O que fazer em Tbilisi: +26 MELHORES lugares a visitar (Geórgia)

Tbilisi, a capital da Geórgia.
Índice do artigo

Atualizado em: Maio 20, 2024

Aqui tem tudo o que precisa saber sobre o que fazer e visitar em Tbilisi, a capital da Geórgia, incluindo sugestões de alojamento, restaurantes, transportes e o que visitar nos arredores.

A construção de Tbilisi começou no século V e o que temos hoje é uma capital com uma arquitetura eclética, animada, segura e onde o rio Kura e a Fortaleza de Naricala são os grandes protagonistas.

Além disso, uma viagem a Tbilisi não fica completa sem uma ida aos banhos sulfúricos, à Fortaleza de Naricala, ao Teatro de Marionetas, às Ponte da Paz, às igrejas e catedrais.

E também, é obrigatório mencionar os excelentes cafés e restaurantes que são uma perdição para os amantes de gastronomia.

No entanto, nos arredores da cidade encontram-se lugares que valem muito a pena conhecer: a Crónica de Geórgia, os mosteiros Património da UNESCO em Mtsketa, a mítica Estrada Militar Georgiana, as altas montanhas de Kazbegi, e muito, muito mais…

Enfim, há mesmo muito para ver e fazer em Tbilisi! Fique por aí e se tiver alguma dúvida ou questão, deixe um comentário!

O que fazer e visitar em Tbilisi: principais atrações turísticas

Subir à Fortaleza de Naricala

Fortaleza de Naricala, em Tbilisi.
Fortaleza de Naricala, em Tbilisi (1).
Muralhas da Fortaleza de Naricala, em Tbilisi.
Muralhas da Fortaleza de Naricala, em Tbilisi.
O que fazer em Tbilisi: subir à Fortaleza de Naricala.
O que fazer em Tbilisi: subir à Fortaleza de Naricala.
Igreja de São Nicolau,  no interior da Fortaleza de Naricala.
Igreja de São Nicolau (2), no interior da Fortaleza de Naricala.

A Fortaleza de Naricala é um dos melhores lugares para ver a cidade de Tbilisi, já que fica no cimo de um monte.

Para lá chegar, pode ir de carro, ou então faça como eu e suba os degraus e a rua estreita ao lado dos banhos sulfúricos, no centro histórico.

No interior da Fortaleza de Naricala pode visitar a Igreja de São Nicolau. À noite as paredes das muralhas ficam iluminadas, o que lhe dá um ar fantasmagórico. A entrada é gratuita.

Ver a estátua de Kartlis Deda, ou a Mãe da Geórgia

O que fazer em Tbilisi: ver a estátua de Kartlis Deda.
O que fazer em Tbilisi: ver a estátua de Kartlis Deda (Mãe da Geórgia).
Estátua Mãe da Geórgia, vista a partir do centro de Tbilisi.
Estátua Mãe da Geórgia, vista a partir do centro de Tbilisi.
Estátua Mãe da Geórgia e o Rio Kura, em Tbilisi.
Estátua Mãe da Geórgia (3) e o Rio Kura, em Tbilisi.

É impossível não ver a a estátua da Kartlis Deda no horizonte de Tbilisi.

Afinal, esta estátua com o traje nacional georgiano tem cerca de 20 metros de altura e está no cimo do colina Sololaki, sobranceira a Tbilisi.

Chamam-lhe a Mãe da Geórgia ou a Mãe dos Georgianos e tem a finalidade de proteção.

Para isso, na mão direita tem uma espada, que serve para receber os inimigos, e na esquerda tem uma taça de vinho, para receber os amigos.

Mulher guerreira, não acha? Mas na verdade é um espelho da história de Tbilisi, que por um lado teve de travar intermináveis ​​​​batalhas com os inimigos ao longo dos séculos, mas nunca esqueceu a hospitalidade e bem-receber dos visitantes.

Para ver a estátua de perto recomendo que o faça em seguida à visita à Fortaleza de Naricala, já que há um caminho que pode usar.

Em alternativa, pode usar o teleférico para chegar à estátua Mãe da Geórgia e à Fortaleza de Naricala.

Andar de teleférico, de balão de ar quente ou funicular

Teleférico e balão de ar quente, em Tbilisi.
Teleférico (4) e balão de ar quente (5), em Tbilisi.
Entrada para o teleférico de Tbilisi.
Entrada para o teleférico de Tbilisi.
Funicular de Tbilisi.
Funicular de Tbilisi (6).

Para ver Tbilisi de cima pode escolher subir a pé à Fortaleza Naricala ou, então, escolher um dos seguintes meios de transporte: teleférico, balão de ar quente ou funicular.

Como eu sofro de vertigens, não experimentei nenhuma destas atrações turísticas de Tbilisi, mas reconheço que são bastante populares.

E económicas, pelo menos o teleférico e funicular cujos bilhetes custam cerca de 7 GEL, ou seja 2,45 €.

Por outro lado, o Air Balloon Tbilisi, isto é, o balão de ar quente de Tbilisi, para uma viagem de 15 minutos pode contar pagar cerca de 55 GEL, ou um pouco mais de 19 €.

Relaxar nos banhos sulfúricos

Chreli-Abano: Banhos sulfúricos em Tbilisi, versão luxuosa.
Chreli-Abano: Banhos sulfúricos em Tbilisi (7), versão luxuosa.
Banhos sulfúricos em Tbilisi.
O que fazer em Tbilisi: conhecer os famosos banhos sulfúricos.
Piscina de água termal nos banhos sulfúricos.
Piscina de água termal nos banhos sulfúricos.
Área de lavagem, nos banhos sulfúricos.
Área de massagem nos banhos sulfúricos.

Ir aos banhos sulfúricos de Tbilisi é uma das melhores atividades que pode fazer na cidade.

Estas termas históricas estão na génese de Tbilisi, já que foi por causa delas que o Rei Vakhtang Gorgasali decidiu construir neste lugar a nova capital do país. Traduzindo à letra, Tbilisi significa “lugar quente”.

Apesar de existirem vários balneários para desfrutar dos banhos sulfúricos em Tbilisi, eu recomendo os de Chreli-Abano. São uma versão luxuosa das termas e que vale muito a pena experimentar.

Se gostou desta sugestão, então recomendo que leia o post completo sobre Banhos sulfúricos em Tbilisi: as termas luxuosas de Chreli-Abano.

Conhecer o Teatro de Marionetas

O que fazer em Tbilisi: ver o Teatro de Marionetas.
O que fazer em Tbilisi: ver o Teatro de Marionetas (8).
Teatro de Marionetas: um anjo toca o sino na torre todas as horas.
Teatro de Marionetas: um anjo toca o sino na torre todas as horas.
O relógio mais pequeno de Tbilisi está na torre do Teatro de Marionetas. É preciso espreitar por um buraquinho.
O relógio mais pequeno de Tbilisi (9) está na torre do Teatro de Marionetas. É preciso espreitar por um buraquinho para o ver.
Teatro de Marionetas de Tbilisi.
Teatro de Marionetas de Tbilisi.

O Teatro de Marionetas, no centro de Tbilisi, foi reconstruído em 1981 com elementos reciclados depois de ser destruído por um terremoto.

A torre também faz parte do edifício do teatro e à hora certa sai um anjo que toca o sino. Portanto, não estranhe ver grupos de turistas que se juntam na praça do teatro para ver este espetáculo gratuito.

É claro que também pode ver uma peça no interior do Teatro de Marionetas, que dizem serem bastante engraçadas, mas para isso precisa de bilhete.

Além das marionetas, outra atração turística deste lugar é o relógio mais pequeno de Tbilisi, que está na torre do Teatro de Marionetas.

Ver a Ponte da Paz (de dia e à noite)

O que fazer em Tbilisi: atravessar a Ponte da Paz, ponte pedonal.
O que fazer em Tbilisi: atravessar a Ponte da Paz (10).
Ponte pedonal sobre o Rio Kura.
Ponte pedonal sobre o Rio Kura.
Ponte da Paz, em Tbilisi.
Ponte da Paz, em Tbilisi.
Tbilisi e a Ponte da Paz iluminada à noite.
Tbilisi e a Ponte da Paz iluminada à noite.
Ponte da Paz à noite.
Ponte da Paz à noite.

A Ponte da Paz foi construída em 2010 e faz a ligação da parte nova à parte antiga da cidade.

De autoria da arquiteto Michele De Lucchi, ao princípio era um grande contraste com a parte histórica de Tbilisi, e recebeu algumas críticas, mas agora todos gostam do aspeto futurístico da nova ponte.

São muitas as pessoas que a utilizam no dia a dia para atravessar o Rio Kura, ou seja, não é apenas uma ponte para turistas.

No entanto, acho que a Ponte da Paz fica ainda mais bonita à noite. Isto porque os 150 metros da ponte ficam iluminados com 1208 painéis LED que iluminam a estrutura de vidro e aço.

Conhecer as típicas varandas de madeira georgianas

Varandas tradicionais da Geórgia.
Varandas tradicionais (11) da Geórgia.
Varandas de madeira em Tbilisi.
Varandas de madeira em Tbilisi.
Centro de Tbilisi: ver as varandas tradicionais de madeira.
Centro de Tbilisi: ver as varandas tradicionais de madeira.

Ao explorar Tbilisi, mas também no resto da Geórgia, vai perceber que as casas costumam ter varandas de madeira muito trabalhadas.

Isto porque as varandas de madeira eram o orgulho das famílias! Ou seja, quantos mais detalhes intricados tivessem, mais bonitas eram as varandas.

Além de mostrarem o status da família, era nas varandas que tradicionalmente as senhoras da casa ficavam a espionar os vizinhos.

Elas queriam ver a que horas os vizinhos chegavam a casa e com quem, para depois terem motivo de conversa…

Coscuvilhices à parte, vale a pena olhar com atenção para estas características varandas de madeira.

Conhecer as igrejas e catedrais de Tbilisi

O Rio Kura e a igreja da Natividade da Virgem de Metérri.
O Rio Kura (12) e a Igreja da Natividade da Virgem de Metérri (13).

Cerca de 72% da população da Geórgia declara-se fiel à Igreja Ortodoxa Georgiana, o que resulta numa grande quantidade de igrejas no país.

Aliás, basta olhar com atenção para o horizonte de Tbilisi e vai facilmente encontrar dezenas de cúpulas de igrejas.

É certo que eu não visitei todos os templos, mas posso falar-lhe dos mais importantes, que são a Catedral de Sioni e a Catedral de Sameba.

Visitar a Catedral de Sioni

Catedral de Sioni.
Catedral de Sioni (14).
Interior da Catedral de Sioni.
Interior da Catedral de Sioni.

A Catedral de Sioni, ou Catedral de Sioni da Assunção da Virgem Maria, no centro de Tbilisi, é o maior santuário da Igreja Ortodoxa Georgiana.

Tem o nome da montanha sagrada em Jerusalém, Sioni, que é uma palavra hebraica com o significado de “ensolarado”. Aliás, existem muitas igrejas com o nome de Sioni na Geórgia, sendo que todas elas são em honra da Assunção da Virgem Maria.

Além disso, é a Catedral Episcopal de Tbilisi desde o século V e guarda no seu interior algumas relíquias como a cruz de Santa Nino, uma pedra milagrosa trazida de Jerusalém por São Davis de Gareja e crânio do Apóstolo São Tomé.

Visitar a Catedral de Sameba

Catedral de Sameba, ou Catedral Ortodoxa da Santíssima Trindade.
Catedral de Sameba, ou Catedral Ortodoxa da Santíssima Trindade (15).
A grandiosidade da Catedral Ortodoxa da Santíssima Trindade.
A grandiosidade da Catedral Ortodoxa da Santíssima Trindade.
Ícone da Virgem Maria e do menino na Catedral de Sameba.
Ícone da Virgem Maria e do menino na Catedral de Sameba.

A Catedral de Sameba, ou Catedral Ortodoxa da Santíssima Trindade, é a terceira catedral ortodoxa mais alta do mundo.

A sua construção é recente e teve como intuito celebrar os 1500 anos da Igreja Ortodoxa Georgiana e 2000 anos desde o nascimento de Jesus.

Fica um pouco distante do centro, a cerca de 20-30 minutos a pé, mas o caminho faz-se bem. Ao chegar vai encontrar um momumento gigante, com algumas lojas e vendedores de rua na entrada.

O interior pareceu-me um pouco mais iluminado em relação a outras igrejas ortodoxas georgianas que visitei, mas pode ser só impressão minha. Vale a pena o desvio para conhecer este templo grandioso.

Curiosidade: Sabia que os padres ortodoxos podem casar-se? Aliás, para se ordenarem, têm obrigatoriamente de ter família e ser casados. Estes são os sacerdotes brancos. No entanto, os sacerdotes negros são os que vivem nos mosteiros e estão isolados do mundo. Estes últimos não podem casar-se.

Explorar os Museus de Tbilisi

Entrada no Teatro Nacional de Ópera e Ballet da Geórgia de Tbilisi.
Entrada no Teatro Nacional de Ópera e Ballet da Geórgia de Tbilisi (16).
Visita guiado no Museu Georgiano de Belas Artes (Georgian Museum of Fine Arts).
Visita guiada no Museu Georgiano de Belas Artes (17).
Entrada na Academia de Artes de Tbilisi (Tbilisi State Academy of Arts).
Entrada na Academia de Artes de Tbilisi /Tbilisi State Academy of Arts (18).
Os fósseis no Museu Nacional da Geórgia.
Os fósseis no Museu Nacional da Geórgia (19).
Visita guiado em Tbilisi Art Gallery.
Visita guiada em Tbilisi Art Gallery (20).

Eu reconheço que gosto muito de visitar museus. Ora a boa notícia é que em Tbilisi existem muito museus super interessantes.

É dificil dizer qual foi o museum em Tbilisi que gostei mais, acho que foi o Museu Georgiano de Belas Artes. É realmente bastante completo.

Na dúvida, recomendo que leia o artigo 5 Museus imperdíveis em Tbilisi para amantes de História e decida por si quais museus visitar na capital.

Fazer um tour no centro de Tbilisi (por lugares desconhecidos)

Red Fedora Diary - tours em Tbilisi.
Red Fedora Diary – tours em Tbilisi (21).
Edifícios centenários em Tbilisi.
Edifícios centenários em Tbilisi.
Tours e passeios em Tbilisi, Geórgia.
Tours e passeios em Tbilisi, Geórgia.

Sugerir um tour no centro da cidade para conhecer as principais atrações turísticas não é nada de novo. Aliás, existem vários tours deste género, como por exemplo os seguintes:

No entanto, o que nunca vi noutra cidade europeia, é fazer um tour para conhecer o interior de prédios centenários.

Ou seja, não é o tipo de lugar que esteja disponível para visitas independentes, aliás, muito dificilmente iria conseguir encontrar estas pérolas escondidas.

Acredite que vale muito a pena fazer um tour deste género, tanto para conhecer lugares que não aparecem nos guias de viagem, como para ter experiência mais próxima com alguém que vive em Tbilisi.

Se o convenci a ter este tipo de experiência, recomendo que espreite o Red Fedora Diary e contacte a Baila.

Fazer uma prova de vinhos georgianos

Wine tour em Tbilisi.
Wine tour em Tbilisi. Experimentar vinho ambar georgiano (22).
Vinho da região de Kakheti (Geórgia).
Vinho da região de Kakheti (Geórgia).
Prova de vinhos georgianos (vinho tinto).
Prova de vinhos georgianos (vinho tinto).
Prova de vinhos georgianos (vinho ambar).
Vinho ambar georgiano: prova de vinhos.
Prova de vinho qvevri, ou vinho georgiano produzido em ânforas de barro.
Prova de vinho qvevri, ou vinho georgiano produzido em ânforas de barro.
Experimentar vinho tinto georgiano.
Experimentar vinho tinto georgiano.
Ouvir a explicação sobre os vinhos georgianos, diretamente do produtor de vinhos. Experimentar vinho rosé georgiano.
Ouvir a explicação sobre os vinhos georgianos, diretamente do produtor de vinhos. Experimentar vinho rosé georgiano.
Prova de vinhos georgianos, com produtos locais: queijo, pão, geleia e enchidos.
Prova de vinhos georgianos, com produtos locais: queijo, pão, geleia e enchidos.
Prova de 10 vinhos georgianos.
Prova de 10 vinhos georgianos.
Terminar a prova de vinhos (wine tour) com um brinde de chacha.
Terminar a prova de vinhos (wine tour) com um brinde de chacha.

O vinho georgiano tem fama mundial, afinal dizem que a tradição vinícola da Geórgia tem mais de 8000 anos, sem interrupção.

Além disso, outra particularidade do vinho da Geórgia é a utilização de ânforas de barro, ou qvevri ou kvevri, no seu fabrico.

Aliás, este antigo método tradicional de vinificação georgiano, que usa os potes de barro qvevri, ou kvevri, faz parte da Lista do Património Cultural Imaterial da UNESCO.

Ou seja, a melhor forma de conhecer os vinhos da Geórgia é fazendo uma (ou mais) provas de vinhos.

Espreite aqui algumas sugestões:

Conhecer street art em Tbilisi

Tunel com grafitis.
Passagem subterrânea com grafitis (23).
Um cão e street art.
Um cão e street art.
Detalhe de arte de rua a preto e branco.
Detalhe de arte de rua a preto e branco.
Mural pintado em prédio.
Mural pintado em prédio.
Casa no centro da cidade, com mural pintado.
Casa no centro da cidade, com mural pintado.
Arte de rua irónica.
Arte de rua irónica.
Painel colorido em passagem pedonal subterrânea.
Painel colorido em passagem pedonal subterrânea.
Mural no centro da cidade.
Mural no centro da cidade.

Reconheço que não estava à espera de encontrar street art tão interessante em Tbilisi.

Mas o certo é que, um pouco por toda a cidade, vai encontrar murais grandiosos que ocupam paredes inteiras de prédios. É impossível não os ver!

Além disso, as passagens de peões que ficam por baixo das principais rotundas da cidade, são autênticas galerias de street art.

Pode explorar à vontade, mesmo nas passagens subterrâneas de peões, já que elas têm vigilância por vídeo.

Fazer compras em Tbilisi

Onde fazer compras em Tbilisi: Mercado da Ponte Seca.
Onde fazer compras em Tbilisi: Mercado da Ponte Seca (24).
Compras no Mercado da Ponte Seca.
Compras no Mercado da Ponte Seca.
Mercado de rua em Tbilisi: fazer compras no Mercado da Ponte Seca.
Mercado de rua em Tbilisi: fazer compras no Mercado da Ponte Seca.
Comprar meias quentes para o frio.
Comprar meias quentes para o frio.

Quer esteja à procura de souvenirs simples ou peças de artesanato para levar para casa, em Tbilisi vai encontrar muitos lugares para o fazer.

Em todo o caso, queria deixar-lhe algumas sugestões de lugares e de compras para levar para casa.

O Mercado da Ponte Seca é um dos melhores lugares em Tbilisi para comprar presentes. Tome nota que, por ser um mercado de rua, há lugar para negociar preços!

Vai encontrar quadros de parede, vestuário, joias, carteiras, enfim, uma série de peças bonitas e com bons preços.

Aliás, alguns vendedores aceitam euros como pagamento, mesmo moedas. Funciona todos os dias das 09h30 até às 17h30.

Entrada para o Mercado Meidan, ou Meidan Bazar.
Entrada para o Mercado Meidan, ou Meidan Bazar (25).
Interior do Mercado Meidan.
Interior do Mercado Meidan.
Compras e souvenirs da Geórgia: Meidan Bazar.
Compras e souvenirs da Geórgia: Meidan Bazar.
Prateleiras repletas de souvenirs, no: Meidan Bazar.
Prateleiras repletas de souvenirs, no Meidan Bazar.

Depois, o Mercado Meidan, ou Meidan Bazar, é um mercado subterrâneo com muitas peças de decoração, moedas e joias.

Pelo que percebi, os preços eram um pouco mais altos em comparação com o mercado da Ponte Seca e não era possível pagar em euros.

Visitar o Mercado das Flores de Orbelian.
Visitar o Mercado das Flores de Orbelian (26).
Mercado das Flores de Orbelian.
Mercado das Flores de Orbelian.

O Mercado das Flores de Orbeliani é um lugar interessante para passear, já que duvido que os visitantes queiram comprar flores para levar para casa.

Em todo o caso, no piso inferior deste mercado, funciona um bazar com lojas e restaurantes.

De notar que, por norma, os produtos não têm preços marcados, o que significa que o vendedor pede o valor que entender.

Alojamento em Tbilisi

Hotel Nata, alojamento económico no centro de Tbilisi, Geórgia.
Hotel Nata, alojamento económico no centro de Tbilisi, Geórgia.
Pateo interior do Hotel Nata, com vista para a estátua Kartlis Deda e para a Fortaleza de Narikala.
Pateo interior do Hotel Nata, com vista para a estátua Kartlis Deda e para a Fortaleza de Narikala.

Para mim, a melhor zona para ficar alojado em Tbilisi é na zona histórica.

Isto porque é nesta região que se concentram as principais atrações turísticas de Tbilisi. Também é um bairro com muitos restaurantes e vida noturna, se quiser sair à noite.

Eu escolhi um hotel bastante económico no centro, o Hotel Nata (3 estrelas) e, realmente, a localização era excelente!

Isto porque o hotel ficava muito perto dos banhos sulfúrico e a alguns minutos a pé do centro. Mas, como referi, era um hotel simples, e numa casa tradicional! Tem o seu charme, mas não é dos mais luxuosos.

Radisson Blu Iveria Hotel, hotel de luxo em Tbilisi.
Radisson Blu Iveria Hotel, hotel de luxo em Tbilisi.
Buffet do Radisson Blu Iveria Hotel.
Buffet do Radisson Blu Iveria Hotel.

No entanto, se quiser ficar alojado num hotel mais confortável, então recomendo que escolha o Radisson Blu Iveria Hotel (5 estrelas) que tem uma piscina no último piso.

Hotéis em Tbilisi

Restaurantes em Tbilisi

Jantar no Chveni, Tbilisi.
O que fazer em Tbilisi: Jantar no Chveni.
Kharcho.
Kharcho.
Elarji.
Elarji.
Pkhali, entradas georgianas.
Pkhali, entradas georgianas.
Adjarian khachapuri.
Adjarian khachapuri.
Khinkali no restaurante Piromani's Dukani, em Tbilisi.
Khinkali no restaurante Piromani’s Dukani, em Tbilisi.
Prova de vinhos georgianos (vinho ambar).
Prova de vinhos georgianos (vinho ambar).

A comida georgiana é deliciosa e um paraíso para gosta de comer bem. Os pratos mais tradicionais incluem khinkali, khachapuri, Pkhali, kharcho com elarji, e muito queijo sulguni.

E claro, não esquecer o famoso vinho da Geórgia.

O meu restaurante preferido na Geórgia é o Chveni, e se quer saber porquê, recomendo que leia o post Cafés, restaurantes e sair à noite em Tbilisi.

Transportes em Tbilisi

Viajar de Bolt em Tbilisi.
Viajar de Bolt em Tbilisi.
Bolt e autocarros em Tbilisi, Geórgia.
Bolt e autocarros em Tbilisi, Geórgia.
Andar de Bolt em Tbilisi, à noite.
Andar de Bolt em Tbilisi, à noite.

Os principais transportes públicos em Tbilisi são o metro, autocarro e bolt.

O metro muito económico, já que o cartão recarregável custa 2 GEL (0,70 €) que são devolvidos se devolver o cartão e cada viagem custa 0,5 GEL (0,17 €). Tem o inconveniente de só haver metro no centro de Tbilisi.

Para ir do Aeroporto de Tbilisi para o centro da cidade pode ir de autocarro, no entanto, como é possível que o seu voo chegue de madrugada, nesse horário não há autocarros.

Mas não se preocupe, já que pode perfeitamente chamar um Bolt para ir para o centro. Tem a vantagem de ir para qualquer lugar na cidade e de forma económica.

Para mim, a forma mais prática de me deslocar em Tbilisi foi andar a pé e o Bolt. Isto porque no centro da cidade é muito fácil caminhar, sendo que, para distâncias mais longas, preferi usar o Bolt.

De uma forma geral, esta é a informação que precisa saber sobre transportes em Tbilisi, mas se quiser mais detalhes, recomendo que leia estes dois posts:

É preciso seguro de viagem para visitar a Geórgia?

Ver a cidade de Tbilisi a partir do Monumento Crónica de Geórgia.
Ver a cidade de Tbilisi, a partir do Monumento Crónica de Geórgia.
Tbilisi e o Rio Kura.
Tbilisi e o Rio Kura.

Sim, por favor não faça viagens sem seguro! A verdade é que os seguros de viagem estão cada vez mais acessíveis, portanto, não compensa correr o risco de estragar uma viagem por alguns euros.

Os seguros de viagem que eu uso e recomendo são os da IATI Seguros, que para mim são os mais completos.

Lembre-se que para ativar o seguro de viagens da IATI só precisa de ligar para o número de telefone que lhe indicam e é atendido por alguém que fala português.

Eles indicam-lhe o hospital ou clínica para o qual se deve dirigir e ao chegar lá, já estão à sua espera.

Ou seja, reduz bastante eventuais problemas de comunicação. Além disso, não precisa de fazer o pagamento no local e depois pedir o reembolso.

É, realmente, muito prático e cómodo, razão pela qual eu não viajo sem seguro de viagem.

Saiba quanto custa um Seguro de Viagem da IATI Seguros.

O que fazer e visitar nos arredorres de Tbilisi

Crónica de Geórgia, conhecida como stonehenge de Tbilisi.
Crónica de Geórgia, conhecida como stonehenge de Tbilisi.
Igreja da Trindade Gergeti, com neve.
Igreja da Trindade Gergeti, com neve (Kazbegi).
Baloiço no Lago Zhinvali (Estrada Militar Georgiana).
Baloiço no Lago Zhinvali (Estrada Militar Georgiana).
Fortaleza de Ananuri, na Estrada Militar Georgiana.
Fortaleza de Ananuri, na Estrada Militar Georgiana.
Ruas em Mtskheta, Geórgia.
Ruas em Mtskheta, Geórgia.
Confluência dos rios Kura e Aragv, a partir do Mosteiro Jvari.
Confluência dos rios Kura e Aragv, a partir do Mosteiro Jvari.

Há tanto, mas tanto, para ver no centro de Tbilisi, que pode cair na tentação de não explorar os arredores da cidade. Grande erro, devo avisar!

Isto porque é possível conhecer grande parte da Geórgia com viagens de apenas algumas horas da capital.

A melhor forma para o fazer é alugando um carro, mas também pode optar por comprar tours de um dia de Tbilisi.

Ora aqui ficam as principais cidades da Geórgia que valem a pena conhecer, com as respetivas distâncias de Tbilisi:

  • Monumento Crónica de Geórgia, conhecido como Stonehenge de Tbilisi (14 km);
  • Mtskheta, a primeira capital da Geórgia com mosteiro património UNESCO (23 km);
  • Gudauri, principal estância de esqui na Geórgia (120 km);
  • Stepantsminda (Kazbebi) uma região montanhosa por onde passa a mítica Estrada Militar Georgiana (150 km);
  • Kutaisi, a terceira maior cidade do país. Conheça a Gruta de Prometeu e Reserva Natural de Sataplia (220 km);
  • Batumi, a segunda maior cidade do país e estância balnear junto ao Mar Negro (360 km);
  • Mestia, conhecer as imponentes montanhas Svaneti (450 km).

Também recomendo que espreite o artigo 15 Tours com saída de Tbilisi. O que visitar a partir da capital da Geórgia.

Aqui tem o seu guia gratuito com tudo o que precisa saber: Geórgia: Guia de Viagens Completo

Leia também:

*Visitei Kazbegi e Crónica de Geórgia em tours organizados pelo Gabinete de Turismo da Geórgia e como parte do Traverse Event. A querida Baila, do Blog Red Fedora Diary ofereceu-me o tour que faz no centro de Tbilisi. Os restantes lugares visitei por minha conta.

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.