O que visitar em Londres 39 lugares icónicos para o seu roteiro

O que visitar em Londres
Índice do artigo

Atualizado em: Novembro 20, 2022

O que visitar em Londres em 2022. A vibrante e cosmopolita cidade de Londres presta-se a visitas repetidas, pois há sempre algo novo a visitar ou a acontecer.

Para que não se perca na quantidade de oferta turística de Londres, aqui tem uma lista de o que visitar em Londres numa viagem de dois ou três dias.

Seguem-se 39 sugestões de lugares icónicos, igrejas, abadias, catedrais, museus, parques, espaços verdes e mercados tradicionais a incluir no seu roteiro em Londres.

No final do artigo pode contar com um conjunto de dicas de viagem, incluindo hotéis em Londres e gastronomia típica a incluir no seu roteiro.

O que visitar em Londres: lugares icónicos

O Palácio de Buckingham (Buckingham Palace)

Palácio de Buckingham

O Palácio de Buckingham é a residência oficial do monarca do Reino Unido.

É possível visitar uma parte do palácio em datas designadas, nomeadamente entre julho e outubro.

Porém, para saber se a rainha está no palácio apenas precisa perceber qual é bandeira hasteada.

Assim, se for a do Reino Unido a rainha está ausente mas se for o estandarte real isto significa que a rainha está no palácio.

Localização do Palácio de Buckingham: SW1A 1AA, Reino Unido.

O Big Ben ou Elizabeth Tower

Ao contrário do que muitos viajantes pensam, o Big Ben é o nome do sino que está localizado na torre e não da torre.

Aliás, a torre foi rebatizada por Elizabeth Tower em honra do Jubileu de Diamante da monarca Elizabeth II em 2012.

Localização do Big Ben: Westminster, London SW1A 0AA, Reino Unido.

O London Eye

London Eye

A London Eye é uma roda-gigante de observação localizada no centro de Londres.

Também é conhecida como Millenium Wheel pois foi inaugurada na passagem de ano entre 31 de dezembro de 1999 e 01 de janeiro de 2000 e foi até 2006 a maior do mundo.

Localização da London Eye: The Queen’s Walk, Bishop’s, London SE1 7PB, Reino Unido.

A Torre de Londres (Tower of London)

A Torre de Londres é um magnífico castelo cuja fundação remonta ao ano de 1066.

Já desempenhou várias funções ao longo do tempo, incluindo residência real, prisão, depósito de armas e sede da Real Casa da Moeda, entre outros.

A entrada é paga mas recomendamos a visita, principalmente as salas onde estão expostas das joias da família britânica.

Localização da Torre de Londres: St Katharine’s & Wapping, London EC3N 4AB, Reino Unido.

A Tower Bridge

Tower Bridge em Londres

A Tower Bridge deve ser uma das pontes-básculas mais famosas do mundo. Construída em estilo vitoriano, está localizada junto à Torre de Londres e por isso poderá visitá-la em seguida.

Localização da Tower Bridge: Tower Bridge Rd, London SE1 2UP, Reino Unido.

O Palácio de Westminster

O Palácio de Westminster é a sede do governo do Reino Unido.

No entanto, se tem interesse em visitar este monumento em estilo neogótico por favor tome nota que visitas guiadas estão disponíveis aos sábados e no verão.

Localização do Palácio de Westminster: Westminster, London SW1A 0AA, Reino Unido.

Piccadilly Circus

A Piccadilly Circus é uma praça para onde convergem seis ruas de Londres: Regent Street, Piccadilly, Shaftesbury Avenue, Haymarket, Coventry Street e Glasshouse Street e deve, sem dúvida, fazer parte da sua lista de o que visitar em Londres!

No entanto a particularidade desta praça é a existência de ecrãs publicitários, nomeadamente outdoors e reclames luminosos, o que valeu à Piccadilly Circus a designação de Times Square londrina.

Já agora, piccadilly significa lazer e diversão, o que lhe deve dar uma ideia do que encontrar em Piccadilly Circus: teatros, bares, restaurantes e o Trocadero, uma sala de jogos gigante.

Assim, é uma zona bastante movimentada e ponto de encontro de londrinos e visitantes.

Trafalgar Square

Trafalgar Square é uma icónica praça londrina que pretende celebrar a Batalha de Trafalgar, no entanto é conhecida pela famosa árvore de Natal que anualmente anima a região.

Oxford Street

A Oxford Street é a rua comercial mais movimentada da Europa, com mais de 300 lojas, restaurante e, portanto, um paraíso para os amantes de compras.

Notting Hill

Notting Hill é o famoso bairro britânico que ficou celebrizado no filme com o mesmo nome.

Aliás, uma parte das cenas do filme foram filmadas neste bairro, incluindo o início do filme no mercado de Portobello.

A Ponte do Milénio (Millenium Bridge)

A Ponte do Milénio é uma ponte pedonal suspensa construída em aço.

Esteve envolvida em alguma polémica por causa de questões relacionadas com a segurança e acabou mesmo por ser fechada para obras apenas dois dias depois da sua inauguração.

O lugar é muito bonito, mas devo dizer que eu não consegui atravessar a Millenium Bridge a pé por causa das vertigens.

Em todo o caso, valeu pela vista sobre o Rio Tamisa e pela Catedral de São Paulo logo ao lado.

Soho

O Soho é um distrito londrino conhecido pela vibe de festa, com restaurantes ecléticos, bares, clubes de música e muita diversão principalmente depois de o sol se pôr.

Praca Leicester (Leicester Square)

As grandes premières dos filmes costumam acontecer no Odeon, um lendário cinema de Londres que está localizado na Praça Leicester.

Aliás, esta praça é conhecida por ser um dos principais redutos para cinéfilos, portanto aqui deixamos a dica.

O Palácio de Kensington

O Palácio de Kensington foi a residência oficial da Princesa Diana e algumas partes do palácio, assim como os jardins, estão abertos para visita.

Localização do Palácio de Kensington: Kensington Gardens, Kensington, London W8 4PX, Reino Unido.

Shakespeare’s Globe

O Shakespeare’s Globe é uma reconstrução do The Globe Theater, uma vez que o original foi destruído num incêndio em 1613.

Neste recinto poderá assistir a peças de teatro mas também poderá fazer visitas guiadas, aproveite se é um amante das artes teatrais.

Localização do Shakespeare’s Globe: 21 New Globe Walk, London SE1 9DT, Reino Unido.

London Dungeon

O London Dungeon é um parque de diversões que representa acontecimentos históricos sangrentos mas com um toque de humor.

Na minha opinião não é das atrações turísticas mais interessantes em Londres mas percebemos que possa ser atrativo para alguns públicos, aqui fica a dica. É muito perto do London Eye.

Localização da London Dungeon: The Queen’s Walk, Bishop’s, London SE1 7PB, Reino Unido.

Shard London Bridge

Shard London Bridge é um arranha-céus em Londres que tem a particularidade de ter a forma de pirâmide.

Tem 310 metros e é considerado o edifício mais alto da Europa Ocidental.

Localização do Shard London Bridge: 32 London Bridge St, London SE1 9SG, Reino Unido.

O que visitar em Londres: igrejas, abadias e catedrais

A Abadia de Westminster

Em primeiro lugar tome nota que o nome oficial da Abadia de Westminster é Colegiada de São Pedro de Westminster.

Este é o local habitual das coroações e casamentos dos membros da família real mas também local de repouso de mais de 3.300 pessoas, por isso o interior torna-se um pouco pesado com tantos sepulcros por metro quadrado.

Localização da Abadia de Westminster: 20 Deans Yd, Westminster, London SW1P 3PA, Reino Unido.

A Catedral de São Paulo

A Catedral de São Paulo é um local de culto anglicano e sede do Bispo de Londres.

No entanto, o acontecimento mais mediático que teve como palco a Catedral de São Paulo foi o casamento de Carlos e Diana em 1981.

Localização da Catedral de São Paulo: St. Paul’s Churchyard, London EC4M 8AD, Reino Unido.

O que visitar em Londres: museus (alguns gratuitos)

O Museu Britânico

Sabia que o Museu Britânico tem entrada livre, isto é, apenas deixa uma contribuição monetária se o entender?

Localização do Museu Britânico: Great Russell St, Bloomsbury, London WC1B 3DG, Reino Unido.

O Museu de História Natural (Natural History Museum)

O Museu de História Natural de Londres também tem entrada gratuita e a grande atração é a exposição de um esqueleto de um diplodocus e de um mastodonte, ambos provenientes do Chile.

Localização do Museu de História Natural: Cromwell Rd, South Kensington, London SW7 5BD, Reino Unido.

A National Gallery

A National Gallery é uma galeria de arte em Londres e inclui obras de artistas como Johanes Vermeer, Paul Cézanne, Claude Monnet, Rembrant, Vincent Van Gogh, Michelangelo, Raphael, Leonardo da Vinci e Sando Botticelli.

Localização da National Gallery: Trafalgar Square, Charing Cross, London WC2N 5DN, Reino Unido.

Tate Modern

O Tate Modern é uma galeria de arte moderna que expões obras de artistas internacionais, sendo que as obras mais famosas são “O Beijo” de Auguste Rodin, “The Uncertainty of the Poet”, de Giorgio de Chirico e “Towards the Corner” de Juan Muñoz.

Localização do Tate Modern: Bankside, London SE1 9TG, Reino Unido.

Madame Tussauds

Madame Tussauds é uma cadeia de museus de cera atualmante espalhados pelo mundo, o que atesta a sua popularidade (também é uma atração turística em Hong Hong).

Localização do Madame Tussauds: Marylebone Rd, Marylebone, London NW1 5LR, Reino Unido.

Victoria and Albert Museum

O Museu de Victoria e Alberto é considerado um dos maiores do mundo, pois tem, veja bem, uma coleção permanente superior a 4,5 milhões de objetos!

Localização do Victoria and Albert Museum: Cromwell Rd, Knightsbridge, London SW7 2RL, Reino Unido.

O Museu de Ciência de Londres (Science Museum)

Os amantes de ciência vão ficar fascinados com este museu e já agora, a sua carteira também não se vai importar porque a entrada no Museu da Ciência de Londres é gratuita.

Localização do Science Museum: 64 Exhibition Rd, South Kensington, London SW7 2DD, Reino Unido.

Museu Sherlock Homes

Em primeiro lugar, existem por aí fãs do detective Sherlock Homes? Pois saiba que existe um museu dedicado a este personagem ficcional que pode ser visitado na sua próxima viagem a Londres.

Localização do Museu de Sherlock Homes: 221b Baker St, Marylebone, London NW1 6XE, Reino Unido.

O que visitar em Londres: os parques e espaços verdes

Parques Reais em Londres

Hyde Park

O Hyde Park é um dos oito parques reais em Londres e ocupa uma área de 2,5 km2, sendo por isso, o maior parque londrino.

No entanto, o seu ponto mais famoso é o Speakers’ Corner ou a esquina do orador, tradicionalmente o local onde qualquer pessoa poderia fazer fazer uma declaração, por norma relacionada com política.

Por outro lado, no dia 6 de julho de 2002 foi inaugurad o Memorial a Diana, uma fonte de autoria de Kathryn Gustafson que pretende homenagear a princesa.

Regent’s Park

Regent’s Park é outro parque real em Londres e é o sítio ideal se precisa fazer uma pausa com as suas crianças, pois aqui existem quatro parques infantis. Também é considerado por muitos o parque londrino mais bonito.

Além disso, a partir do Primrose Hill poderá usufruir de uma vista espantosa sobre a cidade.

St. James Park

O St. James Park é o parque real mais antigo de Londres e estende-se por uma área aproximada de 23 hectares.

Tem, por isso, muito espaço para passear!

Green Park

O Green Park é um parque real em Londres que tem a particularidade de ser constituído quase em exclusividade por prados, isto é, não tem grandes atrações como lagos ou zonas de entretenimento.

Richmond Park

O Richmond Park além de ser um parque real, é também Reserva Natural Nacional.

Este é um passeio para um dia inteiro, pois tem realmente muitas coisas para ver e fazer no Richmond Park, das quais damos especial destaque à observação de veados, a Plantação de Isabella (Isabella Plantation) que é um jardim ornamental com plantas exóticas e o Monte do Rei Henrique (King Henry’s Mound) que oferece vistas fabulosas sobre o Rio Tamisa.

The Jubilee Gardens

Os jardins do Jubileu estão localizados junto à famosa London Eye e apesar de serem pequeno em comparação com os parques reais, não deixe de os visitar porque de facto são muito agradáveis.

O que visitar em Londres: mercados tradicionais

Covent Garden

Covent Garden é uma animada zona de entretenimento em Londres, mas para uma experiência mais intensa tomamos a liberdade de sugerir que visite o mercado de Covent Garden e assista a umas das muitas atuações de artistas de rua.

Localização de Covent Garden: West End, Londres.

Borough Market

O Borought Market é um dos maiores e mais antigos mercados londrinos e que deve, ser dúvida, fazer parte da sua lista de o que visitar em Londres.

Tem vários restaurantes, assim como banquinhas de comida, fruta e vegetais, enlatados, doces, enfim, uma perdição.

Curiosamente foi em Borough Market que vi uma banca com conservas portuguesas. Parece que os londrinos gostam muito das latinhas de sardinha, atum e outras especialidades dos mares portugueses.

Localização do Borogh Market: 8 Southwark St, London SE1 1TL, Reino Unido.

Mercado Camden Lock

O Mercado de Camden Lock é imenso e tem um vasto leque de produtos à venda, desde acessórios, máquinas fotográficas, roupa, enfim, um pouco de tudo.

No entanto o que nos chamou mais a atenção foi a parte da restauração, nomeadamente a diversidade de barraquinhas que vendem comidas de todo o mundo!

Por isso, tenha esta informação em mente e planeie visitar Camden Lock perto da hora de almoço.

Mercado das flores de Columbia Road

Todos os domingos e desde 1869 acontece na Columbia Road um perfumado mercado das flores, que atrai visitantes à procura das flores mas também turistas maravilhados pela explosão de cores.

Localização do Mercado das Flores: Columbia Rd, London E2 7RG, Reino Unido.

Brick Lane Market

A zona de Brick Lane à muito está associada à comunidade asiática, o que faz com que pareça que está a viajar para um país diferente.

Assim, a melhor altura de visitar Brick Lane é aos domingos que é quando as ruas se enchem de barraquinhas e formam um muito agradável mercado, o Brick Lane Market.

Localização do Brick Market: Brick Ln, Spitalfields, London E1 6QR, Reino Unido.

Portobello Road Market

O Portobello Market é o maior mercado de antiguidades do mundo e é famoso exatamente pelas antiguidades mas também pelas roupas em segunda mão.

Acontece todos os sábados, por isso sugerimos que planeie o seu roteiro em Londres de forma a ter o sábado livre para visitar o Portobello Road Market.

Localização do Portobello Road Market: Portobello Rd, Notting Hill, London W10 5XL, Reino Unido.

Gastronomia e comida típica em Londres

Em Londres poderá experimentar comida de todo o mundo, no entanto, neste artigo apenas lhe vamos falar dos pratos mais tradicionais.

Full English Breakfast

Assim, para começar o dia, experimente o Full English Breakfast, que costuma incluir ovos, bacon, salsichas, feijão, cogumelos, tomate assado, morcela e pão torrado a acompanhar.

Com um pequeno-almoço destes não deve sentir fome antes do almoço, mesmo caminhando bastante em Londres.

Fish and Chips

O Fish and Chips é um prato de almoço popular, até porque é rápido. O filete de peixe é mergulhado num polme de farinha e depois frito em óleo abundante. Acompanha com batatas fritas e, dependendo do restaurante, pode ter molhos (tártaro ou ketchup)

Apesar de encontrar este prato típico em restaurantes de bairro e em roulotes (food truck) junto aos principais parques da cidade, um dos lugares mais tradicionais que serve Fish and Chips em Londres é no The Fryer’s Delight.

Bangers and Mash

Bangers and Mash, ou puré com salsichas, é outro prato típico para encher estômagos em dias frios. O molho é robusto e dá bastante sabor ao puré.

Em Covent Garden tem o MotherMash que é especializado neste prato, aliás, pode escolher o tipo de salsicha, puré e molho ao seu gosto.

Sunday Roast e Wellington Beef

Ao domingo há dois pratos que sobressaem nas ementas dos restaurantes e que são o Sunday Roast e o Wellington Beef.

O Sunday Roast (assado de domingo) é um prato de carne assada com Yorkshire Pudding, batatas e legumes e, claro, molho.

Já o Wellington Beef é mais comum para os portugueses, e consiste em carne com uma mistura de cogumelos por cima e envolvida em massa folhada.

Melhor altura para visitar Londres

Sendo Londres uma capital europeia com bastante oferta turística, a verdade é que vai encontrar atividades interessantes em qualquer altura do ano.

Por fim, e de uma forma genérica, as bebidas são caras, mas lembre-se que os restaurantes com serviço à mesa costumam colocar uma garrafa de água filtrada que pode consumir gratuitamente.

No entanto, tomamos a liberdade de lembrar algumas condicionantes, nomeadamente no que diz respeito ao clima e eventos sazonais:

  • em fevereiro comemora-se o ano novo chinês e isto significa que existem várias iniciativas gratuitas nas ruas;
  • os outonos e invernos são frios, chuvosos e com dias pequenos, por isso tenha esta informação em conta quando planear a sua viagem;
  • os habitantes não costumam usar guarda-chuva, em contrapartida utilizam capas para a chuva;
  • em dezembro as ruas iluminam-se com decorações de Natal e os mercados de Natal ficam espalhados pela cidade.

Alojamento em Londres

É difícil escolher o melhor sítio para se alojar em Londres, pois a estadia no centro é cara e nem sempre dispomos de tempo para as deslocações de metro.

Mesmo assim, nós preferimos sempre investir um pouco mais de dinheiro num hotel central, uma vez que poupamos tempo em deslocações. Se é essa a sua escolha, veja estes hotéis no centro de Londres.

Além disso, cadeias de hotéis conhecidas como o Ibis, Holiday Inn ou Best Western costumam ser escolhas seguras, tanto a nível de conforto como preços razoáveis. E já sabe, quanto mais cedo reservar a sua estadia, mais probabilidades de encontrar bons preços.

Reserve o seu alojamento em Londres

Subscreva o canal de YouTube para mais vídeos de viagens!

Por fim, se está a organizar a sua viagem para Londres tomamos a liberdade de sugerir os seguintes artigos:

Gostaria de conhecer a Inglaterra? Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando faço viagens sozinha… Acompanhe estas aventuras no Instagram Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter.

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

0 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.