O que fazer em Bilbau, Espanha: 15 lugares que precisa conhecer

O que fazer em Bilbau: visitar o Museu Guggenheim Bilbao e ver as esculturas gigantes.
Índice do artigo

Atualizado em: Julho 2, 2024

Aqui tudo o que precisa saber sobre o que fazer e visitar em Bilbau, no País Basco, incluindo 15 lugares que precisa mesmo de inlcuir no seu roteiro!

Nos três dias que passei em Bilbau, vi uma cidade com monumentos super interessantes, jardins bem cuidados e edifícios com arquitetura impressionante.

Também me perdi no casco viejo, à procura de bares e esplanadas para provar os famosos pinchos…

Portanto, neste artigo, que pretende ser o mais completo possível, vai encontrar sugestões de o que ver e fazer em Bilbau.

Incluo lugares que certamente já conhece, mas também outros que acredito que são novidade para si.

Veja quais são os melhores bairros e hotéis que recomendo em Bilbau, bem como quantos dias precisa para ver a cidade, o que fazer em Bilbau em 24 horas, como ir do aeroporto para o centro e qual é a melhor altura para visitar Bilbau.

Tudo isto acompanhado de muitas, mas mesmo muitas fotografias. Isto para que saiba exatamente ao que vai. Então, vamos a isso?

Plaza Nueva, em Bilbau.
Plaza Nueva, em Bilbau.
Las Sirgueras, de Dora Salazar. 4 estátuas de mulheres que rebocavam as embarcações usando apenas o peso do corpo. Para ver e refletir no Paseo de Uribitarte, em Bilbau.
Las Sirgueras, de Dora Salazar. Quatro estátuas de mulheres que rebocavam as embarcações usando apenas o peso do corpo. Para ver e refletir no Paseo de Uribitarte, em Bilbau.
Carolinas, doce típico de Bilbau.
Carolinas, doce típico de Bilbau.
Casco Viejo, ou centro histórico de Bilbau.
Casco Viejo, ou centro histórico de Bilbau.

O que fazer e visitar em Bilbau, no País Basco

1. Ver a Ponte de Biscaia (Ponte suspensa e Património da UNESCO)

A Ponte de Biscaia é conhecida por muitos nomes: Puente de Vizcaya, Ponte Pênsil, Ponte Colgante ou Ponte Palácio, em homenagem ao seu arquiteto, Alberto Palacio.

Fica situada em Portugalete, ou seja, a cerca de 12 km do centro de Bilbau, e é uma obra deveras impressionante!

Dizem que é a ponte transportadora suspensa mais antiga do mundo, das que ainda estão em funcionamento, mas continua a atravessar o rio Nervión com graciosidade.

A ponte é construída em ferro, tem 45 metros de altura e 160 de comprimento, sendo que pode ser atravessada no interior da cabine suspensa (veículos e passageiros) ou então, caminhando na parte superior da ponte.

Mas sabe o que realmente me impressiou? Foi o funcionamento da ponte, já que parece que está a flutuar sobre o rio.

👉 Saiba mais sobre a Ponte de Biscaia e veja outras atrações turísticas em Portugalete.

Vista para a Ponte da Biscaia, a partir da Basílica de Nossa Senhora.
Vista para a Ponte da Biscaia, a partir da Basílica de Nossa Senhora.
Ver a ponte suspensa.
Ver a ponte suspensa.
Bizkaiko Zubia, ou a Ponte Suspensa em Portugalete.
Bizkaiko Zubia, ou a Ponte Suspensa em Portugalete.
A cabine da ponte suspensa.
A cabine da ponte suspensa.
Ponte de Viscaya.
Ponte de Viscaya.
Elevador da Ponte da Biscaia.
Elevador da Ponte da Biscaia.
Comprar bilhetes para a Ponte da Biscaia.
Comprar bilhetes para a Ponte da Biscaia.
Explorar o Golfo de Biscaya de barco.
Passeio pedestre ao lado da Ponte de Biscaia, com barcos a navegar no Golfo de Biscaya.
Feira de rua.
Feira de rua.
O que fazer e visitar em Portugalete: ver a Puente Colgante.
O que fazer e visitar em Portugalete: ver a Puente Colgante.

2. Explorar o Centro Histórico (Casco Viejo)

É tão bom caminhar pelas ruas do centro histórico de Bilbau, ou o Casco Viejo, que estão repletas de edifícios históricos e lojas tradicionais.

Vive-se uma atmosfera relaxada, com as pessoas a tomar uma cerveja e a petiscar uns pintxos. Tão bom!

Em relação a lugares a visitar no casco viejo de Bilbau, os meus destaques são a Plaza Nueva e a Catedral de Santiago de Bilbau, mas aqui fica a lista completa, com a respetiva localização:

Igreja de Santo Antão e o Mercado de La Ribera.
Igreja de Santo Antão e o Mercado de La Ribera.
Mercado de la Ribera.
Mercado de la Ribera.
O que fazer em Bilbau: conhecer o Mercado da Ribeira.
O que fazer em Bilbau: conhecer o Mercado da Ribeira.
Restaurantes no Mercado de La Ribera.
Restaurantes no Mercado de La Ribera.
Catedral de Santiago de Bilbau.
Catedral de Santiago de Bilbau.
Mural pintado nas escaleras de Solokoetxe.
Mural pintado nas escaleras de Solokoetxe.
Fuente de la Cruz, no Casco Viejo de Bilbau.
Fuente de la Cruz, no Casco Viejo de Bilbau.
Mallonako bidarriak.
Mallonako bidarriak.
Igreja de São Nicolau, em Bilbau.
Igreja de São Nicolau, em Bilbau.
Igreja dos Santos Juanes.
Igreja dos Santos Juanes.

3. Fazer a Rota dos Pintxos

Os pinchos, ou pintxos, são um snack popular no País Basco e, acima de tudo, têm uma forte conotação identitária. Isto porque a vida social nesta região gira à volta do convivio em bares e tabernas, em grupos de amigos e familiares.

E se não sabe o que são, os pinchos são pequenas fatias de pão sobre a qual se coloca um ingrediente ou uma combinação de ingredientes que ficam presos ao pão com um palito.

Aliás, o nome pincho, deriva do palito que é colocado.

E que tipo de pinchos existem? Bem, existem tantos pintxos quanto a criatividade de quem os prepara… No entanto, pelo que percebi das muitas vitrines que vi em Bilbau, os mais populares são com presunto, croquetes, bacalhau e . Espreite as imagens a seguir para ter uma ideia dos pinchos em Bilbau.

Portanto, não se esqueça de colocar na sua lista de o que fazer em Bilbau experimentar todos os pintxos que conseguir. Dizem que os melhores estão no Mercado, nos bares do Casco Viejo.

Morcilla con quejo de cabra.
Morcilla con quejo de cabra.
O que fazer em Bilbau: provar pinchos no Casco Viejo.
O que fazer em Bilbau: provar pinchos no Casco Viejo.
Pinchos, ou pintchos, em Bilbau.
Pinchos, ou pintchos, em Bilbau.
Setas com Foie.
Setas com Foie.
Rota dos pinchos em Bilbau.
Rota dos pinchos em Bilbau.
Vitrine com pinchos num restaurante em Bilbau.
Vitrine com pinchos num restaurante em Bilbau.
Restaurante em Bilbau.
Restaurante em Bilbau.
Casco Viejo Bilbau.
Casco Viejo Bilbau.

4. Explorar o Museu Guggenheim Bilbao

Ao falar de Bilbau, é quase obrigatório falar do Museu Guggenheim, afinal, este icónico museu de arte contemporânea, marcou uma viragem clara no turismo da cidade.

O Guggenheim foi projetado por Frank Gehry, e, para além das suas exposições de classe mundial, o edifício em si mudou, para sempre, Bilbau. No bom sentido, é claro.

O exterior do museu foi revestido por placas de titânio, com formatos ondulados e retorcidos, que fazem lembrar as escamas dos peixes.

Mas o museu não está sozinho, já que ao seu redor pode ver várias esculturas gigantes que valem a pena conhecer. Refiro-me, por exemplo, ao Puppy, uma escultura de um West Highland Terrier com 13 metros, totalmente revestido por flores e de autoria de Jeff Koons.

Recomendo também que espreite a escultura Tall Tree And The Eye, de autoria de Anish Kapoor, bem como a aranha gigante, de nome Maman e que é de autoria de Louise Bourgeois.

Curisamente, se olhar para o museu a partir do rio, o edifício parece um barco, o que é uma alusão à história portuária da cidade.

👉Sabia que o Museu Guggenheim Bilbao é um dos museus mais visitados de Espanha?

Museu Guggenheim Bilbao.
Museu Guggenheim Bilbao.
O que fazer em Bilbau: visitar o Museu Guggenheim Bilbao e ver as esculturas gigantes.
O que fazer em Bilbau: visitar o Museu Guggenheim Bilbao e ver as esculturas gigantes.
Puppy, uma escultura de um West Highland Terrier com 13 metros, totalmente revestido por flores e de autoria de Jeff Koons.
Puppy, uma escultura de um West Highland Terrier com 13 metros, totalmente revestido por flores e de autoria de Jeff Koons.
Tall Tree And The Eye, de autoria de Anish Kapoor.
Tall Tree And The Eye, de autoria de Anish Kapoor.
Escultura Tall Tree And The Eye, nas traseiras do Museu Guggenheim Bilbao.
Escultura Tall Tree And The Eye, nas traseiras do Museu Guggenheim Bilbao.

5. Visitar o Museu de Belas Artes de Bilbau

O Museu de Belas Artes de Bilbau é um dos mais importantes de Espanha, e tem uma vasta coleção que vai desde a Idade Média até à arte contemporânea.

Está localizado na zona mais recente de Bilbau e tem bons acessos, tanto a pé como de autocarro.

Em relação ao que esperar ao fazer uma visita ao Museu de Belas Artes de Bilbau, pode contar com uma coleção permanente com peças que datam do século XII, mas também obras do Renascimento, Barroco, Impressionismo, e até obras modernas e contemporâneas.

Portanto, é bastante extenso em termos de peças de arte expostas.

Assim, é possível ver de perto o trabalho de artistas como El Greco, Goya, Gauguin, e Bacon.

No final da visita, pode dedicar uns minutos a relaxar no café do museu, ou passar pela loja para comprar souvenirs de Bilbau, aliás, levar para casa um ou dois livros de arte é uma boa escolha, não acha?

Entrada para o Museu de Belas Artes.
Entrada para o Museu de Belas Artes.
Conhecer o Museu de Belas Artes em Bilbau.
Conhecer o Museu de Belas Artes em Bilbau.
Entrada para o Museu de Belas Artes de Bilbau.
Museu de Belas Artes de Bilbau.

6. Passear pelo Mercado de La Ribera (Erriberako Merkatua)

Dizem que o Mercado de La Ribera, é o maior mercado coberto da Europa!

Portanto, eu que adoro mercados, fiquei super entusiasmada com a visita ao Mercado da La Ribera até ao momento que entrei no recinto…

Isto porque uma grande parte do mercado está atualmente fechada. Os vitrais são muito bonitos e a zona da restauração está a funcionar.

Mas, estando eu a contar com “o maior mercado coberto da Europa”, pensei que fosse maior. Enfim, pode ser que tenha mais sorte do que eu.

Mesmo assim, recomendo que inclua uma visita ao Mercado de La Ribeira no seu roteiro em Bilbau, até porque tem bons restaurantes e o pessoal junta-se nas escadas do mercado para ver o por do sol.

👉 Dica extra: em frente ao Mercado de La Ribera, existem umas arcádias com os tetos pintados (Arcos de la Ribera). Acho que vale a pena atravessar a rua para ver estas obras de arte.

Entrada para o Mercado de La Ribera, em Bilbau.
Entrada para o Mercado de La Ribera, em Bilbau.
Vitrais coloridos no  Mercado de La Ribera.
Vitrais coloridos no Mercado de La Ribera.
Interior do Mercado de La Ribera.
Interior do Mercado de La Ribera.
Mapa do Mercado de La Ribera.
Mapa do Mercado de La Ribera.
Arcos de la Ribera.
Arcos de la Ribera.

7. Andar no Funicular de Artxanda

Andar no Funicular de Artxanda, em Bilbau, é uma experiência bastante popular, tanto para locais como para visitantes.

Isto porque a plataforma de observação está colocada a cerca de 250 metros, o que a transforma num excelente ponto para ver tanto a cidade e as montanhas.

O Funicular de Artxanda foi inaugurado em 1915 e, desde então, tem sido um meio de transporte popular.

A estação de partida fica no centro de Bilbau, perto da Ponte Zubizuri. O acesso é fácil de encontrar e a viagem até ao topo da colina dura cerca de três minutos.

Mesmo assim, e spesar de ser uma viagem curta, é suficiente para apreciar a vista.

No topo da colina de Artxanda, vai encontrar um miradouro, parques e áreas de lazer onde se pode relaxar e desfrutar da natureza.

Além disso, também existem restaurantes e cafés no topo da colina.

Funicular de Artxanda.
Funicular de Artxanda.

8. Relaxe no Parque de Doña Casilda Iturrizar

O Parque de Doña Casilda Iturrizar é um paraíso de tranquilidade no coração de Bilbau, aliás, nem parece que estamos no centro de uma cidade tão movimentada.

Ao caminhar nesta zona verde, pode contar em ver árvores centenárias, lagos com patos, fontes e jardins meticulosamente cuidados.

Além disos, se tiver sorte, pode ser que veja alguns pavões que vagueiam livremente pelos jardins.

Também é comum ver locais a praticar exercício físico.

Um dos lugares mais procurados no Parque de Doña Casilda Iturrizar é a Fuente cibernética, que é uma atração turística que combina água, luz e música.

Mas só está ativa em alguns períodos do dia, pelo recomendo que fique por lá verca de 30-45 minuntos, para que tenha a o possibilidade de ver as coreografias de água e luz.

Além dos espaços verdes, este parque também tem áreas dedicadas para as crianças, um café e uma biblioteca pública.

Mapa do Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Mapa do Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Descobrir os recantos do Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Descobrir os recantos do Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Refugio de patos no Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Refugio de patos no Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Fonte cibernética do Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Fonte cibernética do Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Lago no Parque de Doña Casilda Iturrizar.
Lago no Parque de Doña Casilda Iturrizar.

9. Visitar a Catedral de Santiago de Bilbau (Bilboko Donejakue Katedrala)

A Catedral de Santiago de Bilbau (Bilboko Donejakue Katedrala), também conhecida simpesmente por Catedral de Bibau, é uma das mais antigas igrejas da cidade.

É dedicada dedicada a Santiago Apóstolo, e a sua contrução remonta ao final do século XIV (concluída no século XVI), sendo que ao longo dos séculos, passou por várias obras de conservação. No entanto, menteve sempre a sua essência gótica.

Está localizada no coração do Casco Viejo, ou seja, no centro histórico da cidade, e vale mesmo a pena visitar!

Eu gostei particularmente de ver os vitrais coloridos e as imponentes colunas que suportam o peso do teto, mas no interior da catedral pode ver obras de arte sacra, incluindo esculturas, pinturas e retábulos.

Portanto, não se esqueça de colocar uma visita à Catedral de Bilbau na sua lista de coisas a ver em Bilbau.

Pórtico de entrada na Catedral de Santiago de Bilbau.
Pórtico de entrada na Catedral de Santiago de Bilbau.
Altar principal da Catedral de Santiago de Bilbau.
Altar principal da Catedral de Santiago de Bilbau.
Visitar a Catedral de Bilbau.
Visitar a Catedral de Bilbau.
Vitrais coloridos na Catedral de Santiago de Bilbau.
Vitrais coloridos na Catedral de Santiago de Bilbau.
Interior da Catedral de Santiago de Bilbau.
Interior da Catedral de Santiago de Bilbau.
Visitas guiadas à Catedral de Santiago de Bilbau.
Visitas guiadas à Catedral de Santiago de Bilbau.

10. Visitar o Museu Marítimo Ría de Bilbao (Itsasmuseum Bilbao)

Para quem quer conhecer melhor a história marítima e industrial de Bilbau, o Museu Marítimo Ría de Bilbao é uma paragem obrigatóris!

Isto porque, em nenhum outro lugar, vai ter acesso a informação e artefactos relacionados com o nascimento e desenvolvimento do setor portuário em Bilbau.

Eu gostei particularmente de ver a doca seca, bem como as correntes gigantes e âncoras dos navios.

Além disso de toda a história do lugar, este museu está localizado nas margens do rio Nervión, o que é uma razão extra para o incluir no seu roteiro em Bilbau.

Museu Marítimo Ría de Bilbao (Itsasmuseum Bilbao).
Museu Marítimo Ría de Bilbao (Itsasmuseum Bilbao).
Doca seca no Museu Marítimo Ría de Bilbao.
Doca seca no Museu Marítimo Ría de Bilbao.
Correntes e âncoras no Museu Marítimo de Bilbau.
Correntes e âncoras no Museu Marítimo de Bilbau.

11. Explorar o Alhóndiga Bilbao (Azkuna Zentroa)

O Alhóndiga Bilbao (Azkuna Zentroa) é um excelente exemplo das coisas boas que acontecem quando se reabilita um lugar cheio de história e o devolve à comunidade.

Isto porque este antigo armazém de vinho foi transformado num centro cultural multifuncional aberto a todos.

Ou seja, é possível ver exposições, ir ao cinema e até tem uma biblioteca.

Também tem (bons) restaurantes e cafés para passar um par de horas. Para mim, foi uma grata surpresa ver um lugar tão interessante em Bilbau.

Alhóndiga Bilbao.
Alhóndiga Bilbao.
Interior do centro Alhóndiga Bilbao.
Interior do centro Alhóndiga Bilbao.

12. Subir até à Basílica de Begoña

A Basílica de Begoña, ou Basílica de Nossa Senhora de Begoña e ainda Basílica de la Virgen de Begoña, é uma das igrejas mais bonitas de Bilbau.

É também, um lugar que nem todos os visitantes se aventuram, pois não fica no centro da cidade.

Eu percebo que com tantos lugares bonitos em Bilbau para ver no centro, a basílica possa parecer que não vale a pena, mas não podia estar mais longe da verdade.

Então, a igreja é bonita, mas o trajeto para lá chegar é ainda mais bonito. Portanto, se ficou assustado com os degraus, escolhar fazer a viagem até ao topo de umas das colinas em Bilbau de carro.

Eu subi e desci os degraus, mas se não quiser fazer o mesmo, apanha o elevador no centro da cidade. Acredite, vale mesmo a pena conhecer este importante local de peregrinação em Bilbau!

O que fazer em Bilbau: subir até à  Basílica de la Virgen de Begoña.
O que fazer em Bilbau: subir até à Basílica de la Virgen de Begoña.
Entrada para a Basílica de Begoña.
Entrada para a Basílica de Begoña.
Interior da Basílica de Begoña.
Interior da Basílica de Begoña.
Altar-mor da Basílica de Begoña.
Altar-mor da Basílica de Begoña.
Pormenor da arquitetura da Basílica de Begoña.
Pormenor da arquitetura da Basílica de Begoña.
Degraus para a Basílica de Begoña (também pode ir de carro).
Degraus para a Basílica de Begoña (também pode ir de carro).

13. Veja uma peça no Teatro Arriaga (Arriaga Antzokia)

A bem verdade, devo dizer que não tive oportunidade para ver nenhuma peça no Teatro Arriaga, mas fiquei com pena.

Isto porque, se a fachada do teatro é assim, já imaginou como é o interior?

Bem, eu gostaria de ter visto uma peça neste teatro neobarroco, que foi buscar inspiração na mítica Ópera de Paris, portanto, recomendo que o faça.

E depois conte-me como correu e se o meu feeling acerca do Teatro Arriaga está correto.

O que fazer em Bilbau: conhecer o Teatro Arriaga.
O que fazer em Bilbau: conhecer o Teatro Arriaga.
Escadarias em frente ao Teatro Arriaga.
Escadarias em frente ao Teatro Arriaga.

14. Passeie na Gran Vía de Don Diego López de Haro, melhor lugar em Bilbau para ir às compras

Apesar de não ser uma das atividades preferidas em viagem, reconheço a importância de saber quais são os melhores lugares para ir às compras.

Refiro-me não só a souvenirs, mas compras de roupa, joias, malas, chapéus e outras peças para levar para casa.

Assim, em Bilbau, a zona comercial por exelência é a Gran Vía de Don Diego López de Haro.

Ou seja, conte em ver nesta rua comprida muitas lojas e cafés.

Mas também pode apreciar os edifícios históricos, se não lhe apetecer fazer compras.

Gran Vía de Don Diego López de Haro.
Gran Vía de Don Diego López de Haro.
Fazer compras em Bilbau.
Fazer compras em Bilbau.

15. Explorar o Deusto, o bairro animado de Bilbau

Apesar de a maior parte dos visitantes se concentrar no centro histórico de Bilbau, existem outros bairros que valem muito a pena conhecer.

Um destes exemplos é o Deustro, um bairro jovem e cheio de animação.

Por ficar perto da universidade, vai encontrar muitos bares animados e um ambiente relaxado. Portanto, aqui fica a minha sugestão! Deixe o casco viejo de lado e vá até ao Deusto.

Caminhe até encontrar um lugar que lhe agrade e peça uma sidra.

Bairro Deusto, a zona universitária em Bilbau.
Bairro Deusto, a zona universitária em Bilbau.

Alojamento em Bilbau: Melhores Bairros para Procurar Hotel em Bilbau

Hotel Carlton em Bilbau.
Hotel Carlton em Bilbau.
Hotel Meliá Bilbao.
Hotel Meliá Bilbao.

Na altura de escolher alojamento em Bilbau, queria deixar-lhe algumas sugestões.

Assim, saiba que é perfeitamente possível caminhar de uma ponta à outra da cidade. Mas isso não quer dizer que seja rápido, já que falamos de uma distância considerável.

Outra informação relevante é que, apesar de a zona antiga ser muito interessante para os turistas, não existe muita oferta em termos de hotéis. E para que perceba como a cidade está organizada, aqui deixo um breve resumo:

  • Abando: Este é o centro comercial e financeiro de Bilbau. Fica próximo do Museu Guggenheim, ou seja, é ideal para quem quer estar no coração da cidade, com fácil acesso a lojas, restaurantes e transporte público.
  • Casco Viejo: O bairro antigo de Bilbau, onde estão os principais monumentos de Bilbau, bem como os bares e restaurantes tradicionais.
  • Deusto: Popular entre estudantes, por cauda da proximidade com a Universidade de Deusto. Tem um ambiente jovem, com muitos bares e cafés.

Portanto, para quem está à procura de um hotel com excelente localização e conforto, a minha recomendação é o Hotel Meliá Bilbao, um alojamento 5 estrelas numas das melhores zonas de Bilbau.

No entanto, caso pretenda uma opção mais económica, tanto o Hotel Ilunion Bilbao (3 estrelas) como o apartamento Bilbao Place acredito que são boas escolhas.

Por fim, se não gostou de nenhuma desta recomendações, sugiro que explore este mapa de Bilbau.

Tudo o que precisa saber antes de viajar para Bilbau

Ria do Nervión, em Bilbau.
Ria do Nervión, em Bilbau.
Igreja em Bilbau.
Igreja em Bilbau.
Zubizuri, ponte pedonal em Bilbau.
Zubizuri, ponte pedonal em Bilbau.
Torre Iberdrola.
Torre Iberdrola.
Lugares a visitar em Bilbau.
Lugares a visitar em Bilbau.
Fim de tarde em Bilbau.
Fim de tarde em Bilbau.

Quantos dias para ver Bilbau?

Como referi, eu fiquei três dias em Bibau e acho que é o tempo ideal para explorar a cidade com calma.

O que fazer em Bilbau 1 dia? Roteiro completo de manhã à noite.

Se tem apenas 24 horas para conhecer Bilbau, aqui deixo um roteiro para um dia bem passado. No entanto, com apenas 24 horas, não terá tempo para explorar os museus, como por exemplo o Museu Marítimo, o Guggenheim e o Museu de Belas Artes.

Ou seja, estes lugares terão de ficar para uma próxima viagem.

Assim, comece de manhã bem cedo com uma caminhada no Parque de Doña Casilda Iturrizar, continuando pela zona ribeirinha, entre do Museu Guggenheim Bilbao e o Casco Viejo. Aproveite para andar no Funicular de Artxanda e ter uma perspetiva da cidade.

Por esta altura deve estar na hora de almoço, pelo que o seu próximo destino deve ser o centro histórico e escolha um restaurante, de preferência com esplanda.

Entre na Catedral de Santiago de Bilbau e veja as principais atrações turísticas que referi neste artigo, como por exemplo: a Igreja de Santo Antão, o Farol de Artekale, as Escaleras de Solokoetxe, a Fuente de la Cruz, Joan Santuen eliza, Mallonako bidarriak, a Igreja de São Nicolau, o Teatro Arriaga e o Parque Arenal.

De tarde, recomendo que apanhe o metro para ver a Ponte de Biscaia, a ponte suspensa e Património da UNESCO. De volta a Bilbau suba as escadas até à Basílica de La Begoña para ganhar apetite para o jantar.

Regresse para o centro histórico a caminho do Mercado de La Ribera, onde poderá jantar enquanto vê o por do sol.

Qual é a melhor altura para visitar Bilbau?

Bilbau tem eventos a acontecer um pouco por todo o ano, mas aqui deixo informações sobre os mais conhecidos.

Assim, o BBK Live é um dos maiores festivais de música da Espanha e acontece em Bilbau em julho. Conte com um cartaz recheado de grandes nomes da música internacional.

Por outro lado, o Aste Nagusia, ou a Semana Grande de Bilbau, acontece todos os anos em agosto e é o maior festival de Bilbau. Tem a duração de nove dias e inclui música, dança, fogo de artifício e atividades culturais.

Por fim, se é como eu e adora Mercados de Natal, saiba que os Mercados de Natal de Bilbau estão na minha lista há algum tempo.

Eu viajei para Bilbau em julho e correu tudo muito bem.

Como ir do aeroporto para o centro de Bilbau?

A forma mais conveniente de ir do Aeroporto de Bilbau para o centro da cidade é de autocarro.

A paragem fica no exterior do aeroporto e o autocarro direto para o centro de Bilbau é o A3247. Conte com uma viagem de cerca 15 minutos e o bilhete custa 3 €.

No entanto, se estiver a viajar com muitas malas talvez seja uma boa ideia chamar um Uber e ir diretamente para o seu hotel.

Avião da Air Europa no Aeroporto de Bilbau.
Avião da Air Europa no Aeroporto de Bilbau.
Paragem de autocarros no Aeroporto de Bilbau.
Paragem de autocarros no Aeroporto de Bilbau.
Comprar bilhete de autocarro para ir do Aeroporto de Bilbau para o centro da cidade.
Comprar bilhete de autocarro para ir do Aeroporto de Bilbau para o centro da cidade.
Autocarro linha A3247 do Aeroporto de Bilbau para o centro da cidade.
Autocarro linha A3247 do Aeroporto de Bilbau para o centro da cidade.
Interior do autocarro do aeroporto para o centro de Bilbau.
Interior do autocarro do aeroporto para o centro de Bilbau.
Bilbao La Concordia Station.
Bilbao La Concordia Station.
Bilbao Intermodal.
Bilbao Intermodal.

Leia também:

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.