Browsing Category

França

4 In Destinos/ França

5 experiências imperdíveis em Marselha

marselha-frança

Marselha raramente surge como primeira escolha como destino de viagens dos portugueses e, pessoalmente, acho que é uma pena não conhecer.

Os amantes de história têm vários monumentos a visitar, os que preferem praias podem usufruir de momentos relaxantes nas redondezas, os apreciadores de comida podem deliciar-se com pratos de peixe na terra onde nasceu a bouillabaisse, enfim, existe um pouco de tudo para todos. Ainda não o convenci? Veja cinco experiências que apenas pode usufruir se visitar Marselha. 

marselha-frança

Apreciar a vista desde a Basílica Notre-dame de la Garde

A basílica fica situada no ponto mais alto de Marselha e oferece uma vista ampla da cidade. Pode ver o centro de Marselha com o porto antigo (Vieux-Port), a roda gigante e os principais monumentos e mais à frente o porto marítimo mais recente que recebe os grandes cruzeiros. Informações como chegar lá, horários e fotografias para o convencer a visitar este lugar estão disponíveis no site oficial.

notre-dame-de-la-garde-marselha-françanotre-dame-de-la-garde-marselha-frança

Visitar o Chateau d’If

Certamente já ouviu falar do romance “O Conde de Monte Cristo” de Alexandre Dumas. Quer tenha lido o livro, visto o filme ou nenhum dos anteriores, se visitar Marselha garanto-lhe que não vai conseguir ignorar o Chateau d’If.

A fortaleza que também foi prisão situa-se na ilha d’if que pertence ao arquipélago de Frioul, a cerca de 1,5 quilómetros de Marselha. Para visitar esta ilha pode comprar bilhetes de barco no Vieux-Port.

chateux-d-if-marselhachateux-d-if-marselhachateux-d-if-marselha

Visitar Les Calanques

O Parque Nacional das Calanques estende-se desde Marselha até Cassis, mas os penhascos mais dramáticos ficam perto de Marselha. Nós fizemos um cruzeiro que saiu do Vieux Port em Marselha mas poderá explorar a encosta por terra. Não se esqueça do fato de banho pois existem enseadas que convidam a mergulhos no Mediterrâneo.

les-calanques-marselhales-calanques-marselha

Assistir à chegada dos pescadores no Vieux Port

Ainda se pesca de forma artesanal em Marselha. Os pequenos barcos chegam de manhã ao Vieux Port, montam o estaminé, e nem tempo têm para começar a arranjar o peixe pois os donos dos restaurantes vão logo ver o que pescaram. Caixas de peixe nem chegam a ir para as bancas, vão diretamente para as carrinhas de transporte.

polvo-marselhapeixes-marselha

Comprar sabonetes artesanais

Já ouviu falar no sabão de marselha? Aqueles sabões amarelos que se vendem nos supermercados? Pois, os sabonetes artesanais que se vendem em Marselha cheiram muito melhor! Vai lembrar-se desta viagem por muito tempo.

sabonetes-de-marselhasabonetes-de-marselha

Ficou interessado? Pode ver os nossos posts de Marselha aqui.

Não encontrou o que procura? Envie-nos uma mensagem ou deixe um comentário. Temos todo o gosto em ajudar!


 

Inspirado? Quer preparar a próxima viagem?

Comprar bilhete de avião na momondo:

Comprar viagens e cruzeiros na Logitravel:
728x90_Cruzeiros_AlwaysOn

Não se esqueça do seguro de viagem:

Reservar hotel no Booking:
Booking.com

Alugar carro na Europcar:

Procurar e reservar restaurantes com desconto em Thefork:

Não tem tempo para organizar a sua viagem? Nós fazemos a pesquisa por si, GRATUITAMENTE! Mais informações aqui.

*Este post contém links afiliados, sempre que adquirir um bem ou serviço através de um dos links do nosso blogue, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga mais por isso.

0 In Destinos/ França

O dia em que dormimos no Louvre

Explorar o Louvre com uma criança de três anos não é fácil. Sabíamos que dificilmente conseguiríamos visitar todas as alas e pareceu-nos melhor começar com o que realmente queríamos ver e ir ajustando a partir daí.

foto_1029

foto_1027

Mas o museu é tão grande! São muitos km para percorrer (dizem que cerca de 15 km), é preciso atravessar salas, salinhas e salões, subir e descer degraus e, claro, apreciar as obras de arte.

Para tornar a visita menos penosa e reduzirmos a possibilidade de birras, optamos por nos dividir. Um dos adultos ficava com o mais novo e o outro adulto ia livremente explorar uma parte do museu. Depois trocavamos .

O plano resultou mas não foi apenas a criança a ficar cansada. Em determinada altura mãe e filho sentaram-se num banco, um encostado ao outro, e adormeceram. O pai encontrou-os a sonhar com a Mona Lisa, múmias e faraós.

foto_1025

0 In Destinos/ França

Marselha – Vieux Port

O Vieux Port é local obrigatório para quem visita Marselha. De manhã bem cedo os pescadores aproximam os barcos e vendem peixe e mariscos.

foto_1451

DSC08703

DSC08706

Com estes peixes coloridos (poissons de roche)  os restaurantes preparam o prato típico da região, a bouillabaisse. Na verdade, são dois pratos, uma sopa de peixe acompanhada de tostas com queijo e o peixe é servido à parte.

Ao longo do dia o porto enche-se de gente apressada que vai trabalhar mas também de turistas.

foto_1447

foto_1452

foto_1446

DSC08996

foto_1444

foto_1451 (1)

É comum estarem por lá artistas de rua e senhores que vendem sabonetes.

DSC08713

DSC09399

foto_1457

foto_1458

Ao final do dia as pessoas sentam-se no chão a conversar e a ver o pôr do sol.

foto_1454

foto_1455

foto_1456

0 In Destinos/ França

M, de Marselha

A 1.ª viagem do ano foi aguardada com ansiedade. O destino escolhido foi Marselha, pela curta distância e pela grande probabilidade de bom tempo. E assim foi, o sol fez-nos companhia durante a maior parte da estadia, abrilhantou os nossos passeios e a cor dourada dos nossos rostos provocou alguns comentários no local de trabalho.

A cidade tem muito para ver e a localização à beira-mar proporciona passeios de barco relaxantes, ingredientes ideais para umas mini-férias.

foto_1402

foto_1400

foto_1401