Castelo Bom: o que visitar, festas e romarias & onde ficar 2024

Castelo Bom em Almeida
Índice do artigo

Atualizado em: Janeiro 16, 2024

Castelo Bom é uma das freguesias do Município de Almeida, no distrito da Guarda, onde apenas vivem 260 pessoas apesar de já ter sido sede de concelho durante 500 anos e de ter sido habitada desde a Idade do Bronze.

Aliás, encontraram nesta região uma espada que se acredita ser da Idade do Bronze e que está exposta no Museu da Guarda.

Esta já foi uma terra muito rica mas parece que Dom Manuel não apreciava muito o lugar e por isso ficou abandonado à sua sorte.

Sem grandes obras de requalificação uma tempestade fez com que o castelo se desmoronasse.

Assim, os habitantes de Castelo Bom aproveitaram as pedras para construir casas privadas na aldeia.

O local onde existia o castelo está hoje assinalado com a bandeira de Portugal.

Durante o verão a terra enche-se de visitantes portugueses e espanhóis que aproveitam para explorar esta linda Aldeia Histórica.

Então, acompanha-nos nesta viagem pela Beira Interior?

O que fazer e visitar em Castelo Bom

A Muralha Medieval

Porta da Vila em Castelo Bom

Apesar de as muralhas terem sido destruídas com o passar do tempo, ainda poderá observar alguns troços da muralha medieval primitiva.

Assim, os troços da muralha medieval em melhor estado de conservação podem ser encontrados junto à Porta da Vila, na Rua da Costa, na Rua da Muralha e junto ao miradouro.

A Porta da Vila

Brasão de Castelo Bom

A Porta da Vila é o local de entrada para a zona muralhada do castelo.

No entanto, antes de passar pela Porta da Vila olhe para para sua direita pois irá encontrar o brasão de Castelo Bom na parede da muralha.

A Casa do Fidalgo

A Casa do Fidalgo é uma construção em pedra cujo principal atrativo é a magnífica varanda.

Está localizada na praça principal em frente ao Pelourinho.

O Pelourinho de Castelo Bom

Não se sabe ao certo quando foi construído o Pelourinho de Castelo Bom mas é considerado um Imóvel de Interesse Público.

Está localizado no centro da aldeia.

O Miradouro de Castelo Bom

Miradouro de Castelo Bom

No miradouro poderá usufruir de uma paisagem agreste mas lindíssima. Ao longe vê-se a A25 e por entre as colinas esconde-se o Rio Côa.

Também se escondem nesta paisagem os Barrocos que são pedras enormes associadas a lendas.

Assim, o Barroco da Picota é parecido com um pássaro enquanto que o Barroco das Lages parece que vai cair e dizem que no seu interior se esconde uma moura encantada.

A Igreja de Nossa Senhora da Assunção

A construção original da Igreja de Nossa Senhora da Assunção é datada do século XIII mas foi reconstruída no século XVIII.

Aliás, ainda se consegue ver numa das paredes da Igreja de Nossa Senhora da Assunção meio arco da capela que fazia parte do castelo mandado construir por Dom Dinis.

Festas e Romarias de Castelo Bom

Festas e Romarias.

As festas da freguesia acontecem em agosto, quando as famílias que vivem fora da aldeia regressam para gozo de férias.

Desta forma, celebra-se a Festa de Nossa Senhora dos Remédios em anos pares e a Festa de Santo António em anos ímpares.

Além destas duas festas principais, ainda se celebra a Nossa Senhora de Fátima no dia 13 de maio e o São Martinho no dia 11 de novembro de cada ano.

Por fim, na noite de 24 de dezembro é costume acender-se uma grande fogueira de Natal no centro da aldeia.

Onde dormir em Castelo Bom

Quando visitamos esta aldeia ficámos alojados a cerca de 6 quilómetros no Pátio da Caetana em Freineda.

É um turismo rural constituído por apartamentos de várias tipologias e com cozinha, o que facilita quem pretende preparar refeições.

A nossa experiência em Castelo Bom

Quando chegámos a Castelo Bom estacionámos o carro junto à Porta da Vila e partimos a pé à descoberta.

Não se via ninguém nas ruas mas quando chegámos ao miradouro encontrámos a Dona Maria Teresa que estava a arranjar o jardim e amavelmente ficou a conversar connosco.

Ela contou-nos que nasceu em Castelo Bom mas foi para Lisboa trabalhar. Casou, teve filhos e regressou mais tarde à aldeia. Disse-nos que apesar de ter casa em Vilar Formoso preferiu fixar residência na aldeia de Castelo Bom, porque é um sítio mais bonito e tranquilo.

A família da Dona Maria Teresa tem-se dedicado ao estudo da terra e contou-nos um pouco da história de Castelo Bom.

Então esta zona do país foi disputada durante muito tempo entre Portugal e Leão mas Dom Dinis quando casou com Dona Isabel de Aragão recebeu como dote as terras de Castelo Bom.

Dona Isabel de Aragão queria um castelo ali porque achava que era uma região muito bonita, uma região boa.

Dom Dinis porque estava apaixonado pela esposa fez-lhe a vontade e deu o nome à aldeia de Castelo Bom.

Como chegar a Castelo Bom

De Lisboa

Do Porto

Leia também

Viajar em família, de forma frequente, com algum conforto e sem ir à falência! Somos uma Família Portuguesa a viajar pelo mundo e partilhamos tudo em passaportenobolso.com. Aqui encontra muitas dicas de viagem, bem como informações práticas sobre vários destinos na Europa, África, Ásia e América. Visitei +30 países e não planeio parar tão cedo. De vez em quando viajo sozinha… Acompanhe tudo no Instagram / Facebook / YouTube / Pinterest / Twitter. 

Organize a sua viagem!

Reserve com os nossos parceiros; as marcas a seguir indicadas foram testados por nós, são de total confiança e por isso nós as recomendamos!

Além disso, ao usar estes links nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blogue atualizado. Agradecemos a contribuição 

  • Alojamento no Booking;
  • Tours, entradas em museus, transferes de e para o aeroporto e atrações turísticas sem filas e com descontos pontuais em Get Your Guide;
  • Seguros de viagem à sua medida (inclui seguro COVID-19), com atendimento em língua portuguesa e com 5% desconto na IATI Seguros;

Não se esqueça que nós organizamos as nossas viagens e a dos nossos amigos, também podemos organizar as suas! reservapassaporte@gmail.com.

Este post pode conter links afiliados.

Partilhar Artigo

Artigos Relacionados

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.