O que visitar na Tunísia 2024: Sidi Bou Said, El Jem e Cartago

O que visitar na Tunísia
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 24, 2024

Procura dicas de o que visitar na Tunísia este ano? Então está no sítio certo, já que no artigo de hoje indicamos-lhe três sítios a não perder na sua próxima viagem à Tunísia.

A Tunísia é um país localizado no Norte da África, limitado pelo Mar Mediterrâneo e pelo Deserto do Saara. Ao longo deste post irá descobrir o encanto da Tunísia com estes três destinos imperdíveis.

Comece por explorar Sidi Bou Said, conhecida pelas suas casas azuis e brancas à beira-mar e, em seguida, maravilhe-se com o impressionante El Jem, o coliseu africano, que remonta ao auge do Império Romano.

Por último, não deixe de visitar as antigas ruínas de Cartago, um dos centros comerciais mais importantes do Mediterrâneo Antigo.

Estes são destinos imperdíveis no seu itinerário tunisino, proporcionando uma experiência rica em história, arquitetura e cultura.

Junte-se a nós nesta viagem pela Tunísia e explore estes locais que consideramos essenciais para uma experiência incrível.

O que fazer e visitar na Tunísia: Principais atrações turísticas

Visitar Sidi Bou Said

Vista de Sidi Bou Said na Tunísia

Em primeiro lugar tome nota que Sidi Bou Said fica a cerca de 30 minutos da capital da Tunísia.

As casas estão pintadas de branco e as janelas e portas são azuis mas o conjunto fica bastante harmonioso.  

Para tirar o máximo partido da visita a Sidi Bou Said sugerimos que suba os muitos degraus que antecedem os miradouros espalhados pela vila, pois acredite que valem muito a pena.

Ruas em Sidi Bou Said, a cidade pintada de azul e branco.

Já agora, não é má ideia fazer um intervalo para provar o chá de menta com pinhões, um dos produtos típicos tunisinos e que, enfim, encontrará por quase todo o lado.

No entanto, a diferença é que em Sidi Bou Said irá desfrutar de um chá com pinhões com uma vista bastante agradável.

Por outro lado, também gostaríamos de sugerir que compre artesanato em Sidi Bou Said porque nos pareceu que os vendedores eram mais simpáticos.

Explorar El Jem, o segundo maior coliseu do mundo

Coliseu de El Jem na Tunísia

O Coliseu de El Jem é o segundo maior coliseu do mundo, logo a seguir ao coliseu de Roma, impressionante não acha?

Por outro lado, se está curioso em entender de onde vem o nome “El Jem”, pode tomar nota que El Jem é o nome da cidade onde se situa este anfiteatro.

Vista do interior do Coliseu de El Jem na Tunísia.

Foi nesta região que vimos pela primeira vez as “rosas do deserto” mas infelizmente não percebemos muito bem como se formam, apenas que resultam da ação do vento e evaporação de água nos sedimentos do deserto.

foto_3056

Passear nas ruínas de Cartago e visitar o Museu do Bardo

Cartago e o Museu do Bardo estão localizados mesmo ao lado de Tunes, aliás dizem que a cidade de Cartago foi desmontada para construir a Medina de Tunes.

Cartago com a capital Tunes ao fundo.

Para completar a aula de História nada melhor do que visitar o Museu do Bardo.

Escultura pertencente ao Museu do Bardo em Cartago.

Tudo o que precisa de saber sobre viajar para a Tunísia

Ruínas de Cartago, muito perto de Tunes, na Tunísia.

Quais são as atrações turísticas imperdíveis em Tunes?

Em Tunes as principais atrações turísticas são a Medina, o Souk e as ruínas de Cartago.

Qual é a melhor época para visitar a Tunísia em termos de clima?

Chaminés nas ruínas de Cartago na Tunísia.

Os meses de maio e junho são os melhores para visitar a Tunísia, já que o tempo é ameno e não existem tantos visitantes.

Além disso, estes meses também costumam ser mais económicos, em relação por exemplo, a julho e agosto.

Preciso de visto para entrar na Tunísia? Como obtê-lo?

Esplanada de café em Sidi Bou Said para tomar um chá de menta com pinhões.

Não, os cidadãos portugueses não precisam de visto para visitar a Tunísia, para viagens até 90 dias de duração.

Ou seja, a entrada no país exige apenas a apresentação de um passaporte válido, e o visto só é necessário para estadias superiores a 90 dias, o que não acontece com a maioria dos turistas.

No entanto, ao chegar aos aeroportos e hotéis na Tunísia, os visitantes portugueses terão de preencher uma ficha contendo informações pessoais. Aliás, todos os turistas precisam preencher estes documentos.

Mas não se assuste, pois este é um procedimento habitual para monitorar a entrada de estrangeiros no país. Além do passaporte e do preenchimento da ficha, não há a necessidade de um visto prévio para estadias de curta duração.

No entanto, recomendo que verifique as condições específicas antes da viagem, pois os requisitos podem ser alterados, e é fundamental estar atualizado sobre as regulamentações em vigor.

Que precauções devo tomar em relação à segurança durante a minha estadia?

Museu do Bardo em Cartago, Tunis.

Ao viajar, é essencial respeitar algumas regras de segurança, mas a boa notícia é que na Tunísia não precisa de ter cuidados especiais no que concerne à segurança.

Assim, de uma forma genérica, mantenha os seus pertences próximos e esteja atento ao seu redor.

Evite exibir objetos de valor em locais públicos, para não chamar a atenção e em áreas desconhecidas, opte por percursos seguros e evite caminhadas solitárias à noite.

Que tipo de moeda é utilizada na Tunísia? É fácil encontrar caixas multibanco?

Vendedores de artesanato em Sidi Bou Said na Tunísia.

A moeda em circulação na Tunísia é o dinar e existem caixas de multibanco em quase todas as cidades da Tunísia.

Além disso, os hotéis costumam ter um balcão para trocar dinheiro, pelo que é uma opção cómoda a ter em conta. Lembre-se de guardar os recibos de cada vez que levantar ou trocar dinheiro.

O cartão Revolut funciona muito bem nos multibancos da Tunísia, mas nas lojas nem sempre aceitavam pagamento com cartão.

Muito importante, não é permitido sair da Tunísia com Dinars.

Qual é a etiqueta adequada em relação à roupa, especialmente em locais religiosos?

Ao visitar locais religiosos na Tunísia, é importante vestir roupa modesta e respeitosa.

Tanto para homens como mulheres, é pedido que usem roupas que cubram os ombros, braços e pernas.

Em determinados espaços religiosos, podem pedir às mulheres para cobrirem a cabeça.

Além disso, em circunstância algumas são aceites nos lugares religiosos roupas justas, transparentes ou decotadas.

Por fim, em algumas mesquitas, é necessário tirar os sapatos antes de entrar.

Quais são os pratos típicos da culinária tunisina que devo experimentar?

Em relação à gastronomia na Tunísia, destaco o “Cuscuz Tunisiano”, que é preparado com sêmola de trigo e acompanhada por de legumes e carne.

Experimente também o “Brik,” que é massa folhada recheada com ovos, atum e alcaparras.

Para os amantes de peixe, o “Chorba Frik” é uma opção a considerar, enquanto que o “Couscous aux Fruits de Mer”, como o nome indica, é rico em mariscos.

E se for guloso como eu, não deixe de experimentar o “Makroudh” ou os “Ghribia,” que são os biscoitos tradicionais tunisinos.

Como funciona o sistema de saúde na Tunísia? É aconselhável contratar um seguro de viagem?

foto_2627

O sistema de saúde na Tunísia tem uma infraestrutura razoável, especialmente nas áreas urbanas, mas a qualidade pode variar.

Por isso, recomenda-se contratar um seguro de viagem para cobrir despesas médicas, repatriação e emergências.

A minha escolha é a IATI Seguros, já que é uma opção muito confiável.

Acho que os planos são abrangentes e os preços acessíveis, portanto, eu não viajo sem seguro.

Faça uma simulação e confirme quanto custa um seguro de viagem para a Tunísia.

Leia também

Está a pensar viajar para a Tunísia? Talvez os seguintes artigos lhe interessem:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.