Mosteiro da Batalha: da Batalha de Aljubarrota a Panteão Nacional

Fachada principal do Mosteiro da Batalha.
Índice do artigo

Atualizado em: Fevereiro 20, 2024

O Mosteiro da Batalha é um Monumento Nacional com estatuto de Panteão Nacional, que está localizado na vila da Batalha (distrito de Leiria), isto é, no Centro de Portugal.

Foi mandado construir em 1386 pelo Rei Dom João I de Portugal, em agradecimento à virgem Maria pela vitória na Batalha de Aljubarrota, mas as obras duraram quase 200 anos.

É um exemplo magnífico de arquitetura gótica e estilo manuelino em território nacional e um dos monumentos nacionais mais visitados em Portugal.

Além disso, esta obra grandiosa do Gótico Português, integra a lista de Património da Humanidade da UNESCO e foi eleito em 2007 uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Acha que são razões suficientes para incluir a cidade da Batalha no seu roteiro? Faça-me companhia nesta viagem pela História de Portugal, pois acredito que não se vai arrepender.

Visitar o Mosteiro da Batalha

Fachada principal do Mosteiro da Batalha.
Fachada principal do Mosteiro da Batalha.
Estátua equestre do Condestável Nuno Alvares Pereira.
Estátua equestre do Condestável Nuno Alvares Pereira.
Pormenor do Portal do Transepto, do Mosteiro da Batalha.
Pormenor do Portal do Transepto, do Mosteiro da Batalha.

Em primeiro lugar convém ter em mente que ao que chamamos Mosteiro da Batalha, na verdade é um conjunto monástico constituído por uma igreja, pelas Capelas Imperfeitas, e dois claustros.

Está localizado na margem esquerda do Rio Lena e, de facto, é um conjunto imenso com vários lugares de interesse e que estão acessíveis aos visitantes.

Ou seja, ao visitar o mosteiro, certifique-se que vê com atenção os pontos mais importantes do monumento. E se quer saber quais são, ora aqui estão:

  • O portal gótico e a janela manuelina;
  • a Igreja;
  • a Capela do Fundador;
  • a Sala do capítulo, onde está o Túmulo do Soldado Desconhecido;
  • o Claustro Real;
  • o Lavabo;
  • o Antigo Refeitório, onde funciona o Museu das Oferendas ou Sala do Soldado Desconhecido;
  • o Dormitório;
  • o Claustro de D. Afonso V;
  • a Porta Manuelina;
  • as Capelas imperfeitas;
  • o Túmulo de D. Duarte I e Leonora de Aragão;
  • a estátua equestre do Condestável Nuno Alvares Pereira.

Curiosidades: Sabia que o Mosteiro da Batalha também tem o nome de Mosteiro de Santa Maria da Vitória?

Destaques no Mosteiro da Batalha: As Capelas Imperfeitas

Interior das Capelas Imperfeitas.
Interior das Capelas Imperfeitas.
Túmulo D. Duarte (1391-1438) e Rainha D. Leonor de Aragão (1402-1445).
Túmulo D. Duarte (1391-1438) e Rainha D. Leonor de Aragão (1402-1445).

As Capelas Imperfeitas também são conhecidas como Panteão Dom Duarte. Chamam-se inacabadas por causa do aspeto inacabado do local, já que não têm cobertura.

Ou seja, este projeto não foi concluído em virtude da morte do Rei Dom Duarte em 1437 e do mestre Huguet, que estava responsável pela obra, em 1438.

No entanto, o facto de estarem incompletas não inviabiliza o seu valor patrimonial e uma visita às Capelas Imperfeitas é obrigatória para uma visão global do Mosteiro da Batalha.

Muito importante, logo na entrada vai passar por um elaborado portal, que pelo detalhe de execução merece a sua atenção redobrada. Espreite, também, o túmulo D. Duarte (1391-1438) e da Rainha D. Leonor de Aragão (1402-1445).

Destaques no Mosteiro da Batalha: A Capela do Fundador

Capela do Fundador.
Capela do Fundador.

A Capela do Fundador é um dos lugares que surte mais interesse por parte dos visitantes do mosteiro.

Afinal, é na Capela do Fundador que está o mausoléu do Rei Dom João I e da rainha Filipa de Lencastre.

Alojamento na Batalha

Hotel Villa Batalha.
Hotel Villa Batalha.

Como deve ter percebido, vai precisar de alguns dias para visitar com calma o Mosteiro da Batalha, bem como todas as atrações turísticas da região.

Por isso, a minha sugestão de hotel na Batalha é o Hotel Villa Batalha (4 estrelas), que além de ter uma localização espetacular no centro, tem um SPA muito bom.

Por outro lado, caso prefira a comodidade de um apartamento, o Mosteiro View, também no centro, pode ser uma boa opção.

Já se costuma viajar com o seu animal de estimação, então o Monte do Mosteiro CountryHouse é o mais indicado para si.

Por fim, se nenhuma destas sugestões lhe agradou, pode sempre explorar outras opções a seguir.

Hotéis na Batalha

O que ver perto do Mosteiro da Batalha?

Conhecer o Mosteiro de Alcobaça

o que visitar em alcobaça
Mosteiro de Alcobaça.
a cornucópia de Alcobaça.
Doce típico de Alcobaça, a cornucópia da Pastelaria Alcôa.

A cidade de Alcobaça está localizada a apenas 20 km da Batalha, por isso é uma excelente oportunidade para visitar os dois lugares.

Assim, não se esqueça de colocar na sua lista de o que fazer em Alcobaça, além de uma visita ao mosteiro, uma paragem obrigatória é na pastelaria Alcôa, para provar os doces típicos.

Visitar a cidade de Leira

Visitar Leiria, no Centro de Portugal.
Visitar Leiria, no Centro de Portugal.

Leiria fica a mais ou menos 14 km da Batalha, por isso faz todo o sentido que inclua uma visita a esta cidade no seu roteiro.

Pode começar a sua visita a explorar o centro histórico de Leiria, nas margens do Rio Liz, terminando no magnífico Castelo de Leiria.

Além disso, Leiria é Cidade Criativa da Música, o que significa que tem um conjunto de eventos e atividades relacionadas com música ao longo do ano. A não perder!

Explorar o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.
Zona de Lazer no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.
Monumento Natural das Pegadas de Dinossauros.
Monumento Natural das Pegadas de Dinossauros.

O Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros fica a cerca de 18 km da Batalha, o que faz com que seja um excelente destino para acrescentar à sua viagem.

A minha sugestão é que viaje até ao centro da terra nas Grutas de Mira de Aire, conheças as históricas pegadas de dinossauros no Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios ou ainda que dedique um dia completo a explorar os trilhos da serra.

Tudo o que precisa saber antes de visitar o Mosteiro da Batalha

Túmulo do Infante D. João.
Túmulo do Infante D. João.
Abóbada da Sala do Capítulo, no Mosteiro da Batalha.
Abóbada da Sala do Capítulo, no Mosteiro da Batalha.
Portal do Transepto, do Mosteiro da Batalha.
Portal do Transepto, do Mosteiro da Batalha.

Preço para visitar o Mosteiro da Batalha

Se quer saber quanto custa para entrar no Mosteiro da Batalha, então tome nota que a entrada no Mosteiro da Batalha é gratuita aos domingos e feriados para os residentes em território nacional.

Nos restantes dias o bilhete normal custa 10 EUR, mas as criaças até aos 12 anos têm entrada gratuita.

Quem jaz na Capela do Fundador do Mosteiro da Batalha?

Ora, quem está sepultado na Capela do Fundador é o rei Dom João I, a rainha Filipa de Lencastre e ainda a maioria dos seus filhos, a quem o poeta Camões apelidou de ínclita geração.

Porque se chama Mosteiro da Batalha?

Os jovens portugueses aprendem na escola que o Mosteiro da Batalha foi mandado constuir em 1386 pelo rei D. João I, como agradecimento à Virgem Maria pela vitória contra os rivais castelhanos.

Esta batalha teve lugar em Aljubarrota, pelo que ficou conhecida como a Batalha de Aljubarrota.

Quais foram os arquitetos e mestes de obra do Mosteiro da Batalha?

Pormenor de rendilhado em traceria, no Mosteiro da Batalha.
Pormenor de rendilhado em traceria, no Mosteiro da Batalha.

Uma vez que a construção deste mosteiro demorou quase 200 anos, foram vários os aquitetos e mestres de obras responsáveis.

Então, de acordo com os registos, contam-se os seguintes (do mais antigo para o mais recente): Afonso Domingues, David Huguet, Martim Vasques, Fernão d’Évora, Mateus Fernandes, João de Castilho, Miguel de Arruda, Mouzinho de Albuquerque e ainda Lucas dos Santos Pereira.

Onde fica o Mosteiro da Batalha?

Mosteiro da Batalha.
Mosteiro da Batalha.

O Mosteiro da Batalha fica na cidade da Batalha, que pertence ao distrito de Leiria, isto é, na região Centro de Portugal.

Assim, para lá chegar sugerimos que espreite os mapas a seguir.

Mapa e como chegar ao Mosteiro da Batalha

A Batalha fica a cerca de 150 km de Lisboa e 196 Km do Porto.

Apesar de existirem ligação de autocarro, como a Flixbus, entre Lisboa, Porto e a Batalha, a forma mais cómoda de visitar a região é de carro.

Assim, caso precise de carro alugado, a minha sugestão é a Discovercars, que, na minha opinião, tem os melhores preços e condições.

Veja quanto custa alugar um carro na Batalha, Portugal.

De Lisboa

Do Porto

Leia também

Por fim, está a pensar visitar o distrito de Leiria? Então, nesse caso tomamos a liberdade de sugerir que leia os seguintes artigos:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.