0

O que visitar em Braga & outras dicas de viagem

O que visitar em Braga

O que visitar em Braga. Braga é a cidade mais antiga de Portugal (anterior à nacionalidade) e tem mais de 2000 anos de história.

Aliás, no tempo dos romanos era conhecida como Bracara Augusta e não é de estranhar que as suas ruas, em particular o centro histórico de Braga, seja muito rico em património histórico.

De facto, no concelho de Braga estão referenciados 15 Monumentos Nacionais, 33 Edifícios de interesse público e 20 em vias de classificação.

Visitar Braga

O que visitar em Braga
Largo Carlos Amarante

Então está a pensar visitar Braga? Nesse caso vou explicar-lhe como está organizada a informação neste artigo mas em alternativa pode usar o índice no início do post.

Assim, começamos por dar-lhe dicas de o que visitar no centro histórico de Braga e para isso sugerimos que estacione o carro e explore a cidade a pé.

Vai perceber que não precisa de andar muito para encontrar muitos, mas mesmo muitos edifícios bonitos, palácios, solares e igrejas que vai querer conhecer.

Por outro lado, existem jardins bem tratados, fontes e esplanadas perfeitas para fazer pequenas pausas estratégicas.

Também vai encontrar lojas com produtos regionais assim como cafés, confeitarias de arregalar os olhos e gelatarias para os dias mais quentes.

Depois vamos dizer-lhe o que visitar em Braga (arredores), isto é, aqueles lugares que ficam fora da cidade e que precisa de se deslocar de carro.

Tenha em atenção que a maior parte destes lugares são abordados brevemente uma vez que já temos (ou iremos ter) artigos dedicados mais completos.

Nesta altura já deve estar a concordar connosco quando dizemos que há muito para ver em Braga e para facilitar o sua viagem vamos sugerir vários roteiros para um dia em Braga.

A esta rubrica que chamamos o que visitar em Braga num dia inclui roteiros dos lugares que nós consideramos mais emblemáticos e que não pode mesmo perder mas também alguns percursos temáticos que recolhemos de várias fontes.

Segue-se uma breve lista de o que fazer em Braga que dicas variadas de uma secção dedicada às festas e romarias bracarenses.

Terminamos com sugestões de alojamento em Braga e como chegar a Braga. Boa viagem!

O que visitar em Braga

Arco da Porta Nova
Arco da Porta Nova

O centro histórico de Braga

No centro histórico de Braga vai encontrar vários pontos de interesse mas para que a leitura não se torne demasiado monótona optámos por dividir o centro histórico em zonas.

Continue a leitura!

O Arco da Porta Nova, o Museu dos Biscainhos e a Sé Catedral de Braga

Em primeiro lugar sugerimos que comece a sua visita a Braga numa das principais entradas para o centro histórico: o Arco da Porta Nova.

Já agora, sabia que a expressão “és de Braga” quando se deixa uma porta aberta resultou do facto do Arco da Porta Nova não ter uma porta?

Do lado de fora do Arco da Porta Nova vai encontrar o Museu dos Biscainhos, instalado no Palácio de Biscainhos que era residência dos Condes de Bertiandos, assim como o Cruzeiro do Campo das Carvalheiras.

O bilhete do Museu dos Biscainhos custa 2 EUR mas a entrada é gratuita aos domingos e feriados até às 14:00 para os cidadãos nacionais.

Não se esqueça de visitar também o Jardim da Casa dos Biscainhos.

Segue-se uma visita à Sé Catedral de Braga, a mais antiga Sé Catedral de Portugal.

A visita em algumas secções da Sé Catedral é paga mas se quiser apenas dar uma espreitadela pode visitar algumas partes gratuitamente.

Preços dos bilhetes da Sé Catedral de Braga: Percurso 1: Tesouro-Museu da Sé de Braga: 3.00 EUR, Percurso 2: Capelas e Coro Alto: 2.00 EUR, Percurso 3: Catedral: 2.00 EUR.

No entanto a Igreja da Misericórdia de Braga ali perto é muito bonita e tem entrada gratuita. Fica a dica!

A Praça da Município, o Jardim de Santa Bárbara e a Torre de Menagem

Na Praça do Município vai encontrar o edifício da Câmara Municipal de um lado, do outro a Biblioteca Pública de Braga e ao meio a Fonte do Pelicano.

Se já estiver a precisar de uma pausa pode aproveitar os bancos espalhados pela Praça do Município ou então espere até à próxima paragem que é o Jardim de Santa Bárbara.

O Jardim de Santa Bárbara é um lugar muito bonito. Além dos canteiros de flores bem arranjados e uma fonte de água, este sítio é o melhor para observar os fragmentos de esculturas em pedra expostos no jardim do Antigo Paço Arquiepiscopal.

Logo a seguir vai encontrar a Torre de Menagem que é o que resta do antigo Castelo de Braga mandado construir por Dom Dinis.

A Avenida Central e a Avenida da Liberdade

Na Avenida Central vai encontrar a majestosa Basílica dos Congregados, a simples Igreja da Penha e o imenso Jardim da Avenida Central.

Aliás, vai encontrar bastante comércio ao longo da Avenida Central, do qual nós destacamos a Livraria Centésima Página que organiza eventos culturais regularmente e onde além de comprar livros vai poder frequentar um café, jardim e esplanada.

Por falar em esplanada, no Jardim da Avenida Central vai encontrar um McDonalds com esplanada, assim como muitos lugares para descansar à sombra.

Do Jardim da Avenida Central tem acesso direto à Praça da República e ao Chafariz da Praça da República que fica em frente à Igreja da Lapa.

Como vê neste pequeno espaço concentram-se vários pontos de interesse.

A seguir sugerimos que se dirija à Avenida da Liberdade onde vai ficar maravilhado com um longo jardim florido.

Quando o visitámos vimos umas lindas flores em tons de amarelo e laranja que sobressaiam bastante na paisagem urbana.

Continue em frente e vai continuar numa zona comercial mas também vai encontrar um dos edifícios mais emblemáticos de Braga: o Theatro Circo.

O Theatro Circo de Braga é muito mais do que uma sala de espetáculos! Está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1983 e do interior ricamente decorado sobressai uma magnífica cúpula.

Se virar à direita no Theatro Circo vai encontrar o Largo Carlos Amarante, outro ponto estratégico no seu roteiro pelo centro histórico de Braga.

O Largo Carlos Amarante

Comece por visitar a Igreja de Santa Cruz, uma construção do século XVII cuja particularidade é a talha dourada do órgão e dos púlpitos.

Aproveite para tirar uma selfie junto das letras “BRAGA”.

Depois desça o largo e contemple a Igreja de São Marcos, também conhecida como Igreja do Hospital de São Marcos. No interior desta igreja existe um túmulo (do lado direito do altar) que dizem conter as relíquias de São Marcos.

Pensa-se que terão sido trazidas para Braga por cavaleiros da Ordem dos Templários mas oficialmente o túmulo do apóstolo está em Veneza.

Aproveite para fazer um desvio até à Fonte do Ídolo (entrada: 1,90 EUR), um fontanário romano com visitas guiadas, passando pela discreta Capela de São Bentinho que é local de devoção muito procurado pelos bracarenses, pelo Palácio do Raio (entrada gratuita) que pertenceu a Dom Miguel José Raio, o 1º Visconde de São Lázaro e pela Fonte dos Granjinhos.

O que visitar em Braga (nos arredores)

Bom Jesus do Monte
Bom Jesus do Monte

Se depois de visitar o centro histórico ainda ficou com algum tempo livre a seguir vamos indicar mais alguns lugares interessantes nos arredores de Braga que pode incluir no seu roteiro.

Tenha em consideração que vamos falar de forma breve destes sítios uma vez que têm (ou terão) artigos dedicados com mais informação.

Assim, não pode perder o Santuário do Bom Jesus do Monte onde nasceu a expressão “ver Braga por um canudo”.

Por outro lado, a Basílica do Sameiro é um dos locais de culto mariano mais visitados em Portugal.

Menos conhecida mas a valer igualmente a pena visitar está a Igreja de Santa Maria Madalena na Falperra (post em breve).

Mais afastado da cidade de Braga vai encontrar o Mosteiro de São Martinho de Tibães, cuja fundação remonta ao século XI (post em breve).

E por fim, a praia fluvial de Adaúfe é um excelente sítio para passar um dia em família, principalmente no verão.

O que visitar em Braga num dia

Jardim de Santa Bárbara em Braga
Jardim de Santa Bárbara

Se tem apenas um dia para visitar Braga tomamos a liberdade de sugerir que dedique meio dia ao centro histórico e o restante tempo a visitar o Santuário do Bom Jesus do Monte e o Santuário do Sameiro.

Assim, no centro histórico não pode perder o Arco da Porta Nova, a Sé Catedral, a Torre de Menagem, a Igreja de Santa Cruz (no Largo Carlos Amarante onde está o letreiro “Braga” que viu no início deste artigo) e o Jardim de Santa Bárbara.

Em relação aos santuários do Bom Jesus e do Sameiro o primeiro a ser visitado deverá ser o do Bom Jesus do Monte pois é o mais perto da cidade, mas também porque é o mais interessante na nossa opinião.

Depois de visitar o Bom Jesus do Monte poderá continuar na mesma estrada pois tem ligação com o Santuário de Nossa Senhora do Sameiro.

Por outro lado, se está interessado em roteiros temáticos temos boas notícias para si.

Percursos temáticos em Braga

Então, estão identificados três roteiros temáticos no centro histórico de Braga cujo ponto de partida é a Sé Catedral de Braga: o percurso arqueológico, o percurso medieval e o percurso barrroco.

Assim, o percurso arqueológico tem início na Sé de Braga, passa pelo Museu Dom Diogo de Sousa, pelas Termas Romanas da Cividade, pela Insula das Carvalheiras, pelo Domus da Escola Velha da Sé, pelo Fonte do Ídolo, pela Bibliópolis e termina na Frigideiras do Cantinho.

Por outro lado, o percurso medieval é bem mais curto depois da Sé de Braga passa pelo Torre de Menagem e termina no Pedaço de Muralha que para o ver terá de entrar no Museu da Imagem.

Finalmente o percurso barroco é o mais longo de todos mas para visitar todos os edíficíos terá de sair do centro histórico de Braga.

Quer isto dizer que o percurso começa na Sé de Braga, continua pela Câmara Municipal de Braga, pela Igreja de São Victor, Igreja dos Congregados, Palácio do Raio, Igreja de Santa Cruz, Igreja do Hospital de São Marcos, a Arcada, o Arco da Porta Nova mas também pela Biblioteca Pública.

Depois terá de ir buscar o seu veículo e continuar o percursos barroco até ao Bom Jesus do Monte, depois será a vez da Igreja de Santa Maria Madalena a ser visitada, seguindo-se o Palácio dos Biscainhos, a Igreja de São Vicente e por fim o Mosteiro de Tibães.

O que fazer em Braga

Taberna Holandesa em Braga
Taberna Holandesa
  • explorar o centro histórico a pé, não esquecendo a Rua da Violinha que é a rua mais estreita de Braga e onde os vizinhos falam à janela;
  • provar os doces típicos como por exemplo as tíbias, os moletinhos, os fidalguinhos, os sameirinhos e as viúvas;
  • experimentar a francesinha na Taberna Holandesa ou a Taberna Belga que contrariamente à francesinha tradicional tem um toque de mostarda;
  • subir o Elevador do Bom Jesus e descer o escadório;
  • passar uma tarde na praia fluvial de Adaúfe;

Festas e romarias bracarenses

Doces típicos de Braga: tíbias
Tíbias de Braga

Em tempos de pandemia as festividades estão suspensas e não sabemos até quando, no entanto existem duas grandes festas bracarenses que devem ficar no seu radar e que são a Semana Santa e o São João.

Assim, na altura da Páscoa celebra-se a Semana Santa, uma semana intensa repleta de celebrações das quais destacamos a procissão Ecce Homo ou dos fogaréus e a Procissão do Enterro do Senhor.

Por outro lado, em junho celebra-se o São João sendo que o ponto alto é na noite de 23 para 24.

A cidade de Braga veste-se a vigor com várias ruas decoradas com destaque para a Avenida da Liberdade até ao Parque da Ponte.

Alojamento em Braga

Em Braga vai encontrar vários tipos de alojamento desde alojamentos locais a hotéis de 5 estrelas pelo que sugerimos que veja todas as opções de onde dormir em Braga aqui.

No entanto. se procura um hotel económico e central nós tomamos a liberdade de sugerir o Basic Braga by Axis ou o Hotel Ibis Braga.

Por outro lado, se não se importa ficar mais longe do centro uma excelente opção é o Golden Tulip Braga Hotel & SPA., na Falperra.

Como chegar a Braga

Do Porto

Se está no Porto e vai para Braga a melhor opção é a A3 e a viagem demora menos de uma hora mas no mapa a seguir pode confirmar as indicações.

De Lisboa

Se vem de Lisboa a melhor opção é pela A1 e conte com três horas e meia de viagem. O mapa com todas as indicações está a seguir.

Por fim, está a pensar visitar o distrito de Braga? Então, nesse caso tomamos a liberdade de sugerir que leia os seguintes artigos:

Gostaria de conhecer melhor Portugal? O nosso lema é viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência!  Também organizamos viagens, veja algumas promoções em Ofertas de VIAGENS mas não se esqueça de nos acompanhar no Instagram.

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 🙂

👉Alojamento no Booking;

👉Voos com desconto em eDreamsRumbo;

👉Aluguer de carro com a Europcar;

👉Tours, entradas em museus e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais  em Get Your Guide;

👉Seguros de viagem à sua medida, com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

No Comments

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.