Lago de Como Itália: o que ver, como chegar (ATUALIZADO)

O que fazer em Milão: visitar o Lago Como.
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 25, 2024

Tudo o que precisa saber sobre o deslumbrante Lago de Como (Lago di Como), localizado na região da Lombardia, no norte de Itália.

É um lago de origem glacial, tem uma área de 146 km², e é um dos lagos mais profundos da Europa, com uma profundidade máxima de 410 metros.

Amplamente reconhecido como um dos destinos mais deslumbrantes do país, o Lago Como é um verdadeiro tesouro que encanta visitantes de todo o mundo.

Com águas cristalinas que refletem as montanhas à volta e beleza natural incomparável, o Lago Como é o terceiro maior lago de Itália, logo a seguir ao Lago de Garda e ao Lago Maggiore, e oferece vistas deslumbrantes em todas as direções!

Ao olhar para o Lago de Como, estará perante uma escolha difícil: para onde olhar primeiro?

A paisagem é tão incrível em todos os ângulos que é difícil não se sentir bombardeado por tamanha beleza. Rapidamente se torna evidente por que este lugar conquista o coração dos viajantes de todo o mundo.

Seja para uma rápida excursão saindo de Milão ou para uma estadia de 2 a 3 dias em Como, este artigo dá-lhe todas as informações necessárias para organizar a sua viagem.

Aqui, encontrará dicas de como visitar o Lago Como saindo de Milão, sugestões sobre o que fazer em Como durante a sua estadia na região, quais vilas e cidades incluir no roteiro, além de outras informações práticas para sua viagem.

Prepare-se para descobrir a beleza encantadora de Bellagio, Varenna e Menaggio, localizadas às margens do Lago Como. Explore a cidade de Como, faça um cruzeiro pelas águas serenas do lago ou suba o funicular até o topo da montanha de Brunate para desfrutar de vistas panorâmicas espetaculares.

Além disso, encontrará sugestões de alojamento para tornar sua estadia ainda mais memorável. Então, faz-me companhia nesta viagem?

Guia de Viagem de Milão – Itália (Atualizado)

    We respect your privacy. Unsubscribe at anytime.

    Visitar o Lago de Como num tour com saída de Milão

    Vilas nas margens do Lago Como.
    Vilas nas margens do Lago Como.

    Se está em Milão, tem pouco tempo e quer visitar o Lago Como, então juntar-se a um grupo é uma excelente ideia.

    São várias as empresas com este tipo de tour, uns mais completos do que outros e, claro, com diferentes preços.

    Assim, as minhas recomendações para um dia bem passo saindo de Milão são as seguintes:

    • Tour mais económico saindo de Milão: Excursão de 1 Dia ao Lago de Como e Bellagio. Inclui transporte de autocarro de Milão até Como, passeio de 2 horas até Bellagio (verão) ou passeio de 1 hora no lago e viagem de funicular até Brunate (inverno). Com guia turístico.
    • Tour mais completo: Lago Como, Bellagio e Varenna ou Menaggio. Inclui transporte saindo de Milão, tour guiado em Como, Villa Olmo, passeio de barco, tempo livre em Bellagio, Varenna e regresso a Milão

    Em todo o caso, espreite o link a seguir e veja quais são os tours que pode fazer numa viagem a Como.

    Veja todos os tours em Como

    O que visitar em Como (ficando a dormir na região)

    Onde estão as villas das celebridades no Lago Como, Itália.
    Onde estão as villas das celebridades no Lago Como, Itália?

    Seguem-se algumas sugestões de lugares que recomendo incluir no seu roteiro ao visitar o deslumbrante Lago Como.

    No entanto, além dessas atrações, também vale a pena mencionar alguns pontos turísticos ligados a celebridades.

    Se tem interesse em descobrir onde vivem atores famosos, vou partilhar informações sobre a mansão de George Clooney, bem como alguns palácios que serviram de cenário para filmes.

    Vamos lá! George Clooney tem uma villa em Laglio, uma encantadora localidade que também tem outra atração turística imperdível, conhecida como Buco Dell’Orso Cave, ou a Gruta Buraco do Urso.

    Além disso, a Villa Balbianello em Lenno é famosa por ter sido cenário de filmes de Hollywood, encantando os visitantes com sua arquitetura espetacular e jardins exuberantes.

    É um local que vale a pena explorar e sentir-se como se estivesse dentro de um filme.

    Outro destino que merece destaque é a Villa d’Este em Cernobbio.

    Construído originalmente em 1568 como um palácio, este magnífico edifício foi transformado num hotel de luxo em 1873.

    Hoje recebe celebridades do mundo todo, oferecendo uma experiência exclusiva e sofisticada aos seus hóspedes. Visitar a Villa d’Este é ter a oportunidade de sentir-se parte do glamour e do charme que envolvem o Lago Como.

    Portanto, além das paisagens naturais e das cidades à beira do lago, aproveite também para explorar estes locais associados a celebridades.

    Eles adicionam um toque especial à sua visita, permitindo que mergulhe na atmosfera única que torna o Lago Como um destino tão encantador.

    Portanto, lembre-se de incluir estas atrações no seu itinerário e aproveite ao máximo a sua viagem ao Lago Como, desfrutando de tudo o que esta região de Itália tem a oferecer!

    Quais localidades visitar no Lago de Como?

    O que fazer em Como: visitar o centro histórico.
    Visitar Como.

    Uma das características distintivas do Lago de Como são os seus três braços, ou um Y: o braço de Como, o braço de Lecco e o braço de Colico. Cada um destes braços tem vilas e cidades muito giras que merecem ser exploradas com tempo.

    Começando pelo Braço de Como, a principal atração turística é a cidade de Como em si. Com uma atmosfera pitoresca e belezas arquitetónicas únicas, Como é o lugar apropriado para passear pelas ruas históricas e admirar a Catedral de Como, um exemplo da arquitetura gótica.

    Por outro lado, no braço leste, encontramos a cidade de Lecco, que combina perfeitamente a natureza exuberante com uma rica herança cultural.

    Com trilhos para caminhadas à beira do lago e uma atmosfera tranquila, Lecco é o destino ideal para os amantes da natureza.

    Por fim, no braço norte, está a cidade de Colico, famosa pelas praias e atividades náuticas.

    Ou seja, é um local popular para os entusiastas de desportos aquáticos, como vela e windsurf, incluindo uma dose de aventura e diversão.

    Além disso, Colico também tem um ambiente relaxado para os visitantes que querem desfrutar de momentos tranquilos à beira da água.

    Como pode ver, cada cidade à volta do Lago de Como tem o seu próprio encanto especial e oferece aos visitantes uma experiência única.

    Por isso, não deixe de incluir estas paragens no seu itinerário e permita-se mergulhar na atmosfera do Lago de Como, descobrindo o que cada uma dessas localidades de Itália tem a oferecer.

    Visitar Bellagio

    O que fazer em Milão: visitar o Lago Como.
    O que fazer em Como: visitar Bellagio, a pérola do Lago.

    Outra localidade famosa que podemos explorar é Bellagio, conhecida como “a pérola do lago” devido à sua beleza encantadora.

    Esta cidade preserva um centro histórico protegido por antigas muralhas, com estreitas ruas que se estendem desde a margem do lago até o promontório. Na zona à beira do lago, encontramos hotéis luxuosos e elegantes ruas comerciais.

    Bellagio tem uma origem muito antiga, como evidenciado pela catedral românica do século XII, dedicada a San Giacomo, que mantém sua aparência original até hoje. No topo do promontório, encontramos a Villa Serbelloni e a Villa Melzi, belos exemplos de mansões dos séculos XVIII e XIX. Não deixe de visitar os amplos parques históricos, onde se pode desfrutar de vistas deslumbrantes da região.

    Não perca a oportunidade de explorar Bellagio durante a sua visita ao Lago Como. Encante-se com sua atmosfera única, caminhe pelas ruas charmosas e aproveite as vistas panorâmicas oferecidas pelos parques.

    Visitar Lecco no Lago di Como, cenário do livro “Os Noivos”

    Se decidir explorar a região sudeste do Lago Como, uma viagem a Lecco certamente valerá a pena.

    Esta cidade é mundialmente conhecida por ser o cenário do livro “Os Noivos”. Lecco, panorâmica e deslumbrante, destaca-se como a cidade mais bela do lago, onde o rio Adda se encontra com o rio Lario, formando o Lago Garlate. Ao redor, um conjunto de montanhas rochosas com formas extravagantes adiciona um toque especial.

    A fama de Lecco está intimamente ligada a Alessandro Manzoni, que passou sua juventude na casa de campo do século XVIII, chamada Caleotto (hoje Museu Manzoni). Foi neste local que Manzoni encontrou inspiração para muitas das páginas de sua obra-prima, “Os Noivos”. Em Lecco, é possível seguir um itinerário fascinante sobre Manzoni, explorando os lugares relacionados a essa obra literária.

    Ou seja, descobrir os locais que inspiraram Manzoni em Lecco é uma experiência interessante para os amantes da literatura. A cidade preserva a memória do autor e permite que os visitantes mergulhem na atmosfera da obra enquanto percorrem esse itinerário único.

    Portanto, ao visitar o Lago Como, não deixe de incluir Lecco no seu roteiro.

    Visitar Colico

    Recantos no Lago di Como.
    Recantos no Lago di Como.

    Colico, localizada no Lago Como, é definitivamente um destino que vale a pena visitar. Ao longo do tempo, a cidade tornou-se numa das mais acolhedoras e acessíveis tanto para os moradores da metrópole quanto para os visitantes vindos da vizinha Suíça.

    Uma das principais atrações em Colico são fortalezas militares, em particular o Forte di Fuentes. Este local histórico é uma paragem obrigatória para os turistas, que podem explorar as instalações e apreciar a vista do lago e dos arredores.

    Uma caminhada ao longo da margem do lago também é altamente recomendada em Colico. Pode desfrutar da atmosfera tranquila, enquanto admira a praça central e a sua fonte borbulhante, que ganha vida com uma bela iluminação à noite.

    Além disso, a cidade tem uma variedade de bares, pizzarias e restaurantes em estilo rústico, onde pode saborear a culinária típica da região de Valtellina e degustar o excelente vinho local.

    Onde ficar no Lago de Como: sugestões de alojamento

    Como a região do Lago di Como é extremamente turística, há uma abundância de opções interessantes em termos de alojamentos.

    Assim, se preferir ficar no centro de Como, recomendo o La Dolce Vita – Downtown Como.

    Trata-se de um apartamento com um quarto e sofá-cama na sala, perfeito para acomodar uma família de até quatro pessoas. Além disso, o apartamento tem cozinha e uma varanda onde pode relaxar ao final do dia.

    Por outro lado, se estiver à procura de uma estadia luxuosa, certamente ficará satisfeito no Vista Palazzo – Small Luxury Hotels of the World, um hotel 5 estrelas situado próximo à margem do Lago di Como, próximo ao terminal de Ferry.

    Outra opção de luxo é o Mandarin Oriental, Lago di Como, também com 5 estrelas. Embora não esteja localizado no centro da cidade de Como, este hotel tem a vantagem de estacionamento gratuito.

    Por fim, se estiver à procura de uma opção mais económica, o Hotel Engadina, um hotel 3 estrelas, pode ser uma boa escolha. Embora não tenha o glamour e o conforto dos hotéis mencionados antes, é uma opção viável para passar algumas noites no centro de Como.

    Caso nenhuma das sugestões que mencionei lhe agrade, recomendo conferir o mapa e o link a seguir para verificar a disponibilidade e os preços de outros hotéis e apartamentos no Lago di Como.

    Hotéis em Como

    O que fazer no Lago de Como

    Em jeito de resumo, aqui fica uma lista de o que fazer no Lago de Como.

    Explorar a cidade de Como

    Monumento a Volta, cientista italiano.
    Monumento a Volta, cientista italiano.

    Vamos conhecer Como? Já deve ter percebido que a cidade de Como deu nome ao Lago di Como!

    Além de ser famosa pela atmosfera chique e pelo centro histórico bem preservado, Como encanta os visitantes com as suas igrejas antigas, praças convidativas e lojas que exalam o charme autêntico italiano.

    Ao visitar Como, as principais atividades turísticas incluem explorar o centro histórico, onde pode se perder nas ruas de paralelepípedos e descobrir lojas tradicionais, boutiques de moda e cafés com esplanadas ideais para tomar um Aperol Spritz.

    Não deixe de visitar a impressionante Catedral de Como, um marco arquitetónico com uma fachada gótica deslumbrante e interior igualmente decorado com pormenores muito interessantes.

    Além disso, a cidade tem diversos museus para os amantes de história e cultura local.

    O Museu Arqueológico de Como (Museo Archeologico Giovio) tem artefactos romanos, enquanto as termas romanas (Terme Romane – Sito Archeologico – Como) um sítio arqueológico que revelou os restos de um complexo termal do século I dC.

    O complexo incluía cerca de vinte grandes salas de arquitetura mista, com salas retangulares (possivelmente frigidaria) intercaladas com salas de planta octogonal (possivelmente calidari).

    Mas se é apaixonado por arte, deve incluir na sua lista de o que fazer em Como um par de horas a deambular entre quadros de artistas italianos de renome na Pinacoteca Civica, que funciona no Palazzo Volpi, um palácio do século XVII.

    Como vê, não se engane em pensar que o encanto de Como apenas se resume ao Lago, pois a cidade tem uma infinidade de atrações para além das margens serenas.

    Fazer um cruzeiro no Lago Como

    Montanhas à volta do Lago Como.
    Montanhas à volta do Lago Como.

    Fazer um cruzeiro no Lago di Como é muito mais do que apenas uma atividade turística, é também uma experiência romântica para compartilhar com a sua cara metade.

    Imagine-se a navegarem juntos por águas calmas e cristalinas, enquanto se maravilham com a beleza natural que envolve o lago!

    Ao planear seu cruzeiro no Lago di Como, pode adquirir os bilhetes nas barraquinhas de venda próximas aos barcos ou optar por um tour com partida de Milão.

    Os cruzeiros funcionam no sistema Hop-on, Hop-off, o que significa que pode desembarcar e embarcar no barco quantas vezes quiser. Essa flexibilidade é perfeita para explorar as vilas ao redor do lago.

    A beleza das paisagens ao redor do Lago di Como certamente deixará memórias incríveis. As montanhas, que mudam de cor com a posição do sol, os bosques exuberantes e os jardins intermináveis que embelezam as margens do lago criarão um cenário romântico.

    Além disso, o silêncio e a tranquilidade proporcionados pelo cruzeiro são ideais para desfrutar de momentos a dois, aproveitando a companhia um do outro e criando memórias inesquecíveis.

    Não se esqueça de trazer a sua camera, pois durante o cruzeiro terá a oportunidade de capturar fotografias deslumbrantes. A luz suave do sol refletindo nas águas do lago são o cenário perfeito para registrar momentos românticos juntos.

    Espreite este tour com saída de Milão: Excursão de 1 Dia ao Lago de Como e Bellagio

    Subir o funicular até ao topo da montanha de Brunate

    Funicular Como-Brunate.
    Funicular Como-Brunate.

    Muitos visitantes dizem que subir o funicular até o topo da montanha de Brunate é uma experiência inesquecível a fazer em Como!

    Localizado no topo de uma colina, Brunate tem vistas espetaculares do lago, das montanhas e da cidade de Como aos seus pés.

    O funicular, conhecido como “Funicolare”, é uma forma conveniente de chegar a Brunate, mas se sofre de vertigens como eu, também pode optar por ir de carro.

    Uma vez em Brunate, explore a área a pé, admirando as casas coloridas, contemplando as vistas panorâmicas de diferentes pontos de observação ou simplesmente relaxando num dos aconchegantes cafés ao ar livre.

    Uma das principais atrações de Brunate é o Farol Voltiano, dedicado a Alessandro Volta, um cientista italiano de renome. Além de aprender sobre a vida e as contribuições de Volta, também pode subir ao topo do farol para desfrutar de uma vista panorâmica ainda mais espetacular.

    Outra opção é percorrer os trilhos naturais que serpenteiam os bosques da região, ou seja, é uma experiência em plena natureza.

    Para aqueles que desejam prolongar a estadia em Brunate, há opções de hospedagem, como hotéis e pousadas super acolhedoras, que tornam a experiência ainda mais especial.

    Espreite o Relais Villino Rubini para uma estadia de sonho em Brunate!

    Conhecer Bellagio, Varenna e Menaggio à beira do Lago Como

    Andar de barco no Lago di Como.
    Andar de barco no Lago di Como.

    Conhecer as deslumbrantes cidades à beira do Lago Como – Bellagio, Varenna e Menaggio – é uma experiência imperdível que deve fazer parte do seu roteiro ao visitar esta região encantadora de Itália.

    Começando por Bellagio, conhecida como a “Pérola do Lago de Como”, esta cidade é um verdadeiro deleite para os sentidos.

    À medida que percorre as ruas estreitas e sinuosas, ficará maravilhado com as casas coloridas que se erguem à sua volta.

    Os jardins coloridos emolduram a paisagem, proporcionando um ambiente digno de um filme de aventura, onde a imaginação corre solta e cada passo é uma nova descoberta emocionante.

    Bellagio está localizada na ponta de uma península, o que significa que será presenteado tanto com as vistas panorâmicas do lago como das montanhas.

    Varenna, com uma atmosfera romântica, é outro destino imperdível no Lago Como.

    Localizada na costa oriental, esta cidade cativa os visitantes com detalhes de arquitetura e charme tranquilo.

    Passear pelas ruas de Varenna é como voltar no tempo, e ficará encantado com as vistas do lago que se revelam a cada esquina.

    Não deixe de visitar o Castelo de Vezio, que remonta ao século XI, e mergulhe na história da região. Além disso, os maravilhosos jardins de Villa Monastero são uma paragem obrigatória, com terraços que se estendem até as margens do lago.

    Por fim, temos Menaggio, localizada na costa ocidental do Lago Como, e detentora de um charme descontraído e uma atmosfera relaxada.

    Passeie pelo centro histórico e admire a elegante arquitetura dos edifícios.

    Menaggio é perfeita para explorar a região com calma e desfrutar de momentos de tranquilidade, enquanto desfruta de umaa experiência inesquecível ao explorar esta região magnífica de Itália.

    Como chegar ao Lago di Como saindo de Milão

    O que fazer no Lago Como: visitar Brunate.
    O que fazer no Lago Como: visitar Brunate.

    Como o Lago di Como está localizado a apenas 50 km de Milão, tornou-se um destino muito procurado por turistas que desejam explorar a região da Lombardia.

    Por isso, se está em Milão e planeia visitar este belo lago, as opções de transporte mais convenientes são o carro e o comboio.

    Assim, se preferir alugar um carro, terá a vantagem de circular livremente pelo Lago di Como e explorar as diversas cidades no seu próprio ritmo.

    No entanto, é importante considerar que o custo da viagem de carro pode ser um pouco elevado. Além da portagem de 4,50 euros na autoestrada A9, é necessário levar em conta o custo do combustível e o estacionamento em Como.

    Caso decida explorar o lago de carro, também existem barcos disponíveis para atravessá-lo. Para isso, sugiro que verifique os horários e preços no site da Gestione Governativa Navigazione Laghi.

    Faça um simulação para ver quanto custa alugar carro em Como ou Milão.

    Por outro lado, o comboio é uma opção mais económica para chegar ao Lago di Como.

    Saindo da estação “Cadorna” em Milão, apanhe o comboio com destino à estação “Como Nord Lago”.

    A viagem de comboio de Milão até ao Lago Como demora cerca de uma hora e custa mais ou menos 4,80 euros. Recomendo a compra antecipada dos bilhetes, seja online através do site da Trenitalia ou nas máquinas de venda na estação.

    Certifique-se de desembarcar na estação correta, ou seja, “Como Nord Lago”.

    Independentemente do meio de transporte escolhido, uma visita ao Lago di Como a partir de Milão promete ser uma experiência inesquecível.

    Melhor altura para visitar o Lago de Como, Itália

    Faro Voltiano em Brunate.
    Faro Voltiano em Brunate.

    Na minha opinião, a melhor altura para visitar o Lago de Como é durante os meses de abril a outubro, com destaque para os meses de junho a setembro, que são os mais quentes e propícios para atividades como nadar no lago.

    Tenha em consideração que o clima no Lago de Como é de tipo continental, ou seja, com verões quentes e invernos frios, e que a temperatura média anual no lago é de 13°C, variando ao longo do ano entre 3°C e 26°C.

    Isto quer dizer que durante o verão, as temperaturas são agradáveis, sendo que a temperatura média mais alta é de 23°C em julho, com dias ensolarados e agradáveis para desfrutar das atividades ao ar livre.

    Em termos de precipitação, o Lago de Como recebe uma média de 1055 mm de chuva por ano. No entanto, durante 152 dias por ano, não há registo de chuva.

    Para quem prefere evitar o frio intenso, sugiro que evite visitar o Lago Como nos meses de inverno, quando as temperaturas podem cair significativamente.

    Saiba que Janeiro é o mês mais frio, com uma temperatura média de 3°C, que apesar de nesta altura o lago ser bonito, é necessário estar preparado para as baixas temperaturas.

    Para aproveitar ao máximo a visita ao Lago de Como, setembro é apontado como o melhor mês para ir. Nesse período, as temperaturas ainda são agradáveis, com uma média de 23°C, e a quantidade de chuva é relativamente baixa.

    Em relação à temperatura da água, pode atingir a 27°C nos meses mais quentes como julho e agosto, isto é, são as condições ideais para mergulhar e nadar.

    No entanto, é importante ressaltar que, durante os meses mais frios, como janeiro, a temperatura da água pode ser de apenas 7°C.

    Leia também:

    Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

    Organize a sua viagem!

    Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

    Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

    • Alojamento no Booking;
    • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
    • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

    Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

    Este post pode conter links afiliados.

    Partilhar Artigo

    Artigos Relacionados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.