Ek’ Balam, no México: visitar a antiga sede do reino Maia (2024)

Ek Balam
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 25, 2024

Tudo o que precisa saber antes de visitar El’Balam, na Riviera Maya, México!

Ek Balam fica situado a cerca de 56 km de Chichén Itzá, mas foi um dos últimos sítios arqueológicos a serem descobertos no México.

Aliás, acredita-se que os edifícios recuperados são uma pequena parte das casas existentes naquele lugar e que continuam engolidos pela selva.

Então, acompanha-nos nesta viagem pelos mistérios do México?

Visitar Ek’ Balam, no México

Tenha em atenção que Ek Balam é um sítio muito mais pequeno e com menos turistas em comparação com, por exemplo, Chichén Itza.

Assim as escavações continuam a ser feitas no local e as árvores crescem muito perto das ruínas.

Por esta razão pode visitar o mesmo sítio arqueológico pois de certeza que com o passar dos anos os visitantes irão ter à sua disposição mais lugares enigmáticos para percorrer.

Isto porque os estudos acerca do local e das pessoas que habitavam a cidade ainda estão a decorrer.

O engraçado é que como estamos muito perto da selva de vez em quando aparece uma ave colorida, o que é mais raro em sítios arqueológicos mais movimentados.

Alguns pontos de interesse turístico em Ek Balam são o arco da entrada, ruínas do palácio oval, uma capela mas também vários muros defensivos.

Tudo o que precisa saber antes de viajar para Ek’ Balam, no México

Onde ficam as ruínas de Ek’ Balam?

As ruínas de Ek Balam está localizadas a cerca de vinte e cinco quilómetros de Valladolid, no México.

É possível subir à pirâmide de Ek’ Balam?

Sim, é possível subir a pirâmide de Ek’Balam, no México, aliás, recomendo vivamente que o faça.

É que a vista lá de cima é incrível, com um extenso mar verde que se estende até onde a vista alcança. A verdade é que, apenas subindo, consegue ter a real noção de como o lugar está isolado do resto do mundo!

Ek’ Balam tem um cenote?

Há um cenote perto das ruínas, e tem o nome de cenote Xcanché.

Quanto tempo é preciso para visitar Ek’ Balam?

Eu diria que um par de horas são suficientes para explorar toda a área de Ek’Balam, incluindo o tempo para subir e descer a pirâmide.

Mas acredite que será um par de horas bem passado!

Vale a pena visitar as ruínas de Ek’ Balam?

Sim, sem dúvida que vale a pena visitar Ek’Balam, se for apreciador de cultura e história.

Eu adorei cada minuto que passei nestas ruínas, mas não deixam de ser ruínas… ou seja, se não aprecia este tipo de atividade, talvez fique melhor servido a visitar outro tipo de monumento maia, como por exemplo, as ruínas de Tulum.

Isto porque Tulum fica à beira-mar e se não lhe apetecer conhecer em detalhe a cultura maia do local, pode sempre ir dar um mergulho no Mar das Caraíbas.

Qual é a diferença entre Ek’Balam e Tulum?

Ek’Balam e Tulum são duas joias arqueológicas distintas na Península de Yucatán, no México, tão diferentes que até é injusto comparar.

Mas percebo que queira saber qual é a diferença, para eventualmente decidir qual visitar, por isso aqui vai.

Ek’ Balam, cujo nome significa “Jaguar Negro” em maia, é uma cidade maia antiga conhecida pelas suas estruturas bem preservadas, incluindo a acrópole. É uma escolha perfeita para quem procura um sítio menos movimentado e uma experiência mais íntima com a história maia.

Por outro lado, Tulum destaca-se pela sua localização à beira-mar. As ruínas de Tulum ficam no topo de falésias, ou seja, têm vistas deslumbrantes sobre o Mar das Caraíbas.

Ou seja, cada local tem o seu próprio encanto, e mostram lados diferentes da rica herança maia no México.

Quais são as estruturas mais impressionantes destas ruínas?

O que mais me impressionou nestas ruínas foi subir à pirâmide! Não é fácil, porque os blocos de pedra são estreitos e altos. Talvez por isso tenha visto tanta gente a descer sentados!

Além disso, como já referi noutros artigos, eu sofro de vertigens. Mesmo, daquelas que me paralisam completamente e eu não me consigo mexer.

Foi o que aconteceu ao subir a pirâmide, mas depois de alguns minutos a tentar acalmar-me consegui descer da pirâmide.

Leia também

Por fim, está a pensar visitar o México? Então nesse caso tomamos a liberdade de sugerir que veja os seguintes artigos:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter.

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.