Browsing Tag

Serra da Estrela

0In Destinos

Cabeça Aldeia Natal | Seia, Serra da Estrela

Cabeça Aldeia Natal

A iniciativa Cabeça Aldeia Natal já vai na quinta edição mas o passaporte no bolso apenas este ano teve oportunidade de a visitar. Encontrámos tudo aquilo que estávamos à espera e muito mais! Cabeça é o nome da aldeia do distrito de Seia que serve de palco a esta iniciativa. A particularidade deste evento é que as decorações de Natal que adornam as ruas e praças da aldeia são construídas pelos próprios habitantes com recurso a desperdícios provenientes da serra. Sem dúvida que Cabeça Aldeia Natal merece a sua visita!

Cabeça Aldeia Natal

Cabeça Aldeia Natal

Como chegar

Nós viajámos do Porto e o percurso que escolhemos foi o seguinte: Seguimos pela A1 no sentido Sul até ao IP3 em direção a Viseu. Depois continuámos até à saída de Nelas e a seguir a Nelas continuamos pela N231 em direção a Seia e continue até encontrar a sinalização de Cabeça.

Se viajar de Lisboa siga pela A1 no sentido Norte até ao IP3 no sentido Viseu e depois só precisa seguir as indicações que fornecemos no trajeto com origem no Porto.

Cabeça Aldeia Natal

Programa (dias 5 e 6 de janeiro) *

Dia 05 janeiro | Sábado 

14h00_Abertura do Mercado de Natal 15h00_Presépio Vivo

15h30_”Estotuna D’Espital” (Tuna da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital-IPC)

17h00_A Magia da Iluminação de Natal – Acender das Luzes

Dia 06 janeiro | domingo

14h00_Abertura do Mercado de Natal

15h00_Presépio Vivo

15h15_Concerto com o Grupo Sénior do Centro de Apoio à 3.ª Idade de Cabeça

15h30_Concerto com o Grupo de Concertinas Sons e Tradições do Alva

17h00_A Magia da Iluminação de Natal – Acender das Luzes

*informação retirada da página oficial, para mais informações pode consultar o programa completo aqui.

Cabeça Aldeia Natal

Outras sugestões de passeios na Serra da Estrela

Se tiver tempo, o que acha de visitar outros sítios na Serra da Estrela? Nós aproveitámos para visitar a Aldeia da Dez, que falaremos noutra altura.

De qualquer forma Piódão, Foz D’Égua e Chãs de Égua não são muito longe de Cabeça.

Por fim, se tem interesse em ver mais fotografias de Cabeça Aldeia Natal sugerimos que nos siga no facebook  e no instagram, onde diariamente publicamos conteúdo novo.

Boas viagens!

6In Destinos

Fim de semana na Serra da Estrela – Roteiro & a importância de ter um plano B.

serra da estrela

Ano novo, velhos hábitos! No primeiro fim de semana do ano fomos para a Serra da Estrela.

Saímos do Porto numa sexta-feira ao final do dia e pernoitámos no Fundão. A ideia era dedicarmos o sábado às pistas de esqui para aprendermos a esquiar e o domingo estava destinado a darmos uso ao trenó. Dois dias a desfrutar da neve parecia-nos um belo plano!

O roteiro inicial era:
Dia 1 – Porto – Fundão
Dia 2 – Fundão – Pista de esqui da Serra da Estrela – Fundão
Dia 3 – Fundão – Torre – Porto

No entanto, o tempo na serra é imprevisível e apesar da notícia de estradas cortadas no acesso à Torre, não tinha nevado o suficiente para as pistas de esqui abrirem. Não imaginam a desilusão quando chegámos à estância e vimos as telecadeiras paradas. Nem saímos do carro, telefonei para a estância e informaram-me que naquele dia as pistas estariam encerradas mas que as máquinas de neve artificial estavam a funcionar desde a véspera e que no dia seguinte de certeza que algumas pistas abririam.

pista-esqui-serra-da-estrela

Se não havia esqui teríamos de nos contentar com o trenó! Mas estava muito frio e o vento era forte, os adultos rapidamente perderam a vontade de deslizar pelas encostas da Torre apesar da insistência dos miúdos em continuarem ao frio.

torre-serra-da-estrela

frio-serra-da-estrela

Nessa altura tivemos de arranjar um plano B. Tenho o hábito de ter comigo um caderninho onde tomo nota de informações que considero úteis. Por exemplo, assuntos que posso abordar no blogue, viagens que quero fazer, sugestões de hotéis e restaurantes que me vão falando. Nesse caderno tenho uma lista das Aldeias de Xisto e parecia que estávamos no sítio certo. Não foi difícil organizar um roteiro para esse dia e reservámos o domingo para tentar novamente a estância de esqui. A segunda versão do roteiro ficou assim:

Dia 1 – Porto – Fundão
Dia 2 – Fundão – Pista de esqui da Serra da Estrela – Torre – Barroca – Janeiro de Cima – Janeiro de Baixo – Fundão
Dia 3 – Fundão – Pista de esqui da Serra da Estrela – Porto

A visita às Aldeias de Xisto (Barroca, Janeiro de Cima e Janeiro de Baixo) correu muito bem, nos próximos dias iremos publicar algumas dicas para aproveitar a região.

Aldeias-de-xistoAldeias-de-xisto

O domingo estava reservado ao esqui, aliás, essa tinha sido a razão principal para nos deslocarmos à Serra da Estrela. Mas dizem que não há duas sem três, portanto, o roteiro inicial sofreu uma terceira alteração.

Chegámos à estância de esqui e dirigimo-nos ao balcão. Precisávamos adquirir o forfait para acesso às pistas, marcar a aula com o professor e alugar o material de esqui. Tudo corria bem até nos avisarem que a aula com o professor só poderia ser marcada para a tarde desse dia. A aula tem a duração de uma hora e a pista fecha às 16:30. Claramente não compensava o elevado custo da atividade. Restava-nos, novamente, o trenó!

torre-serra-da-estrela

Felizmente no domingo não estava tanto vento e aproveitámos algumas horas na neve.
Antes de regressarmos ao Porto parámos para almoçar em Seia no restaurante “O Borges”.

Veja também o nosso passeio na Serra da Estrela em 2017 .

Não encontrou o que procura? Envie-nos um email ou deixe uma mensagem nos comentários. Temos todo o gosto em ajudar!

0In Destinos

Serra da Estrela, no YouTube

Sabíamos que seria difícil subir à Torre por causa das nevões que forçaram o encerramento de algumas estradas. Não ficámos preocupados porque a diversão estava garantida. Na mala do carro estava um toboggan a estrear e o mais importante raramente nos falta: vontade de aproveitar ao máximo o que a vida nos dá.