Ilha do Sal (2024): o que fazer e visitar em Cabo Verde

O que fazer na Ilha do Sal (Cabo Verde).
Índice do artigo

Atualizado em: Fevereiro 17, 2024

Procura sugestões de o que fazer e visitar na Ilha do Sal, em Cabo Verde? Então não procure mais, pois encontrou uma lista detalhada das principais atrações turísticas da região.

Leia este artigo até ao fim e descubra o óbvio e o menos óbvio da Ilha do Sal em Cabo Verde – um destino turístico popular, especialmente escolhido por famílias portuguesas em busca de dias tranquilos à beira-mar.

No entanto, a verdadeira magia da Ilha do Sal vai bem além das atrações turísticas! Na minha opinião, o que realmente tornou a estadia memorável na Ilha do Sal foram as pessoas.

Isto porque desde o momento em que chegámos, fomos acolhidos calorosamente pelos habitantes locais, muitos dos quais puxavam conversa para descobrir mais sobre nós e do nosso país de origem. Ficamos surpresos ao perceber a forte ligação que os cabo-verdianos têm com Portugal.

Em cada encontro, descobrimos histórias fascinantes sobre experiências pessoais em Portugal, seja porque já viveram cá, seja porque têm amigos e familiares que ainda residem no país ou porque querem muito viver em Portugal.

Estas conversas pareceram-me sinceras e deram-me a sensação de uma ligação especial entre os cabo-verdianos e os portugueses. Terá sido só impressão minha?

Portanto, neste artigo irei falar e mostrar as maravilhas e experiências que a Ilha do Sal tem a oferecer aos viajantes.

Falo de praias deslumbrantes com águas amenas, paisagens desérticas e uma cultura rica e acolhedora. Acho que está desvendado o segredo para tantas pessoas escolherem Cabo Verde como destino de férias!

Prepare-se para uma aventura inesquecível na Ilha do Sal, onde a mistura perfeita de morabeza, no stress, relaxamento, descoberta cultural e hospitalidade genuína estão à espreita em cada esquina.

O que fazer e visitar na ilha do Sal em Cabo Verde?

Flutuar nas salinas de Pedra de Lume

Salinas de Pedra Lume (Cabo Verde).
Salinas de Pedra Lume (Cabo Verde).

Descubra a incrível sensação de flutuar nas salinas de Pedra de Lume em Cabo Verde!

Estas salinas são conhecidas por proporcionarem uma experiência única: flutuar na água salgada.

Com uma quantidade elevada de sal, qualquer corpo que mergulhe nestas águas vai flutuar automaticamente. Imagine-se realizando acrobacias divertidas na água, desfrutando de uma experiência inesquecível. Só é pena o fundo das salinas ter tantas pedras que magoam os pés.

Estas salinas não são apenas para o entretenimento dos turistas, pois estão ativas e em pleno funcionamento. Portanto, pode ter esta experiência enquanto explora a Ilha do Sal em Cabo Verde.

Ao visitar as salinas, é importante lembrar-se de algumas dicas essenciais. Em primeiro lugar, por causa da alta concentração de sal, é aconselhável tomar um duche após a experiência para remover o sal (há chuveiros no local). É importante que o sal não solidifique na sua pele.

Além disso, é as crianças menores de seis anos não devem entrar na água das salinas. Também é importante evitar o contato se tiver cortes ou feridas expostas. Ou seja, mesmo uma ferida aparentemente pequena pode causar ardor desconfortável durante o mergulho.

Não perca a oportunidade de vivenciar essa experiência fascinante, mesmo que não saiba nadar. As salinas de Pedra de Lume estão localizadas na zona oeste da Ilha do Sal em Cabo Verde.

Reserve algum tempo para explorar este tesouro natural e aproveitar a sensação única de flutuar na água salgada!

Explorar as formações rochosas vulcânicas de Buracona e o Olho Azul

Buracona na Ilha do Sal (Cabo Verde).
Buracona na Ilha do Sal (Cabo Verde).

Buracona é um local verdadeiramente espetacular, onde a força vulcânica moldou paisagens surpreendentes.

As formações rochosas aqui são únicas, com sua aparência árida e misteriosa.

No entanto, a verdadeira joia de Buracona é o Olho Azul, ou “Blue Eye”.

Este fenómeno natural, na verdade, é uma piscina de água cristalina, escondida entre as rochas. O Olho Azul deve o seu nome à cor intensa que assume quando os raios do sol atingem a água.

O melhor horário para ver este espetáculo da natureza é entre as 10h30 e as 13h30s, desde que não esteja nublado.

Por outro lado, não precisa de um horário específico para aproveitar a piscina natural ali mesmo ao lado!

Mergulhar na Praia de Santa Maria

O que fazer na Ilha do Sal (Cabo Verde).
Praia de Santa Maria.

É normal que um artigo sobre coisas a fazer na Ilha do Sal em Cabo Verde contenha referências às belas praias.

Geralmente as praias do Sal são ventosas, o que ajuda bastante nos dias quentes. Isto porque seria desafiante ficar numa praia com tanto sol sem o vento a ajudar a suportar o calos.

Sei que alguns visitantes se queixam do vento, mas para mim o vento faz parte da experiência e não me incomoda nada.

Feito o desabafo, na minha opinião, a praia mais bonita da Ilha do Sal é a Praia de Santa Maria.

Tem bons acessos, um longo areal e os cabo-verdianos também lá vão dão uns mergulhos, ou seja, não é uma praia só turistas.

Passear no Mercado do Peixe no Pontão de Santa Maria

Vendedora de peixe no Pontão de Santa Maria.
Vendedora de peixe no Pontão de Santa Maria.

Desfrute de uma experiência com aroma a mar no Mercado do Peixe, localizado no Pontão de Santa Maria. Este é um lugar que me conquistou completamente!

Assim que os pescadores chegam nos barcos, o mercado ganha vida. É um local um pouco improvisado, mas isso só aumenta o charme e a autenticidade do lugar.

O processo é fascinante e desenrola-se em poucas horas: as mulheres aguardam nos pontões enquanto os barcos se aproximam.

Assim que atracam, os pescadores descarregam o peixe fresco em baldes e as mulheres começam a retirar as guelras e tripas aos peixes, com uma destreza incrível.

Em poucos minutos, a captura do dia está pronta para venda. É uma cena repleta de atividade, cores e cheiros muito particulares.

Os compradores aproximam-se das vendedoras bem-dispostas em busca do peixe fresco, bem como os curiosos de máquinas fotográficas e telemóveis na mão.

Mas tudo no devido lugar, primeiro vende-se o peixe e só depois é que se mete conversa com os turistas.

Explorar a cidade de Espargos a pé

Loja de souvenirs cabo-verdianos em Espargos, Norte de Cabo Verde.
Loja de souvenirs cabo-verdianos em Espargos, Norte de Cabo Verde.

A cidade de Espargos é a capital da Ilha do Sal, sendo também a maior cidade desta ilha mas tem apenas cerca de 8000 habitantes.

Ou seja, não tenha ilusões, é uma cidade bem pequena. Talvez o charme seja mesmo esse, é um lugar pequeno dom ritmo tranquilo.

Não há pressa para nada e as pessoas ficam na rua a olhar a vida passar sem grandes preocupações.

Deslumbrar-se com o pôr do sol no Farol de Ponta Preta

Dizem que o pôr do sol no Farol de Ponta Preta é um dos mais bonitos na Ilha do Sal, e a contar com a quantidade de surfistas que estava à espera do tão aguardo momento, acho que lhes dou razão.

Há qualquer coisa de mágico na mistura de tons que vão do amarelo ao laranja, passando por uma infinidade de tonalidades que não consigo dar-lhes nome.

Por isso, o melhor é mesmo incluir ver o pôr do sol no Farol de Ponta Preta na sua lista de o que fazer na Ilha do Sal, e veja com os seus próprios olhos ao que me refiro.

Subir ao miradouro de Monte Leão

Trilhos e caminhadas na Ilha do Sal (Cabo Verde).
Trilhos e caminhadas na Ilha do Sal (Cabo Verde).

Sabe onde estão as melhores vistas panorâmicas da Ilha do Sal? Pois, já deve ter adivinhado, no Monte Leão, em Murdeira, ou seja, a cerca de 14 km de Santa Maria.

Os mais aventureiros podem fazer até ao cimo da montanha, sendo que pode contar com um trilho de cerca 6 km em cada direção, isto é, no total, 12 km, que se fazem em 2-3 horas.

Tenha em atenção que nem todo o percurso está sinalizado, mas não me pareceu perigoso, até porque não existem grandes obstáculos.

Em todo o caso, trata-se de uma caminhada em terreno irregular pelo que recomendo que leve calçado apropriado, água, chapéu e protetor solar.

Por fim, esteja atento a rajadas de vento, pois podem afetar o equilíbrio durante a caminhada.

Ir às compras de artesanato e souvenirs

Vendedores ambulantes à porta de loja na Ilha do Sal.
Vendedores ambulantes à porta de loja na Ilha do Sal.

Devo dizer que não costumo entrar em exageros de compras, mas gosto de levar para casa algumas peças que me fazem (re)lembrar a viagem.

Se é como eu, aqui ficam algumas palavras que espero que ajudem na altura de escolher o que vale a pena comprar em Cabo Verde.

Assim, e apesar de existirem vendedores ambulantes de souvenirs nas praias e zonas turísticas em Cabo Verde, eu prefiro comprar nas lojas locais.

Acho que, de certa forma, estou a contribuir para o desenvolvimento da região e é menos provável fazer parte de economias paralelas. Mas isto é apenas a minha opinião, claro que cada um é livre de fazer o que entender.

Depois de espreitar algumas lojas na Ilha do Sal e falar com as pessoas que estavam a atender, decidi fazer compras na Rua 1 de Junho, em Santa Maria. Levei para casa quadros de madeira e pulseiras “no stress” para os miúdos.

Existem várias lojas por lá, e sinceramente não consigo identificar quais foram as lojas em que comprei, mas parece-me que os cabo-verdianos são mais conversadores do que os imigrantes senegaleses.

Provar a comida típica da Ilha do Sal

Atum grelhado, mexilhões e camarão.
Atum grelhado, mexilhões e camarão.

Mesmo se estiver num hotel tudo incluído, não perca a oportunidade de experimentar a gastronomia e comida típica de Cabo Verde num dos restaurantes de beira de estrada.

Não seja esquisito e atire-se de cabeça a uma lagosta suada, atum grelhado, ou cachupa (estufado de milho, feijão, mandioca, couve, batata-doce, carne (cachupa rica) ou peixe (cachupa pobre).

Para terminar a refeição e ajudar a fazer a digestão, um copo de grogue, a aguardente local, faz a festa.

Tenha em consideração que a época de defeso da lagosta rosa (Palinurus charlestoni) vai de 1 de julho a 30 de novembro (as datas podem mudar de ano para ano), ou seja, as lagostas em Cabo Verde só podem ser comercializadas fora deste período.

Para evitar problemas gastrointestinais, beba água engarrafada e evite bebidas com gelo, o consumo de vegetais crus e alimentos confecionados com ovos crus ou mal cozidos.

Eu costumo levar sempre comigo nas viagens medicamentos antidiarreicos, só para o caso de ser necessário, mas em Cabo Verde não foi preciso.

Hotéis e onde dormir na Ilha do Sal

Hotel tudo incluído na Ilha do Sal (Cabo Verde).
Hotel tudo incluído na Ilha do Sal (Cabo Verde).

A Ilha do Sal tem bastante oferta a nível de alojamento, tanto de hotéis tudo incluído como hotéis mais simples mas cheios de charme.

Nós ficámos num dos hotéis da cadeia Rio, o Rio Funana (5 estrelas) e gostámos muito.

Trata-se de um hotel de cinco estrelas que funciona em regime incluído, com bastante oferta a nível de animação, uma praia bonita em frente (mas não é a mais bonita da Ilha do Sal) e pessoal bastante simpático.

Outros resorts tudo incluído semelhantes na Ilha do Sal são o Sol Dunas (5 estrelas), o Melia Tortuga Beach (5 estrelas) e ainda o Halos Casa Resort – Luxury ClubHotel (4 estrelas).

Caso pretenda alojamento mais simples, mas igualmente interessante, sugiro que espreite o Hotel Odjo d’água ou o Hotel Morabeza (4 estrelas).

Se nenhuma destas opções de hotéis lhe agradou, explore os restantes alojamentos no mapa a seguir.

Hotéis na Ilha do Sal

Como é o tempo e melhor altura para viajar para a Ilha do Sal

Praia de Santa Maria, na Ilha do Sal.
Praia na Ilha do Sal (Cabo Verde)

A Ilha do Sal possui um clima caracterizado por temperaturas médias anuais que raramente ultrapassam os 25ºC e nunca descem abaixo dos 20ºC.

As variações climáticas variam de 20ºC a 31ºC, enquanto a temperatura do mar varia entre 21ºC em fevereiro e 25ºC em setembro.

A maior parte do ano apresenta um clima quente e seco, com duas estações distintas. A estação seca, que ocorre de novembro a julho, é menos quente. Já a estação chuvosa, que acontece de agosto a outubro, é caracterizada por temperaturas mais elevadas, embora seja também mais húmida.

O que isto significa?

Quer dizer que em Cabo Verde está bom tempo o ano todo, dias com sol maravilhosos e água do mar agradável.

Como estão organizadas as Ilhas em Cabo Verde?

Aeroporto Internacional Amílcar Cabral.
Aeroporto Internacional Amílcar Cabral.

A República de Cabo Verde é um arquipélago constituído por 10 ilhas vulcânicas, sendo que 9 são habitadas, além de vários ilhéus.

Estão divididas em Ilhas do Barlavento e do Sotavento.

Assim, as ilhas de Barlavento de Cabo Verde estão localizadas no Norte, e são Santo Antão, São Vicente, Santa Luzia (desabitada), São Nicolau, Sal e Boa Vista.

Mais a Sul, estão situadas as ilhas de Sotavento, ou seja Maio, Santiago, Fogo e Brava.

A maior ilha de Cabo Verde é Santiago, que é onde está localizada a capital do arquipélago: Praia.

Além disso, o ponto mais elevado do arquipélago fica na Ilha do Fogo, que tem um vulcão ativo com 2829 metros de altitude.

Cabo Verde tem quatro aeroportos internacionais, que estão localizados nas ilhas de Santiago, do Sal, da Boa Vista e na Ilha de São Vicente.

Como vê, Cabo Verde é um território bastante amplo e diverso para explorar!

Tours e excursões na Ilha do Sal

O que fazer na Ilha do Sal: espreitar o Olho Azul, ou "Blue Eye".
Olho Azul, ou “Blue Eye”.

Apesar de a Ilha do Sal ser bastante pequena, se não quiser alugar carro ou estar dependente do transporte das carrinhas de 9 lugares, é boa ideia juntar-se a um grupo organizado ou comprar um tour privado.

Aliás, se estiver alojado num hotel tudo incluído, é normal que queira aproveitar ao máximo o hotel e reservar um ou dois dias para conhecer a ilha.

A boa notícia é que consegue visitar a Ilha do Sal num único dia e, de facto, ter o apoio de um guia ajuda bastante.

Assim, os tours e excursões que eu considero que valem a pena na Ilha do Sal são os seguintes:

Se gostou desta lista de o que fazer na Ilha do Sal, então sugiro que explore outros tours e passeios no link a seguir.

Tours em Cabo Verde

Transportes na Ilha do Sal

Salinas de Pedra Lume.
Salinas de Pedra Lume.

Os transportes públicos na Ilha do Sal são maioritariamente usados por locais, e não tanto por turistas.

Por norma, são carrinhas de 9 ou 12 lugares que não têm um horário definido, ou seja, saem quando calhar.

Ou seja, a melhor opção para quem está de visita, são os táxis.

A forma mais segura de não lhe cobrarem em excesso pelo transporte é combinar o preço antes da viagem, e, de preferência, peça na receção do seu hotel para chamarem um táxi.

Pela minha experiência, os taxistas são amigáveis, mas não perdem uma oportunidade para cobrar a mais.

É seguro viajar para Cabo Verde?

É seguro viajar para Cabo verde? Crianças a brincar na rua.
Crianças a brincar na rua.

De acordo com informação da Agência Lusa em 2020, Cabo Verde foi considerado um dos países mais seguros para turistas visitarem em 2021, tendo sido atribuído o nível “insignificante” em termos de riscos para os viajantes.

Aliás, nessa altura, Cabo Verde foi o único país de África a ter o nível de risco mais baixo no que diz respeito à segurança das viagens de turistas.

Estes foram os dados mais atuais que consegui consultar e, de uma forma genérica, o arquipélago de Cabo Verde é considerado um destino seguro.

Também posso acrescentar que da minha experiência, nunca me senti em perigo na Ilha do Sal.

Em todo o caso, tenha alguns cuidados básicos de segurança quando se deslocar em Cabo Verde, como por exemplo não ostentar produtos de luxo, para não atrair atenção desnecessária.

Dicas de viagem finais para a Ilha do Sal: O que é preciso para viajar para Cabo Verde 2024

Ir às compras na Ilha do Sal.
Ir às compras na Ilha do Sal.

Para viajar para Cabo Verde em 2024, os cidadãos portugueses precisam de passaporte válido.

Para estadias inferiores a 30 dias, não é necessário pedir visto, no entanto é obrigatório preencher um formulário em www.ease.gov.cv. Veja informação sobre as taxas turísticas a seguir.

Moeda e pagamentos na Ilha do Sal

A moeda utilizada em Cabo Verde é o escudo cabo-verdiano, sendo que a taxa de câmbio é de 1€ =110.265 CVE.

Os cartões de débito e crédito (Revolut, Mastercard, Visa) são aceites nos principais estabelecimentos, mas pode querer ter algum dinheiro consigo para pagar o táxi ou nas lojas de rua, por exemplo.

Caso prefira levar Euros, saiba que costumam ser aceites como meio de pagamento, no entanto, o câmbio feito pelos vendedores é 1-1, o que significa que eles ficam a ganhar ligeiramente na conversão.

Nada que me tire o sono e tendo em conta que é muito prático levar Euros de Portugal, sugiro que faça o mesmo.

Em relação ao Revolut, usei-o sem problemas em supermercados e restaurantes em Santa Maria.

Qual é a língua em Cabo Verde?

A língua oficial em Cabo Verde é o português, mas o crioulo é a língua materna.

Na Ilha do Sal, e nos restantes centros urbanos, por serem locais turísticos, é comum as pessoas ligadas ao turismo (hotéis, tours, restaurantes e lojas) falarem o inglês.

É preciso visto para viajar para Cabo Verde?

Para estadias até 30 dias em Cabo Verde, os cidadãos portugueses não precisam de visto de entrada.

No entanto, é obrigatório o registo online (www.ease.gov.cv) com uma antecedência de 5 dias antes do início da viagem.

Este registo é de preenchimento simples e inclui dados tanto dos viajantes como do local onde vai estar alojado e implica o pagamento da Taxa de Segurança Aeroportuária (TSA), atualmente de 3.400$00 CVE, ou seja, cerca de 30,83 EUR.

Crianças com menos de 2 anos estão isentas deste registo online e não precisam pagar a TSA.

Para estadias superiores a 30 dias, além do registo online, é necessário requerer visto de turismo, que pode ser pedido antecipadamente na Embaixada de Cabo Verde em Lisboa, ou no aeroporto à chegada a Cabo Verde. Nesta última situação, conte com filas de espera no atendimento.

Documentos para viajar para Cabo Verde

Os cidadãos estrangeiros precisam de ter Passaporte com validade mínima de 6 meses para viajar para Cabo Verde.

Marcar viagem para a Ilha do Sal

Quando estiver a organizar a sua viagem para a Ilha do Sal, tenha muita atenção ao horário dos voos.

Aliás, esta dica serve para a reserva de qualquer viagem.

Isto porque conforme a companhia aérea que utilize pode regressar de Cabo Verde ao início da manhã, o que significa que “perde” um dia na ilha.

É claro que o valor cobrado pelo bilhete de avião pode compensar este tempo a menos mas tenha esta informação presente quando estiver a marcar a sua viagem.

Internet e Roaming em Cabo Verde

Praia na Ilha do Sal.
Praia junto a hotel na Ilha do Sal.

A maior parte dos hotéis na Ilha do Sal tem wi-fi gratuito, que serve perfeitamente para utilização do dia a dia, como por exemplo consultar o email e partilhar experiências incríveis nas redes sociais.

De igual modo, o roaming de empresas de telecomunicações portuguesas também funciona muito bem em Cabo Verde.

Por isso, não senti necessidade de comprar cartões de internet à chegada ao Aeroporto do Sal.

Seguro de viagem

Viajar é um momento especial e de descontração em que queremos que tudo corra bem.

Mas ninguém está livre que aconteça algum imprevisto e por isso eu não viajo sem seguro de viagem. Em especial para destinos africanos!

O seguro de viagem que uso e recomendo é o da IATI Seguros, que tem boas coberturas e preços muito em conta.

Se não acredita faça uma simulação de seguro e confirme como é um seguro completo e acessível.

Informações úteis sobre serviços médicos e de emergência disponíveis na Ilha do Sal

O número de emergência nacional é o 112, e se tiver contratado o seguro de viagem da IATI, deve ligar para o número de telefone constante na apólice.

Em todo o caso, não custa ter os contactos dos hospitais à mão!

Ilha do Sal: – Telefone do Hospital: 00238.241.11.62 / 00238.241.27.00.

– Clinitur: 00238.242.90.90.

– Clínica da Murdeira: 00238.241.34.51.

Leia também

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.