O que fazer em Veneza em 2024: melhores lugares a visitar

O que visitar em Veneza
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 8, 2024

Procura dicas de o que fazer em Veneza? Neste artigo não faltam sugestões das principais atrações turísticas de Veneza!

Conhecida como “A cidade dos Canais”, a “A Cidade das Águas” ou “A Sereníssima”, é uma das cidades mais fascinantes e românticas do mundo, situada no nordeste da Itália.

Construída sobre uma série de ilhas interligadas por canais, Veneza é famosa pelas suas ruas estreitas dedicadas a peões, pontes icónicas e arquitetura única.

Portanto, neste artigo, vamos explorar as melhores dicas de o que fazer em Veneza, incluindo lugares que costumam ficar fora dos roteiros dos turistas.

Ao visitar Veneza, a majestosa Praça de São Marcos é um ponto de partida obrigatório. Aqui, poderá admirar a imponente Basílica de São Marcos, o campanário e a Torre do Relógio. O Palácio Ducal, com a sua arquitetura deslumbrante, é outro destaque cultural.

Além das atrações principais, exploraremos locais como o Mercado do Rialto para compras do dia a dia, a icónica Ponte do Rialto, e uma serena viagem pelo Grande Canal de Vaporetto.

Não esqueceremos as ilhas de Burano e Murano, vizinhas de Veneza, conhecidas pelas rendas e vidro artesanal, respetivamente.

Além disso, ao longo do artigo, ainda partilho experiências, dicas de alojamento, informações úteis sobre transporte e opções gastronómicas acessíveis.

Preparamos também um guia completo sobre a Acqua Alta, o fenómeno das marés altas, para garantir que a sua visita seja memorável e sem contratempos.

Enfim, aqui deixo o meu convite para explorar Veneza comigo, desvendando os encantos desta cidade única.

O que fazer em Veneza

Conhecer a Praça de São Marcos

Praça de São Marcos em Veneza

É para a Praça de São Marcos que grande parte dos viajantes se desloca porque é onde se concentram algumas das principais atrações turísticas.

Falamos da Basílica de São Marcos, da Torre do Relógio de São Marcos, do campanário de São Marcos mas também do Palácio Ducal.

Ver a Basílica de São Marcos, e o famoso campanário de São Marcos

Esta é a mais famosa das igrejas venezianas.

Foi construída em estilo bizantino, é nos dias de hoje a sede da arquidiocese católica romana.

Por outro lado, o Campanário de São Marcos sobressai na paisagem veneziana pela sua altura.

De facto, ostenta 98,5 metros e é o edifício mais alto de Veneza.

Faz parte da Basílica de São Marcos e, na verdade, o que vemos hoje não é original. Isto porque o campanário original ruiu em 1902, tendo sido reconstruído em seguida, mantendo as mesmas características do anterior.

Campanário de São Marcos em Veneza

Ver a Torre do Relógio de São Marcos

No interior desta torre está em funcionamento um museu que ilustra a história tanto do edifício (da torre) como do relógio.

No entanto, saiba que ao comprar o bilhete para a Torre do Relógio pode entrar gratuitamente no The Correr Museum, National Archaeological Museum e Monumental Halls of the Marciana Library.

Conhecer o Palácio Ducal

Também conhecido como o Palácio do Doge, é a antiga sede do Doge de Veneza.

Palácio Ducal em Veneza

Fazer compras no Mercado do Rialto

Temos um fascínio especial por mercados. São locais coloridos e com muita energia que nos deixam quase sempre com um sorriso nos lábios.

O Mercado do Rialto, como o nome indica, fica na zona do Rialto.

Banca de marisco no Mercado do Rialto
Mercado do Rialto Veneza

Caminhar sobre a Ponte do Rialto

Ponte do Rialto

Como podem ver pela fotografia, na altura que visitámos Veneza a Ponte do Rialto estava em obras.

Porém era possível atravessar a ponte mesmo em obras.

Percorrer o Grande Canal de Vaporetto

Apesar de elevado custo, achamos que vale a pena observar a vista de Veneza a partir do Grande Canal.

Vaporetto

Visitar as Ilhas de Burano e Murano

Burano e Murano são duas ilhas localizadas perto de Veneza. São muito bonitas, sem dúvida, e a viagem de barco até lá é uma experiência agradável.

Além disso, em Murano pode visitar as fábricas do vidro de Murano e comprar peças de artesanato únicas.

Comprar máscaras venezianas: Se está à procura de um souvenir para levar para casa, sugerimos as tradicionais máscaras.

Aliás, em algumas lojas poderá pintar e decorar as máscaras ao seu gosto!

Máscaras de Veneza

A nossa experiência em Veneza

Veneza recebeu-nos com um sol radioso mas não nos passou pela cabeça que iríamos terminar o dia num cenário de Veneza inundada.

O nosso principal receio era perdermo-nos naquele emaranhado de ruas estreitas e becos sem saída pois em certas vielas apenas cabia uma pessoa de cada vez.

Rua estreita em veneza

Felizmente percebemos que nas fachadas dos edifícios existiam placas com indicações para três pontos-chave na ilha: Estação Santa Lucia, Rialto e Praça São Marcos.

O nosso ponto de partida e de chegada era a Estação de caminhos de ferro Santa Lucia, não deveria ser difícil.

Sinalização em Veneza
Ponte veneziana
Grand Canal

Estávamos na Praça de São Marcos quando começou a chover. A princípio, umas gotas tímidas, mas de repente uma cascata de água desabou dos céus e inundou tudo.

Veneza inundada

Abrigámo-nos nos arcos que rodeiam a praça e que dão acesso a lojas.

Rapidamente a água acumulou-se, os lojistas habituados a estas andanças arrumaram os tapetes das entradas das lojas, alguns fecharam as portas e nós ficámos encurralados entre as paredes e o lago que se formou à nossa frente.

Alojamento em Veneza

No que diz respeito aos hotéis em Veneza, devo dizer-lhe que já fiquei no centro e já fiquei em Mestre, a alguns quilómetros da cidade, sendo que ambas as soluções têm vantagens e desvantagens.

Isto porque como os hotéis em Veneza costumam ser bastante dispendiosos, uma alternativa é ficar na vila vizinha de Mestre.

Foi isso que fiz na minha primeira viagem a Veneza, pois para poupar escolhi o Hotel Mondial (3 estrelas) que fica localizado a cerca de 150 metros da estação de comboios de Mestre, que faz ligação ao centro de Veneza.

E realmente foi uma boa escolha, pois paguei quase metade do que iria pagar por um hotel semelhante em Veneza.

Hotéis em Mestre

No entanto, o certo é que queria ter a experiência de ficar a dormir em Veneza, e por essa razão noutra viagem escolhi um hotel no centro.

Então, em Veneza fiquei no Hotel Città Di Milano (3 estrelas) e realmente é muito melhor ficar em Veneza do que em Mestre. Sei que fica bem mais caro o alojamento em Veneza, mas a experiência também é melhor.

Hotéis em Veneza

Tudo o que precisa saber antes de ir para Veneza

Segue-se uma lista de perguntas que considero relevantes para quem visita Veneza pela primeira vez. O intuito destas questões é que tenha toda a informação que precisa para que a sua viagem corra maravilhosamente bem!

Afinal, fazemos um investimento tão grande nas viagens que queremos tirar o máximo partido dela, certo?

Como ir do aeroporto para o centro de Veneza?

O Aeroporto Marco Polo (VCE), é a principal porta de entrada para Veneza.

Está situado a cerca de 8 quilómetros da cidade, sendo que existem várias opções de transportes publicas para o centro de Veneza.

Assim, o autocarro nº 5 demora mais ou menos 30-45 minutos para fazer a viagem desde o aeroporto até à Piazzale Roma, no centro de Veneza.

Esta viagem de autocarro custa 8 €.

No entanto, outra alternativa é o autocarro azul da companhia ATVO, que por não ter paragens, é bem mais rápido. Neste caso, a viagem desde o aeroporto de Veneza até ao centro é de aproximadamente 20 minutos e o bilhete também custa 8 €.

Onde comer bem e barato em Veneza?

Fruta em Veneza

Em Veneza, apreciar boa comida sem gastar muito não é uma tarefa difícil, apesar da reputação da cidade como destino turístico.

Para é importante que fuja das áreas mais movimentadas e descubra o lado autêntico da culinária veneziana.

Bares e osterias locais muitas vezes oferecem deliciosas cicchetti, pequenas tapas venezianas, a preços acessíveis. A região de Cannaregio é conhecida por ter opções mais económicas e autênticas.

A minha sugestão é a Trattoria da’a Marisa (Fondamenta S. Giobbe, 652, 30121 Venezia VE, Itália) um restaurante italiano ideal para refeições simples mas cheias de sabor, ou então compre uma pizza a sair do forno por menos de 10 € no Arte Della Pizza (Calle de l’Aseo, 1861A, 30121 Venezia VE, Itália).

Outra dica é explorar os mercados locais, como o Mercato di Rialto, onde vai encontrar produtos frescos e sandes excelentes para um lanche ou almoço leve.

Muito importante: evite os restaurantes próximos aos pontos turísticos mais famosos, optando pelas ruelas menos movimentadas.

Quando é a Acqua Alta em Veneza?

Acqua Alta, ou Água Alta, é um fenómeno que acontece várias vezes por ano e que faz com Veneza fique inundada.

Ocorre, normalmente em outubro e novembro, quando as águas da maré alta inundam várias zonas de Veneza.

A primeira parte a ser afetada costuma ser a Piazza San Marco, quando a água inunda não só a praça, mas também as lojas, cafés, restaurantes e os monumentos.

Nem a Basílica de São Marcos escapa ao aumento do nível das águas do mar, que invadem Veneza sem dó nem piedade.

O certo é que apesar de a Acqua Alta ter-se tornado uma atração turística, os prejuízos no património, bem como os inconvenientes de quem está na cidade são muitos.

Leia também:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.