Caminito del Rey 2022 (Málaga): guia para quem sofre de vertigens

El Caminito del Rey em Ardales (Málaga-Andaluzia).
Índice do artigo

Quer fazer o Caminito del Rey em 2022 mas sofre de vertigens? Já partilhei aqui no blogue, que apesar de ter vontade de conhecer lugares desafiadores e de difícil acesso, o certo é que o medo de alturas pode ser um problema.

É que chega uma altura em que o meu corpo paralisa e não quer sair do lugar. E neste caso, não há grande coisa a fazer…

Por isso, gostaria de ter lido um artigo como este para me ajudar a decidir se vale a pena ou não fazer o Caminito del Rey, mesmo enfrentando vertigens.

O Caminito del Rey foi considerado durante muito tempo o percurso pedestre mais perigoso no mundo, o que, deve deixar qualquer um de pé atrás.

É claro que a tolerância a alturas e sítios apertados é diferente de pessoa para pessoa, e fica ao seu critério fazer ou não o Caminito.

Devo dizer que terminei o Caminito del Rey a chorar, mas para saber se foi de alegria ou de tristeza vai ter de ler o post até (quase) ao fim!

Qual é a história do Caminito del Rey?

Desfiladeiro de Gaitanes.
Desfiladeiro de Gaitanes.

O Caminito del Rey é um trilho de cerca de três km escavado das paredes do desfiladeiro de Gaitanes e El Chorro, tem uma ponte suspensa que abana, caminhos de terra batida, passadiços de madeira e escadas empoleiradas dignas de um filme de Indiana Jones!

Foi contruído entre 1901-1905 para permitir o acesso aos trabalhadores da Hidroelétrica El Chorro e em 1921, aquando da visita do Rei D. Afonso XIII, as pessoas começaram a chamar-lhe o Caminho do Rei.

Tornou-se uma atração turística, no entanto não isenta de riscos, já que o percurso passa por zonas pouco seguras.

Aliás, aconteceram acidentes mortais em 1999 e 2000, que levaram ao encerramento do trilho em 2001. O Caminho do Rei reabriu em 2015 depois de obras para o tornar mais seguro.

Mesmo assim, é necessário observar algumas regras de segurança que são explicadas no início do trajeto e que se não forem respeitadas levam à expulsão imediata dos visitantes.

Regras para fazer o Caminito del Rey

Por ser um lugar com algum risco associado, existem regras que têm/devem ser observadas.

Assim, menores de oito anos não podem fazer o caminho e entre os 8-18 anos devem ser acompanhados por um adulto (leve consigo um bilhete de identidade/cartão de cidadão para comprovar a idade).

Não é permitido usar chinelos nem sapatos de salto alto, mas é obrigatório o uso de capacete, que é fornecido à entrada.

Além disso, os tripés para as máquinas fotográficas, bastões de caminhada e guarda-chuvas devem ficar em casa.

Não pode sair dos trilhos assinalados, fumar (afinal passa por um pinhal) e ao longo do caminho existem pontos de controlo com funcionários do parque.

Por fim, há um heliporto para o caso de acontecer alguma emergência médica.

Horário e dias quem que está fechado o caminho

Trilho do Caminito Del Rey (Ardales - Málaga).
Trilho do Caminito del Rey (Ardales – Málaga).

Habitualmente o Caminito del Rey está aberto de terça a domingo entre as 9:00 e as 17:20 no horário de verão e entre as 9:00 e as 15:30 durante o inverno.

O parque está fechado às segundas-feiras, no dia 24 e 25 de dezembro, 1 de janeiro, assim como nos dias com más condições atmosféricas.

Caso tenho comprado o bilhete online e o parque esteja fechado, pode remarcar ou pedir o reembolso.

Por que o Caminito del Rey é tão importante para a província de Málaga?

Cerca de 20 grutas do Caminito del Rey (Málaga - Costa del Sol).
Grutas do Caminito del Rey (Málaga – Costa del Sol).

O Caminito del Rey é muito importante para a província de Málaga por causa da afluência de turistas que proporciona, mas também por razões arqueológicas, já que foram encontrados vestígios de presença humana dos tempos pré-históricos no local.

Do ponto de vista do turismo, o interesse e curiosidade para conhecer o caminho levou ao aumento número de visitantes da região, assim como ao desenvolvimento de infraestruturas para receber estes turistas.

Quais são os pontos altos do Caminito del Rey e os mais vertiginosos?

Balconcillo de los Gaitanes - a ponte suspensa.
Balconcillo de los Gaitanes – a ponte suspensa do Caminito del Rey.

Nem todo o percurso é complicado para quem sofre de vertigens.

Aliás, a primeira parte do trilho é uma agradável caminhada por um pinhal com alguma sombra e paisagens muito bonitas.

Depois é que as coisas se complicam, ou ficam mais interessantes para quem aprecia emoções fortes!

Não achei os passadiços de madeira com cerca de um metro de largura e de onde se vê o Rio Guadalhorce a passar por baixo muito assustadores, mas quando ficam mais estreitos as coisas complicam-se.

Atravessar a famosa ponte suspensa, conhecida como Balconcillo de los Gaitanes, é, no mínimo, desafiante.

Só é permitido atravessar uma pessoa de cada vez, salvo para quem precisar de ajuda. Há um funcionário no local que pode ajudar quem não se sentir confortável em atravessar sozinho.

Devo dizer que a maior parte das pessoas, ao contrário de mim, passava sem problema com o telemóvel na mão a tirar selfies!

Achei que a ponte suspensa deve ser o local mais assustador de todo o Caminito del Rey!

Depois segue-se um percurso estreito em que os passadiços estão empoleirados no desfiladeiro e com degraus, ou seja, é preciso subir e descer escadas para continuar o trilho. O meu estômago também não gostou nada desta parte…

A última parte é mais tranquila, mas sinceramente nem aproveitei porque só queria que tudo terminasse rápido.

No final do caminho dispõe de casas de banho e lojas se quiser comprar algo para comer, beber ou souvenirs.

Caso prefira uma refeição completa, a alguns metros de distância tem o hotel e restaurante La Gargante.

Comprar comida, bebidas e souvenirs no final do caminito.
Comprar comida, bebidas e souvenirs no final do Caminito.

Dicas para gerir as vertigens

Antes de mais, deve ir preparado para vencer um desafio, ou seja, começar o trilho com a intenção de chegar ao fim. Se pensar que pode desistir a qualquer momento, então o seu cérebro vai procurar desculpas para ceder.

Fazer o trilho acompanhado, principalmente as partes mais difíceis, é outra sugestão que lhe posso dar.

Lembre-se que o trilho é seguro, aliás, está colocado um cabo de aço na parede do desfiladeiro nos lugares mais complicados e que ajuda nas alturas em que as pernas começam a tremer.

Guarde o telemóvel e a máquina fotográfica e peça aos seus amigos para tirarem fotografias. Com as mãos livres e segurando-se ao cabo de aço controla melhor a sensação de que vai cair a qualquer momento.

É que as traves de madeira do passadiço estão distanciadas entre si, o que permite que veja (e se assuste) com a altura em que está a caminhar.

Estes espaços nas tábuas do passadiço incomodaram-me bastante, porque além de ficar intimidada com a altura, as sapatilhas ficavam presas no trilho o que me obrigava a olhar para baixo… e enfrentar os meus medos.

Por último, não se recrimine se decidir não fazer o Caminho do Rei, uma vez que existem outros lugares no mundo igualmente espetaculares e que são menos desafiantes para quem sofre de vertigens.

Como chegar ao Caminito del Rey a partir de Málaga

Túnel e Linha de comboio no Caminito Del Rey.  (desfiladeiro de El Chorro).
Túnel e Linha de comboio no Caminito Del Rey (desfiladeiro de El Chorro).

Para chegar ao Paraje Natural Desfiladero de los Gaitanes (Parque Natural Desfiladero de los Gaitanes) a partir de Málaga, pode ir de carro ou de comboio e autocarro.

A forma mais rápida é de carro, seguindo pela A-357 e depois pela MA-5403 até chegar a Ardales. Não se preocupe pois vai encontrar pelo caminho indicações para a entrada do Caminito del Rey.

Conte com uma viagem de mais ou menos uma hora para fazer os 60 km entre Málaga e Ardales e se precisar de carro alugado, faça a simulação de preço aqui.

Como apanhar o comboio e autocarro para o Caminito del Rey?

Se não tiver carro pode optar por ir para o Caminito del Rey de comboio e autocarro, no entanto a viagem é mais demorada em comparação com o carro.

Assim, apanhe o comboio na Estación de Málaga María Zambrano em direção a Sevilha e saia na Estação de El Chorro. Este trajeto deve demorar cerca de 40 minutos.

Depois apanhe o autocarro do Consorcio de Transporte Metropolitano del Área de Málaga até
Camping Ardales, sendo que esta viagem demora mais ou menos 35 minutos.

Não é tão cómodo como alugar carro, mas é perfeitamente possível.

Bilhetes para o Caminito del Rey

Os bilhetes devem ser comprados online, para poupar tempo nas filas de espera e garantir que tem lugar. Lembre-se que a entrada no parque é feita em grupos, com intervalos de cerca de 30 minutos entre os grupos, o que significa que se não reservar a sua entrada com antecedência, pode correr o risco de não ter lugar.

Os preços variam de acordo com o tipo de bilhete que escolher, ou seja, entrada com guia, tour com saída de Sevilha ou tour com saída de Málaga, por exemplo.

Em todo o caso, a forma mais económica de fazer o Caminito del Rel é ir de carro até Ardales, deixar lá o carro estacionado e apanhar o autocarro até à entrada do caminho. Para isso, recomendo que compre estes bilhetes online.

Quem sofre de vertigens pode fazer o Caminito del Rey?

El Caminito del Rey (Ardales - Málaga).
El Caminito del Rey (Ardales – Málaga).

Apesar de esta ser uma questão sensível, eu diria que sim, é possível fazer o Caminito del Rey mesmo sofrendo de vertigens.

Afinal, eu consegui completar o trajeto… mas devo dizer que tive ajuda. Quando paralisei e não me conseguia mexer, uma pessoa do meu grupo deu-me a mão e acompanhou-me quase até ao final do trilho.

Sozinha teria dificuldade em gerir a situação, pois, é mesmo muito assustador! Quando o pior já tinha passado percebi que as lágrimas escorriam pela face, não tanto pelo medo que senti, mas pelo facto de ter conseguido terminar.

Afinal sou mais corajosa do que pensava. Com ou sem ajuda, o certo é que percorri o Caminito del Rey e sobrevivi para contar a história!

Restaurantes perto do Caminito del Rey

O Restaurante La Garganta fica a alguns metros do final do Caminito de Rey e serve refeições completas. Comida saborosa a preços aceitáveis e com vista para o desfiladeiro.
Restaurante La Garganta.

Convém levar snacks e água para se alimentar durante o Caminito, no entanto, no final do percurso, existem algumas bancas com refeições rápidas, que num aperto servem perfeitamente.

Caso esteja à procura de algo mais composto, o hotel e restaurante La Garganta fica a alguns metros do final do Caminito e serve refeições completas.

Eu experimentei a salada, salmorejo, salmão e sobremesa que estavam bons, mas o que gostei mesmo foi da vista para o desfiladeiro a partir do restaurante.

Onde ficar a dormir

Como já referi, o Hotel La Garganta fica a alguns metros do final do Caminito Del Rey, o que pode ser uma opção de alojamento.

Em todo o caso, eu fiquei a dormir no Senator Marbella Spa Hotel junto ao Centro de Congressos em Marbella, a cerca de uma hora de carro, mas outra opção muito cómoda é ficar a dormir em Málaga.

*fiz o Caminito del Rey numa day trip oferecida pelo TBEX Europe.

Artigos relacionados

Por fim, está a pensar visitar a Andaluzia? Então, nesse caso tomo a liberdade de sugerir que leia os seguintes artigos:

Gostaria de conhecer melhor EspanhaViajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.