Browsing Tag

Praia

6 In Destinos/ Maldivas

Três razões para visitar as Maldivas agora!

praia-maldivas

As Maldivas estão no fundo da sua lista de destinos porque acha que é demasiado caro? Acha mesmo que é só mais um destino de praia e que se vai aborrecer porque não há nada para fazer além de estar estendido a apanhar sol? Talvez o convença a visitar este paraíso na Terra enquanto é tempo!

Este post faz parte de um conjunto de três que serão publicados nos próximos sábados:

  • Três razões para visitar as Maldivas agora!
  • O que fazer nas Maldivas.
  • Coisas que (provavelmente) não sabia acerca das Maldivas.

Vamos, então, às três razões para visitar as Maldivas agora!

Hotéis mais baratos

Há cada vez mais hotéis acessíveis nos vinte e seis atóis que constituem as Maldivas. Não serão certamente aqueles que estão construídos em estacas no meio das lagoas e que têm piscinas privativas, porque esses normalmente são mais dispendiosos mas de certeza que consegue um alojamento condizente com o seu orçamento. Faça a sua pesquisa no Booking.

praia-maldivas

As Maldivas vão desaparecer

Os cientistas dizem que é uma questão de tempo. A subida do nível do mar parece inevitável e como o ponto mais alto do país se situa a menos de 2,5 m do nível do mar percebe-se que as Maldivas estejam condenadas a desaparecerem. Então, visite-as o quanto antes!

praia-maldivas

Porque você merece!

Imagine uma ilha rodeada de água turquesa. A água é tão quente que tem de sair do mar para se refrescar com a brisa. Quase não vê os outros ocupantes da ilha porque os bungalows estão espalhados pela ilha. Fica com uma praia quase só para si. No restaurante percebe que a mesa que escolher será sua durante a estadia porque o hotel  é tão pequeno que cada família tem a própria mesa de refeições. É encorajado a arrumar os sapatos e andar sempre descalço.

praia-maldivas

Vá lá, pelo menos uma vez na vida devemos ter esta experiência. Tem receio de se aborrecer porque é demasiado calmo? Na próxima semana iremos dizer-lhe o que poderá fazer numa viagem às Maldivas.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!


Inspirado? Quer preparar a próxima viagem?

Comprar bilhete de avião na momondo:

Não viaje sem seguro de viagem:

Reservar hotel no Booking:
Booking.com

Não tem tempo para organizar a sua viagem? Nós fazemos a pesquisa por si, GRATUITAMENTE! Mais informações aqui.

*Este post contém links afiliados, sempre que adquirir um bem ou serviço através de um dos links do nosso blogue, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga mais por isso.

2 In Destinos/ Miami/ Youtube

Miami Beach – vídeo no YouTube

Este será o último post da série Miami a ser publicado, pelo menos por agora, e as razões para não me alongar mais neste tema foram explicadas aqui.

Continuo a achar que no futuro me sentirei motivada a escrever sobre Miami mas enquanto esse dia não chega deixo-vos um pequeno vídeo gravado na praia de Miami Beach.

Está interessado noutros destinos de praia? Temos sugestões aqui.

 

0 In Destinos/ Miami

5 dias em Miami

No primeiro dia ficámos alojados em Downtown Miami porque queríamos estar perto do Porto de Miami, o que nos facilitaria o embarque no MSC Divina no dia seguinte. Além disso, o hotel escolhido disponibilizava transfer grátis para o porto de cruzeiros.

Depois do cruzeiro nas Caraíbas ficámos quatro dias em Miami Beach, mais concretamente em Ocean Drive. Queríamos aproveitar a praia e a animação noturna. Aliás, gente animada era o que não faltava em Ocean Drive! As esplanadas dos bares e restaurantes estavam repletas de pessoas bem dispostas, o desfile de veículos quitados era constante e a música invadia as ruas.

1504008236fb2940357f734df286c6f907b5e13367150400820727a9ed9f5ed77590585c060735e9567915040081755f7b79db5298d6c8098f442f2b70470515040082591f8535db53ed90ec02028e3f035360f0

19 In Bahamas/ Destinos

Nassau, Bahamas – um dia na praia

Desembarcámos em Nassau e fomos numa lancha até Balmoral Island. Passámos o dia na praia entretidos a mergulhar e fazer snorkling.

Aquilo que vimos das Bahamas correspondeu à ideia que tínhamos na nossa cabeça: praias de areia branca, água quente e transparente e peixinhos de várias cores.

No dia seguinte regressámos a Miami para a segunda parte da nossa viagem. Queríamos explorar a cidade e fazer uma visita ao Everglades National Park.

 

1501675109c44cc5d0b675980110abf1233e18ed72150167495798549955c3d310b15f7136ea6dc6b07b15016750758b340b3aeadb15680a2f4c44961ba5ff150167501992ef3b44c4c7e354d9090600bcbdbba71501674899c7c7120d935397b8920e6898d557a83e1501675050a887627de0222d7e906283ee52360c091501674924094d01ba777d1d5e5c03bdfa0664ae77150167498503a948df7df3cba289396fd23d6ef47e150167513793bffb1944877d28720df2c0065deae3

0 In Destinos/ Ilhas Caimão

George Town, Ilhas Caimão

Da varanda da nossa cabine observámos incrédulos a tempestade.

Não acredito que chegámos às Ilhas Caimão e está a chover torrencialmente! Como habitual, tomámos o pequeno-almoço, dirigimo-nos ao ponto de encontro e aguardámos a saída do grupo. Tínhamos escolhido um tour que incluía passeio de barco até um banco de areia onde costumam alimentar raias gigantes e um final de tarde passado em Tiki Beach. Parecia-nos perfeito e os meninos estavam ansiosos por nadar com as raias.

Mas o tour foi cancelado. As condições climatéricas adversas não permitiam a saída dos barcos. Ficamo-nos, portanto, apenas com a ida à praia na conhecida Seven Mile Beach.

A praia é realmente bonita e mesmo com chuviscos pontuais divertimo-nos imenso.

No dia seguinte fomos para o México, o navio atracou em Cozumel e daí fomos até Playa del Carmen num ferry e depois de autocarro até Tulum, onde visitámos as ruínas Maias.

1501069217028592714027d6160f2cb02602af768015010692507bca75d82f3fae8d4a23ccf96e82ea541501069313c521eaf0a6c21facea5fb09f73bdfd561501069697ec4785e6867135a0ee472db797850916150106928110e0996723fe61017545b53a307dc08015010693386b876c31bb80b0a776231b60b69b784615010693668c0f25e3109d1231e6ed0f4490c80bc61501069401baa8c13b89bd1a277fdbbac6b8a9d5d115010691683c9efc21f4e44535743b99cc3f7b53941501069611ce83fd5b7c1d895f2584b2ac3323830915010696666a71dbf2a6f2e01a7094291f1bcf2c7915010695469742123bc9a8ab59fcadbd8db0023d5b15010695790fc96f6f33128edec43266fda71b80ac150106943763085b1e9a7b57201945629e8313b6e51501069469c245aae630cb5a6d30b988fcc586563215010694977816080ba8642711e0550d39ae02ed4115010695220c30562a75a6895047bb11cf399dc047

0 In Destinos

Viagem de verão – Miami e MSC Divina, cruzeiro nas Caraíbas

Nos últimos anos tem sido assim: terminam as aulas do mais velho e saímos logo em viagem.

Acho que com o passar do tempo nos tornámos mais exigentes com as viagens que fazemos, queremos fazer tudo apesar de termos consciência de que não é possível. É importante para nós incluir uns dias de praia, adoramos explorar cidades, boa gastronomia, experiências especiais que nos alimentem a alma por muito tempo e que, de preferência, não nos obriguem a muitas deslocações. A pensar nestas condicionantes decidimos que a viagem grande deste ano seria um cruzeiro nas caraíbas e uns dias em Miami. O mais lógico seria escolher um navio cujo embarque fosse naquela cidade e os portos que o MSC Divina oferecia eram interessantes para nós.

Depois de uma breve escala em Madrid, seguimos em direção a Miami onde, no dia seguinte, embarcámos no MSC Divina. Uma semana a navegar no Mar das Caraíbas com paragem na Jamaica, Ilhas Caimão, México e Bahamas, com dois dias de navegação no segundo e penúltimo dias.

Com o final do cruzeiro veio a estadia em Miami. Ficámos alojados em Miami Beach e ainda quisemos visitar o Parque Nacional dos Everglades.

149908273141ed5a9557c19a0fff5a6cec8ed109cf149908253765bce7032a8ebda8c014058b099a8a48149908249977563eb2d882b95d77a1891f2514365d149908258427067174b1a944eca022262153bca27814990826082fe41552eaf7dd04e74433e9c52082eb14990826422d115046bde7208abbba1cca95c923dc14990826790472964b06e9f47c0bc4f0ea0b14072d

Não é fácil escolher as fotografias para publicar aqui no blogue pois temos mais de 3000 para organizar. É a tarefa que nos espera nas próximas semanas.

Se, entretanto, preferir relembrar como foi o nosso primeiro cruzeiro, pode clicar aqui: https://passaportenobolso.wordpress.com/tag/cruzeiro/.

 

0 In Destinos

México

Há uns anos tivemos oportunidade de passar uma semana no México. Na altura, visitámos Chichén Itzá, Ek Balam e Xcaret.

E porque razão falámos agora do México? Porque este verão, se tudo correr como temos planeado, iremos regressar a este país fabuloso. Desta vez, queremos visitar as ruinas de Tulum!

0 In Destinos/ Espanha

Sanxenxo

Não é possível! Já passaram quase 10 anos desde a última vez que estivemos em Sanxenxo? Como foi que isto aconteceu?

Temos boas memórias da Galiza, o primeiro banho de mar do nosso filho mais velho foi na Praia de Silgar. Regressámos outras vezes mas por alguma razão que não compreendemos deixámos de visitar a zona. Foi com agradável surpresa que vimos que tudo continua igual: praias bem cuidadas, hotéis para todos os preços e boa comida.

 

Desta vez ficamos quase uma semana em Sanxenxo. As manhãs foram passadas na praia, as tardes na piscina e depois do jantar esperava-nos um passeio descontraído a pé. Prometemos que não vamos deixar passar tanto tempo até voltarmos aqui novamente, será que conseguiremos manter a promessa?

2 In Destinos/ Espanha

Ilhas Cíes

São sete da manhã e estamos a sair de casa. Espera-nos uma viagem de cerca de 150 km até Vigo, onde apanharemos o ferry até às Ilhas Cíes.

As viagens de carro são complicadas para o filho mais novo. Ele aborrece-se, implica com o irmão, faz tudo para chamar à atenção. Só acalma quando a mãe se senta ao lado dele. Por vezes adormece mas hoje está decidido a fazer a viagem acordado.

Chegamos a Vigo, estacionamos o carro, compramos o bilhete do ferry e dirigimo-nos ao cais de embarque. Ficamos na expectativa enquanto o barco faz a travessia. Disseram-nos maravilhas deste local mas também nos alertaram para o facto de a água ser muito fria.  Saimos do barco e ficamos maravilhados com a paisagem.

14760998934d198ddeb4eccb1c75f9426f9bb29def

1476099749c2b5be8d495f2c36aa3cde6201bbede6

14761007870cc7b4dbc4426486877623d2216078f2

147610075018e9ec86ee45265241504693767a6e41

1476100822149b605a6b782416e0bb6d0eb46cdda7

1476100712ed716542c9851b0988cca41c561404a1

1476100673e1906b8b854584bed15fea0ae3347d87

1476100634fcecba9164ebc7c5fc086811c44747b3

147610060223fb2c9896bc37189abefd3ea7ce6c6f

147610052678ceaaf5166663f235d5f64ec6c1eead

1476100489dd7b69446c45bb561c305d6ef31bceb9

1476100453be7d34e1e7393e45a4987ec42ee55dad

1476100042569a3f23577e16a75af6d424c1208305

1476099927c660393421812f0c9798e45deeabc817

1476099856f77ecab3aeab1defbc7ecb7bc257cad5

147609981919cd131c0b096d8d1fa24a7b32b44cec

O interior da ilha é igualmente encantador. Existem percursos assinalados e são muitos os que se aventuram pela floresta.

1476099968867e4b9e261a94fe9ac19a7dfab0ff21

1476100006b759165ec98420cb2fd0520aebcb65f1

1476100415b18db55610f4cc5e67c96674fe51ebdc

14761003822cea4bde2d4476582e7e5bc519ce5743

14760997838c76cf8803a438a0c8c9da9407714d6a

147610035006c3e69e5bd958d3ae3ca43bce41105f

Na parte mais alta da ilha é possível ver as praias. Não é aconselhável a quem sofrer de vertigens!

1476100310eaabd47f5c5b680e2cab44ae8aee68e9

1476100280796277f90db9a1d4dc1b69a206562ca1

1476100247da6d989aa8c3ea08381e1e525465ad0f

14761002082cf88af97c23cf530d828a0db8325cae

1476100174e20d625744cf39d8b1addd6c8ac7d3ce

147610014531d0ffdc90cf5393d6e98e6fed86aac6

1476100095b1e25f7b9e80ddc72a315aa0ae7efb18

Chegou a hora de regressar ao barco. Foi um dia perfeito, nem a temperatura da água nos incomodou.

14760996728d8fd3d9dd4901088242a6bec8a96c80

0 In Destinos/ Rimini

Rimini, Itália

O que sabíamos de Rimini? Estância balnear para italianos na costa do Adriático, pouco visitado por turistas. Não nos apetecia ir a banhos pelo que resolvemos pedir dicas na recepção do hotel. Munidos de mapa e sugestões lá fomos à descoberta de Rimini.

1474460138bfeb7cf47ffb1054b96df81108274a66

1474460203d55dfc6de362f1d9e044ad17918c6507

1474460237a97fee82b79411e41ac6cfa32b83102a

1474460289120d789e1c9a2fa5de3a74deb1e92697

1474460263613fa25f39e1dead20e383948b296d8f

147446034905fba460bc384fa5caa3c1ace9d5427c

1474460319106632948127d1ed974744e811e0e1ef

147446017355b518be5bb04f50fe07343ecfb8e4df

Quando chegámos à praia estava a escurecer. Tempo para sentar e apreciar a vista.

1474460380b673c54c0af046588d6a294a53d4dfcc

14744604375213e7c78f9ea64bb6457a4563bbbb99

14744604071bd251792038283036454afa36741c3d

0 In Destinos/ Tunísia

Sidi Bou Said

Sidi Bou Said fica a cerca de 30 minutos da capital da Tunísia. As casas estão pintadas de branco e as janelas e portas são azuis. O conjunto fica bastante harmonioso.  Para tirar o máximo partido da visita é conveniente subir os muitos degraus que antecedem os miradouros espalhados pela vila.

foto_3124 (1)

foto_3122 (1)

foto_3123

foto_3125

Já agora, não é má ideia fazer um intervalo para provar o chá de menta com pinhões ou comprar artesanato.

foto_3121

foto_3122

foto_3124

0 In Destinos/ Tunísia

El Jem

Tivemos apenas algumas horas para explorar o segundo maior coliseu do mundo, logo a seguir ao coliseu de Roma. El Jem também é o nome da cidade onde se situa este anfiteatro. A construção está bem conservada e impõe respeito.

foto_3000

foto_3006

foto_3004

foto_3002

Foi nesta região que vimos pela primeira vez as “rosas do deserto”. Não percebemos muito bem como se formam, mas implicam vento e evaporação de água.

foto_3059

foto_3056

0 In Destinos/ Tunísia

Tunes

Tunes é a capital da Tunísia. A Medina, ou cidade antiga, é labiríntica. Os cheiros espalham-se no ar e dizem que é possível orientar-nos apenas seguindo o nariz.

foto_2649

foto_2648 (1)

foto_2643

foto_2646

foto_2648

foto_2647

Numas vielas os artesãos transformam peles de animais, madeira e metal; noutras secções existem lojas de roupa, jóias, carne, pão, legumes e especiarias. Os habitantes fazem aqui as suas compras diárias pois é possível encontrar tudo.

foto_2652

foto_2641

foto_2642

foto_2640

foto_2645

foto_2644

O regateio é obrigatório, os comerciantes ficam ofendidos se não entrarmos no jogo. Nós lá tentamos regatear, até é divertido mas talvez não tenha corrido bem… trouxemos para casa um conjunto de chá composto por bule, bandeja e seis copos de vidro, pagamos o montante acordado mas a verdade é que o vendedor ofereceu-nos um pratinho extra quando já estávamos a sair da loja. Deve ter-lhe pesado a consciência.

foto_2651

0 In Destinos/ Tunísia

As flores do Mediterrâneo

Viajar com crianças pode ser cansativo e dispendioso mas não há nada que compense o facto de a família estar junta 24/24 horas sem preocupações quotidianas como arrumar o quarto ou preparar as refeições. Na nossa perspetiva, é tempo de qualidade que cria ligações duradouras e memórias únicas mesmo nos mais pequenos.

Um desses momentos especiais aconteceu quando estávamos na Tunísia. O mais velho, na altura com oito anos, brincava dentro de água numa praia de Hamamet. A acompanhá-lo estava a mãe. A água límpida permitia boa visibilidade e não havia ondulação forte.

“Mamã, tem cuidado e não estragues as flores que estão perto de ti!” Flores?! Em pleno Mar Mediterrâneo?

Era o verniz de cor vermelha das unhas dos pés que sobressaía e dava a impressão de se tratar de um jardim subaquático. A mãe levantou um pé e disse “Olha, filho, as flores vão comigo para casa!”.

Poucos são os que percebem a piada quando o menino diz que a mãe tem flores nos pés.

foto_2317

0 In Cuba/ Destinos

Cayo Blanco

cayo-blanco-cuba

Visitar Cayo Blanco foi fantástico! O passeio comprado no hotel incluía transporte em catamaran, alimentação, snorkeling em pleno mar, uma paragem para interação com golfinhos e tempo livre na praia. O grupo era animado o que ajudou a tornar aquele dia inesquecível.

foto_1838

foto_1841

foto_1840

foto_1839

foto_1839 (1)

 

3 In Cuba/ Destinos

Havana

Nas ruas de Havana não há gente apressada. Os lojistas sorriem aos transeuntes, cumprimentam e incitam à compra de alguma coisa.

foto_1554

foto_1550

foto_1552

foto_1512

foto_1510

Amendoins embrulhados em papel de jornal são vendidos nas praças. Senhoras com vestidos típicos tentam convencer os turista a tirarem fotografias com elas a troco de algumas moedas. Trabalhadores à espera de boleia acumulam-se nas estradas mas não parecem preocupados com o passar do tempo. O tempo em Cuba tem uma medida muito própria.

foto_1558

foto_1507

foto_1500

foto_1508

foto_1516

foto_1511

foto_1503

foto_1502

foto_1504

foto_1515

foto_1513

foto_1556