Cartão Revolut | dicas fáceis para poupar em viagem

Cartão Revolut
Índice do artigo

O cartão Revolut veio solucionar-nos um problema que acreditamos que incomode muitos viajantes! O custo absurdo que é cobrado em pagamentos e levantamentos em moedas estrangeiras, isto é, que não o Euro.

Já tentámos várias estratégias, por exemplo, na nossa viagem a Miami pedimos dólares ao nosso banco; em Hong Kong trocámos euros no aeroporto; no México levantámos pesos mexicanos no multibanco e em Belfast pagámos com o cartão de crédito e em todas as situações ficámos a perder… e muito.

Por isso ficámos muito contentes quando recentemente assistimos a uma apresentação da Revolut, proporcionada pela ABVP (Associação de Bloggers de Viagem Portugueses).

Então, neste artigo vamos contar-lhe como foi a nossa experiência com o Revolut e como funciona o cartão.

O que é o cartão Revolut

O cartão Revolut é um cartão de débito pré-pago que permite fazer pagamentos e levantamentos em dinheiro em euros e outras moedas com custos que podem ser zero.

Existem três modalidades do Revolut: Standard (gratuito), Premium (7,99 EUR/mês) e Metal (13,99 EUR/mês).

É claro que as modalidades Premium e Metal têm outras características mas apenas vamos falar no plano standard que é gratuito e que serve a maioria dos viajantes.

E sem dúvida que os principais benefícios do Revolut Standard são a possibilidade de levantar das caixas multibanco até 200 EUR por mês (ou o equivalente noutras moedas) sem taxas e fazer todos os pagamentos que precisar, desde que tenha saldo disponível.

Se o valor de 200 EUR em levantamentos por mês não for suficiente (e lembre-se que os pagamentos em cartão não estão aqui incluídos), poderá beneficiar de uma taxa única de 2%, quando a generalidade dos bancos irá cobrar-lhe mais de 5% de taxas + comissões + imposto de selo.

A nossa experiência com o Revolut

notas e moedas zloti

Nós aderimos ao Revolut algumas semanas antes de viajarmos para a Polónia.

O processo de adesão e instalação da APP foi muito simples e recebemos o cartão em nossa casa rapidamente.

Quando chegámos a Cracóvia utilizámos o cartão pela primeira vez para pagarmos a viagem de comboio até Varsóvia.

Foi uma transação normal, apresentámos o cartão, colocámos o pin e o pagamento foi efetuado.

As vantagens do Revolut começaram logo na primeira utilização pois fizemos o pagamento em zloty e em simultâneo recebemos uma mensagem no telemóvel a informar o valor da transação em Euros e sem qualquer adição de taxas ou comissões.

Quando chegámos a Varsóvia resolvemos levantar dinheiro no multibanco e, uma vez mais, recebemos uma mensagem no telemóvel com o contravalor em Euros e sem qualquer adição de taxas ou comissões.

Neste ponto vale mencionar que utilizámos sempre as caixas multibanco dos bancos e não utilizámos as caixas ATM.

Sempre que precisámos de fazer pagamentos utilizámos o nosso cartão Revolut e tudo correu às mil maravilhas.

As transações ficaram registadas na APP e facilmente conseguíamos controlar os gastos que íamos fazendo.

Como aderir à Revolut e pedir o respetivo cartão

Para aderir gratuitamente à Revolut apenas precisa de clicar no site oficial, colocar o seu número de telemóvel e seguir as indicações.

De uma forma resumida terá de instalar a APP da Revolut e é necessário que tenha consigo o cartão de cidadão para que seja verificada a sua identidade.

Este processo é rápido, demora apenas alguns minutos e é tudo tratado através do telemóvel.

Não se esqueça de ativar a conta carregando a conta com 10 EUR, valor este que estará disponível a 100% como saldo.

Depois da conta estar ativa poderá pedir o cartão físico na própria APP.

Como carregar o Revolut

Para carregar o Revolut poderá utilizar qualquer cartão de débito desde que tenha os últimos três dígitos no verso.

Eu utilizei o meu cartão de débito do ActivoBank e não me cobraram quaisquer taxas.

No entanto, tenha em atenção que alguns bancos cobram taxas pelo que sugerimos que contacte o seu banco antecipadamente.

Como usar o cartão Revolut

O Revolut utiliza-se como qualquer outro cartão de débito, ou seja, poderá levantar dinheiro e fazer pagamentos com o cartão sem problemas.

Lembre-se apenas que o Revolut não serve de cartão de crédito, por isso se não tiver saldo disponível não o poderá utilizar.

Também poderá fazer transferências bancárias, dividir a conta com os seus amigos e ainda fazer investimentos.

Cartão Revolut vale a pena?

Não temos dúvidas em dizer que para nós vale muito a pena! Veja bem, não temos custos com manutenção de contas e podemos fazer pagamentos e levantamentos em moeda estrangeira.

No site da Revolut existe uma secção de ajuda onde poderá esclarecer eventuais dúvidas.


Saiba que organizamos viagens a pensar nas famílias que gostam de viajar com algum conforto e sem ir à falência!

Algumas promoções estão no grupo Ofertas de VIAGENS mas há conteúdo novo no instagram e estamos disponíveis em reservapassaporte@gmail.com!

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.