Marbella o que visitar em 2022, melhores praias e onde ficar

O que visitar em Marbella. As praias de Marbella.
Índice do artigo

Atualizado em: Agosto 30, 2022

Marbella é um popular destino de férias de verão para as famílias portuguesas.

A famosa cidade no Sul de Espanha tem sabor andaluz, mar e montanha, campos de golfe, e alguns dos mais conhecidos resorts da Costa del Sol.

No total passei quatro dias nesta cidade incrível e devo dizer que me soube a pouco.

Acompanhe-me, então, numa curta, mas intensa, viagem por Marbella.

As praias de Marbella

O que visitar em Marbella. As praias de Marbella.
As praias de Marbella.

Nada melhor para começar este artigo sobre o que visitar em Marbella em 2022 do que falar das praias.

As praias de Marbella são bem conhecidas pelos portugueses, que há muito descobriram os encantos da Andaluzia.

E não é para menos, pois estamos a falar de cerca de 20 km de areia dourada banhada pelas águas normas do Mediterrâneo.

Apesar de não serem, na minha opinião, as mais bonitas da Europa, o certo é que existem em Marbella várias praias com boas acessibilidades, poucas ondas e longos areais para estender as toalhas. Daí serem tão populares!

Assim, junto do centro histórico, pode desfrutar da Playa de Venus, da Playa de la Bajadilla e da Playa del Faro. Todas têm restaurantes por perto, casas de banho e chuveiros gratuitos, além de espreguiçadeiras para alugar.

A Playa de la Fontanilla também é uma boa opção para passar um dia na praia, mas fica um pouco mais distante do centro junto ao passeio marítimo (Paseo Maritimo De Marbella).

Para além destas praias com localização central, existem no total 24 praias em Marbella, sendo que a playa Cabopino está reservada a nudistas.

O que fazer em Marbella para além das praias

Quando achar que está demasiado calor para estar na praia ou se quiser conhecer a cidade mais de perto, aqui ficam algumas sugestões de o que fazer em Marbella.

Aliás, seria uma pena estar num local tão interessante do ponto de vista cultural para apenas desfrutar das praias, não acha?

Visitar o centro histórico

Centro histórico de Marbella.
Centro histórico de Marbella.

Ruas estreitas, casas brancas, vasos coloridos nas paredes e nas janelas, trepadeiras que se aventuram pelas faces das casas, burburinho de pessoas felizes a conviverem nas esplanadas dos cafés.

Foi este o quadro que ficou gravado na minha mente.

Não é preciso andar muito para encontrar motivos para parar e observar o que acontece em Marbella. Praças, capelas e um sem fim de marcos arquitetónicos, herança da passagem romana, árabe e cristã e que sobreviveu à passagem do tempo.

A Plaza de los Naranjos remonta ao século XV e está a abarrotar de lojas, restaurantes e esplanadas, cujas mesas e cadeiras estão meticulosamente encaixadas entre as laranjeiras.

À noite não é fácil encontrar mesa disponível, apesar dos preços naturalmente inflacionados pela localização central.

A meia dúzia de metros pode encontrar a Iglesia de Nuestra Señora de la Encarnación, uma igreja católica que já foi mesquita e que tem uma praça muito agradável nas noites quentes de verão.

Num roteiro em Marbella não pode ficar de fora uma passagem pelas muralhas da cidade e do que resta de um castelo do século X. Certifique-se que passa por lá.

Visitar Museus

Passe um par de horas a explorar o Museo del Grabado Español Contemporáneo na companhia de autores contemporâneos espanhóis, ou o Museo Ralli Marbella se preferir os autores latino-americanos.

Em ambos os casos tome nota que a entrada é gratuita e que pode aprender bastante enquanto foge ao calor andaluz.

Jardins, parques e zonas verdes

Parque de Las Ranas em Marbella.
Parque de Las Ranas em Marbella.

Já referi que o verão andaluz é quente, muito quente, por isso sempre que possa, não deixe passar a oportunidade de se refrescar.

Dedicar algum tempo a explorar os jardins e parques de Marbella é uma boa escolha, e a boa notícia é que tem várias zonas verdes tanto no centro da cidade como em zonas mais afastadas.

Assim, junto ao centro de congressos tem o Parque de las Ranas, uma zona verde com trilhos e um pequeno riacho onde se ouvem rãs, e que faz termina junto ao passeio marítimo.

Por outro lado, junto à marina do Porto Desportivo, o Parque de la Constitución inclui um anfiteatro para concertos e parque infantil.

Já o Parque de la Alameda está localizado no centro de Marbella, tem lindos jardins por onde passear, e além disso, não menos importante, pode ver a fonte que foi construída no século XVIII.

Restaurantes, bares e beach clubs de Marbella

Para sair à noite o local mais animado é o passeio marítimo.

A vida noturna é intensa na rua pedonal junto ao mar Mediterrâneo, pois é onde se juntam os jovens (e menos jovens) para desfrutar do fim do dia.

Pode contar com música e festas animadas desde que o sol se põe até às tantas da madrugada. Sim, mesmo depois dos restaurantes fecharem o pessoal fica por lá.

É claro que com tanta gente a passar por ali, os preços praticados nos bares e restaurantes não são muito atrativos, por isso, se procura opções mais em conta vá para o centro da cidade.

Vai perceber que a música alta dos bares se concentra junto à marina e que os restaurantes mais familiares se distribuem ao longo da marginal junto ao mar.

Em relação aos beach clubs, devo dizer que não gosto muito do conceito, por isso não fui a nenhum. Em todo o caso, os mais conhecidos são o Ocean Club Marbella em Puerto Banús e o Nikki Beach Marbella, a cerca de 10 km do centro da cidade.

O que fazer em Marbella em 1 dia

Passeio marítimo em Marbella.
Fim do dia junto ao passeio marítimo.

Se apenas tem um dia para explorar Marbella, então a minha sugestão é que concentre a sua visita na zona antiga e termine o dia num dos bares do passeio marítimo.

Desta forma, terá tido uma experiência relativamente abrangente do que Marbella tem para oferecer.

Uma vez que o centro antigo é um labirinto, tem duas opções: caminhar sem rumo ou orientar-se pelo GPS.

Tenha apenas em mente as principais atrações turísticas no centro histórico que falei antes e explore a zona histórica com calma.

Alojamento em Marbella

Caso esteja de férias e pretenda aproveitar bastante a praia, a melhor zona para ficar a dormir em Marbella é no centro.

É que provavelmente vai encontrar alojamentos mais em conta, seja apartamentos ou hotéis económicos.

Durante a minha estadia em Marbella optei por dois alojamentos: o Senator Marbella Spa Hotel junto ao Centro de Congressos e Exposições e o Hotel Monarque El Rodeo no centro da cidade.

O Hotel Senator é de qualidade superior ao Monarque, mas como foi reservado com mais antecedência, permitiu-me encontrar um preço acessível.

Caso não goste de nenhuma destas sugestões, siga o link a seguir para encontrar o seu hotel em Marbella.

Hotéis em Marbella perto da praia.

Quantos dias são necessários para visitar Marbella

Para visitar o centro histórico de Marbella, ou casco antiguo, um ou dois dias são suficientes, mas nos arredores há muito para ver e fazer.

Lugares incríveis como Ronda, Nerja, Málaga e Mijas, entre outros, estão a apenas um par de horas de distância e valem muito a pena o desvio.

Além disso, se gosta de desafios e não sofre de vertigens, tem o Caminito del Rey para percorrer.

Depois tem as praias, é claro! Tudo isto para lhe dizer que pode facilmente ficar duas semanas em Marbella e ainda ser pouco.

Como chegar a Marbella

Aeroporto de Málaga (Sul de Espanha).
Aeroporto de Málaga.

O Aeroporto mais próximo de Marbella é o Aeroporto de Málaga, que fica a cerca de 50 km de distância. A partir de Portugal tem voos diretos da TAP Air Portugal com saída de Lisboa todos os dias e voos diretos da Ryanair tanto do Aeroporto de Lisboa como do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, alguns dias por semana.

Para encontrar voos baratos de Portugal para Málaga tente comprar com a máxima antecedência possível, já que os preços costumam aumentar à medida que a partida se aproxima.

Do Aeroporto de Málaga para o centro de Marbella há autocarro direto da empresa Avanza, cujo bilhete custa 10€.

Não é possível comprar o bilhete diretamente ao condutor, por isso dirija-se à bilheteira fora do aeroporto, do lado direito (junto das escadas) antes de ir para o autocarro.

Eu viajei com a TAP Air Portugal com escala em Lisboa (na ida) e com a Iberia Airlines no regresso com escala em Madrid.

Artigos relacionados

Por fim, está a pensar visitar a Andaluzia? Então, nesse caso tomo a liberdade de sugerir que leia os seguintes artigos:

Gostaria de conhecer melhor Espanha? Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.