Barcelona o que fazer e visitar em 2023: guia viagens completo

O que fazer em Barcelona (Espanha).
Índice do artigo

Atualizado em: Setembro 1, 2023

Saber o que fazer e visitar em Barcelona é fundamental para que aproveite bem o seu tempo na capital da Catalunha.

Isto porque Barcelona é a segundo maior cidade de Espanha e existem dezenas de pontos turísticos para incluir no seu roteiro.

É claro que os interesses de cada viajante são diferentes, mas hoje vamos indicar-lhe os melhores sítios que pode visitar em Barcelona.

No entanto, e antes de falar sobre o que fazer em Barcelona, começo por explicar como está organizada a cidade, para que se possa orientar sem se perder.

Além disso, digo-lhe quais são os melhores bairros para procurar alojamento, incluindo sugestões de hotéis, hostels e apartamentos.

Então, acompanha-nos nesta viagem?

Como está organizada a cidade de Barcelona

Palau Nacional na montanha Montjuïc.
Palau Nacional na montanha Montjuïc.

A cidade de Barcelona está organizada em bairros, e as principais atrações turísticas estão localizadas no centro e podem ser visitadas a pé.

Isto são boas notícia para quem, como eu, está habituado a caminhar km durante as férias!

Para se situar, os principais pontos turísticos estão entre o Monumento de Colón junto ao porto e o Passeio de Gracia (Passeig de Gràcia).

Assim, saindo da zona ribeirinha, as ramblas fazem a separação entre os bairros Raval e Gótico, em direção à Praça da Cataluna.

Continuando em frente, vai encontrar o Passeio de Gracia (Passeig de Gràcia), que é onde estão as casas de autoria de Gaudí, ou seja, a Casa Batlló e a Casa Milà.

Do lado direito, está a magnífica Sagrada Família.

Ao todo, pode contar com uma caminhada de 1,5h a 2 horas, sem pressas.

Onde ficar a dormir em Barcelona: principais bairros

Hotel Hesperia Barcelona Barri Gòtic.
Hotel Hesperia Barcelona Barri Gòtic.

Como a cidade é grande, é normal que esteja com dúvidas acerca de onde marcar hotel em Barcelona.

Para o ajudar a decidir, aqui ficam os três principais bairros de Barcelona com melhor localização no centro de Barcelona para os turistas, bem como o que ver em cada um deles e exemplos de hotéis.

Ou seja, na minha opinião, os melhores bairros para os visitantes ficarem alojados no centro de Barcelona são o Bairro Gótico, La Barceloneta e El Raval. Vamos a isso?

El Gòtic (o Bairro Gótico)

Começo esta lista de sugestões de onde ficar a dormir em Barcelona pelo meu bairro preferido: o Bairro Gótico.

Imagine ruas estreitas medievais, que estão agora cheias de bares modernos, discotecas e restaurantes que servem comida catalã.

As principais atrações turísticas do Bairro Gótico são as Ramblas, o Monumento a Colón, a Catedral de Barcelona e o Museu d’Història de Barcelona, onde pode ver as ruínas da cidade romana.

Além disso, aos fins de semana, na Praça del Pi, há um mercado de arte que vale muito a pena visitar. Como vê, a lista de o que visitar em Barcelona no Bairro Gótico é extensa e por essa razão acho que é uma boa zona para procurar hotel.

A minha sugestão é o Hesperia Barcelona Barri Gòtic (3 estrelas) que tem uma localização excelente a 5 minutos do metro e 15 minutos a pé da praia de Barceloneta.

La Barceloneta (o bairro com praias em Barcelona)

Quando pensamos em fazer praia, a cidade de Barcelona não é um destino óbvio, mas saiba que existem praias urbanas que valem a pena espreitar.

Assim, é no bairro de La Barceloneta que pode explorar a vida à beira-mar, com os tão agradáveis passeios e esplanadas com brisa marítima.

É uma zona com bastantes marisqueiras e restaurantes, sendo que um dos pratos mais populares é a paella de marisco.

Também pode fazer um passeio no Teleférico do Porto, visitar o Museu d’Història de Catalunya e o Casino.

Em termos de praias, as mais concorridas são a Praia de La Barceloneta, a Praia de San Sebastian, a Praia de San Sebastian e a Praia de Somorrostro.

Se gosta de vibe de férias de praia e o orçamento não é problema, então sugiro o Hotel W Barcelona (5 estrelas), que é o edifício em formato de vela junto à praia de Barceloneta.

Outras opções um pouco mais em conta são o Sea Hostel Barcelona e se preferir ficar num apartamento, o Barcelona Beach Apartments tem boa localização.

El Raval (um dos bairros mais animados de Barcelona)

A zona de El Raval fica ao lado do Bairro Gótico e é uma área com muitos bares, restaurantes, lojas, enfim, muita animação a todas as horas do dia (e noite).

É também onde está o famoso Mercado La Boqueria, o Museu d’Art Contemporani de Barcelona, o Centre de Cultura Contemporània de Barcelona e o Museu Marítim, apenas para referir alguns dos lugares a visitar em Barcelona.

Se gostou destas atrações turísticas, então tome nota destes hotéis: Hotel Barcelona Universal (4 estrelas) e o Hotel 1898 (4 estrelas), costumam ter uma boa relação qualidade-preço, ao passo que o TOC Hostel Barcelona é uma opção mais económica.

Se nenhuma destas sugestões lhe agradou, espreite outros alojamentos em Barcelona:

Reserve hotel em Barcelona

O que fazer em Barcelona – visitar sítios memoráveis

A Sagrada Família (Templo Expiatório da Sagrada Família)

Sagrada Família (Templo Expiatório da Sagrada Família).
Sagrada Família (Templo Expiatório da Sagrada Família).

A Sagrada Família é, sem dúvida, uma das obras mais icónicas e reconhecidas de Barcelona.

Embora Antoni Gaudí tenha deixado a construção inacabada após sua morte em 10 de junho de 1926, o trabalho continuou ao longo dos anos e agora a igreja pode ser visitada por turistas.

Atualmente, as filas para entrar na Sagrada Família são imensas todos os dias, tornando a visita ainda mais desafiadora.

Por essa razão, é recomendado que os turistas reservem a entrada com antecedência para evitar esperas prolongadas.

Reserve a Sagrada Família (com guia de áudio em Português).

A igreja é uma maravilha arquitetónica, com a fachada inovadora e cheia de detalhes e o interior a condizer.

Aliás, a combinação da luz natural que entra pelas janelas coloridas e dos detalhes esculpidos em pedra é simplesmente deslumbrante.

A Sagrada Família é realmente um tesouro único e deve ser uma paragem obrigatória para quem visita Barcelona.

Casa Batlló

Casa Battló de Gaudi em Barcelona.
Casa Battló de Gaudi em Barcelona.

A Casa Batlló, obra-prima projetada por Antoni Gaudi, está localizada no coração de Barcelona, mais precisamente no Passeig de Gràcia, número 43.

A construção é amplamente reconhecida como um dos marcos mais emblemáticos da cidade e um excelente exemplo da arquitetura modernista catalã.

A Casa Batlló é conhecida localmente como a Casa dos Ossos, por causa da aparência quase orgânica da fachada e da sua estrutura única.

Gaudi incorporou elementos de várias disciplinas, como escultura, pintura e carpintaria no seu design, criando um edifício que é verdadeiramente único.

Portanto, é um lugar a não perder!

Casa Milà (La Pedrera)

Casa Milà, La Pedrera, em Barcelona.
Casa Milà, La Pedrera, em Barcelona.

A Casa Milà, também conhecida como La Pedrera, está localizada na movimentada avenida Passeig de Gràcia, número 92, em Barcelona, ou seja, a alguns metros da Casa Batlló.

Esta obra-prima da arquitetura modernista também foi projetada por Antoni Gaudi e apresenta uma fachada única, isto é, sem uma única linha reta.

Compre a entrada para a Casa Milà online e explore o interior do prédio, incluindo o famoso telhado, com suas chaminés peculiares e formas ondulantes.

A vista panorâmica da cidade de Barcelona do topo do edifício é inesquecível e vale a visita.

Torre Glòries (antiga Torre Agbar)

Esta torre de 144 metros não passa despercebida no skyline da cidade de Barcelona!

Até 2013, a torre era conhecida como Torre Agbar, mas entretanto mudou de nome para Torre Glòries.

A construção da torre, projetada pelo renomado arquiteto francês Jean Nouvel, foi controversa, já que a sua aparência moderna e dimensões incomuns destoavam dos prédios vizinhos.

Embora seja um edifício privado, os turistas podem apreciar a obra arquitetónica do lado de fora, sem precisar de entrar no prédio.

A iluminação noturna da torre é particularmente impressionante, criando um espetáculo visual fascinante que atrai visitantes de todo o mundo. Por isso arranje tempo e vá até lá!

Porto Olímpico de Barcelona

O Porto Olímpico de Barcelona é um porto moderno que foi construído numa área que antes era considerada perigosa e degradada.

A construção ocorreu em preparação para os Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992, o que transformou radicalmente o local e o tornou num importante ponto turístico da cidade.

Uma das atrações mais famosas do Porto Olímpico é a escultura em forma de peixe, criada pelo artista Frank Gehry. Tem 36 metros de altura e 56 metros de comprimento e é uma verdadeira obra-prima da arquitetura moderna.

Além disso, o Porto Olímpico é o ponto de partida para passeios de barco pela costa de Barcelona.

Se visitar o Porto Olímpico durante o verão, poderá aproveitar as duas praias mais populares de Barcelona, a Praia de Barceloneta e a Praia de Nova Icària, ambas localizadas nas proximidades do porto.

Estas praias são muito procuradas por turistas e moradores locais para desfrutar do bom tempo junto à costa.

Parque Güell

O que fazer em Barcelona: visitar o Parque Güell.
O que fazer em Barcelona: visitar o Parque Güell.

O Parque Güell é um parque urbano situado no distrito de Gràcia e inclui vários elementos de autoria de Gaudí e Güell.

Bilhetes para o Parque Güell

O parque inicialmente foi concebido como um conjunto residencial privado pertencente a Güell, mas acabou por se tornar num parque público.

Aliás, tanto Güell como o próprio Gaudí viveram nas casas deste imenso parque.

Deixe-se levar pelas formas sinuosas, mosaicos coloridos e mil e uma formas que espreitam a cada instante.

Observe as colunas retorcidas e as formas orgânicas que mostram o génio e estilo único de Gaudí, que mistura elementos da natureza com a arquitetura.

As principais atrações do Parque Güell são a famosa escadaria do dragão, um grande mosaico de azulejos que representa uma criatura mitológica, e a Praça da Natureza, que tem os bancos ondulados.

Muitos dos mosaicos que revestem os bancos e escadarias do Parque Güell foram reciclados de obras anteriores de Gaudí, como é o caso da Casa Milà e da Casa Batlló.

Além disso, o parque tem trilhos para caminhada, jardins exuberantes e lugares para fazer piqueniques.

É realmente um lugar mágico, por isso certifique-se de que faz parte da sua lista de o que visitar em Barcelona.

La Rambla

Animação de rua nas Ramblas em Barcelona, Espanha.
Animação de rua nas Ramblas em Barcelona, Espanha.

A La Rambla, também conhecida como Las Ramblas, é uma das ruas mais famosas de Barcelona, que se estende desde a Plaza Catalunya até ao monumento de Cristóvão Colombo, junto à orla marítima.

Embora não seja completamente pedonal, a maioria das pessoas caminha pelo meio da rua, onde se encontram diversas lojas, cafés, bares e restaurantes, bem como quiosques de jornais e flores.

A Rambla é um local de grande atividade turística e cultural, com muitos artistas de rua, como estátuas humanas, músicos e pintores, que oferecem um espetáculo gratuito aos transeuntes.

No entanto, também é um local de grande afluxo de carteiristas, pelo que é recomendável estar atento às mochilas e telemóveis.

La Boqueria

O que fazer em Barcelona: visitar o Mercado La Boqueria.
Mercado La Boqueria.

La Boqueria, ou Mercat St. Josep, é o mercado central de Barcelona.

Era neste local que os habitantes de Barcelona faziam as suas compras do dia a dia, mas nos últimos anos tornou-se bastante turístico. Aliás, o La Boqueria, é uma das atrações turísticas mais visitadas da cidade.

Aqui apenas produtos de excelente qualidade são vendidos e, claro, com preços a condizer, ou seja, caros.

Além disso, as bancas estão decoradas o que faz com que os planos das fotografias sejam bons.

Na nossa opinião, as bancas mais atrativas são as de sumos naturais, de frutas, de peixe e mariscos e as de enchidos.

Vale também a pena experimentar alguns pratos típicos nos restaurantes que estão localizados dentro do mercado.

Embora a La Boqueria possa estar cheia de turistas, considero que é uma experiência muito prática para os visitantes que desejam ter um gostinho da cultura local e experimentar os sabores de Barcelona.

Fonte Mágica de Montjuïc

Fonte Mágica de Montjuïc.
Fonte Mágica de Montjuïc.

A Fonte Mágica de Montjuïc é um dos pontos turísticos mais populares de Barcelona.

Localizada abaixo do Palau Nacional na montanha Montjuïc e perto da Plaça d’Espanya, foi projetada pelo arquiteto catalão Carles Buïgas e construída para a Exposição Internacional de 1929.

O espetáculo da Font Màgica é gratuito e acontece em determinados horários ao longo do ano.

De novembro a março, o espetáculo acontece às quintas, sextas e sábados, entre as 20:00h e 21h, enquanto que de abril a maio, o espetáculo acontece às quintas, sextas e sábados, entre as 21:00h e 22:00h e de junho a setembro, o espetáculo acontece às quartas, quintas, sextas, sábados e domingos, entre as 21:30h e 22:30h.

Já em outubro, o espetáculo acontece às quintas, sextas e sábados, entre as 21:00h e 22:00h.

É importante lembrar que a fonte costuma fechar para manutenção entre o dia 6 de janeiro e metade de fevereiro.

O espetáculo de luzes e música é perfeitamente alinhado com coreografias dos jatos de água do chafariz, criando uma experiência visual e sonora única e emocionante para os visitantes.

Muitos turistas começam a agrupar-se na zona ainda antes do pôr-do-sol, por isso é recomendável chegar cedo.

Camp Nou Barcelona

Camp Nou Barcelona.
Camp Nou Barcelona.

O Camp Nou é o estádio do FC Barcelona, um destino imperdível para os fãs de futebol.

Com capacidade para quase cem mil pessoas, é o maior estádio da Europa e o terceiro maior estádio de futebol do mundo.

Compre bilhetes para Spotify Camp Nou e Museu do FC Barcelona

Os visitantes podem explorar o estádio e ter acesso às bancadas, zona do relvado e ainda visitar a área das conferências de imprensa.

Além disso, há pode visitar o museu do clube, onde se encontra a coleção de artefactos históricos da do barça.

No final da visita, passe pela loja da equipa para comprar lembranças e merchandising do FC Barcelona.

Para os fãs de futebol, o Camp Nou é uma atração obrigatória em Barcelona!

Porto de Barcelona

O Porto de Barcelona é um local muito importante se escolheu Barcelona como ponto de partida para um cruzeiro no Mediterrâneo.

Aliás, o Porto de Barcelona é um dos maiores portos de cruzeiros da Europa, com navios frequentes para as Ilhas Canárias, Ilhas Gregas e Adriático.

Por outro lado, Barcelona é conhecida por ter alguns dos cruzeiros mais económicos do Mediterrâneo, tornando-se uma excelente opção para os viajantes que procuram economia e qualidade nas viagens.

E como existem voos low-cost de Portugal para Barcelona, esta é uma excelente forma de fazer um cruzeiro de baixo custo.

Nós ainda não tivemos oportunidade de embarcar num cruzeiro em Barcelona, mas temos informações sobre o MSC Orchestra com partida de Veneza e sobre o MSC Divina com partida de Miami se quiser explorar o tema.

Barcelona o que fazer: visitar os principais museus

Museu Picasso

O Museu Picasso abriu portas em 1963 e além de dar realce aos anos de formação do artista, também mostra a sua relação com a cidade de Barcelona.

Está localizado em Montcada e vá com tempo pois há muito para ver.

Museu Nacional de Arte da Catalunha

O Museu Nacional de Arte da Catalunha, ou simplesmente Museu Nacional, está localizado na zona alta de Montjuïc.

É de visita obrigatória para quem se interessa pelo movimento Art Noveau e inclui obras de artistas célebres como Gaudí, Picasso, Miró, Rubens, Velásquez, Goya, El Greco, entre outros.

Fundação Joan Miró

A obra do pintor, escultor e ceramista Joan Miró é motivo de celebração na fundação com o seu nome.

Criada pelo próprio autor, tem o intuito de colocar a arte acessível a todos.

Por fim, pode visitar a fundação no Parc Montjuïc.

Museu de Arte Contemporânea

No MCBA (Museu de Arte Contemporânea de Barcelona) irá encontrar expostas obras da segunda metade do Século XX.

São mais de cinco mil obras expostas onde predominam os trabalhos minimalistas e abstratos.

Museu do Chocolate

Neste museu poderá admirar artefactos ligados às origens do chocolate e entrada no continente europeu.

Tenha em mente que o museu dispõe de um a loja onde poderá comprar vários produtos.

Dica extra para os amantes de museus!

O Articket BCN é um passe em forma de passaporte que permite a entrada em seis museus a preços mais económicos, e cuja poupança pode chegar aos 45%.

Comprar o Articket BCN

Com este passe, também não precisa de esperar nas filas para entrar nos museus!

Os museus abrangidos pelo Articket BCN são o Museu Nacional, a Fundação Joan Miró, o Museu Picasso, o MACBA, o CCCB e a Fundação Antoni Tapiès.

Mas tenha em atenção que todos os museus Articket fecham às segundas-feiras, exceto o MACBA, que fecha às terças-feiras.

Além da poupança que proporciona, o próprio passe é um souvenir original, no formato de passaporte, que irá consigo para casa.

Barcelona o que fazer: explorar restaurantes e gastronomia típica

Tapas em Barcelona.
Tapas em Barcelona.

Fazer uma viagem gastronómica em Barcelona é algo que fica na memória para sempre, em especial se souber quais são as especialidades e comidas típicas na região.

Por isso, aqui ficam algumas dicas para o seu roteiro!

Assim, o pa amb tomàquet é muito típico em Barcelona, e vai encontrá-lo ao pequeno-almoço. São fatias de pão torrado com tomate, sal grosso e azeite.

Ao passear pelas Ramblas vai encontrar esplanadas cheias de turistas com bebidas na mão e várias tapas a acompanhar.

Nos lugares mais turísticos as tapas são quase sempre as mesmas, mas isto não quer dizer que sejam más. Experimente chouriços assados, calamares, tortilhas, croquetas e as batatas bravas.

As tapas no Mercado La Boquería são um pouco mais caras, no entanto, a variedade é maior.

A paelha e o arroz caldoso são ligeiramente diferentes, sendo que a diferença é a quantidade de líquido do arroz, no entanto os dois são muito bons.

Paella no Restaurante Nuria em Barcelona.
Paella no Restaurante Nuria em Barcelona.

Comemos paelha em vários lugares, mas a nossa preferida é no Restaurante Núria, perto da Praça Catalunha.

Em termos de doces e sobremesas, o mais conhecido é crema catalana, que é parecido com leite creme, mas tem uma textura mais leve.

O que fazer em Barcelona no Inverno

Restaurante no Mercado La Boqueria.
Restaurante no Mercado La Boqueria.

Apesar de Barcelona ter mais visitantes entre os meses de junho e setembro, visitar Barcelona no inverno tem muitas vantagens.

Desde logo, existem menos pessoas a entrar nos principais monumentos como a Sagrada Família, o que significa que pode andar mais à vontade.

Depois, o preço dos bilhetes de avião e dos hotéis em Barcelona ficam mais baratos, ou seja, é possível poupar dinheiro.

Mesmo assim, conte com temperaturas médias no inverno de cerca de 8-15 graus, o que é agradável.

Assim, no inverno pode fazer todas as atividades mencionadas neste artigo, com a exceção das idas à praia.

E como provavelmente vai poupar dinheiro, pode investir em tours um pouco mais dispendiosos, como por exemplo esta viagem a Montserrat para explorar o património UNESCO ou este tour em Montserrat com almoço.

Quantos dias são necessários para visitar Barcelona?

Dragão no Parque Güell em Barcelona.
Dragão no Parque Güell em Barcelona.

Por coincidência ou não, de todas as vezes que fui a Barcelona fiquei duas noites na cidade, ou seja, mais ou menos três dias.

Acho que para quem visita Barcelona pela primeira vez, é um tempo apropriado para conhecer os principais pontos turísticos.

É certo que não vai ter tempo para ver tudo ao pormenor, mas como as viagens de avião para Barcelona são relativamente baratas, eu prefiro fazer viagens de fim de semana para destinos como estes, e deixar as viagens de mais dias para cidades mais distantes.

Qual é a melhor época para visitar Barcelona

Visitar a Sagrada Familia.
Visitar a Sagrada Familia.

Para mim, a melhor época para visitar Barcelona é nos meses de fevereiro a maio e de setembro a novembro, ou seja, fora dos meses altos do verão e do Natal e da Passagem de Ano.

Isto porque, em primeiro lugar, a temperatura no verão em Barcelona é insuportável! Imagine, muito calor, demasiada gente, filas intermináveis e preços altos, obrigada, mas eu prefiro não viajar nesta altura.

No Natal e Passagem de Ano é a quantidade de turistas que estão em Barcelona para curtir as festas que pode ser um problema. Novamente, muita gente e muita confusão em todo o lado.

Por isso, se quer aproveitar para visitar Barcelona com relativa calma, escolha viajar nos meses com menos turistas e de preferência durante os dias de semana.

Como referi antes, duas ou três noites são suficientes para ter uma boa perspetiva do que Barcelona tem para oferecer.

Dicas finais de o que fazer em Barcelona

  • Lembre-se que a hora em Barcelona é diferente da de Portugal, ou seja, deve contar com mais uma hora em Barcelona em comparação com o horário português;
  • Para poupar tempo e dinheiro é boa ideia comprar os bilhetes para as atrações turísticas com antecedência, garantindo o seu lugar (os links estão ao longo do artigo).

Para terminar, sabia que Gaudí desenhou os candeeiros de iluminação pública em Barcelona?  

Eram estas as dicas que tinha para partilhar consigo sobre o que fazer em Barcelona. Espero que se divirta muito nesta cidade fantástica e se tiver alguma dúvida deixe um comentário.

Artigos relacionados com o que fazer em Barcelona

Por fim, está a pensar visitar a Catalunha? Então, nesse caso tomamos a liberdade de sugerir que leia os seguintes artigos:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.