Sinta a Alma de Havana, Cuba: viaje pela cultura, música e mojitos

Cuba
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 23, 2024

Havana, a capital de Cuba, é a mistura perfeita entre arquitetura espanhola colonial e vibe das Caraíbas.

Apesar das mais recentes transformações, acredito que a maior cidade cubana ainda mantém uma boa parte do charme e encanto de outrora. Lembre-se que a história desta cidade remonta a 1519, quando Diego Velásquez aqui chegou.

É certo que este país das Caraíbas está muito diferente do que era há 15 anos, quando o visitei pela primeira vez, mas devo dizer que continua a valer muito a pena visitar.

Neste artigo partilho sugestões de o que fazer e visitar quando estiver em Havana, incluindo os lugares mais famosos como La Floridita ou o Capitólio, mas também alguns lugares menos conhecidos que não costumam fazer parte dos guias de viagens.

Também incluo informações sobre como se orientar em Habana Vieja, o centro histórico, para que não se perca nas ruas infinitas.

Então, aceita o meu desafio para conhecer a alma de Havana?

La Habana

O que fazer e visitar em Havana, Cuba

Explorar as ruas de Havana Velha

Painel pintado em Havana.
Mulher com roupas tradicionais em Havana.

O centro histórico de Havana, também conhecido como La Habana Vieja, ou Havana Velha, é um dos meus lugares preferidos em Cuba.

Está classificada como Património da Humanidade pela UNESCO desde 1982 e só nesta área estão concentrados cerca de mil edifícios com relevo cultural e histórico, desde monumentos, palácios, igrejas e praças lindas.

Por falar em praças, a cidade velha de Havana cresceu à volta de quatro pontos estratégicos: A Praça de Armas (Plaza de Armas), que era o centro militar, a Praça da Catedral (Plaza de la Catedral) que funcionava como centro religioso, a Praça Velha (Plaza Vieja) que era o centro comercial e a Praça São Francisco de Assis (Plaza de San Francisco de Asís), que era o centro de importação e exportação, por estar junto ao porto.

As fachadas desgastadas pelo tempo, contam histórias de uma época passada, evocando uma sensação de nostalgia e autenticidade.

Um dos bairros mais icónicos de Havana é Habana Vieja, no centro histórico da cidade.

Nesta área, os visitantes são transportados de volta ao passado, com ruas empedradas, praças bem arranjadas e uma infinidade de atrações culturais.

Habana Vieja é famosa pela música, dança e arte de rua. Em cada esquina e quando menos se esperar, é possível encontrar músicos talentosos a tocar salsa ou son cubano, enquanto dançarinos mostram seus passos nas ruas.

É claro que muitas destas atuações são feitas para os turistas, mas acho que a arte de rua adiciona um toque de criatividade e expressão à atmosfera vibrante de Havana.

Outra coisa que me chamou a atenção foi o empreendedorismo cubano, com jovens a vender amendoins embrulhados em papel de jornal e senhoras com vestidos típicos que tentam convencer os turistas a tirar fotografias com elas a troco de algumas moedas.

foto_1510

A Praça da Catedral (Plaza de la Catedral)

Plaza de la Catedral

A Praça da Catedral é uma das mais importantes praças de La Habana Vieja, ou centro histórico de Havana, Cuba.

A construção de maior relevo nesta praça é a Catedral de Havana, cuja construção é de 1727. Aliás, esta zona de Havana é relevante para o barroco cubano, já que os principais edifícios são do século XVIII e respeitam este estilo arquitetónico.

É difícil imaginar, mas este lugar já foi um pântano, antes de ser drenado.

Não muito longe da Praça da Catedral, está a famosa Bodeguita Del Médio.

Tomar um mojito na Bodeguita Del Medio

O mojito é um cocktail à base de rum branco e hortelã e dizem que o melhor lugar para tomar esta bebida é na Bodeguita Del Medio, em Havana.

Devo dizer que apesar de não ser apreciadora desta bebida em particular, o lugar é realmente sui generis.

O bar de 1942 está quase sempre cheio de gente e é difícil chegar ao balcão para pedir o mojito. As paredes da Bodeguita Del Medio estão cheias de dedicatórias e mensagens de personalidades.

Dizem que a primeira mensagem nas paredes da Bodeguita Del Medio foi do jornalista Leandro Garcia, sendo que ainda se podem ler dedicatórias de Pablo Neruda, Salvador Allende e Ernest Hermingway.

foto_1512

Receita para preparar o mojito em casa:

Coloque no copo onde vai servir o mojito 1 dose de rum branco, sumo de uma lima, 10-12 folhas de hortelã e uma colher de sopa de açúcar.

Amasse bem o conteúdo do copo, certificando-se que a hortelã fica desfeita. Coloque 100 ml de água com gás e gelo picado até encher o copo. Mexa a desfrute de um mojito cubano.

Visitar o Capitólio de Havana (Capitolio Nacional de La Habana, Cuba)

foto_1515

O Capitólio de Havana, ou Capitolio Nacional de Cuba, foi construído em 1929, tendo funcionado como a sede do governo de Cuba até 1959, quando aconteceu a Revolução Cubana.

Trata-se de um elegante edifício municipal com uma grande cúpula abobadada e um pórtico central, à semelhança do capitólio de Washington D.C., nos Estados Unidos.

Aliás, há quem diga que o arquiteto Eugenio Rayneri Piedra se inspirou no edifício norte-americano para a construção do Capitólio de Cuba.

Havana Velha
Ruas de Havana.

Conheça a história da Revolução Cubana no Museu da Revolução (Museo de la Revolución)

Em Havana, Cuba, encontra-se o impressionante Museu da Revolução, que merece estar no seu roteiro.

Localizado no antigo Palácio Presidencial, o museu conta a história tumultuada da nação cubana.

Estabelecido logo depois do triunfo revolucionário, este tesouro histórico mostra aos visitantes o período de lutas dos revolucionários cubanos durante a década de 1950.

Ou seja, de uma forma abrangente, ele aborda a Revolução Cubana e o desenvolvimento histórico do país pós-revolução. Conte em ver muitas fotografias, documentos e outras peças preciosas retratam eventos marcantes e heróis revolucionários que moldaram o destino de Cuba.

O museu foi projetado pelos arquitetos Carlos Maruri e Paul Belau e foi inaugurado pelo presidente Menocala em 1920.

Experimentar um daiquiri no El Floridita (onde foi criada a famosa bebida)

El Floritida Cuba

Sabia que foi no Bar El Floridita, em Havana, Cuba, que nasceu o famoso daiquiri?

Este bar e restaurante cubano abriu em 1817, portanto já faz parte da história da cidade. Alguns aspectos interessantes deste lugar são o facto de ter sido “La cuna del daiquiri”, ou seja, o berço do daiquiri.

Com tantos anos de existência, é normal que tenha sido frequentado por várias personalidades ao longo dos anos.

Um dos clientes habituais mais famosos do El Floridita foi o escritor norte-americano Ernest Hemingway.

Aliás, há uma estátua em tamanho real do autor ao balcão do El Floridita, em jeito de homenagear daquele que muito contribuiu para promover o bar, já que ele costumava dizer “Mi mojito en La Bodeguita, mi daiquirí en El Floridita“.

Cafés em Havana.

A Casa de Chá preferida de Eça de Queirós em Havana

foto_1503
foto_1502

Praça da Revolução e Che Guevara wall Monument

Praça da revolução em Havana.

O Mural de Che Guevara situa-se na Praça da Revolução em Havana, Cuba, (antiga Plaza Cívica) e é considerado um dos ícones da cidade.

A escultura em ferro retrata o rosto do Che Guevara e está acompanhada pela frase “Hasta la Victoria Siempre”.

A Praça da Revolução além de ser uma das atrações turísticas de Havana, é o centro político, cultural e administrativo da capital cubana.

Além disso, a praça é também o palco de celebrações oficiais e desfiles comemorativos da revolução, sendo que ficaram eternizados na memória coletiva os longos discursos de Fidel de Castro neste lugar emblemático.

A Praça da Revolução e o mural do Che Guevara são símbolos poderosos da luta revolucionária e da história de Cuba, por isso, são lugares de visita obrigatória para quem deseja compreender a importância e o legado do Che Guevara e da Revolução Cubana na sociedade cubana.

A Casa de Che

Casa de Che Guevara em Cuba

Para complementar o conhecimento do herói local Che Guevara, sugiro que termine o seu roteiro na capital cubana na Casa de Che.

Esta casa foi onde morou Che Guevara em Havana. Fica situada no cimo de uma encosta e além da relevância cultural e histórica, é um dos meus lugares favoritos para apreciar a vista para a cidade.

Roteiro de um dia em Havana, Cuba

Vista de Havana.

Se tem apenas um dia para explorar Havana, a capital de Cuba, então tenho boas notícias para si!

É que é possível visitar todos os lugares que mencionei antes em apenas 24 horas, fazendo alguns ajustes, é claro.

Por exemplo, La Floridita merece uma visita demorada. É claro que pode chegar, pedir um daiquiri, tirar umas fotos e continuar a viagem, mas iria perder tanto… A minha sugestão é que vá lá em dias diferentes e vai perceber que os habituais do bar começam a meter conversa consigo.

Melhor altura para visitar Havana

A época alta em Havana vai de dezembro a maio, pois entre junho e novembro a possibilidade de apanhar furacões aumenta.

Leia também

Por fim, está a pensar visitar Cuba? Então nesse caso tomamos a liberdade de sugerir que veja os seguintes artigos:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter.

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.