O que fazer em Tetuão (Marrocos): ver a Medina de Tétouan 2024

Tetuão Marrocos
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 25, 2024

Tetuão, Tetuán (em castelhano) ou Tétouan (em francês) é uma cidade Património da UNESCO localizada no Norte de Marrocos. Aliás, a proximidade a Tarifa, em Espanha, faz com que seja muito fácil de visitar num tour de um dia. Foi isso que fiz, mas arrependi-me, já que a cidade é incrível e gostaria de ter conhecido com mais tempo.

Percebi, por exemplo, que o facto de Tetuão ter tantas semelhanças com a Andaluzia tem que ver com o facto de que depois da reconquista cristão, foram os homens andaluzes que reconstruíram a cidade.

Portanto, reuni neste artigo sugestões de o que fazer em Tetuão num dia e conto como foi a minha experiência.

O que fazer e visitar em Tetuão Marrocos

Descobrir a Medina de Tétouan

Sabia que medina em árabe significa cidade muralhada? Pois bem, a Medina de Tétuão é a área da cidade antiga que fica dentro das muralhas.

E a Medina de Tétouan (antiga Titawin) é realmente bonita, aliás, está classificada como Património Mundial da UNESCO.

As casas tradicionais são branca, baixas e com terraços no telhado. O piso térreo é habitualmente dedicado ao comércio, ou seja, é uma loja, e no de cima vive a família.

Existem muitos artesãos que mostram os seus trabalhos, como por exemplo tecelões, joalheiros ou peleiros.

Aliás, de aprecia joias o melhor lugar para escolher pequenas preciosidades é no bairro judeu de Mellah.

Comprar tapetes marroquinos

Até pode não comprar, mas a experiência de entrar numa loja de tapetes marroquinos é inesquecível!

Funciona mais ou menos assim: o dono da loja de tapetes pede aos visitantes para se sentarem e oferece-lhes um chá de menta quente bem doce.

Depois começam a desenrolar os tapetes à sua frente, uns a seguir aos outros e contam curiosidades acerca das cores, dos designs, dos artesãos, enfim, monta-se um espetáculo com direito a salamaleques que terminam, no inevitável convite à compra.

Perguntam qual gostou mais, dizem quanto custa e a negociação parte daí. É de bom tom negociar o preço, sendo que o habitual é quem compra oferecer menos de metade do que eles pediram.

Provar a culinária marroquina

Eu adoro os sabores da culinária marroquina!

Acho simplesmente brilhante o formato das tagines que permitem que os sucos dos alimentos caiam novamente sobre os mesmo, reforçando o seu sabor, bem como a combinação de especiarias que transforma completamente o sabor neutro do cuscuz. Adoro, adoro, adoro!

Como só estive em Tetuão um dia não tenho sugestões de restaurantes para lhe dar, mas fiquei com a ideia de que os preços são aceitáveis e que preparam comida menos condimentada para quem pedir.

Eu estava em família e eles arranjaram uma espetada grelhada com batatas fritas para o meu filho pequeno.

A minha experiência em Tetuão

Sempre que possível combinamos destinos para que o custo da deslocação fique um pouco diluído.

Assim, aproveitámos que estávamos no sul de Espanha para fazer uma visita rápida a Marrocos.

Saímos de Tarifa bem cedo, percorremos o estreito de Gibraltar e desembarcámos em Ceuta.

No porto de Ceuta estava à nossa espera o Sr. Hassan, guia marroquino contratado por uma empresa em Tarifa que nos ia acompanhar nesse dia.

Depois dos procedimentos legais para atravessar a fronteira, fizemos o percurso até Tetuan.

Em Tetuan visitámos a Medina, subimos ao telhado de uma loja de tapetes e almoçámos num restaurante local.

O Souk é semelhante a outros que visitámos noutros sítios: ruas estreitas e muito movimentadas, as bancas das lojas repletas que tudo e mais alguma coisa, os vendedores simpáticos que tentam vender os produtos.

Na loja de tapetes ofereceram-nos chá e mostraram-nos os tapetes. No entanto, não nos sentimos pressionados a comprar e regressámos a casa com duas peças na bagagem.

O almoço de cuscuz com frango e vegetais foi acompanhado por música típica ao vivo, o que enriqueceu a experiência por terras marroquinas.

Antes de terminar, devo dizer que fiquei com vontade de regressar a Marrocos, desta vez por mais tempo.

Tudo o que precisa saber antes de viajar para Tétouan (para não cometer os mesmos erros que eu!)

Quantos dias para visitar Tétouan, no Norte de Marrocos?

Eu visitei Tetuão em um dia, e apesar de ser possível ver as principais atrações turísticas neste tempo, recomendo que fique entre 2-3 dias na cidade.

Falam inglês na Medina de Tétouan?

As língua oficiais em Marrocos são o árabe e o amazigue, e as línguas secundárias são o árabe marroquino, o árabe hassani, o espanhol, o francês e ainda línguas berberes.

Ou seja, de uma forma genérica, é mais fácil em Marrocos falar espanhol e francês do que inglês.

Além disso, pelas conversas que tive com o guia que acompanhou o grupo, não é fácil a comunicação em inglês mesmo nas zonas mais turísticas.

Por isso, talvez seja boa ideia andar com o telemóvel com bastante bateria e recorrer a tradutores automáticos como o tradutor do google.

O cartão Revolut funciona em Marrocos?

Pela minha experiência o cartão Revolut funciona em Marrocos, mas nem sempre. Assim, para levantar dinheiro nas caixas ATM, fui a duas e só na segunda é que consegui levantar.

Não sei se o problema era do cartão ou da caixa de multibanco, mas fica aqui o aviso.

Além disso, nas lojas pediam quase sempre para pagar em dinheiro. Aliás, preferiam receber em EUR do que em dinares, com a taxa de câmbio a favor deles, é claro. Como fiquei pouco tempo em Marrocos não precisei de levantar mais dinheiro.

Leia também

Por fim, está a pensar visitar Marrocos? Então, nesse caso tomamos a liberdade de sugerir que leia os seguintes artigos:

  • Tânger: o que visitar e fazer no Norte de Marrocos!

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter.

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

Uma resposta

  1. Estuvimos en Chefchaouen hace poco y pasamos por alto Tetúan por falta de tiempo, pero después de ver vuestras fotos nos lo apuntamos para una próxima visita a Marruecos!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.