolate e no Mercado Medieval de Óbidos.

Óbidos Vila Natal: no Natal em Óbidos vai encontrar a vila decorada e uma oferta turística que não encontrará no resto do ano: barraquinhas, presépios, animação de rua e espetáculos especialmente pensados para as famílias.

Festival Internacional de Chocolate: gosta de chocolate? Então não pode perder o Festival Internacional de Chocolate de Óbidos.

Costuma acontecer entre abril e maio, a entrada é paga mas recebe vários cupões para serem descontados no festival.

Mercado Medieval de Óbidos: A vila transforma-se num burgo medieval com direito a cuspidores de fogo, torneios a cavalo, teatro, artesãos e muita gente vestida a rigor.

Vai, certamente, viajar para a época medieval, sem sair de Óbidos.

O que visitar em Óbidos -alojamento

A última vez que visitámos Óbidos estávamos numa roadtrip e escolhemos pernoitar no Hotel Cristal Praia Resort & SPA, na Praia da Vieira, em Leiria.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos por email para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

O que visitar em Óbidos – onde estacionar

A vila de Óbidos tem de ser visitada a pé, mas felizmente existem vários parques de estacionamento nas redondezas.

A nossa recomendação é que quando visitar Óbidos faça-o logo de manhã para evitar as enchentes de turistas que chegam de Lisboa em autocarros.

O que visitar perto de Óbidos

Como dissemos, visitámos Óbidos numa roadtrip que incluiu visitas à Praia da Vieira, Batalha, Alcobaça e o Buddha Eden no Bombarral.

Como chegar a Óbidos

E eram estas as sugestões de o que visitar em Óbidos que tínhamos para partilhar consigo. Esperamos que lhe sejam úteis e que se sinta motivado a conhecer melhor Portugal.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

Hotel em Salou: Palas Pineda

Hotel em Salou Palas Pineda

Escolher um hotel em Salou não é tarefa fácil. Pelo menos, foi essa a nossa experiência. Nós queríamos um hotel confortável, perto da praia, com piscina e atividades para nos nossos filhos e cuja localização nos permitisse visitar algumas cidades vizinhas.

No Hotel Palas Pineda Salou encontrámos tudo isso e por essa razão estamos a partilhar esta dica de alojamento.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos por email para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Os quartos do Hotel Palas Pineda Salou

Quartos Palas Pineda Salou

Nós ficámos num quatro quadruplo (somos um casal e duas crianças), com varanda.

O quarto estava decorado em tons de azul e branco, era espaçoso, tinha TV, mini-bar e uma mesinha com cadeiras.

Na varanda existia um pequeno estendal, mesa e duas cadeiras.

O Restaurante

prato de marisco no Palas Pineda

Nós escolhemos pensão completa com bebidas, isto significa que estavam incluídos o pequeno almoço, almoço e jantar e as bebidas durante as refeições.

A opção tudo incluído também estava disponível mas nós não achámos que compensada a diferença.

Pequeno almoço do Hotel Palas Pineda

O pequeno almoço era bastante diversificado com várias opções de pães, bolos, iogurtes, cereais, fruta, assim como ovos mexidos, cozidos, omeletes e vários tipos de charcutaria.

Ao almoço e jantar existiam várias opções de frios, saladas, peixe e carne grelhada assim como piza e pratos pré-confecionados.

Buffet de entradas Palas Pineda
buffet de frios do Palas Pineda
Piza no buffet do Palas Pineda

As sobremesas consistiam em fruta, bolos, pudins e gelados, com alguma rotatividade, isto é, repetiam as sobremesas passados dois ou três dias.

Fruta e sobremesas no Palas Pineda
Bolos e pudins no Palas Pineda

Os consumos nos bares (snacks e bebidas) foram pagos à parte.

Não é permitido levar comida ou bebida do restaurante e eles eram bastante rígidos com essa regra.

Áreas comuns do Hotel Palas Pineda

áreas comuns bem cuidadas.

Uma das grandes vantagens deste hotel são precisamente as áreas comuns, especialmente pensadas em famílias.

De facto, durante a nossa estadia no Palas Pineda nós vimos muitas famílias, principalmente provenientes de Inglaterra e da Rússia.

O Hotel dispõe de três piscinas exteriores bastante grandes.

Uma destina-se exclusivamente a crianças e tem tem escorregas para os mais novos, outra é apenas para utilização de adultos e inclui um jacuzzi, e a última pode ser usada por toda a gente.

Por outro lado, junto das piscinas existe um bar de apoio que serve refeições ligeiras e bebidas.

Além disso, na zona das piscinas existe uma quantidade generosa de espreguiçadeiras e cadeiras de praia.

No entanto, duas situações não nos agradaram muito.

Em primeiro lugar, o hotel não disponibiliza toalhas de praia, pelo que terá de levar as suas de casa ou comprar no local.

Em segundo lugar, o pavimento junto às piscinas e onde estão dispostas as espregiçadeiras está revestido de uma espécie de relva sintética, que não é nada confortável.

Além destas piscinas exteriores, este hotel em Salou ainda oferece uma piscina interior aquecida e jacuzzi, que poderá frequentar sem custo extra.

Piscina interior do Hotel Palas Pineda

Todavia, se procura atendimento preferencial, ainda existe um Club Vip! Tem piscina infinita e bar exclusivo, que poderá utilizar mediante o pagamento de uma taxa extra.

Todos os dias o hotel oferece atividades para adultos e crianças e que podem ser concursos de cockails, bingo, etc.

Dica extra: o placard com a indicação das atividades e horários está colocado no corredor que liga o restaurante à zona da piscina.

Áreas especiais para crianças

Este é um hotel pensado para famílias e nota-se que tiveram em atenção as necessidades das crianças.

Assim, no restaurante, além das normais cadeirinhas havia um microondas para aquecer papinha.

Além disso, vimos várias pessoas com pratos de sopa passada que vinha diretamente da cozinha.

Por outro lado, uma piscina era exclusiva para os mais novos e havia um parque para brincarem.

Localização do Hotel Palas Pineda Salou

O Hotel Palas Pineda está localizado a cerca de oitenta metros da Praia de La Pineda, em Salou.

Dicas extra

Se não quiser almoçar e jantar sempre no hotel, saiba que existem muitos restaurantes perto, com preços que não nos pareceram excessivos.

Se precisar comprar água e snacks, esteja descansado pois existem alguns supermercados com preços semelhantes aos praticados em Portugal.

Não se esqueça de levar a sua toalha de praia, o hotel não disponibiliza toalhas.

Gostaria de conhecer melhor Espanha? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos espanhóis! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

Restaurante Fixe Bowl Porto

Bown deliciosa.

O Restaurante Fixe Bowl no Porto é a opção perfeita para os dias quentes de verão! Sabe o que é uma Poke Bowl? Gosta de comida havaina? Nós nunca fomos ao Hawai (ainda) mas já somos fãs deste tipo de comida. Neste artigo vamos contar-lhe o conceito deste restaurante que junta numa tigela um monte de alimentos saudáveis que só lhe farão bem.

O Conceito do Restaurante Fixe Bowl Porto

A ideia é que cada um possa fazer uma bowl ao seu gosto. Para isso, pode escolher uma base, uma proteína, o molho e os toppings.

Se não estiver à vontade para fazer a sua mistura, não se preocupe pois existem opções de combinações à sua disposição.

Quando chegar ao balcão peça um folhinha onde faz a sua escolha e coloque o seu nome.

Entregue-a ao funcionário e quando o pedido estiver pronto chamam por si.

Não se esqueça de escolher um sumo natural da sua preferência para acompanhar a refeição.

Sugestão de restaurante havaiano no Porto.

Também existem sobremesas com um toque brasileiro, mas isso deve-se à dona do restaurante que é do Brasil.

O espaço foi muito bem recuperado e é, sem dúvida, um ótimo lugar para o seu almoço.

O Fixe Bowl encerra à segunda feira.

Localização do Fixe Bowl

O Fixe Bowl está localizado na Rua Professor Jaime Rios de Souza, n.º 3, na cidade do Porto.

Gostaria de experimentar outros restaurantes na cidade do Porto?

Nesse caso, e se gostar de comida asiática, nós recomendamos vivamente o Boa Bao Porto.

Por outro lado, se gosta de refeições ligeiras mas com ingredientes de qualidade, sugerimos que visite o La Piadona ou o Lareira.

Fixe Bowl Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

O que visitar em Tarragona, na Catalunha

O que visitar em tarragona

O que visitar em Tarragona será o tema do artigo de hoje. Vamos dizer-lhe quais são os sítios mais emblemáticos da única cidade Património da Humanidade da Catalunha. Connosco vai percorrer as ruas estreitas do centro histórico e vai ficar deslumbrado com os vestígios que chegaram aos tempos de hoje.

Sabe que que vestígios estamos a falar? É que em Tarragona coexistem quatros períodos distintos da História da Humanidade.

São eles os períodos medieval, romano, moderno e contemporâneo.

O que visitar em Tarragona

A Catedral de Tarragona

A Catedral é um dos monumentos mais visitados na cidade de Tarragona.

Está situada em pleno centro histórico e alberga o Museu Diocesano, o claustro e capelas.

O Anfiteatro Romano de Tarragona

Ruínas do alfiteatro de Tarragona

Este Anfiteatro foi construído no século II DC e foi palco de lutas de gladiadores e de animais.

Pode visitar o interior do Anfiteatro de terça a domingo, mediante aquisição de bilhete.

Também fazem visitas noturnas, com as ruínas iluminadas com luzes amareladas, se tiver interesse.

O Balcão do Mediterrâneo

Local privilegiado com vista magnífica sobre o Mediterrâneo

O Balcão do Mediterrâneo é uma zona junto ao Anfiteatro Romano que permite uma vista privilegiada sobre o Mar Mediterrâneo.

É também um bom sítio para tirar fotografias de cima ao Anfiteatro.

Tenha é cuidado com os carros pois o Balcão do Mediterrâneo é junto a uma estrada com muito movimento.

Passeio Arqueológico Romano de Tarragona

Em Tarragona, por volta do século II AC, havia uma grande muralha que limitava o perímetro urbano.

Dos mais de três quilómetros iniciais, apenas restam cerca de mil e cem metros, que podem ser observados no centro histórico.

No entanto, o Passeio Arqueológico inclui muralhas do tempo romano (século II AC) e fortificações da época medieval (século XIV) e da época moderna (século XVIII).

Portal de Santo António

O Portal de Santo António faz parte da antiga muralha que protegia a cidade e dava acesso ao Mar Mediterrâneo.

Está completamente integrado na paisagem urbana e as pessoas atravessam o portal quando se dirigem à Praça de Santo António.

A Torre Romana

Torre Romana em Tarragona.

A Torre Romana está localizada no centro histórico de Tarragona.

Foi construída no século I e foi residência real no século XIV.

Como existem esplanadas junto à Torre Romana, tomamos a liberdade de sugerir que aproveites para descansar um pouco e sentir a vibe do local

O que fazer em Tarragona

  • Passear na Rambla Nova e observar o monumento aos castellers (uma tradição antiga em que grupos de pessoas sobem para os ombros de outras pessoas formando “castelos humanos”;
  • Comprar produtos frescos no mercado central;
  • Observar o mar no Balcão do Mediterrâneo;
  • Fazer um desvio e ir até à Ponte do Diabo, um aqueduto romano com duzentos e dezassete metros de comprimento e vinte e cinco de altura.

Melhores praias em Tarragona

Praia del Miracle: é a praia mais próxima ao anfiteatro romano, com um extenso areal e excelentes acessos.

Praia de la Savinosa: É a praia de nudistas da região.

Praia Llarga: (não confundir com a praia com o mesmo nome em Salou) é uma praia com um extenso areal, perfeita para um dia de praia em família.

Alojamento em Tarragona

Nós ficámos alojados em La Pineda (Salou) no Hotel Palas Pineda (post em breve).

Porém em Tarragona existem várias opções de hotéis e parques de campismo.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis. (reservapassaporte@gmail.com).

Melhor altura para visitar Tarragona

Os meses de verão são os melhores para visitar Tarragona, se está a pensar usufruir das praias magníficas.

Como chegar a Tarragona

Nós utilizámos o autocarro a partir de La Pineda.

O trajeto demorou cerca de quinze minutos até à estação em Tarragona.

Os bilhetes podem ser comprados a bordo, ou em alternativa pode utilizar o saldo do seu cartão T1.

Se não sabe do que estamos a falar recomendamos que veja o artigo sobre Dicas para visitar Salou.

O que visitar perto de Tarragona

Se tem alguns dias extra recomendamos que visite Salou, Barcelona ou o PortAventura Park.

Gostaria de conhecer melhor Espanha? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos espanhóis! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

PortAventura Park, parque temático em Salou

PortAventura Park

O PortAventura Park é um parque temático localizado em Salou, perto de Barcelona. Nós aproveitamos que estávamos na Catalunha para o visitar e sabe que mais? Adorámos!

Descrição do PortAventura Park

Polinesia Area

O PortAventura tem seis partes principais, cada uma com um tema específico.

Assim, uma zona é dedicada à China, outra ao México e outras ainda ao Far West, à Polinésia, ao Mediterrânico e até à Rua Sésamo (Sésamo Aventura).

sésamo aventura

Em cada área existem diversas atrações, lojas, restaurantes, jogos e espetáculos.

As atrações mais radicais são as montanhas-russas, nomeadamente a Shambhala e Dragon Khan (ambas na China), Hurakan Condor (México), Stampida (Far West) e Furius Baco (Meditarrâneo).

montanha russa em barcelona

Para quem não aprecia emoções fortes, sugerimos um tranquilo passeio de barco entre o Porto de Drassana no Mediterrâneo e o Porto Waitan na China (ou em sentido contrário).

Em alternativa poderá optar por um passeio num comboio a vapor que faz a ligação entre a Estação do Norte no Mediterrâneo, a SésamoAventura e a Estação da Penitenciária no Far West.

O grande desfile final em PortAventura Park

Desfile final do portaventura.

O dia termina sempre da mesma maneira no PortAventura! Com um grandioso desfile com os personagens do parque e com os atores dos espetáculos acompanhados de muita música.

Como chegar a PortAventura Park a partir de Salou

Nós ficámos alojados em La Pineda e apanhamos um autocarro em frente ao Hotel Palas Pineda.

Para saber como funcionam os transportes públicos nesta região da Catalunha recomendamos que leia o nosso Guia de viagens de Salou.

Hotéis em PortAventura Park

Se preferir ficar alojado no PortAventura Park saiba que existem no local seis hotéis: GoldRiver, The Callaghan’s, Mansión de Lucy, El Paso, PortAventura Caribe Hotel e PortAventura Hotel.

Dicas de viagem

Entrada China PortAventura Park

Fazem revista às mochilas e sacos na entrada para os parques;

Dizem que não é permitida a entrada de comida mas vimos várias pessoas com sandes que não pareciam ter sido compradas no parque;

Existem dois fast pass que podem ser adquiridos dentro do parque.

O PortAventura Express permite o acesso mais rápido a várias atrações, mas só pode ser utilizado uma vez por atração;

Por outro lado, o PortAventura Express Premium dá acesso ilimitado às atrações incluídas.

Para saber quais as atrações incluídas em cada fast pass, assim como os preços atuais, sugerimos que consulte a informação na própria bilheteira.

Algumas atrações têm altura mínima, o que é particularmente importante se viaja com crianças pequenas.

Grávidas também têm o acesso vedado a algumas atrações, como é o caso, por exemplo, do Dino Escape.

Dino Escape

Os shows têm horários específicos, pelo que sugerimos que logo à entrada verifique quais espetáculos lhe interessam.

Estão disponíveis armários com chave para guardar pertences (mediante custo extra).

Considerações finais

Apesar de não sermos particularmente fãs deste tipo de parque de diversões, a verdade é que nos divertimos muito!

Por essa razão recomendamos que coloquem (possíveis) preconceitos de parte e visitem o PortAventura Park.

diversão em PortAventura Park

Gostaria de conhecer melhor Espanha? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos espanhóis! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

1

O que visitar em Salou | Guia de viagem completo!

O que visitar em Salou

Esta região de Espanha é conhecida essencialmente pelas praias mas na nossa viagem percebemos que existem outras atividades para além de ficar o dia inteiro estendido à beira-mar. Por esta razão decidimos fazer uma lista de o que visitar em Salou, para que possa organizar melhor a sua viagem.

Esperamos que esta informação lhe seja útil e acompanhe-nos nesta viagem!

O que visitar em Salou

Passeio Jaume I

É a via pedonal mais popular em Salou! Fica em frente à praia do Levante com palmeiras, jardins e muitos bancos para descansar e ver o tempo passar.

Tem três fontes que refrescam o ar: a fonte cibernética e a fonte luminosa nos extremos da Jaume I e o Labirinto mais ou menos a meio.

Estes locais são bastante procurados nas noites de fim de semana pois costumam oferecer espetáculos de luz e música.

Torre Vella de Salou

Torre Vella

Quando quiser fazer uma pausa na praia o que acha de visitar a Torre Vella? Aproveite melhor o final do dia pois a torre apenas é visitável a partir das 18:00.

Atualmente a Torre Vella alberga o MECS – Museu de L’Esmalt Contemporani de Salou, portanto tem dois motivos para a incluir no seu roteiro.

Este monumento fica localizado na Carrer Arquebisbe Pere de Cardona, uma zona residencial em Salou.

Caminho de Ronda

Caminho de Ronda de Salou

O Caminho de Ronda é um trilho pedonal que liga Salou a Cap Salou.

Os antigos caminhos utilizados para monitorizar a orla costeira ganharam nova vida e agora são percorridos alegramente pelos viajantes.

A estes caminhos naturais juntaram-se extensos troços de passadiços, caminhos de terra batida e degraus que contornam a costa.

É um caminho de singular beleza que além de proporcionar um contacto mais próximo com a natureza, permite o acesso a praias remotas e miradouros com vistas magníficas.

Para percorrer este Caminho terá de se deslocar até ao passeio marítimo de Salou e continuar pela costa.

Vai ver a sinalização junto ao letreiro colorido de Salou.

Porto desportivo de Salou

O Porto desportivo de Salou está localizado entre a Praia do Levante e a Praia de Ponent.

Poderá observar as embarcações a chegarem e a saírem para o mar.

Dica: existe uma passagem pedonal que permite que veja o porto desportivo a partir do mar e que termina num miradouro com vista para o Praia de Ponent.

Passeio Marítimo de Salou

Este é o sítio ideal se procura um local animado para almoçar ou jantar.

As ementas são exibidas com orgulho, por isso não deverá ser difícil encontrar um sítio que lhe agrade.

O que visitar em Salou: as melhores praias

melhores praias de salou

As melhores praias de Salou são também as mais procuradas o que faz com que haja maior concentração de pessoas.

Por esta razão nós vamos agrupá-las em dois tipos: as praias grandes e as praias mais pequenas.

As praias grandes são essencialmente quatro: A praia do Levante, de Ponent, Llarga e de La Pineda.

A Praia do Levante: é uma extensa porção de areia que está localizada junto à Jaume I. Tem muitos hotéis nas imediações o que faz com que seja a praia mais concorrida de Salou.

A Praia de Ponent: localizada ao lado da Praia do Levante, com o porto desportivo ao meio.

Tem um areal bastante extenso mas também tem muitos hotéis à volta, o que faz com que seja muito popular entre os veraneantes.

A Praia Llarga: esta praia está localizada em Cap Salou, tem um areal bastante grande mas é mais estreita em comparação com a Praia do Levante e a Praia de Ponent.

Por outro lado tem duas características únicas que fazem com que seja considerada por muitos a praia mais bonita de Salou: formações rochosas e uma envolvente de árvores.

Praia de La Pineda: esta foi a praia que mais frequentamos porque está localizada em La Pineda e é a mais próxima do hotel que escolhemos: Hotel Palas Pineda.

Praia de La Pineda

As praias mais pequenas têm apenas dois ou três hotéis perto o que faz com que tenham por menos gente.

Mas isso não significa que sejam menos bonitas!

É o caso da Praia de Capellans (tem de descer uns degraus), a Praia Vinya e a Praia dos Llenguadets.

O que visitar em Salou: principais Parques Aquáticos

PortAventura Park: é constituído por três parques temáticos: O PortAventura Park, O Ferrari Land e o Caribe Aquatic Park.

Aquopolis: Este parque aquático está localizado em La Pineda e as principais atrações são Kamikaze, Speedrace, Huracán e o Boomerang.

Além disso também dispõem de espectáculos com golfinhos, mini-golf, áreas de restauração e uma zona especial para as crianças.

Alojamento em Salou

Nós conhecíamos a reputação das praias de Salou, que sendo bastante bonitas, também costumavam estar a abarrotar de gente.

A alternativa era ficarmos afastados do centro de Salou mas sem abdicar da qualidade das praias.

Por isso, escolhemos uma zona mais tranquila mas com uma praia igualmente fabulosa: La Pineda.

O hotel escolhido foi o Hotel Palas Pineda (post em breve) que fica localizado a menos de 100 metros da praia de La Pineda.

Melhor altura para visitar Salou

Sendo um destino essencialmente de praia a melhor altura para visitar Salou é nos meses de verão.

Porém, para escapar às habituais enchentes, nós recomendamos que visite Salou no final da Primavera ou no início do outono, altura em que o tempo está agradável.

Tenha em atenção que a altura da Páscoa e os meses de julho e agosto são bastante procurados, pelo que nessas épocas os preços costumam ser mais elevados.

Nós viajámos para Salou no final do mês de junho e apesar de no centro de Salou as praias estarem bastante cheias, em La Pineda haviam muito espaço para estender as toalhas e para as crianças jogarem à bola.

Como chegar a Salou

Nós viajámos do Aeroporto Sá Carneiro na cidade do Porto até ao Aeroporto El Prat Barcelona com a Companhia Aérea Vueling e daí fomos de autocarro até Salou.

Por comodidade nós preferimos acrescentar um transfer ao pacote de viagem.

Isto significa que quando passámos a zona de segurança do aeroporto tínhamos alguém à nossa espera para nos levar até ao hotel em Salou e no regresso sabíamos que nos iriam transportar novamente para o aeroporto.

Raramente dispensamos este tipo de conforto até porque não nos parece ser economicamente pesado.

No entanto, saiba que existe um transporte regular (shuttle) entre El Prat e Salou da empresa Flybus e se viajar para o aeroporto de Reus, poderá utilizar o shuttle da empresa Plana.

Como usar os transportes públicos em Salou

Se não estiver disposto a alugar carro, saiba que esta região é bem servida de transportes públicos, sendo que os mais utilizados são os autocarros (da companhia Plana) e os táxis.

De referir que em muitos sítios existem preços tabelados das viagens de táxi, e que as tabelas estão afixadas junto às praças de táxis.

Nós optámos por comprar o cartão recarregável T-10 numa loja da agência Plana (existem muitas espalhadas por Salou).

O custo do cartão é de 3,50 EUR e cada viagem fica por 1,20 EUR.

Tarifário autocarro Salou

Além do baixo custo este cartão pode ser utilizado por várias pessoas ao mesmo tempo.

Isto siginifica que se duas pessoas utilizarem o cartão, é necessário passar o cartão duas vezes na máquina do autocarro.

O que visitar perto de Salou

Enquanto estivemos em Salou nós visitámos Tarragona e o parque de diversões PortAventura (posts em breve).

Porém, Salou fica localizado a cerca de hora e meia de Barcelona, razão suficiente para a incluir no seu roteiro.

Gostaria de conhecer melhor Espanha? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos espanhóis! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

1

Dicas para visitar Ponte de Lima

Vistar ponte de Lima

Vamos visitar Ponte de Lima? A apenas uma hora de carro da cidade do Porto, é a mais antiga vila de Portugal.

Nós aproveitámos um domingo sem nada planeado para regressar a esta vila minhota e à semelhança de visitas anteriores experiência foi muito boa!

Neste artigo vamos dizer-lhe o que visitar, dicas de atividades, alojamento e restaurantes a não perder em Ponte de Lima.

Sempre que vamos ao Minho somos muito bem recebidos, talvez por isso regressamos sempre!

O que visitar em Ponte de Lima

A Ponte de Ponte de Lima

A ponte de ponte de lima

A ponte que dá no nome à vila é, na verdade, um conjunto de duas pontes.

A ponte medieval que termina junto à igreja de Santo António da Torre Velha e a ponte romana da qual atualmente apenas restam apenas cinco arcos no lado oposto à igreja.

Era por aqui que passava a antiga via militar que ligava Braga a Astorga.

Igreja de Santo António da Torre Velha

Esta igreja é a que se vê quando se atravessa a ponte romana.

A sua origem remonta ao Séc. XVIII, quando era apenas uma pequena ermida e foi construída junto ao local onde existia a Torre Velha, um edifício medieval que servia de entrada na zona muralhada.

Dica: as fundações da Torre Velha ainda são visíveis, recomendamos que desça até ao Rio Lima junto da ponte.

Ponte de lima

Museu do Brinquedo Português

Sendo verdade que os brinquedos portugueses são diferentes dos que se vêem noutros países, este museu não é apenas para crianças.

Aliás, se pensarmos bem, todos nós temos um lado mais infantil que nos acompanha ao longo da vida. Por isso, deixe esse lado manifestar-se no Museu do Brinquedo Português.

Lá encontrará brinquedos de antigamente que o farão viajar no tempo.

Museu de História de Ponte de Lima – Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima

Este centro foi inaugurado em 2016 e está instalado no Paço do Marquês.

A envolvente é tranquila, por isso recomendamos que mesmo que não tenha interesse em visitar o centro, um passeio junto ao Paço do Marquês é bastante simpático!

Está aberto de terça a domingo das 10:00 às 12:30 e das 14:00 às 18:00.

Estátua de Dona Teresa

Dona Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, outorgou a carta de foral a esta vila no dia 4 de março do ano 1125, apelidando-a de Terra da Ponte.

Assim, pessoas de Ponte de Lima quiseram homenagear Dona Teresa com uma estátua que se encontra numa rotunda no Largo António Magalhães.

Ao chegar a Ponte de Lima é impossível não passar por esta estátua!

Muralhas de Ponte de Lima

Não resta muito das antigas Muralhas de Ponte de Lima mas as partes mais significativas são a Torre de São Paulo (Séc. XIV) e a Torre da Cadeia Velha (Séc. XVI), também conhecida como Torre da Porta Nova.

Torre de são Paulo em Ponte de Lima

O que fazer em Ponte de Lima

  • Experimentar vinho verde tinto numa malga ou tigela;
  • Cumprimentar e trocar histórias com os Peregrinos do Caminho de Santiago;
  • Subir ao Miradouro do Penedo Branco, em Refoios do Lima, cuja altitude de setecentos e vinte e cinco metros permite uma vista abrangente de Ponte de Lima, do Rio Lima e da paisagem circundante;
  • Percorrer a Rota dos Azulejos no centro histórico, com onze estações para admirar.

Alojamento em Ponte de Lima

O alojamento em Ponte de Lima é bastante diversificado, pois pode optar por hotéis, casas de campo, agroturismo, alojamento local, turismo de habitação e até um Albergue dos Peregrinos.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Restaurantes em Ponte de Lima

Restaurante Alameda

Da nossa experiência podemos afirmar que os restaurantes em Ponte de Lima têm três coisas em comum: doses generosas, comida típica de qualidade e gente bem disposta.

Por esta razão, estamos convencidos que será bem servido na maior parte dos restaurantes em Ponte Lima.

No entanto, gostaríamos de dizer-lhes que o nosso restaurante preferido em Ponte de Lima é o Restaurante Alameda, que um membro da nossa família já frequenta há mais de vinte anos.

O Restaurante Alameda está localizado junto à ponte romana e é conhecido pelo Arroz de Sarrabulho com rojões à moda do Minho.

Só para abrir um bocadinho o apetite, este restaurante está ligado à Confraria do Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima.

Melhor altura para visitar Ponte de Lima

Centro histórico em Ponte de Lima

Os Minho é conhecido pelas festas e romarias, certo? Então tome nota das mais importantes festividades que ocorrem em Ponte de Lima:

Corpo de Deus. À festa religiosa junta-se a festa pagã e o resultado é uma combinação única e imperdível! Vai ficar maravilhado com os tapetes de flores que embelezam as ruas.

Festa do Senhor do Socorro. No primeiro fim de semana de julho a localidade de Labruja celebra as festas em honra do Senhor da Saúde.

Festa da Senhora da Boa Morte. Ocorre no final do mês de julho na freguesia da Correlhã. Há música, baile, fogo de artifício e uma feira de gado.

Festa do Senhor da Saúde. Tem lugar no primeiro domingo do mês de agosto no Santuário do Senhor da Saúde, em Ponte de Lima.

Feiras Novas. No segundo fim de semana de setembro a animação regressa a Ponte de Lima. Conte com concertinas, gigantones, fogo de artifício e concursos pecuários.

É uma portugalidade bastante enraizada que sobressai nesta altura nos limianos que se vestem a rigor para receber os visitantes.

As Feiras Novas são dedicadas a Nossa Senhora das Dores.

Como chegar a Ponte de Lima

E eram estas as dicas que tínhamos para partilhar consigo. Faltou mencionar algum sítio imperdível a visitar em Ponte de Lima?

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

0

O que visitar em Caminha & dicas imperdíveis!

O que visitar em Caminha

Esta vila raiana pertence ao distrito de Viana do Castelo e neste artigo vamos dizer-lhe o que visitar em Caminha, mas também damos algumas sugestões de atividades que poderá realizar nesta vila minhota.

Aliás, certamente que existem mais lugares que merecem fazer parte desta lista e que não foram mencionados, mas estes são os que nos despertaram mais interesse.

Faz-nos companhia nesta viagem?

O que visitar em Caminha

A Torre do Relógio

A Torre do Relógio de Caminha está classificada como Monumento Nacional desde 1951. É a única que ainda existe das três portas que faziam parte da primitiva cerca da vila.

O Chafariz do Terreiro

Este chafariz renascentista demorou dois anos a ser construído (1551-1553). É um ponto de encontro preferencial para grupos de jovens, principalmente durante os meses de verão.

As Muralhas de Caminha

Parte do castelo medieval não resistiu ao passar do tempo mas ainda hoje podemos admirar as muralhas do castelo, a quem também chamam “fortaleza”.

A Igreja Matriz de Caminha

A Igreja Matriz de Caminha também é conhecida como Igreja de Nossa Senhora da Assunção, e localiza-se no Largo do Terreiro.

Foi construída em granito, com três naves, sendo que a do meio é mais elevada.

Exibe uma torre sineira junto à nave do lado esquerdo e é Monumento Nacional desde 1910.

A Igreja da Misericórdia

Em plena Rua Direita, junto aos Paços do Concelho, a Igreja da Misericórdia destaca-se pelo interior ricamente decorado em talha dourada.

O que fazer em Caminha

1 – Ir a banhos na Praia de Moledo;

2 – Pedir boleia a um pescador e ir até ao Forte da Ínsua;

3 – Percorrer o Passadiço da Praia da Foz do Minho;

4 – Contemplar o por-do-sol na Praia da Foz do Minho;

5 – Subir ao Monte de Santa Tecla (em terras galegas);

6 – Fazer compras na Rua Direita

7 – Fazer o Trilho na Serra D’Agra

8 – Explorar a Mata Nacional do Camarido

9 – Ecovia do Atlântico: percurso da Praia da Foz, do Sargaceiro e de Camboas.

10 – Subir ao miradouro Sino de Mouros, e contemplar a Foz do Rio Minho, a Praia de Moledo, o Forte da Ínsua e o Monte de Santa Tecla.

Alojamento em Caminha

Nós escolhemos o Hotel Porta do Sol, uma unidade hoteleira de quatro estrelas superior, muitas vezes considerado um dos melhores hotéis do Minho Litoral.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Melhor altura para visitar Caminha

Tome nota na agenda: em julho acontecem as Festas de São Bento de Seixas e a Feira Medieval de Caminha.

Por outro lado, a Festa do Mar e da Sardinha em Vila Praia de Âncora é celebrada no final de agosto.

E também em agosto Vilar de Mouros ganha nova vida no Festival de Vilar de Mouros.

Como chegar a Caminha

E são estas as dicas de viagem que gostaríamos de partilhar consigo. Consideramos que conseguimos fazer uma boa seleção de o que visitar em Caminha mas se acha que nos esquecemos de algum ponto importante, por favor deixe um comentário!

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

1

O que visitar em Alcobaça, doces e dicas de viagem

o que visitar em alcobaça

No artigo de hoje vamos indicar-lhe o que visitar em Alcobaça, a terra da maçã de Alcobaça, da pêra-rocha, da cornucópia e do majestoso mosteiro.

Vamos dar-lhe sugestões de sítios para visitar em Alcobaça mas também nos arredores, para que aproveite ao máximo a região.

E como os docinhos fazem parte da nossa vida, vamos sugerir que prove um doce típico: a cornucópia de Alcobaça.

O que visitar em Alcobaça

Mosteiro de Alcobaça

o que visitar em alcobaça

O Mosteiro de Alcobaça foi construído num vale fértil na confluência dos Rios Alcôa e Rio Baça.

Este mosteiro cisterciense foi fundado em 1179 por D. Afonso Henriques e começou a ser habitado e pelos monges em 1223.

Dois dos sítios mais visitados no mosteiro são os túmulos de D. Inês de Castro e do infante Dom Pedro.

tumulo de dom pedro e don inês

Castelo de Alcobaça

O Castelo de Alcobaça hoje está em ruínas, em consequência do abandono, sucessivos terremotos e já no século XIX pela venda das pedras da muralha pelo Município para a construção de casas privadas.

Mesmo assim, consideramos que o castelo merece estar na lista de o que visitar em Alcobaça, pelo seu valor histórico, mas também porque é um sítio privilegiado para observar a região.

A Doçaria em Alcobaça

pastelaria alcôa

Para experimentar a doçaria de Alcobaça nós escolhemos a pastelaria Alcôa.

Está localizada na praça em frente ao Mosteiro da Batalha e no letreiro lê-se “a doçaria conventual desde 1957”.

Ora uma casa com tanta tradição deve ter bons produtos, certo?

Foi o que pensámos e logo na entrada da pastelaria vimos uma mesa de exposição com alguns dos doces premiados e os respetivos certificados.

Nós experimentámos as cornucópias e podemos confirmar que são deliciosas!

A massa é fina e estaladiça, envolta numa leve camada de açúcar e um leve toque de canela. O recheio de ovo é macio e tem a consistência certa para não escorrer.

a cornucópia da Batalha

Alojamento em Alcobaça

Nós visitámos Alcobaça numa road trip em que ficámos alojados no Hotel Cristal Resort & SPA, na Praia da Vieira.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Melhor altura para visitar Alcobaça

O feriado municipal é em pleno verão, no dia 20 de agosto, e coincide com a Feira de São Bernardo.

Além disso, o Carnaval de Alcobaça tem vindo a ganhar protagonismo pelo que é uma boa altura para visitar a região.

Por outro lado, ao longo do ano acontecem vários festivais dos quais salientamos o Mercado do Século XIX (em maio), a Aljubarrota Medieval (14 de agosto) e o Books&Movies.

Como chegar a Alcobaça

O que visitar perto de Alcobaça

A região é rica em atrações turísticas e para todos os gostos! Nós recomendamos uma visita a São Martinho do Porto, à Vila de Óbidos (post em breve), ao Mosteiro da Batalha (post em breve) e ao Bacalhôa Buddha Eden, no Bombarral.

No entanto, para os amantes da natureza recomendamos que dedique pelo menos um dia a explorar o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.

E eram estas as sugestões que nós tínhamos para lhe dar a propósito de o que visitar em Alcobaça. Ficou algum sítio imperdível por mencionar?

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS!

0

Praia da Vieira | guia de viagem completo!

Praia da Vieira

O que visitar na Praia da Vieira

A Praia da Vieira é essencialmente um destino de veraneio, com um extenso areal que se estende por vários quilómetros.

Não existindo muitas atrações turísticas para visitar, o Pinhal de Leiria, apesar dos incêndios, e a foz do Rio Liz são lugares bastante interessantes para serem visitados.

O que fazer na Praia da Vieira

Podem não haver muitos lugares para visitar mas, em contrapartida, existem muitas atividades que podem ser levadas a cabo na Praia da Vieira.

1 – Passar um dia no Parque Aquático Mariparque.

mariparque praia da vieria

Neste parque de diversões poderá desfrutar de piscinas exteriores, escorregas, pistas e water slides e animação permanente. Está aberto durante e época balnear, isto é, ente junho e setembro.

2 – Acampar no Parque de Autocaravanas e Roulotes

É adepto do autocaravanismo? Nós temos muita vontade de experimentar e achamos que nos iremos divertir muito. Por isso, estamos sempre com o radar ligado para encontrar bons sítios para estacionar a autocaravana (que ainda não temos) e este parque pareceu-nos perfeito!

Tem bastante espaço, fica perto da praia e tem alguns sítios à sombra.

3 – Observar o pôr-do-sol na foz do Rio Liz

Junte a família e assista a um espetáculo magnífico e que ainda por cima é gratuito.

4 – Conversar com os pescadores junto ao Rio Liz

Pescadores junto ao rio liz

É habitual encontrar grupos de pescadores entretidos junto ao Rio Liz que passam horas a fio no mesmo lugar.

O que acha de ir ter com eles e conversar um bocadinho? De certeza que eles agradecem a companhia e além disso devem ter muitas histórias para contar.

Por outro lado podem dar-lhe dicas úteis da região, aproveite!

5 – Fazer um piquenique no Parque de Merendas da Praia da Vieira

Nós somos adeptos de piqueniques! Não existe melhor forma de passar tempo em família, do que na natureza com comidinha à frente.

Parece que os alimentos sabem melhor neste ambiente!

Se partilha a nossa opinião vai contente por saber que existe junto à Praia da Vieira um parque de merendas propício a grandes piqueniques.

6 – Fazer um tour de observação de aves na Foz do Rio Liz.

A Foz do Rio Liz é um ótimo lugar para observar diferentes espécies de aves.

Assim, sugerimos que se junte a um grupo e explore as potencialidades da região.

7 – Deliciar-se com um arroz de marisco autêntico.

A proximidade com o mar fez com que vários restaurantes da região se especializassem em pratos de marisco.

Se é como nós e gosta de marisco nós recomendamos o restaurante Flor do Liz, o Pérola do Mar e O Mirante.

8 – Praticar Kitesurf, Surf ou Bodyboard

desportos radicais

Se é praticante destas modalidades vai ficar contente por saber que na Praia da Vieira encontrará as condições ideais para a prática de Kitesurf, Surf e Bodyboard!

9 – Percorrer os passadiços na orla dunar

A orla dunar é um ecossistema frágil mas na Praia da Vieira poderá visitá-la sem problemas pois construíram passadiços de madeira que atravessam as dunas.

Dunas na Praia da Vieira

Alojamento em Praia da Vieira

Nós ficámos alojados no Hotel Cristal Praia Resort & SPA que recomendamos.

Aproveitamos para referir que dispomos de condições preferenciais na reserva de hotéis, pelo que pode contactar-nos para mais informações (reservapassaporte@gmail.com).

Melhor altura para visitar

A melhor altura para visitar a Praia da Vieira é, sem dúvida, nos meses de verão.

É quando poderá usufruir da praia, mas também das esplanadas, cafés e restaurantes que existem junto à Avenida Marginal.

Nesta altura as caminhadas junto à praia são obrigatórias, principalmente ao início da manhã e ao final do dia.

Durante o resto do ano é comum alguns estabelecimentos fecharem portas.

Como chegar à Praia da Vieira

A Praia da Vieira pertence à freguesia de Vieira de Leiria, concelho da Marinha Grande, distrito de Leiria.

Nós viajamos do Porto e seguimos pela A1 e depois a A17.

No entanto, se viaja de Lisboa, poderá usar a A1 ou A8.

O que visitar perto da Praia da Vieira

Nós recomendamos que visite a cidade de Leiria, mas se tiver oportunidade de se deslocar alguns quilómetros, sugerimos a magnífica vila de Óbidos (post em breve) e o Buddha Eden no Bombarral.

Por outro lado, também pode visitar a Batalha e Alcobaça (posts em breve).

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS! E não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

2

Buddha Eden, Quinta da Bacalhôa, Bombarral

Bacalhôa Buddha Eden

O Bacalhôa Buddha Eden é o maior jardim oriental da Europa e está inserido na Quinta dos Loridos, no Bombarral. São cerca de trinta e cinco hectares com palmeiras, jardins, labirintos, budas, pagodes, lagos com peixes e até estátuas em terracota.

O que ver no Bacalhôa Buddha Eden

Lago das Palmeiras

O Bacalhôa Buddha Eden tem três lagos e o Lago das Palmeiras será o primeiro que encontra, logo a seguir à estação de comboio.

É um lago comprido, com peixes KOI e cujo leito é composto por pequenas pedras.

À cabeça do lago existe um chafariz onde costumam estar pequenas rãs verdes.

Jardim de Arte Moderna

Este jardim está em mudança constante, uma vez que as peças aí expostas vão sendo substituídas.

Espere ver obras de autores como Alen Jones, Alexander Calder, Fernando Botero, Lynn Chadwick ou Tony Cragg.

É, sem dúvida, uma forma diferente de apreciar arte moderna rodeada de plantas exóticas e ao ar livre.

Labirinto de Bambu do Buddha Eden

Este labirinto é uma alegria principalmente para as crianças!

Imagine entrar numa floresta espessa de bambus, onde a luz solar tem dificuldade em chegar e percorrer um estreito caminho até chegar ao outro lado! Uma verdadeira aventura!

Jardim de Esculturas Africanas

Jardim de esculturas africanas

O Jardim de Esculturas Africanas é dedicado ao povo Shona de Zimbabué, conhecido por esculpir pedra à mão há mais de mil anos.

Estão em exibição mais de duzentas esculturas, por isso, conte dedicar pelo menos meia hora nesta zona do Bacalhôa Buddha Eden.

Deixo uma dica: aquilo parece um selva com elefantes, crocodilos, hipopótamos e rinocerontes.

Anfiteatro do Buddha Eden

Imagino que este espaço possa servir para receber eventos mas quando visitámos o Bacalhôa Buddha Eden pareceu-nos um sítio desaproveitado.

Está muito exposto ao sol, não existe sombra e o tons claros refletem bastante a luz, o que não é muito agradável em dias soalheiros.

Guerreiros de Xian em Terracota

Guerreiros de Xian de Terracota

Nós tivemos oportunidade de observar um verdadeiro guerreiro de Xian em Terracota quando visitámos o museu de Kotor, em Montenegro.

No Bacalhôa Buddha Eden poderá ver um exército de guerreiros, cada um com uma expressão distinta, perfeitamente alinhados e prontos para avançar.

Escadaria dos Budas Dourados

Escadaria dos budas dourados

Como pode perceber pelo nome, esta escadaria leva o visitante até às estátuas douradas que representam o Buda .

Continue sempre a subir a escadaria e irá chegar a um dos locais mais procurados no Buddha Eden, o Buda Gigante.

Buda Gigante

Buda deitado no Buddha Eden

A estátua do Buda Gigante representa um Buda Deitado, por isso é um local escolhido por grupos de grandes dimensões para tirarem fotografias.

Tenha em mente que a estátua tem vinte e um metros!

Torres de Pagode

Torres de pagode do buddha eden

Esta é uma zona tranquila cuja principal atrativo é a existência de três Torres de Pagode.

Já agora, é habitual deixarem oferendas na forma de dinheiro nestes pagodes, e por essa razão verás que existem muitas moedas espalhadas pelo chão.

Lagos da Tranquilidade

Lagos da tranquilidade

No total são quatro lagos cuja água corre do mais elevado para o mais baixo.

A água corrente e as estatuetas espalhadas pelo percurso fazem com que esta seja uma zona bastante agradável.

Miradouro do Fogo

O Miradouro do Fogo está localizado junto a um dos extremos do parque mas existe uma paragem de comboio relativamente perto.

Também poderá ver aqui perto duas portas japonesas tradicionais.

Treze Budas dos Mortos

Estes treze Budas (sim, não treze, nós contámos) estão alinhados em frente ao Lago do Pagode.

Se passar em frente a estas estátuas e contornar o lago irá encontrar a Fonte do Caminho do Lago.

Aproveite para procurar pequenas tartarugas que se escondem por ali.

Fonte do Caminho do Lago

Uma vez que esta fonte está escondida no meio da vegetação, tenha em atenção para não passar por ela e não a ver.

Lago do Pagode

Lago do Pagode

O Lago do Pagode é o maior dos três lagos existes no Bacalhôa Buddha Eden.

O Pagode ergue-se no centro do lago mas existe uma plataforma em madeira que permite que seja visitado.

É um local popular para fotografias, fica a dica.

História do Vinho

Estando o Buddha Eden inserido na Quinta dos Loridos, cuja produção de vinho é conhecida, percebe-se que a vinha também faça parte do parque.

Assim, é possível observar uma porção de terreno onde está instalada uma vinha, que vai mudando de aparência conforme os diferentes momentos de maturação da uva.

Preço dos Bilhetes de Entrada no Buddha Eden

A entrada para o jardim custa 5 EUR e o comboio custa 4 EUR, no entanto as crianças até 12 anos têm entrada gratuita e até aos 3 anos não pagam bilhete de comboio.

Horário do Buddha Eden

As visitas ao Buddha Eden podem ser feitas entre as 9:00 e as 18:00. Porém, tenha em atenção que o portão de entrada e o restaurante fecham meia hora antes, isto é, às 17:30.

Onde estacionar no Buddha Eden

Não precisa de se preocupar com o estacionamento pois existe local para estacionar o veículo junto à entrada do parque.

Além disso, este estacionamento é gratuito.

Alojamento no Bombarral

Nós ficámos alojados em Vieira de Leiria, no Hotel Cristal (post em breve).

No entanto, se preferir um hotel no Bombarral temos várias opções com preços competitivos, pelo que sugerimos que nos envie um email (reservapassaporte@gmail.com).

Como chegar ao Bacalhôa Buddha Eden

Como nós viajámos do Norte do País escolhemos a A17 mas para quem viaja de sul sugerimos a A8.

Dicas de Viagem

  • A estação de comboio está localizada logo na entrada do parque;
  • Na bilheteira estão disponíveis mapas com a localização dos espaços;
  • As casas de banho estão espalhadas pelo parque;
  • Não é permitido fazer piqueniques no Buddha Eden mas existe um restaurante junto à entrada e uma cafetaria perto do Anfiteatro;
  • Existe uma loja junto à saída;
  • Poderá marcar provas de vinho no local.

Contactos do Bacalhôa Buddha Eden

Telefone: +351 262 605 240; +351 913 005 087.

Email: visitas@loridos.com

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS!

5

Valença do Minho | guia de viagens completo

Porta da Coroada em Valença do Minho

Valença do Minho ou simplesmente Valença, é uma cidade raiana do distrito de Viana do Castelo.

A sua Fortaleza é candidata a Património da Humanidade pela UNESCO e neste artigo vamos indicar-lhe alguns pontos de interesse turístico da região.

Vamos dizer-lhe o que visitar, o que fazer, restaurantes e alojamento em Valença para que tenha uma estadia memorável.

Geografia de Valença do Minho

Em primeiro lugar, saiba que Valença é constituída por onze freguesias:

  • Boivão;
  • Cerdal;
  • Fontoura;
  • Friestas;
  • Gandra e Taião;
  • Ganfei;
  • Gondomil e Sanfins;
  • S. Julião e Silva;
  • S. Pedro da Torre;
  • Valença, Cristelo Covo e Arão;
  • Verdoeiro.

O que visitar em Valença do Minho

Fortaleza

A Fortaleza é, sem dúvida, o cartão-postal de Valença, sendo uma das principais fortificações militares da Europa!

Com uma extensão superior a 5 quilómetros, vista para a vizinha Espanha e para o Rio Minho, a Fortaleza de Valença ostenta doze baluartes, trinta e quatro guaritas, revelins, canhoeiras e paióis.

Baluartes existentes na Fortaleza de Valença:

  • Baluarte de São Jerónimo;
  • Baluarte de Santa Ana;
  • Baluarte de São José (meio baluarte);
  • Baluarte da Lapa;
  • Baluarte de São João;
  • Baluarte do Carmo;
  • Baluarte do Socorro;
  • Baluarte de São Francisco;
  • Baluarte do Faro;
  • Baluarte da Esperança;
  • Baluarte de Santo António (meio baluarte);
  • Baluarte de Santa Bárbara.

Já deve ter percebido que vai precisar essencialmente de duas coisas para visitar a Fortaleza de Valença!

Por um lado, tempo para percorrer as ruas e muralhas e atenção, pois verdadeiras pérolas espreitam a cada esquina.

Miradouro do Baluarte do Socorro

O Miradouro do Baluarte do Socorro é, na nossa opinião, um dos melhores sítios de observação, uma vez que está situado no extremo norte da fortaleza.

Deste lugar terá uma vista privilegiada sobre a cidade espanhola de Tui, o Rio Minho e a Ponte Internacional.

A Capela Militar do Bom Jesus

Valença do Minho

Também conhecida como Capela do Bom Jesus do Bonfim, foi construída nos estilos barroco e rococó.

O seu interior guarda uma imagem de Nossa Senhora do Carmo que costumava acompanhar o Regimento de Infantaria n.º 21 nas suas campanhas.

A estátua de S. Teotónio

Situada em frente à Capela Militar do Bom Jesus, é uma escultura do Século XX e evoca o S. Teotónio, o primeiro santo português.

A Casa do Eirado

Esta casa senhorial do Século XV é um edifícios mais antigos da fortificação.

A janela da Casa do Eirado, e que pode ser observada da rua, é um dos primeiros exemplos do estilo arquitectónico manuelino português, portanto, não deixe escapar a oportunidade de a contemplar.

O Marco Miliário Romano

Marco Miliário Romano

O Marco Miliário Romano foi mandado construir pelo Imperador Cláudio no Século I DC e assinala exatamente as quarenta e duas milhas que separam as cidade de Braga e de Tui.

É, sem dúvida, um marco histórico de elevado interesse e se o visitar sugerirmos que procure um canhão que se localiza muito perto do Marco, assim como espreite a Igreja de Santo Estevão.

A Moradia Régia

Moradia Régia em Valença do Minho

A Moradia Régia alberga atualmente o Núcleo Museológico de Valença, depois de ter sido Paços do Concelho e Cadeia de Comarca.

Abriu ao público no dia 20 de novembro de 2008 com duas salas principais: a Sala da História Local e a Sala da Arqueologia.

Além disso, dispõe de um centro de Recursos onde poderão ser efetuadas pesquisas.

Proporciona, igualmente visitas áudio guiadas em Português, Inglês, Espanhol e Francês e tem entrada gratuita.

Portas da Muralha

São quatro as Portas da Muralha mas as mais conhecidas, talvez por serem as mais bonitas, são a Porta da Coroada e a Porta da Gaviarra.

Porta da Coroada em Valença do Minho

Além disso, existem a Porta do Sol e a Porta do Meio.

O que fazer em Valença do Minho

  • Percorrer os vinte e dois quilómetros da Ecopista do Minho, entre Monção e Valença.

A missão do Plano Nacional de Ecopistas criado em 2001 visa a requalificação e reutilização de linhas e canais ferroviários desativados e a verdade é que os ciclistas agradecem esta iniciativa.

A Ecopista do Minho em particular já recebeu dois galardões internacionais!

Assim, em 2009 foi classificada a 4.ª Melhor Ecopista da Europa durante o Encontro Europeu de Vias Verdes que decorreu na Bélgica.

E mais recentemente, em 2017, ficou classificada em terceiro lugar na European Greenways Awards na categoria Melhor Via Verde da Europa, que teve lugar na Irlanda.

Durante o trajeto da Ecopista vai passar por vários pontos de interesse dos quais destacamos o Mosteiro de Ganfei, o Centro de Interpretação da Ecopista, a Ponte Centenária Internacional Valença / Tui e a Fortaleza de Valença.

  • Visitar o Miradouro da Capela de Sant’Ana

Para visitar o Miradouro da Capela de Sant’Ana terá de se deslocar para o Monte do Faro, isto é, fora do centro de Valença.

A Capela de Sant’Ana é bastante pequena, e para lá chegar terá de percorrer um caminho a pé.

No entanto, saiba que existe um parque de estacionamento junto à Igreja do Monte do Faro, a poucos metros da capela.

Já agora, aproveite e visite também esta igreja em cujo exterior está gravado numa pedra um poema dedicado à Virgem do Faro.

Capela de Sant'Ana

Alojamento em Valença do Minho

Nós ficámos alojados em Melgaço, no Monte Prado Hotel & SPA, a cerca de trinta minutos de Valença, e recomendamos.

No entanto, se preferir ficar alojado em Valença, por favor contacte-nos (reservapassaporte@gmail.com), pois conseguimos tarifas competitivas!

Restaurantes em Valença do Minho

Se procura recomendações de restaurantes nós tomamos a liberdade de sugerir três: O Restaurante Fortaleza (conhecido pelo Bacalhau à Fortaleza e pelo Cabritinho no forno), o Restaurante Baluarte (conhecido como o rei do Bacalhau) e o Fatum (que concilia restaurante e casa de fados).

Valença e o Caminho de Santiago

Em primeiro lugar, o Caminho Português da Costa e o Caminho Português Central convergem para Valença e, de facto, unem-se no interior da Fortaleza de Valença.

Além disso, alguns peregrinos escolhem Valença como início do Caminho de Santiago por causa da Compostela.

Passamos a explicar melhor: a Compostela, ou Credencial do Peregrino, é o documento onde vão sendo colocados os selos que comprovam que o peregrino efetivamente percorreu o Caminho.

A título de curiosidade, saiba que terão de ser apostos dois selos por dia e os selos poderão ser obtidos em albergues do peregrino, hostels, hotéis, cafés, restaurantes, igrejas, entre outros.

Ora, para que seja obtida a Compostela, o peregrino terá de ter percorrido obrigatoriamente os últimos 100 quilómetros a pé (ou 200 quilómetros no caso do ciclistas) antes de chegar a Santiago e Valença situa-se a pouco mais que os tais cem quilómetros exigidos.

Assim, e se tem interesse no Caminho de Santiago, recomendamos que veja o artigo que publicámos sobre o Guia dos Caminhos de Santiago.

Melhor altura para visitar Valença

Se possível tente evitar os fins de semana pois é a altura escolhida pelos espanhóis para fazerem compras em Valença.

Assim, em janeiro acontece a Cavalgata Internacional de Reis, um evento com raízes históricas e ligado à comemoração do dia de Reis.

Por outro lado, em agosto poderá visitar a Romaria do Faro, e em novembro Valença é palco da maior feira romaria do Noroeste Peninsular: a Feira dos Santos.

Além disso, se aprecia gastronomia minhota, recomendamos que agende a sua visita para a altura dos Festivais Gastronómicos.

São quatro os principais Festivais Gastronómicos que acontecem em Valença:

  • Festival Gastronómico Sabores da Lampreia (em março);
  • Festival Gastronómico Sabores da Aldeia (em abril);
  • Festival Gastronómico Sabores Serranos (em maio);
  • Festival Gastronómico Sabores do Anho (final de agosto/princípio de setembro).

Como chegar a Valença

A partir da cidade do Porto recomendamos que escolha a A3 em direção a Valença.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS!

2

Percursos Marginais do Rio Minho

Trilhos em Melgaço

O trilho Percursos Marginais do Rio Minho está localizado em Melgaço, no Distrito de Viana do Castelo.

Trata-se de um percurso linear e sugerem-se nove paragens (A Vila de Melgaço, Monte Prado, Centro de Estágios, Rio Minho, a Levada, as Pesqueiras, a Geomorfologia e a Paisagem, o Alvarinho e as Termas); cada uma com motivos de interesse distintos.

Neste artigo vamos dizer-lhe o que pode esperar deste trilho, assim como dicas para estar bem preparado.

Pode começar na Vila de Melgaço e terminar nas Termas do Peso, ou fazer o percurso inverso.

Estações dos Percursos Marginais do Rio Minho

Se começar o trilho na vila, sugerimos que estacione o carro num dos locais que indicados no artigo sobre Melgaço.

Siga pela encosta das Carvalhiças até ao Monte Prado. Segue-se o Centro de Estágios e logo a seguir poderá desfrutar do que na nossa opinião é o troço mais agradável do trilho.

Poderá observar o Rio Minho desde um passadiço de madeira logo que passa pelo moinho.

Moinho junto ao Rio Minho

Sugerimos que faça uma pausa nos banquinhos de madeira existentes na Levada e nas Pesqueiras, mesmo antes de terminar o passadiço.

Dica extra: se estiver alojado no Monte Prado Hotel & SPA poderá inicar o percurso a partir deste ponto.

Em seguida entrará num trilho em terra batida que o levará à estação A Geomorfologia e Paisagem e onde poderá observar diferentes tipos de aves no Observatório de Avifauna de Monte Prado.

Continue o percurso e observe as zonas agrícolas onde predominam as vinhas do Alvarinho, antes de chegar ao final do trilho junto às Termas de Melgaço.

Dicas e conselhos

  • O trilho passa junto a propriedades privadas e é possível que encontre gado a pastar;
  • É recomendável que não saia do percurso marcado e sinalizado;
  • O acesso ao trilho não é permitido durante o período crítico de incêndios florestais;
  • Leve calçado confortável, água e snacks.

Gostaria de conhecer melhor Portugal? Já publicámos vários artigos dedicados a destinos portugueses! Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS!