Browsing Tag

Portugal

2In Destinos

Até onde vai com 70 EUR? | Pitões da Júnias.

pitoes-das-junias

No início do mês de junho lançámos-lhe este desafio, até onde vai com 70 EUR? Como explicámos na altura, a ideia é desafiá-lo a viajar mais em Portugal. O primeiro desafio levou-nos ao Gerês, a Pitões das Júnias.

Esta pequena aldeia do concelho de Montalegre é uma das mais altas de Portugal. Além da aldeia em si, pode visitar a Cascata de Pitões, as ruínas do Mosteiro de Santa Maria da Júnias, a igreja de São Rosendo e as Capelas do Anjo da Guarda e de São João da Fraga.

pitoes-das-juniaspitoes-das-juniaspitoes-das-juniaspitoes-das-junias

Nós fomos a Pitões das Júnias no dia da Mãe, os rapazes decidiram oferecer-me o almoço e já há algum tempo que queria experimentar o cozido de Pitões de Júnias no Restaurante Dom Pedro Pitões. A particularidade deste prato é que os donos do restaurante criam os animais, portanto a qualidade das carnes utilizadas está assegurada.

O exterior e interior do restaurante estão decorados com artigos ligados à agricultura e ao campo como arados e potes de ferro. Estavam lá a almoçar vários grupos de espanhóis e tivemos de esperar algum tempo para termos mesa. O serviço além de demorado estava um bocadinho desorganizado pois algumas famílias estava à espera de mesa mas haviam mesas livres, só era preciso limpá-las.

Mas era domingo, nós estávamos bem dispostos e acredite que valeu a pena esperar. Quando nos sentámos trouxeram um cesto de pão que desapareceu num instante porque era muito bom. Pedimos outro cesto de pão. Os rapazes não apreciam o cozido e pediram bife que estava ÓTIMO! Sim, merece letras maiúsculas pois estava mesmo muito bom. Tenro, bem temperado e cozinhado na perfeição. A estrela do almoço para mim foi o cozido que estava perfeito. Como me tinham dito as carnes eram de excelente qualidade e para minha surpresa vinham acompanhadas de grelos.

restaurante-dom-pedro-pitoes-das-juniasrestaurante-dom-pedro-pitoes-das-junias

Depois do almoço visitámos a aldeia e depois fomos até à Cascata de Pitões. Pode levar o carro pois existe um parque de estacionamento perto do passadiço de madeira que o leva até ao miradouro onde pode ver a Cascata.

cascata-pitoes-juniascascata-pitoes-juniascascata-pitoes-junias

Dica extra: passe pela padaria e leve pão para casa. Acredite que nunca comeu um pão tão delicioso como aquele.

Diário de bordo:

Quilómetros percorridos: 330 KM.

Combustível + portagens: 35 EUR

Almoço: 35 EUR.

Total: 70 EUR.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

2In Destinos

Cinco dicas para aproveitar o verão (e o bom tempo em geral) quase sem gastar dinheiro!

por-do-sol

As suas férias já terminaram? Ainda não foi de férias? Mesmo assim quer aproveitar o verão?

Deixamos, então, cinco sugestões para que chegue ao outono com a impressão de que o verão foi aproveitado ao máximo!

Cinco dicas para a aproveitar o verão (e o bom tempo em geral) quase sem gastar dinheiro!

Beber uma bebida ao final do dia num bar ou esplanada.

No final do dia de trabalho  precisa mesmo de ir a correr para casa? Pelo menos uma vez avise em casa que vai chegar mais tarde e combine uma saída com amigos. Os amigos estão ocupados? Vá sozinho, sente-se numa esplanada e desfrute da ocasião. Ou então leve a família consigo e desfrute na mesma da ocasião.

Fazer uma caminhada.

No final do jantar desligue a televisão, calce as sapatilhas, saia de casa e percorra a sua cidade a pé. Vai ver que dorme melhor e acorda de manhã com mais energia.

parque-donana-espanha

Shinrin-yoku.

Já ouviu falar da medicina de estar simplesmente na floresta. E de banhos de floresta? Vá em grupo ou sozinho e beneficie da terapia de inspiração japonesa com um número crescente de adeptos em Portugal. O contacto com a natureza só lhe faz bem. Mais informações aqui e aqui.

14988483946fa4f873f06577453e8a1153b2727542

 

Observar o pôr-do-sol.

Ou o nascer do sol de for madrugador. Procure um local tranquilo e boa companhia. Observe o momento e relaxe.

por-do-sol

Fazer um piquenique.

Os restaurantes da moda tendem a ser dispendiosos e dificilmente se divertirá se gastar mais do que devia. Que tal fazer um piquenique? Um lanche caseiro, saudável e económico é uma excelente opção para aproveitar melhor os dias quentes de verão que se aproximam.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. temos todo o gosto em ajudar!

 

 

0In Destinos

Cerdeira | Aldeia do Xisto

cerdeira-aldeias-do-xisto

Quando chegámos à aldeia de Cerdeira a primeira coisa que notámos foi que as casas foram recuperadas com grande cuidado. Dá gosto explorar uma aldeia que está habitada e cujos habitantes espreitam da janela enquanto passamos entretidos a tirar fotografias.

À semelhança das restantes Aldeias do Xisto que já visitámos, a Cerdeira é pequena  e não precisa de muito tempo para a explorar.

Deixámos o carro estacionado junto à Capela Nossa Senhora de Fátima e fizemos o percurso até à aldeia a pé.

cerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xistocerdeira-aldeias-do-xisto

Se tiver tempo, dedique meia hora a descer a ravina até à Ribeira da Cerdeira. E já sabe, as Aldeias do Xisto estão ligadas por percursos pedonais que atravessam a serra. Da Cerdeira pode ir até ao Candal num trilho de 2,8 quilómetros.

PR3-LSA-cerdeira-ate-candal

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe uma mensagem, temos todo o gosto em ajudar!

4In Destinos

Candal | Aldeia do Xisto

candal-aldeias-do-xisto

Talvez não se recordem mas no dia em que fizemos este roteiro pelas Aldeias do Xisto na Serra da Lousã estava mau tempo. Para nosso azar não conseguimos visitar a aldeia do Candal convenientemente porque estava a chover. Vendo bem, até tivemos sorte pois conseguimos explorar quatro aldeias apenas Candal ficou visto pela rama.

Sabem o que isto significa? Que vamos ter de voltar a esta aldeia, para subirmos a encosta e passearmos pelo meio das casas de xisto. Vimos perto da estrada uma esplanada bem simpática, deve ser agradável estar sentada naquele lugar e contemplar a vista.

Infelizmente não posso dizer-lhe o que visitar no Candal porque não vimos quase nada mas pode consultar a informação oficial disponível aqui.

Quando vi a aldeia lembrei-me do Piódão porque as duas aldeias estão situadas numa encosta e a disposição das casas é semelhante. Além disso, costuma estar a chover quando visitamos o Piódão!

candal-aldeias-do-xistocandal-aldeias-do-xistocandal-aldeias-do-xisto

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

3In Destinos

Talasnal | Montanhas de Amor

talasnal-aldeias-do-xisto

talasnal-aldeias-do-xisto

Para uma aldeia em plena Serra da Lousã, o Talasnal oferece alguma variedade em termos de comércio tradicional. Na entrada da aldeia, junto ao local onde pode fazer inversão de marcha ou estacionar o carro, existe uma pequena praça com uma loja de artesanato, o Bar Talasnal e uma escadas junto ao tanque que dão acesso à restante aldeia.

talasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xisto-bar-o-curraltalasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xisto

Quando estivemos no Talasnal tinha chovido recentemente pelo que se notava bastante o cheiro a terra molhada. O passeio aguçou-nos o apetite e sentámo-nos à mesa na companhia dos produtos da região: queijos, javali, enchidos e legumes.

talasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xistotalasnal-aldeias-do-xisto

O Bar Talasnal tem dois pisos, o inferior é bastante pequeno mas no primeiro andar existe um espeço ligeiramente maior. Da pequena janela avista-se a Serra da Lousã. Dizem que aqui perto existem veados, corsos e javalis.

talasnal-aldeias-do-xisto

Se pretender pernoitar na aldeia tem à disposição vários estabelecimentos de Alojamento local e tem também o restaurante Ti Lena que costuma ter boas referências.

Pode ver as Aldeias do Xisto que já visitámos aqui.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

2In Destinos

Casal Novo | Aldeias do Xisto

casal-novo-aldeias-do-xisto

Quem circula na estrada em direção ao Talasnal pode não perceber que está a passar ao lado de uma Aldeia do Xisto. O Casal Novo está quase escondido, só se estiver com atenção é que vê do lado direito a aldeia. Nós sabíamos ao que vínhamos, pelo que quando vimos a placa que dizia “Casal Novo” estacionámos o carro e partimos à aventura.

casal-novo-aldeias-do-xisto

O tamanho reduzido da aldeia é altamente compensado pela simpatia dos residentes. No Chiqueiro não vimos ninguém e não me pareceu que morassem pessoas na aldeia.

Mas no Casal Novo fomos primeiro surpreendidos por um cão que assustou o nosso filho. É claro que o animal não nos fez mal nenhum e só queria brincar mas logo a seguir a este episódio apareceu o dono do cão que ficou a conversar connosco. A conversa foi interrompida pela chuva que não se fez de rogada e encharcou-nos nos curtos metros que percorremos até ao carro. Para a próxima não nos podemos esquecer do guarda-chuva.

casal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xistocasal-novo-aldeias-do-xisto

Pode ver as Aldeias do Xisto que já visitámos aqui.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

6In Destinos

Chiqueiro | Aldeia do Xisto na Lousã

chiqueiro-aldeias-do-xisto

A Aldeia de Chiqueiro fica localizada na Serra da Lousã. É uma aldeia muito pequena e não vimos ninguém enquanto lá estivemos. Deixámos o carro estacionado à entrada da aldeia e descemos as escadas a pé. Do lado direito vimos a Capela de Nossa Senhora da Guia que estava fechada. Continuamos a descer e sem darmos conta tínhamos chegado ao final da aldeia.

chiqueiro-aldeias-do-xistochiqueiro-aldeias-do-xistochiqueiro-aldeias-do-xistochiqueiro-aldeias-do-xistochiqueiro-aldeias-do-xistochiqueiro-aldeias-do-xisto

Os adeptos de caminhadas podem fazer os trilhos até ao Casal Novo e Talasnal.

chiqueiro-aldeias-do-xisto

Pode ver as Aldeias do Xisto que já visitámos aqui.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

0In Destinos

Aldeias do Xisto |roteiro para um dia na Serra da Lousã: Chiqueiro, Casal Novo, Talasnal, Candal e Cerdeira.

aldeias-do-xisto

A Serra da Lousã continua a surpreender-nos. Desta vez visitámos cinco Aldeias do Xisto e apesar de inicialmente acharmos que eram demasiadas aldeias para um único passeio, a verdade é que conseguimos visitar o que queríamos. Só não conseguimos explorar convenientemente a aldeia do Candal por causa da chuva. Precisamos de uma desculpa para regressar à Lousã, certo? Ora aqui a nossa desculpa para a próxima viagem à Lousã!

Se quiser fazer o mesmo percurso que nós fizemos aqui deixamos o nosso roteiro:

Saímos do Porto pela A1, depois pela A13 na zona de Coimbra e finalmente pela N342 em direção à Aldeia de Chiqueiro. Demorou-nos pouco mais de duas horas a chegar ao primeiro destino.

Chiqueiro

chiqueiro-aldeias-do-xisto

Um quilómetro mais à frente está a Aldeia de Casal Novo.

Casal Novo

casal-novo-aldeias-do-xisto

Percorremos cerca de dois quilómetros e meio e chegámos ao Talasnal, onde aproveitámos para almoçar.

Talasnal

talasnal-aldeias-do-xisto

Quando saímos do Talasnal começou a chover. E continuou a chover enquanto percorremos os cerca de nove quilómetros até ao Candal.

Candal

candal-aldeias-do-xisto

Só nos faltava uma paragem, a Aldeia de Cerdeira. Felizmente a chuva parou e conseguimos explorar Cerdeira à vontade.

Cerdeira

cerdeira-aldeias-do-xisto

Interessa-se pelas Aldeias do Xisto? Nós estamos decididos a visitar as vinte e quatro Aldeias do Xisto de Portugal. Quer saber quais já visitámos? Veja aqui.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

2In Destinos

10 sugestões para aproveitar os feriados que se aproximam

dez-sugestoes-para-viagens

Aproximam-se dois feriados, o 25 de abril e 01 de maio. Já tem alguma viagem planeada? Se sim, ótimo! Se não, deixamos algumas sugestões de sítios para visitar em Portugal e Espanha. Não ficará em casa por falta de ideias!

Em Portugal

Badoca Safari Park – Alentejo

O Badoca Safari Park situa-se na Herdade da Badoca, em Vila Nova Santo André. No site é possível encontrar entre outras informações o horário de funcionamento e tabela de preços.

Tivemos oportunidade de visitar o parque por duas vezes, uma com o nosso filho mais velho ainda criança e uns anos mais tarde com os dois rapazes. Notámos que o parque tem evoluído, a diversidade de animais tem vindo a aumentar e é um ótimo passeio para um feriado ou fim de semana.

badoca-park-alentejo

Serra do Buçaco

Se gosta de natureza a Serra do Buçaco é perfeita para si. Tem trilhos pedestres para se aventurar, nascentes e lagos. Pode ver o nosso roteiro aqui.

Serra-do-busçaco
Serra da Estrela

A Serra da Estrela tem algo de novo a oferecer em cada estação do ano. Sejam as flores silvestres na primavera, paisagens verdejantes no verão, tons de castanho no outono e a neve no inverno. Temos alguns posts no blogue acerca da Serra da Estrela se precisa de reavivar a memória. O que há a não gostar?

torre-serra-da-estrela

Parque Nacional Peneda-Gerês

Nós somos visitantes assíduos do Gerês e ainda não nos fartámos. Os minhotos adoram falar com visitantes e nós aproveitamos as dicas deles para conhecer alguma coisa nova. E a comida tem um sabor especial. Tem dicas e um roteiro para três dias aqui.  e aqui.

cascata-de-pincaes-geres

Serra da Freita

Estivemos recentemente na Serra da Freita e adorámos. Gosta de vida rural e contacto com a natureza? Este passeio é perfeito para si! Há muito para explorar, não se contente apenas com o roteiro que descrevemos aqui no blogue. Algumas dicas aqui.

Serra-da-freita-arouca

Cruzeiro no Douro

Precisa tranquilidade? Que tal deixar o rebuliço da cidade do Porto e subir o rio Douro a bordo de um cruzeiro? Observar o barco a deslizar pelas águas calmas do rio Douro e observar as vinhas nos socalcos não lhe pode fazer mal!

cruzeiro-no-rio-douro-portugal

Em Espanha

Corunha

Não é certamente uma escolha óbvia, mas a Corunha tem o tamanho perfeito para uma escapadinha de poucos dias. Pode visitar a Torre de Hércules e deambular pelo centro histórico. Uma pausa na praça Maria Pita é aconselhável, assim como um passeio à beira mar. Os restaurantes oferecem várias opções para degustar polvo e marisco, aproveite!

corunha-espanha

Covadonga – Picos da Europa

Já ouviu falar em Covadonga? Se nunca ouviu falar em Pelayo e da batalha de Covadonga tem uma razão extra para organizar uma viagem aos Picos da Europa.

covadonga-picos-da-europa-espanha

Madrid

A capital espanhola está muito perto de Portugal, portanto parece-nos uma excelente opção para uma escapadinha nos feriados. O que visitar? Tanta coisa… o Parque do Retiro, a Puerta del Sol, o Palácio Real, a Catedral de Almudena, a Plaza Maior, o Museu do Prado, a Puerta de Alcalá, só para nomear alguns.

paque-el-retiro-madrid

Ávila

Se não lhe interessa a movida madrilena, que tal visitar a cidade muralhada de Ávila? Não perca uma visita à catedral.

avila-espanha

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

4In Destinos

Benfeita, a Aldeia [branca] do Xisto.

Chegámos a Benfeita poucos minutos antes de anoitecer. Antes tínhamos estado no Piódão e na Fraga da Pena.

Portanto, não tínhamos tempo para percorrer o PR1 AGN – Caminho do Xisto de Benfeita, que fazia parte dos nossos planos.

O percurso estende-se por 10,4 km, se estiver interessado pode encontrar aqui mais informações.

As marcas dos fogos florestais do ano passado são muito visíveis e como tínhamos atravessado a luxuriante Mata da Margaraça foi difícil não ficarmos dececionados com o que vimos na Benfeita. Acho que temos de deixar o tempo passar para que a floresta floresça.

Situada no concelho de Arganil, Benfeita é uma das 24 Aldeias do Xisto.

Benfeita-aldeia-do-xistoBenfeita-aldeia-do-xistoBenfeita-aldeia-do-xisto

Benfeita-aldeia-do-xisto

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

9In Destinos

Fraga da Pena, uma pérola escondida na Mata da Margaraça.

A Fraga da Pena está inserida na Serra do Açor, perto da aldeia de Pardieiros, concelho de Arganil, distrito de Coimbra.

Saímos do Piódão a seguir ao almoço empenhados em visitar a Fraga da Pena e depois a Aldeia do Xisto Benfeita.

Pela M508 e depois pela N344 chegámos a Monte Frio, onde virámos à esquerda em direção à Mata da Margaraça. Parámos algumas vezes porque a paisagem é muito bonita.

fraga-da-pena

fraga-da-penafraga-da-pena

Depois de passarmos pela a aldeia de Pardieiros a estrada leva-nos à Fraga da Pena. Existe um parque de estacionamento pequeno logo a seguir à curva onde uma placa indica “Fraga da Pena”.

fraga-da-penafraga-da-penafraga-da-penafraga-da-penafraga-da-pena

Estacionámos o caro e percorremos a pé o curto trajeto até à cascata. O conjunto de quedas de água esconde-se num cenário idílico de onde não queremos sair.

1521578074285aff3985368ab465e5769865f6ab711521578176fa8fc0b27b739309c702d2ebc9be0a4c

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe uma mensagem. Temos todo o gosto em ajudar!

10In Destinos

Piódão, Foz de Égua e Chãs de Égua – roteiro para um dia.

Situado em plena Serra do Açor, o Piódão é uma das 12 Aldeias Histórias de Portugal.

piodaopiodaopiodaopiodaopiodaopiodaopiodaopiodaopiodao

As casas de paredes de xisto, telhados de lousa e portas e janelas pintadas de azul são bem conhecidas. O que talvez não saiba é que a poucos quilómetros daqui existem duas aldeias igualmente pitorescas e que merecem a sua visita. Refiro-me a Foz de Égua e Chãs de Égua.

O trajeto pode ser feito de carro mas se tiver tempo percorra-o a pé. Sugerimos que estacione o carro na praça de Piódão, desça até Foz de Égua, suba até Chãs de Égua e regresse ao Piódão para uma refeição ligeira ou reforçada conforme lhe aprouver.

Foz de Égua:

Foz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodaoFoz-de-egua-piodao

Chãs de Égua:

Chãs-de-ÉguaChãs-de-Égua

São 12 quilómetros de caminhada fácil pela estrada ou, melhor ainda, aventure-se pelos trilhos pedestres que ligam estas aldeias.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

7In Destinos

Pedras parideiras, um fenónemo geológico raro!

pedras-parideiras-arouca

Pedras parideiras” foi o nome que os habitantes da aldeia da Castanheira deram ao fenómeno de pedras que “dão à luz” outras pedras. Para que perceba, e de uma forma simplificada, pequenos nódulos desprendem-se da rocha mãe, dando a impressão que estão a nascer novas pedras.

pedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-arouca

pedras-parideiras-arouca

pedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-arouca

Um momento engraçado aconteceu quando o sítio foi invadido por vacas que se se recolhiam ao final do dia.

pedras-parideiras-aroucapedras-parideiras-arouca

Além da Serra da Freita o fenómeno apenas é conhecido na Rússia. Se o assunto lhe interessa, pode visitar a Casa das Pedras Parideiras e, quem sabe, marcar uma visita guiada aqui.

Veja o nosso roteiro para um dia na Serra da Freita aqui.

0In Restaurantes

Mira Freita | dica de restaurante na Serra da Freita

Almoçámos no Restaurante Mira Freita num domingo a horas pouco decentes. Não sei precisar a hora mas já devia passar das três da tarde porque entrámos a medo no restaurante e perguntámos se ainda nos podiam atender. O senhor que nos recebeu disse que sim, mas foi visível o embaraço.

felgueira-serra-de-freitarestaurante-mira-freita-serra-da-freitarestaurante-mira-freita-serra-da-freitarestaurante-mira-freita-serra-da-freitarestaurante-mira-freita-serra-da-freita

Para infelicidade nossa já não haviam pratos de forno, portanto cabrito ou vitela estavam fora de hipótese. Escolhemos churrasco que veio acompanhado de arroz, batatas fritas e salada. As carnes estavam saborosas e bem cozinhadas. Por vezes o churrasco tende a ficar seco mas o que nos serviram estava no ponto certo.

restaurante-mira-freita-serra-da-freita

Enquanto esperávamos pelo almoço serviram-nos um prato de rojões que estavam tão bons que se não fosse a nossa vergonha em pedir, tínhamos desistido do churrasco e ficávamos apenas pelas entradas, reforçadas é claro!

15201906249cbb84c6183c30a365439ed7e60b2fd6.jpg

O Restaurante Mira Freita fica situado na Rua da Freita, n.º 306 , Felgueira – Arões, Vale de Cambra, a cerca de 7 kms da Frecha da Mizarela.

Veja o nosso roteiro para um dia na Serra da Freita aqui.

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

6In Destinos

Frecha da Mizarela – descida só para aventureiros!

Localizada no concelho de Arouca, a cascata da Frecha da Mizarela é uma queda de água com cerca de 75 metros, o que a torna a mais alta de Portugal continental.

frecha-da-mirazela

O nosso passeio pedestre começou junto ao miradouro, onde estacionámos o carro. Os primeiros metros da descida são fáceis. O trilho é estreito mas está bem sinalizado. A dificuldade aumenta poucos minutos depois porque o declive é acentuado.

frecha-da-mirazelafrecha-da-mirazelafrecha-da-mirazela

Subimos pedregulhos, passámos por baixo de troncos de árvores caídos, tivemos de nos desviar de arbustos que picam e muitas vezes parámos para decidir qual o melhor trajeto. Mesmo assim, podemos dizer que tivemos sorte porque a montanha abrigava o trilho do vento frio e as rochas não estavam escorregadias.

frecha-da-mirazela

A descida demorou-nos mais de uma hora e a subida apenas trinta minutos. Acho que a fome nos deu um empurrão para subirmos mais depressa!

frecha-da-mirazelafrecha-da-mirazela

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

2In Destinos

Serra da Freita – roteiro de um dia no concelho de Arouca

Roteiro para um dia na Serra da Freita: Porto – Frecha da Mizarela – Centro de Interpretação das Pedras Parideiras – Drave – Porto.

serra-da-freita-roteiro-de-um-dia-no-concelho-de-arouca

Saímos do Porto em direção a Arouca pela A1 e depois pela A32. Cerca de 1 hora depois chegámos ao miradouro da Frecha da Mizarela. Estacionámos o carro e descemos pela encosta até à cascata.

serra-da-freitaserra-da-freitafrecha-da-mizarelafrecha-da-mizarela

Inicialmente tínhamos previsto ir almoçar a Alvarega, mas não estávamos a contar que a descida e subida da encosta demorasse tanto tempo. Tivemos de arranjar uma alternativa. Indicaram-nos o Restaurante Mira Freita na freguesia de Arões. No próximo post falaremos da nossa experiência.

Restaurante-mira-freita

Depois do almoço dirigimo-nos ao Centro de Interpretação das Pedras Parideiras pela M621.

pedras-parideiraspedras-parideiraspedras-parideiras

A última visita prevista do dia era a Aldeia de Drave. O GPS indicava uma viagem de cerca de 1 hora e apesar de a tarde já estar avançada, decidimos ir a Drave. Atravessámos montes, parques eólicos e vimos aldeias isoladas na Serra da Arada.

Serra-da-aradaSerra-da-aradacandal-serra-da-arada

Acho que estávamos demasiado confiantes e nos esquecemos de que no inverno anoitece cedo. O sol estava a desaparecer quando estacionámos o carro junto da tabuleta que indicava “Gourim Drave”.

aldeia-de-drave

A partir daí o percurso só poderia ser feito de TT (que não temos) ou a pé (não tínhamos tempo antes de a noite chegar). Estávamos no meio da serra, sem iluminação pública, a estrada cheia de buracos e estava um frio de rachar fora do carro. Achámos melhor dar a aventura por terminada e regressar a casa.

aldeia-de-dravealdeia-de-drave

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!

2In Restaurantes

Braseirão do Minho | dica de restaurante em Vila Nova de Cerveira

Por esta altura já não deve ser segredo para ninguém que nós somos apreciadores de boa comida. Aliás, nas nossas viagens, até podemos não saber muito bem o que vamos visitar mas levamos sempre uma lista com vários restaurantes para experimentar.

Felizmente vivemos num país farto de bons restaurantes, daqueles que não nos importamos de fazer uma viagem de algumas horas porque temos a certeza que vamos ser bem servidos. O Restaurante Braseirão do Minho entrou para essa categoria!

restaurante-braseirão-do-minho

Telefonámos a reservar mesa e à hora marcada estávamos a entrar no restaurante. Fomos os primeiros a ser atendidos. Uma sala ampla, aliás, várias salas com grandes janelas a deixarem a luz entrar. O buffet de sobremesas chamou-nos logo a atenção mas como exageramos na comida que pedimos acabámos por não experimentar nenhum docinho.

Enquanto analisávamos o menu foram servidas azeitonas, manteiga e pão. Escolhemos rojões de entrada e quatro pratos principais diferentes.

O nosso filho mais novo comeu bife de peru panado que, na minha opinião, estava demasiado elaborado para um menu infantil. Misturaram amêndoas laminadas ao pão ralado e, claro, tive de as retirar porque o miúdo não lhes achou piada.

restaurante-braseirão-do-minho

O nosso filho mais velho escolheu picanha. A meia dose pedida era gigante e foi alegremente partilhada por todos na mesa.

restaurante-braseirão-do-minho

Os adultos escolheram javali e posta de vitela e ambos os pratos estavam muito saborosos.

restaurante-braseirão-do-minhorestaurante-braseirão-do-minho

Sabemos que é feio cobiçar comida alheia mas… quando estávamos a sair, vimos um prato de polvo que nos encheu o olho. Pedaços gordos amontoados num prato com qualquer coisa por baixo que, muito sinceramente não me lembro o que era porque os meus olhos fixaram-se apenas no polvo. Já temos desculpa para visitar novamente Vila Nova de Cerveira!

 

Já sabe o que visitar em Vila Nova de Cerveira? Veja o nosso post 🙂

Tem dicas de restaurantes para partilhar? Por favor deixe um comentário, nós agradecemos e quem lê o blogue tem acesso a mais informação.

6In Destinos

Vila Nova de Cerveira & Caminha – um dia por terras minhotas.

Enquanto percorríamos a A28 em direção à fronteira espanhola lançámos um desafio aos nossos filhos. Eles deveriam procurar no horizonte um animal e o primeiro a encontrá-lo ganharia o desafio. Não sabiam a qual animal nos estávamos a referir mas a caça ao tesouro manteve-os ocupados até chegarmos a Vila Nova de Cerveira.

Vila-nova-de-cerveiraVila-nova-de-cerveira

A vila minhota até pode ser pequena, o centro visita-se em poucas horas, mas há muito que ver nas redondezas.

Vila-nova-de-cerveira

Aquamuseu do Rio Minho
Capela Nossa Senhora da Ajuda
Capela S. Sebastião
Castelo de Vila Nova de Cerveira
Cervo
Convento de SanPayo
Cruzeiro
Forte da Atalaia, século XVII
Forte de Lovelhe
Heróis da Guerra Peninsular
Igreja Matriz
Outeiro da Forca
Pelourinho
Vila Romana
Solar dos Castros

A meio do passeio as placas do Caminho de Santiago lembraram-nos do projeto que temos para o ano que vem. Queremos percorrer o Caminho de Santiago a pé, sozinhos. Para isso temos de deixar os nossos filhos com os avós, não me parece viável fazer o percurso com uma criança de 6 anos nem levar um filho e deixar o outro.

caminho-de-santiago-Vila-nova-de-cerveiracaminho-de-santiago-Vila-nova-de-cerveira

Saímos do centro da vila e pela EN13 chegámos ao restaurante Braseirão do Minho onde almoçámos. No próximo post falaremos deste restaurante que se revelou uma excelente escolha!

restaurante-braseirão-do-minho

De tarde regressámos a Vila Nova de Cerveira e contemplámos o rio Minho desde a Capela Nossa Senhora da Encarnação.

vila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveira

Continuámos pela Estrada da Senhora da Encarnação até ao miradouro do cervo. A escultura é de autoria de José Rodrigues.

vila-nova-de-cerveira

Antes de nos despedirmos de Vila Nova de Cerveira ainda fomos ao Mirador Porta do Ceo.

vila-nova-de-cerveiravila-nova-de-cerveira

O dia foi muito agradável. Recordámos sítios que tínhamos visitado quase 20 antes, replicámos fotografias que tínhamos tirado a dois enquanto namorados e agora a quatro com os nossos filhos. Antes de regressarmos a casa ainda passámos por Caminha e terminámos o dia com o por do sol na praia.

caminha-portugalcaminhacaminha

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!